Andar de metrô em Lisboa é muito tranquilo. A rede tem apenas 4 linhas, divididas por cores e que percorrem boa parte dos pontos turísticos e também o aeroporto e estações ferroviárias. Na minha opinião, o metrô de Lisboa é o mais fácil de usar da Europa.

Lembrando que os portugueses chamam o metrô de “metro”, pois é o diminutivo de “metropolitano de Lisboa”.

Veja o que é bom saber antes de viajar para Portugal

como andar de metrô em Lisboa

O metrô de Lisboa. pio3 / Shutterstock.com

Veja como andar de metrô em Lisboa

Entenda as linhas do metrô de Lisboa

São 56 estações divididas em 4 linhas de cores diferentes (amarela, azul, verde e vermelha). Boa parte das atrações turísticas concentram-se nas linhas azul e verde. A linha do aeroporto é a vermelha e tem conexão com todas as outras. Veja como ir do aeroporto de Lisboa ao centro.

 

andar de metrô em Lisboa

Mapa do metrô de Lisboa

As estações são bem sinalizadas e não há dificuldade para fazer baldeação quando necessário. Além disso, há painéis eletrônicos nas estações e você pode acompanhar o tempo que falta para a chegada do próximo metrô.

O seguro viagem é obrigatório para Portugal

Principais estações do metrô de Lisboa

  • Aeroporto – linha vermelha.
  • Oriente – linha vermelha. Estação do Parque das Nações e Shopping Vasco da Gama.
  • Colégio Militar/Luz – linha azul. Estação do Shopping Colombo.
  • Jardim Zoológico – linha azul. Estação da rodoviária e da estação de trem 7 rios.
  • Marquês de Pombal – linha azul.
  • Restauradores – linha azul. É a mais próxima da estação de trem do Rossio. Trens para Sintra.
  • Baixa-Chiado – linhas azul e verde.
  • Rossio – linha verde. Ótima região para hospedagem. Veja os melhores hotéis do Rossio
  • Cais do Sodré – linha verde. Estação de onde saem os trens para Cascais e os barcos para Cacilhas (Cristo Rei).

Cartão Viva Viagem

Para utilizar o metrô e demais transportes públicos de Lisboa você precisa do cartão Viva Viagem, um cartão individual, reutilizável e válido por 1 ano. Você pode comprá-lo e recarregá-lo nas máquinas ou nas bilheterias. O preço é €0,5.

andar de metrô em Lisboa

Máquinas para comprar e recarregar o cartão Viva Viagem. Sergey Dzyuba / Shutterstock.com

A grande “pegadinha” do cartão Viva Viagem é que ele só permite um tipo de carregamento de bilhetes por vez. Na prática significa o seguinte: se você comprou um bilhete 24 horas para uso ilimitado no metrô e Carris (ônibus, elétricos e elevadores) e decidir usar o trem para ir para Cascais, por exemplo, terá que comprar outro cartão para carregar o bilhete para Cascais. Entendeu?

Opções de bilhetes para o cartão Viva Viagem

Bilhete individual

Bilhete válido para uma viagem.

Bilhete diário

  • É o bilhete válido para 24 horas. Você pode escolher os seguintes tipos de bilhete:
  • Carris/Metro – válido para metrô, ônibus, bondes e elevadores.
  • Carris/Metro/Transtejo (Cacilhas) – válido também para quem vai atravessar o Tejo de barco e ir para o Cristo Rei, por exemplo.
  • Carris/Metro/CP* – válido para metrô, ônibus, bondes, elevadores e comboio (trem) suburbano.

*Verificar qual a área abrangida pelo passe.

 

andar de metrô em Lisboa

As estações da linha vermelha são as mais bonitas. Rob Wilson / Shutterstock.com

Bilhete Zapping

É quando você faz um pré-carregamento de créditos no cartão Viva Viagem e o saldo é descontado cada vez que você utiliza o transporte público. A vantagem é que o preço de cada passagem fica mais barato do que se fosse comprada individualmente. O valor mínimo do carregamento é de €3 e podem ser efetuados carregamentos com múltiplos de €5 até o limite máximo de €40 por cartão.

Informações

Horário de funcionamento do metrô: diariamente das 6h30 à 1h.

Site do Metro de Lisboa: http://www.metrolisboa.pt/

Andar de metrô em Lisboa é realmente muito simples. Basta seguir todas essas dicas.

Continue planejando sua viagem para Lisboa

O que é bom saber antes de viajar para Portugal

Como ir do aeroporto de Lisboa ao centro

30 atrações grátis em Lisboa

 

Importante

Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card há anos (faça sua cotação). Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, ainda tem 5% de desconto utilizando o cupom PRECISOVIAJAR5.
  Cada vez que você reserva algo com um dos nossos parceiros recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter atualizado e com novas dicas de viagem. Comparar