Confesso que estava com medo de me decepcionar com Machu Picchu. Quanto mais a gente viaja, mais exigente ficamos. E como já conhecia quatro das novas maravilhas do mundo (Muralha da China, Petra, Coliseu e Cristo Redentor), Machu Picchu tinha um papel difícil a cumprir: o de tirar meu fôlego.

A verdade é que Machu Picchu é tudo aquilo que você espera e um pouco mais. É difícil falar de um lugar que envolve tantas lendas, sendo a mais famosa a que diz que a cidade perdida dos incas foi construída por extra-terrestres. Outros dizem que MP possui uma energia diferente. Não sei se acredito na teoria dos extra-terrestres, mas definitivamente acredito que o lugar tem mesmo uma energia especial. Se você procura paz ou aquele seu ponto de equilíbrio, é provável que encontre em Machu Picchu.

Vale a pena pagar um tour guiado e escutar um pouco mais sobre a história dos incas. Uma civilização de 16 milhões de pessoas que foi massacrada por 180 espanhóis. Pode parecer difícil de acreditar, mas os incas tinham medo dos cavalos e tinham armas feitas de pedras enquanto os espanhóis tinham armas de fogo. E o fim da história não é muito difícil de adivinhar e é por isso que ela nunca foi terminada.

Guia Machu Picchu

Nosso guia de Machu Picchu

Agora o que surpreende não é decadência inca e sim a inteligência inca. Os caras eram verdadeiros engenheiros, arquitetos, astrônomos e agricultores.  Resumindo: eles eram gênios. As pedras foram encaixadas uma nas outras, sem cimento, sem nada. As construções são perfeitas.

machu picchu

machu picchu

machu picchu

Outro aspecto legal do tour guiado é que eles explicam um pouco dos sacrifícios realizados na época e você escuta essa explicação dentro do Templo del Sol. A parte triste é que muitas vezes os sacrifícios envolviam crianças, que eram oferecidas aos deuses (leia – as crianças eram mortas).

A história está viva dentro de Machu Picchu e dá para se perder por horas dentre as construções perfeitas. Fiquei imaginando como teria sido a vida dos nativos durante a época inca.

machu picchu

Confesso que mesmo sem querer, comecei a chorar. Não sei explicar, mas foi a mesma emoção que tive na Muralha da China. Era difícil acreditar que estava ali, realizando mais um sonho e conhecendo Machu Picchu.

 

 

machu picchu

Tive sorte e não sofri com a altitude. Digo que não sofri porque não tive dor de cabeça ou enjoo, mas me senti muito cansada.

Huayna Picchu

Aquela é Huayna Picchu

Fiquei feliz com o que vi dentro de Machu Picchu e não me arrependo de não ter subido nenhuma montanha extra. Não teria aguentado o tranco por causa da altitude.

Leia também o Manual prático de Machu Picchu e Mitos e Verdades de Machu Picchu. Se você ainda estava em dúvida se valia a pena visitar Machu Picchu, espero ter te ajudado. A resposta é sim.  Vale muito a pena.

 

  
Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card (vendido com desconto pela Real Seguros) há anos. Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, pode pagar em 6 vezes sem juros no cartão ou com desconto de 5% no pagamento à vista.
Cada vez que você reserva algo com um dos nossos parceiros recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter atualizado e com novas dicas de viagem. Seguro viagem geral 728x90