Portugal é um dos destinos europeus mais populares entre os brasileiros, seja pela facilidade da língua, preços atrativos ou belas paisagens. Embora Portugal seja um país muito tranquilo e seguro para viajar é bom saber algumas coisas antes de viajar para Portugal.

Idioma

Obviamente eles também falam a língua portuguesa, mas para “iniciantes” pode ser um pouco difícil compreender o português “original”. A pronúncia é bem fechada e algumas palavras são completamente diferentes do Português do Brasil. Para facilitar, fiz uma breve lista de palavras que podem ser difíceis de serem compreendidas num primeiro momento para os brasileiros e podem auxiliar na sua viagem para Portugal.

Autocarro = ônibus

Comboio = trem

Eléctrico = bonde

Gasóleo = óleo diesel

Portagem = pedágio

Sandes = sanduíche

Sumo = suco

Bicha = fila

Telemóvel = celular

Casa/Quarto de banho = banheiro

Autoclismo = descarga

Visto de turismo para Portugal

Brasileiros não precisam de visto de turismo para viagens com duração de até 90 dias.

Seguro Viagem Obrigatório

Portugal faz parte do Tratado de Schengen e exige um seguro viagem obrigatório com cobertura mínima de € 30.000 que garanta assistência médica por doença ou acidente. Os cartões de crédito Platinum ou categoria superior oferecem esse seguro gratuitamente caso a passagem ou taxas de embarque tenham sido pagas com o cartão. Caso você não possua um cartão desse categoria pode contratar um particular. Gosto muito do seguro da Assist Card, vendido com desconto pela Real Seguros. Já usei esse seguro várias vezes e em muitas viagens (inclusive na minha volta ao mundo) e nunca tive problemas. Confira outros documentos necessários para viajar para Portugal.

Vacinas

Nenhuma vacina é exigida para viajar para Portugal.

Voos para Portugal

TAP, Latam e Azul têm voos diretos do Brasil para Portugal.

Qual moeda levar para Portugal?

A moeda oficial de Portugal é o euro e é recomendável que você leve euros para lá. Caso não goste de carregar dinheiro em espécie, poderá efetuar saques nos caixas eletrônicos, chamados Multibanco.

Quanto se gasta em uma viagem para Portugal?

Sempre acho muito delicado opinar sobre gastos médios diários, porque varia muito de pessoa para pessoa, mas para o viajante (bem) econômico é possível gastar até €50/dia. Para uma viagem com um pouco mais de conforto (mas sem muito luxo) diria que a média de gastos fica na faixa de €90-120/dia. O item que mais irá pesar no orçamento é a hospedagem, porque, de maneira geral, come-se bem e barato em Portugal (muitas vezes até mais barato do que no Brasil) e os valores das atrações turísticas também não são muito caros.

Gastronomia

A culinária de Portugal é famosa pelos frutos do mar e carne de porco. Come-se muito bem e barato em Portugal. Aproveite para deliciar-se com muito bacalhau, sardinhas assadas, o imperdível queijo da Serra da Estrela, chouriço, as maravilhosas azeitonas e o pastel de nata. Comer o original no “Pastéis de Belém” em Lisboa é outra experiência memorável.

E para os amantes de vinhos, Portugal também oferece ótimas opções, além do já famoso vinho do Porto.

O couvert é pago na maioria dos restaurantes. Eles costumam oferecer pães, manteiga, queijos, azeitonas e outros petiscos antes da refeição chegar. Nem sempre os preços ficam expostos, então caso não queira esse gasto extra é só recusar educadamente.

viajar para portugal

A incrível cidade do Porto. Foto: Shutterstock

É seguro viajar para Portugal?

De maneira geral é muito seguro viajar para Portugal. Obviamente é sempre bom ficar atento aos seus pertences, principalmente nos ônibus, metrôs e atrações turísticas mais movimentadas, pois os batedores de carteira escolhem os mais desatentos. Em Lisboa, especialmente, recomendo um cuidado extra no “Eléctrico 28” (o bonde que passa pelos principais pontos turísticos de Lisboa). No mais, também é bom evitar deixar pertences de valor nos carros alugados. Enfim, cuidados básicos que você deve ter em qualquer lugar do mundo e não só em Portugal.

Já adianto para responder: é seguro viajar para Portugal sozinho (a)? Sim, é seguro. Durante todo o tempo que morei em Portugal viajei sozinha muitas vezes e não tive problemas.

Transporte em Portugal

O metrô de Lisboa é excelente e barato e as regiões que o metrô não cobre são atendidas pelos ônibus (autocarros), bondes (eléctricos) e até mesmo pelo trem (comboio). Em Porto o sistema de metrô e ônibus (autocarro) também é muito bom. Nas demais cidades, dá para se locomover com os ônibus.

Já para transportes de uma cidade para outra, a opção mais barata é o ônibus. Andei bastante de ônibus em Portugal e são bem confortáveis. A malha ferroviária de Portugal também é muito boa e o trem (comboio) é outra opção para quem quer se locomover em Portugal sem alugar carro. Mas se você faz questão de alugar carro em Portugal, pode ir tranquilo porque as estradas são muito boas e bem sinalizadas. A PID (Permissão Internacional para Dirigir) não é obrigatória para alugar um carro em Portugal.

Dica: pegando as estradas secundárias em Portugal você tem uma boa chance de conhecer vilarejos e praias praticamente desertas.

Hospedagem em Portugal

Portugal é um destino bastante democrático, com hospedagens para todos os bolsos. Para o público mochileiro, a boa notícia é que Portugal tem alguns dos melhores hostels (albergues) do mundo) e pensões (o equivalente às pequenas pousadas no Brasil). Já tive a chance de ficar no Travellers House em Lisboa e o hostel é realmente excelente. Recomendo a todos. E, para quem quer um pouco mais de conforto, há a chance de ficar nas famosas Pousadas (nada a ver com o conceito de pousada no Brasil). Você tem a chance de ficar em antigos castelos, mosteiros e quintas. E há inúmeras outras opções de hotéis charmosos pelo país. Vale a pena dar uma pesquisada.

*Foto em destaque retirada do site Shutterstock

 
Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card (vendido com desconto pela Real Seguros) há anos. Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, pode pagar em 6 vezes sem juros no cartão ou com desconto de 5% no pagamento à vista.
Cada vez que você reserva algo com um dos nossos parceiros recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter atualizado e com novas dicas de viagem. Seguro viagem europa 728x90