Uma das grandes vantagens para quem tem passaporte europeu é o fato de não precisar de visto* para entrar nos EUA, já que é necessário apenas uma autorização eletrônica antes da viagem. Veja como utilizar o passaporte europeu para entrada nos EUA.

É recomendável fazer um seguro viagem para os EUA

Passaporte Europeu para entrada nos EUA

Como funciona o ESTA

O ESTA (Eletronic System for Travel Authorization) é uma autorização eletrônica para portadores de passaportes de países que fazem parte do “Visa Waiver Program”, programa que não exige visto prévio para entrada nos Estados Unidos.

Como fazer o ESTA

Utilize o site oficial. Muitos sites no Google oferecem o serviço e cobram muito mais caro do que o valor do site oficial. É um procedimento muito simples. Vai por mim!

Entre no site do ESTA https://esta.cbp.dhs.gov/esta/ . O valor é de U$14 e o pagamento é feito com cartão de crédito. A validade é de 2 anos ou até a expiração do passaporte (o que ocorrer primeiro).

Importante:

– A autorização tem que ser feita pelo menos 72 horas antes da viagem.

– O ESTA só é válido para viagens com duração igual ou inferior a 90 dias.

– O site tem uma versão em Português de Portugal e uma seção de ajuda para quem tiver dúvidas de como preencher o formulário.

Como preencher o ESTA

Se você for preencher utilizando a versão Português de Portugal tome alguns cuidados. Por exemplo, “apelido” é sobrenome. Eu sempre marco “não” na parte “é conhecido por outros nomes”.

esta usa

Na parte do país emissor do passaporte, você vai colocar o país do seu passaporte europeu. No meu caso esse país é a Itália.

esta usa

Nas informações de contato, coloco sempre os meus dados de residência atuais (hoje no Brasil, por exemplo).

esta usa

Também tem uma parte que pergunta de “informações laborais” (para saber se você está trabalhando) e depois uma parte com perguntas sobre doenças e violações às leis.

Depois de preencher esse questionário, você é enviado para a área de pagamento e pronto!

Imigração nos EUA com passaporte europeu

Ao contrário dos brasileiros (ou qualquer cidadão de um país que precisa de visto para entrar nos EUA), os cidadãos da União Europeia não precisam preencher um formulário (normalmente fornecido no próprio avião) para entrar nos EUA.

Outra coisa muito importante e que faço questão de pontuar aqui é a questão da fila. A fila especial para europeus só existe na Europa. Nos Estados Unidos, os europeus devem ir para a fila de estrangeiros, que vem a ser fila de todo mundo que não é americano.

Para finalizar: a decisão de entrar ou não nos Estados Unidos é dada na hora pelo agente da imigração. A entrada pode ser negada mesmo com o ESTA, assim como a entrada de uma pessoa com visto (exemplo, um brasileiro) também pode ser negada. Tenha sempre em mãos a passagem de retorno, o comprovante de hospedagem, comprovante de recursos financeiros, etc.

Quando eu fui para o Hawaii, a agente implicou muito comigo. Achou que eu tinha carimbos demais no passaporte, pediu para eu confirmar as datas que já tinha estado nos EUA, pediu comprovante de hospedagem, a passagem de volta para o Brasil e pediu até para ver os dólares. No fim, ela carimbou meu passaporte. Caso isso aconteça com você, minha dica é que permaneça calmo e responda só o que o agente perguntar.

Informações (onde aplicar)

Site oficial: https://esta.cbp.dhs.gov/esta/

Site com a versão em português de Portugal https://esta.cbp.dhs.gov/esta/application.html?execution=e1s1

Veja mais vantagens de ter um passaporte europeu

*Post atualizado em 5/5/17.

  
Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card (vendido com desconto pela Real Seguros) há anos. Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, pode pagar em 6 vezes sem juros no cartão ou com desconto de 5% no pagamento à vista.
Cada vez que você reserva algo com um dos nossos parceiros recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter atualizado e com novas dicas de viagem. Seguro viagem geral 728x90