24/08/12

PublicadoporemÁfrica do Sul | Nenhum comentário

Como alugar carro na África do Sul

Como alugar carro na África do Sul

Quando decidimos ir para a África do Sul, tivemos poucos dias para planejar a viagem. Nossa ideia era ir com milhas para Nova York, mas como não conseguimos, acabamos decidindo na louca ir para a África do Sul. E, aí começou a correria para decidir onde ficaríamos no Kruger, como faríamos os passeios, se compensava ou não alugar carro e por aí vai.

Vale muito a pena alugar carro na África do Sul. Diria até que é um item mandatório para um turismo legal no país, porque fazer turismo de forma independente por lá (pegar ônibus intermunicipal é complicado e carona eu nunca vou recomendar para ninguém).

Como alugar um carro na África do Sul?

Fizemos o que todo mundo faz quando deseja informações sobre qualquer assunto: utilizamos o google. Digitamos “rent a car south africa” e vários resultados apareceram. Fica a dica: quando o destino é internacional, faça a consulta sempre em inglês porque os resultados serão melhores.

Nós já conhecíamos algumas locadoras e já tínhamos tido experiência com a Budget nos Estados Unidos. Como eu ía viajar com uma amiga, nós selecionamos algumas locadoras e começamos a fazer as simulações de preços. Ela fez em umas duas locadoras, eu fiz em mais algumas e os preços estavam altos.

Até que resolvemos utilizar uma daquelas sugestões de anúncios patrocinados do google. Se você fizer a pesquisa agora, é capaz de encontrar isso aqui que encontrei.

pesquisa google aluguel de carros na africa do sul

Bom, nós decidimos testar o site da Drive South Africa. O que o site faz é basicamente pesquisar os valores de algumas locadoras de carros. Mas, quando os preços aparecem, você não sabe qual locadora está com o preço menor. No nosso caso, escolhemos um tipo de automóvel (um carro da categoria Toyota Yaris), queríamos gps para evitar o fiasco de Orlando e pedimos que estivesse incluso no valor da diária de locação, um motorista adicional e todos os seguros. Arriscamos, pagamos pelo site e só depois que a compra foi confirmada, recebemos a resposta que um dos carros tinha sido locado pela Budget e o outro pela Europcar.

Recebemos um email de uma consultora da Drive South Africa. Ela nos mandou um voucher e explicou detalhes de como pegaríamos os carros. Ficamos com algumas dúvidas em relação ao gps e ao motorista adicional e ela respondeu todos os nossos emails de forma rápida e sempre de maneira atenciosa.

Alugamos dois carros na África do Sul. Um para Cape Town que pegamos e devolvemos no aeroporto de Cape Town e outro em Nelspruit que pegamos e devolvemos no aeroporto de Nelspruit. O aluguel do carro de Nelspruit custou um pouco mais caro que o de Cape Town. Foi mais ou menos U$50 a diária, mas como já mencionei, estava incluso o aluguel de gps, o motorista adicional e todos os seguros para não corrermos nenhum risco.

Volto a lembrar que só fechamos nesse site, após ter comparado os preços direto no site da locadora e na época da nossa viagem, acabou compensando fechar com eles.

Tivemos que pagar um depósito para utilizar o gps, mas o valor foi devolvido e não tivemos nenhum problema. Por amadorismo, não conseguimos entregar o carro de Nelspruit com o tanque cheio, porque na estrada não encontramos nenhum posto de gasolina. Eles nos cobraram um valor um pouco salgado para completar a gasolina que faltava para o tanque ficar cheio, mas não foi o fim do mundo.

Importante

Você precisa de carteira internacional de habilitação para alugar o carro na África do Sul. Como no nosso contrato de aluguel, colocamos que 2 motoristas iriam dirigir o carro, eles pediram a minha carteira e a da minha amiga. Nós já sabíamos desse “detalhe” e providenciamos as nossas carteiras no Detran. Foi bem tranquilo, não foi muito caro, mas como é um assunto que sempre gera dúvidas, vou fazer em breve um post sobre isso.

Bom, fica a dica para mais um site de aluguel de carros na África do Sul, para quem está planejando uma viagem para lá. A indicação desse site é espontânea. Estou recomendando o serviço porque usei e aprovei e acabei economizando um bom dinheiro fechando com eles.


Outras informações

Voei de Cape Town para Nelspruit com uma cia low cost chamada Kulula. Expliquei nesse post o meu roteiro.

Não fiquei hospedada dentro do Kruger Park. Acabamos ficando numa cidade próxima a um dos portões de entrada. Expliquei nesse post.

Dá para viajar tranquilo de carro pela África do Sul. As estradas são bem sinalizadas, não tem pedágios, não nos sentimos ameaçadas em nenhum momento e achamos o povo sul-africano muito simpático. Mas não fomos para Johannesburg, que é considerada uma das cidades mais violentas do mundo. Escrevi esse post com algumas coisas que é bom saber antes de visitar o país.

Obs – esse post não foi patrocinado. A indicação é espontânea. Testei e recomendo os serviços, pois na época foi a alternativa mais barata.

Fernanda Souza é aquariana, brasileira e italiana, mas se considera uma cidadã do mundo. Apaixonada por viagens, fotografia, Londres e o pôr do sol, ela resolveu largar temporariamente o mundo corporativo e em seu ano sabático visitou 20 países. Ao todo já são 44 países carimbados em seus passaportes e ainda espera aumentar esse número.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>