Quando estava pesquisando onde ficar no Algarve basicamente havia uma “disputa” entre Lagos e Albufeira, as principais cidades da região. Acabei optando por ficar em Carvoeiro (Lagoa) no meio do caminho entre Albufeira e Lagos. Por que fui contra a maioria? Porque vi uma foto do hotel Tivoli Carvoeiro (reserve aqui) na internet e me encantei com a vista. Estava decidido: eu precisava ficar lá.

De qualquer maneira, visitei Lagos e Albufeira e digo que para quem não vai alugar carro no Algarve a melhor opção é sim Lagos.

O que é bom saber antes de ir para Portugal

Entenda as regiões e veja onde ficar no Algarve

O Algarve é uma região de belíssimas praias e a região mais turística de Portugal. Há hospedagem no Algarve para todos os gostos e todos os bolsos. Se você estiver de carro, o céu é realmente o limite. Dá para escolher hotéis um pouco mais afastados e com praias praticamente exclusivas (como eu fiz). Se estiver sem carro, você deve levar em consideração o fácil acesso do aeroporto (que é em Faro) e/ou das estações de trem e ônibus.

Albufeira

É a praia mais agitada do Algarve e tem uma vida noturna fervilhante. É a opção preferida dos ingleses. Eu adorei Albufeira, achei uma gracinha o centro histórico e dei uma boa percorrida pelas praias e fiquei de queixo caído com a Praia da Falésia. Maravilhosa!

onde ficar no algarve

A maravilhosa Praia da Falésia

Boas opções de hospedagem em AlbufeiraHotel Baltum, Hotel Vila Galé Cerro Alagoa, Al-Buhera Palace, Hotel Epic Sana Algarve 

 Reserve aqui

 

Lagos

É nessa região que ficam as praias mais famosas do Algarve. Lagos ficou mais popular entre os turistas depois que a Praia da Dona Ana foi eleita uma das mais bonitas do mundo. Para quem não está de carro e quer fazer muita coisa a pé, Lagos é certamente a melhor opção de hospedagem. É possível ir a pé do centro de Lagos até belíssimas praias em menos de vinte minutos de caminhada.

Boas opções de hospedagem em Lagos: Cascade Wellness & Lifestyle ResortCosta d’Oiro Ambiance Village, Tivoli Lagos.

 Reserve aqui

Lagoa

Foi essa a região que escolhi para me hospedar no Algarve. Como eu disse, estava determinada a ficar em um hotel específico – o Tivoli Carvoeiro (reserve aqui). Como eu já tinha me convencido que alugar carro no Algarve era essencial para o meu roteiro não fazia muita diferença onde eu me hospedaria, já que teria mobilidade. Queria um hotel bacana, com estacionamento gratuito, com piscina (a água do mar no Algarve é bem gelada) e com fácil acesso às demais praias. Ficar no meio do caminho entre Albufeira e Lagos foi uma ótima opção.

Gostei muito do Tivoli Carvoeiro. Apesar de ser um hotel antigo, o quarto era super espaçoso (o meu tinha até sacada), a cama era muito boa, o banheiro era enorme (e tinha uma banheira) e o café da manhã era delicioso. E – claro – tinha a piscina e a vista aérea do bar do hotel.

onde ficar no algarve

Tivoli Carvoeiro

A praia era praticamente exclusiva para os hóspedes, mas devo admitir que o acesso não era tão simples. De qualquer maneira foi uma experiência realmente incrível ter a sensação de ter a praia praticamente só para mim.

onde ficar no algarve

Lado ruim de ficar nessa região é que a vida noturna é praticamente inexistente. Tem que pegar muita estrada para pegar qualquer “centrinho” mais agitado. Mas há restaurantes na região. Alguns deles dava até para ir a pé.

Faro

É a maior cidade do Algarve e onde fica o aeroporto. Acabei dormindo lá uma noite, pois peguei um voo “madrugueiro” para o Porto. A única vantagem é ser a cidade do aeroporto. Fiquei no hotel 3K Aeroporto.

Reserve aqui

Gostou dessas dicas de onde ficar no Algarve?

Continue planejando sua viagem para Portugal

Motivos para conhecer o Algarve

Roteiro pelo Algarve

O que fazer em Lagos no Algarve

  
Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card (vendido com desconto pela Real Seguros) há anos. Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, pode pagar em 6 vezes sem juros no cartão ou com desconto de 5% no pagamento à vista.
Cada vez que você reserva algo com um dos nossos parceiros recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter atualizado e com novas dicas de viagem. Seguro viagem geral 728x90