Home Destinos InternacionaisEuropaMalta 5 dias em Malta: roteiro completo

5 dias em Malta: roteiro completo

por Fernanda

Atualizado em

Malta é um dos menores países da Europa. Tem apenas 316 kmde extensão. É um país pequeno no tamanho, mas gigante nas belezas naturais.

O país é pequeno, mas as opções turísticas são espalhadas. Eu acredito que Malta merece pelo menos 5 dias (se tiver mais dias disponíveis, acrescente porque vale a pena). De qualquer maneira, acho que 5 dias em Malta já vai dar para aproveitar bastante.

5 dias em Malta: roteiro completo

Esse roteiro eu fiz utilizando o ônibus turístico “hop-on hop-off” e também os ônibus tradicionais. Não quis alugar carro, porque não me senti confortável para dirigir na mão inglesa. Veja como foi a experiência de viajar para Malta sem carro.

Dia 1: Parte Sul da Ilha

Já falei aqui – onde ficar em Malta –  que fiquei em St. Julian’s.  Então, no primeiro dia, perguntei no hotel onde poderia comprar o bilhete do ônibus turístico (hop-on hop-off) e eles me falaram que tinha um ponto próximo a praia (umas 2 quadras do hotel).

Negociei com o vendedor e comprei os bilhetes dos dois ônibus – 20€ cada (um faz o circuito sul e o outro o circuito norte) e ainda ganhei o cruzeiro por Valetta e as 3 cidades.

Essa linha sul só é interessante por causa do Marsaxlokk (vila de pescadores) e a Blue Grotto. Vale pela comodidade de conseguir visitar esses dois lugares com o mesmo ônibus, mas, se você tiver tempo e quiser economizar, sugiro visitar esses dois lugares com os ônibus normais da cidade.

Parei primeiro em Marsaxlokk. Sinceramente, esperava bem mais do local. Achei a feira que ocorre aos domingos extremamente caótica. Gostei só dos ‘luzzus’, os barcos típicos dos pescadores que possuem uma espécie de “olho maltês’ pintado nas proas. Queria muito ter ido até a St. Peter’s Pool (fica pertinho), mas não estava tão calor e o dia estava bem corrido. Importante: o ônibus turístico não passa pela St. Peter’s Pool.

malta sem carro

Marsaxlokk, vila dos pescadores

Depois segui em direção a Blue Grotto. Tá aí um lugar que definitivamente vale a visita.  A cor da água é inacreditável: parece até fluorescente. Recomendo fazer o passeio de barco (dura uns 20 minutos). Custa 8€ (abril/18). Se puder, faça esse passeio logo pela manhã, pois é o melhor horário para pegar a água no seu melhor tom.

motivos para conhecer malta

Passeio de barco pela Blue Grotto

Dia 2: Gozo e Comino (Blue Lagoon)

Aproveitando o dia lindo que estava fazendo, no segundo dia em Malta segui para o cartão postal mais famoso do país: Blue Lagoon (que na verdade fica em Comino). Comprei um passeio para Gozo e Comino com a Supreme Cruises e depois de muita negociação paguei 35€. Sinceramente? Recomendo esse passeio apenas para quem tem medo de ir por conta própria porque você passa pouco tempo em Gozo e pouco tempo na Blue Lagoon. Minha dica: caso escolha um passeio contratado, certifique-se que o barco é rápido (speedboat). Eu fui com o barco da Supreme Cruises, mas não recomendo porque demorou muito tempo para chegar na Blue Lagoon.

motivos para conhecer malta

Victoria em Gozo

5 dias em malta

Blue Lagoon

Dia 3: Parte Norte da Ilha

No terceiro dia, fui explorar Valetta, a igreja de Mosta e Mdina. Novamente, fui com o ônibus turístico hop-on hop-off. Sei que muita gente deixa de explorar esse lado histórico e cultural de Malta e acaba priorizando só as praias, mas digo que vale muito a pena reservar um tempo para conhecer esses locais.

motivos para conhecer malta

As ruelas de Mdina

Dia 4: St. Julian’s, Sliema e Passeio de Barco

No quarto dia, decidi explorar um pouco a região do hotel onde eu estava (St. Julian’s). Depois fui para Sliema e de lá fiz o passeio de barco por Valetta e as 3 cidades. Eu adorei ver Valetta, Vittoriosa, Senglea e Cospicua por outra pespectiva (já que no dia anterior tinha percorrido esses pontos de ônibus e a pé). Encerrei o dia curtindo o pôr do sol em Spindola Bay e depois jantei no restaurante Bianco’s. Amei esse restaurante. Comi duas vezes lá.

motivos para conhecer malta

Passeio de barco

Dia 5: Blue Lagoon

Tinha ficado frustrada com o passeio para a Blue Lagoon, então decidi ir de ônibus até Cirkewwa logo pela manhã. Foram uns 45 minutos de viagem de St Julian’s para lá e o ônibus vai lotado (fui em pé o trajeto todo). Lá em Cirkewwa peguei o barco para Comino (Blue Lagoon). Dica: a bilheteria para os barcos de Comino não é no edifício principal. Atravesse a rua e procure um quiosque de comida. A bilheteria dos barcos para Comino é ao lado. O bilhete de ida e volta custa 10€ (abril/18) e o embarque é feito perto desse quiosque (é só descer as escadas). A travessia com esse barco é bem rápida. Dura uns 10 minutos.

Foi, sem dúvidas, meu melhor dia em Malta. Cheguei cedo, muito antes das excursões e consegui curtir mais um dia naquele paraíso. Veja todas as dicas para chegar na Blue Lagoon.

5 dias em Malta

Chegando cedo no paraíso Blue Lagoon

Eu acabei indo duas vezes para a Blue Lagoon, porque realmente não gostei do passeio contratado. Minha sugestão seria deixar o dia 2 inteiro para a ilha de Gozo. Gostei bastante do local e foi uma pena não ter tido mais tempo para explorar as atrações turísticas de lá.

Leia mais sobre Malta

O que é bom saber antes de viajar para Malta

10 motivos para conhecer Malta

O que fazer em Malta

Artigos Relacionados

Deixe um Comentário