11/05/12

PublicadoporemTailândia | 7Comentários

O que visitar nos arredores de Bangkok

O que visitar nos arredores de Bangkok

Existem alguns passeios bem populares nos arredores de Bangkok, entre eles – o floating market (mercado flutuante), a ponte do rio Kwai e o Tiger Temple. Eu comprei 1 tour que incluía as três coisas. Foi bem cansativo e eu achei um pouco decepcionante. Custou 600 baht com almoço incluso.

O mercado é totalmente voltado para os turistas, com preços bem elevados. Vale a pena pelas fotografias, mas eu achei meio sem graça. Ouvi dizer que existem mercados flutuantes dentro de Bangkok que funcionam bem no começo da manhã e são mercados para os tailandeses. Tenho certeza que deve ser mais interessante.

DSC00577


Depois do mercado, seguimos em direção a Kantchanaburi, onde fica localizado o Tiger Temple. Mas antes de chegarmos lá, paramos para almoçar e para conhecer a famosa Ponte do Rio Kwai (alguém viu o filme?). Eu adorei a ponte.

DSC00595

Depois da parada na ponte, seguimos em direção ao Tiger Temple. Comprei o tour especialmente por causa dos tigres, mas não consegui fazer o tour que eu queria porque estava sozinha. Eu sinceramente recomendo que vocês contratem um guia particular ou um “private tour”. Por que? Esse tour que eu fiz é muito longo, para em muitos lugares e quando finalmente chega no Tiger Temple, os monges já estão quase recolhendo os tigres. Sem contar que os filhotinhos já estão dormindo e você não pode visitá-los. Se você assim como eu é fã dos filhotes, sugiro que vá num tour particular que te deixe lá na hora do almoço deles, assim você pode alimentá-los.
DSC00612
DSC00622

Eu não tive essa sorte. Quando cheguei os tigres já estavam super cansados (esqueci de mencionar que o calor era simplesmente insuportável para nós humanos, imagine para os tigres).

DSC00637

Muita gente me perguntou como os tigres podem ser tão calmos. O que os monges dizem é que eles são criados desde filhotinhos com uma alimentação que consiste basicamente em leite e frango. Minha impressão é que alguns deles pareciam dopados.
Como o Tiger Temple é um lugar cheio de monges budistas, você também tem que se vestir de maneira respeitosa – ou seja, nada de bermuda ou blusas que mostrem os ombros.
Na hora da entrada da “área” dos tigres, você deve entregar sua máquina fotográfica a um dos voluntários e eles te acompanham no tour e tiram suas fotos. Eu não dei muita sorte com a minha guia, porque ela estava mais preocupada em falar no celular do que tirar fotos minhas com os tigres.
Ah, a entrada do Tiger Temple custa 500 baht e se você quiser uma foto especial com os tigres, prepare-se para gastar mais 1.000 baht.



Fernanda Souza é aquariana, brasileira e italiana, mas se considera uma cidadã do mundo. Apaixonada por viagens, fotografia, Londres e o pôr do sol, ela resolveu largar temporariamente o mundo corporativo e em seu ano sabático visitou 20 países. Ao todo já são 44 países carimbados em seus passaportes e ainda espera aumentar esse número.

  1. Miriam Vilar says:

    Minha primeira parada na Thailandia foi Kanchanaburi, alugamos um carro no aeroporto e fomos para lá….bem cansativo mesmo..acho q demorou umas 2 horas.
    Cidadezinha bem pequena, cultural, e um calor…nossa senhora…só não foi maior que o calor de Chiang Mai.
    Fomos conhecer as cachoeiras Erawan, para quem não vai até Laos, as cachoeiras são iguais, LINDAS, são 7 quedas, muito lindo mesmo, vale a pena.
    Lá nesse parque vc fica o dia todo, e tem vários restaurantes.
    Em Bangkok, conhecemos a famosa Kao San road, bem legal, diferente, muvuca, compras, comida..rsrsrs
    Mas se vc for para Chiang Mai, compre as lembrancinhas lá pq é muitooooooo mais barato, tudo é mais barato em Chiang Mai.
    Vc leva um choque com o transito de Bangkok, loucura total, carros e motos para todos os lados.
    Fomos ao shopping, enorme, nem deu para conhecer todos os andares.
    Conhecemos 2 templos, é algo simplesmente magico, diferente de tudo, os detalhes são impressionantes, lindas fotos.
    Haa Bangkok é fedida, os restaurantes lavam os utensílios em baldes na calcada…rssrs nao se assuste.

  2. Haa temos vontade de conhecer o Vietnã..rsrsrsrs vou me lembrar dessa dica antes!
    Nossa em Chiang Mai andávamos de moto e o vento quente parecia que nos abraçava e não largava nunca mais!!!!

  3. Fernanda, eu descobri seu site meio por acaso e adorei! li varios posts e lembrei de como é bom viajar! Eu adorava viajar, mas confesso que depois do nascimento do meu filho (de 4 anos) eu acabei deixando de fazer uma das coisas que eu mais gosto nesta vida: viajar! seus posts depertaram em mim o desejo de viajar novamente e eu até comecei a escrever no meu blog…rs..tarefa essa que vinha adiando ha muito tempo. Obrigada, Fernanda!

  4. Roberta Mendes says:

    Ola !
    Eu estou planejando ir pra Tailândia e iria ficar 4 dias um em Bangcoc , chiang mai , phi phi e ayythuania algo assim hahaah,
    gostaria de saber se vc poderia me ajudar com esse tour para fazer na cidade , tipo agencia ou sei la como vc fez pra visitar? e pra se locomover entre essas cidades? eu sei q vc flo de van ! mais eh confiavel mesmo ?
    !
    se um dia pra cada lugar da pra ver tudo !! hahaha pq eu ainda quero ir pro vietna china e japao !!! dsahdusahudh

    obrigadinha

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tailândia | 225 Dicas de Viagem | Domingão de Twittadas - [...] | o que visitar em bangkok | LINK 33. @precisoviajar | o que visitar nos arredores de bangkok …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>