Fui jantar no restaurante Le Lobby do hotel The Peninsula Paris, um dos mais luxuosos hotéis da Cidade Luz. Ele é o restaurante mais casual do hotel e com pratos da culinária francesa e internacional. Dei muita sorte, pois no dia que fui a temperatura estava super agradável e pude sentar em uma das mesas externas no Terraço Kléber e ficar apreciando o movimento da rua. O The Peninsula Paris fica localizado na Avenida Kléber a poucos metros do Arco do Triunfo.

Restaurante Le Lobby do hotel The Peninsula Paris

Como eu disse, apesar do restaurante estar dentro de um dos hotéis mais luxuosos de Paris ele é mais casual, inclusive no dress code. Eu, por exemplo, fui com um vestido preto na altura do joelho (bem simples) e sapatilhas.

O Le Lobby é comandado pelo chef Laurent Poitevin, conhecido pela criatividade dos seus pratos. Em relação ao preço: considerando a qualidade e requinte dos pratos diria que o preço é justo. Meu prato principal, por exemplo, custou ‎€40. E no almoço ainda há uma oferta especial (uma espécie de menu do dia), então fica a dica para quem quer comer em um ótimo restaurante sem estourar o bolso: vá no horário do almoço.

Outra dica: recomendo reservar uma mesa, pois o restaurante é concorrido. Tínhamos reserva, chegamos cedo e só por isso pudemos escolher uma mesa no Terraço Kléber. Depois de um tempo, o terraço lotou e o Le Lobby também.

restaurante le lobby do hotel peninsula paris

Terraço Kléber

Hotel The Peninsula Paris

Fiquei de queixo caído assim que entrei no hotel. Acho que aqui vale a máxima de que uma imagem vale mais do que mil palavras.

restaurante le lobby do hotel peninsula paris

Lobby do The Peninsula Paris

restaurante le lobby do hotel peninsula paris

Foto: Martinha (Viajoteca)

Jantar no Restaurante Le Lobby

Assim que sentamos na mesa e escolhemos as bebidas, o garçom já trouxe uma cesta de pães e um prato com um bolinho salgado que lembrava muito o nosso pão de queijo e estava ótimo. Alguém consegue resistir a bom um pão (ainda mais na França)? Eu não consigo.

Restaurante Le Lobby do Hotel The Peninsula Paris

Os bolinhos

Restaurante Le Lobby do Hotel The Peninsula Paris

Cesta de Pães

Pedimos a entrada por gula e porque o garçom recomendou muito o carpaccio om queijo de cabra e rúcula e a burrata com molho pesto. Acabei fazendo uma divisão desses pratos com minha amiga Martinha do Viajoteca e os dois estavam realmente ótimos.

Restaurante Le Lobby do Hotel The Peninsula Paris

Burrata & Carpaccio

Para o prato principal, minha escolha foi peixe espada com legumes e azeitonas pretas prensadas. O prato estava di-vi-no e a apresentação impecável. Sei que já disse isso algumas vezes aqui no blog, mas em Paris comemos com os olhos.

p1000313

 

A Martinha pediu carne e disse que estava exatamente no ponto que pediu e muito saborosa.

restaurante le lobby do hotel peninsula paris

 

E para fechar essa deliciosa noite gastronômica pedimos a sobremesa que nos foi recomendada pelo garçom: Chou. Uma espécie de bolinho de baunilha e avelã coberto com uma calda de chocolate gianduia. Só por curiosidade: Nutella é uma forma modificada de Gianduia, então imagina como o “Chou” é bom.

 

restaurante le lobby do hotel peninsula paris

 

Dividimos a sobremesa, porque realmente já estávamos bem satisfeitas com tudo o que comemos.

Foi um jantar bem “slow food” até porque o restaurante estava lotado e o serviço foi um pouco lento, mas foi uma experiência incrível.

jantar no restaurante le lobby the peninsula paris

Informações Restaurante Le Lobby

Endereço: 19 Avenue Kléber, Térreo.

Site: Le Lobby Paris

Jantar: 19h às 22h30

Continue planejando sua viagem para Paris

As Catacumbas de Paris

Sainte-Chapelle e Conciergerie em Paris

Citypharma, a farmácia mais barata de Paris

Roteiro Amélie Poulain em Paris

 
Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card (vendido com desconto pela Real Seguros) há anos. Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, pode pagar em 6 vezes sem juros no cartão ou com desconto de 5% no pagamento à vista.
Cada vez que você reserva algo com um dos nossos parceiros recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter atualizado e com novas dicas de viagem. Seguro viagem geral 728x90