Home Destinos InternacionaisÁsiaTailândiaBangkok Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

por Fernanda

Não suporto quando alguém me diz: “olha, tal lugar você tem que ir”, mas como sei que muita gente chega aqui no blog querendo dicas imperdíveis, mas lá vai um lugar que considero imperdível em Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha. 

Passei 4 meses viajando pela Ásia e tive a oportunidade de visitar centenas de templos, mas poucos são tão impressionantes como o templo do Buda de Esmeralda (Wat Phra Kaew). A riqueza de detalhes é para deixar qualquer um de boca aberta. Visitei o templo duas vezes e, na primeira, fui com uma guia tailandesa que foi me explicando detalhe a detalhe. Sinceramente? Se você realmente quer entender um pouco mais de um dos templos mais fascinantes da Ásia, vale a pena contratar um guia. Vários ficam na entrada abordando os turistas e como sempre é preciso barganhar. Peça para ver o crachá e ter certeza que é um guia credenciado.

Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

A dica que dou é que você não esqueça de olhar para cima. Os detalhes dos telhados e a mistura de laranja e verde fazem toda a diferença nesse templo.

Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

E no mesmo “terreno” também é possível visitar o Grand Palace que já foi a residência real. Hoje ele é usado pelo rei apenas para ocasiões especiais, então tome muito cuidado com um dos golpes mais famosos de Bangkok: o golpe que o Grand Palace está fechado. Os motoristas de táxi e tuk tuk vão tentar te convencer que a atração está fechada só para levá-lo em uma das inúmeras lojas de ternos que eles ganham comissão. O Palácio realmente fecha, mas apenas um dia no ano.

Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

Maravilhoso!

Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

Importante

Esses lugares são considerados sagrados pelos tailandeses, então você precisa ir com roupas apropriadas. Os homens devem ir de calça e as mulheres devem cobrir os ombros e joelhos. Roupas  roupas coladas ao corpo, como calça legging também não são permitidas. Porém, não se preocupe caso eles te barrem na entrada. Você pode alugar uma vestimenta especial para entrar. Minha dica: por via das dúvidas, leve uma canga na bolsa e/ou mochila.

A última vez que estive em Bangkok (Fevereiro/2012), a entrada custava 450 Baht, mas eles sobem com certa frequência e já me disseram que hoje o ingresso está custando 500 Baht.

Para visitar os templos é necessário tirar os sapatos.

Bangkok: Grand Palace & Emerald Buddha

Acostume-se, pois eles estão por todo o Sudeste Asiático!

Como chegar

Para quem estiver hospedado na região da Khao San Road, dá até para ir a pé. É uma caminhada de uns 15 minutos. O problema é a umidade e calor. De qualquer maneira, vale a pena tentar pegar um táxi e SEMPRE pedir para ligar o taxímetro. Não recomendo o tuk tuk porque os caras não gostam muito de negociar o valor e acaba saindo mais caro que o táxi.

De outras regiões de Bangkok a melhor alternativa seria o táxi ou barco. O skytrain não chega tão perto da atração.

19 comentários
0

Artigos Relacionados

19 comentários

Lorenzza F. 20 de janeiro de 2014 - 10:22

Nossa adorei as dicas… já coloquei na minha lista de viagens … Tb não sou a favor da famosa frase “vc tem que conhecer isto” mas as vezes ela é necessária..Acho que temos que escolher nossas próprias belezas em locais tão diferentes do nosso cotidiano.

Parabéns pelo blog muito bom.

Reply
Fernanda 20 de janeiro de 2014 - 10:26

Esse templo é maravilhoso. Vale a visita. Obrigada!

Reply
Thiago Durans 22 de janeiro de 2014 - 15:42

Boa tarde Fernanda. Primeiramente parabéns pelo Blog e pela iniciativa de ajudar o próximo. Viagem é mesmo algo muito pessoal, mas suas dicas ajudam bastante. Morei durante 3 anos em Portugal e sou fascinado por viagens.

Casei em novembro e fomos para Aruba em lua de mel e agora estamos nos organizando para uma viagem à Tailândia no final de Novembro deste ano. Já comprei as passagens de São Paulo para Phuket via Doha.

Se você pudesse nos dar algumas dicas eu lhe agradeceria. Temos 21 dias de viagem e eu comprei a passagem para Phuket, pois estava com quase R$300 de diferença.

Existem dois motivos principais da nossa viagem. Um deles é conhecer as belezas naturais e o outro é o auto-conhecimento. Somos espíritas e temos afinidade também com o Budismo.

Gostaria de saber o que você indica em termos de tempo em cada lugar. Queremos ir à Bangkok, Chiang Mai e ilhas. Qual a média para cada lugar?

Tenho outra dúvida relacionada ao dinheiro. Qual a média de gasto com as passagens internas? Posso comprar tudo na hora ou preciso comprar antecipadamente? E a alimentação? Qual o gasto médio diário?

Fico agradecido se nos ajudar nesse sentido. Já li seus posts sobre a Tailândia e já ajudou bastante.

Mais uma vez, parabéns pelo blog!!!!

Reply
Fernanda 23 de janeiro de 2014 - 16:28

Uns 3 dias em cada (pelo menos). Tem um post aqui no blog só com os valores dos passeios e custo médio de várias coisas na Tailândia.

Depende muito do perfil, onde vai comer e etc. (eu comia na rua, gastava U$2 por refeição).

No post FAQ Tailândia eu respondi sobre as passagens internas também. Dá para comprar na hora, mas corre o risco de estar mais cara (se for avião).

Reply
Marianne 23 de janeiro de 2014 - 10:30

Fernanda,

eu amei esse lugar! Eu ate chorei de emoção! hahahaha
É tudo muito lindo e foi o primeiro templo que visitei na Thailandia. Incrivel!! Vale muito a pena ir =)
Saudades do caos da Asia.

Beijos

Reply
Fernanda 23 de janeiro de 2014 - 16:20

Também amei esse templo.

Reply
Mateus 24 de janeiro de 2014 - 09:45

O Grand Palace foi o lugar mais incrível em que já estive. Não sou muito apegado a detalhes, mas gostei tanto que não conseguia ir embora. Tenho uma dica muito boa para compartilhar:

As pessoas primeiro visitam o local (em separado) onde está o Buda Esmeralda e depois se dirigem ao Palácio principal (aquele da foto com os guardinhas). Aconselho fazer o contrário, eu fiz isso meio que sem querer e tirei fotos com o Palácio completamente vazio.

Reply
Fernanda 25 de janeiro de 2014 - 10:11

Ótima dica! Obrigada!

Reply
Jackie 25 de janeiro de 2014 - 10:23

A primeira frase do post é A frase pra mim rs
Hoje mesmo li que é imperdível ir no circuito das águas em Lima. Bom, imperdível pra quem ne? Pq pra mim é totalmente dispensável rs odeio os tem que. Fiz até post hoje (depois de séculos!) falando de resoluções pra cortar tem que em 2014.

Fer, tava achando que Bangkok ia merecer pouco tempo, sabe, mas ganhei um Rough Guide e tava lendo e tipo…quero ficar muuuito tempo rs Mt dificil planejar viagem pra asia. ideal seria ir sempre pra um ano sabatico rs

Anotada a dica do guia pro templo.
Me diz uma coisa, vc foi a algum sky bar em bangkok? Romulo adora esses prédios enormes e modernosos (eu tenho pavor de altura), e eu tava vendo uns hotéis e achei um Sky Bangkok que tem um bar no terraço, no 63º andar. Mas queria saber mais ou menos como é a vibe do lugar, se vale a pena ir.
bjs!

Reply
Fernanda 25 de janeiro de 2014 - 10:38

Oi Jackie,

Eu fui em um sim (em 2010). A vibe é turística. Muitos turistas, expatriados e alguns tailandeses ricos. Mas a vista é sensacional. Acho que vale a pena tomar um drink, até porque o preço de um drink lá em cima equivale a 3 lá embaixo. hahaha. Tem muitos prédios modernosos no Riverside. Rômulo vai curtir. Vocês vão ficar na Khao San ou no Riverside???

Outra coisa bem turística é o passeio no rio que tem jantar e show (esse não envolve altura). Esse eu passei, mas meu amigo foi e amou. Realmente, dá para ficar 1 mês em Bangkok. A cidade é caótica, mas tem seus encantos. Agora o Grand Palace é para deixar qualquer um com o queixo no chão. Vale a pena reservar metade de um dia para ir lá.

bjs

Reply
Fernanda 25 de janeiro de 2014 - 10:40

Ah! Tem um outro templo na beira do rio (vou escrever sobre ele semana que vem) que tem uma vista ótima de Bangkok também. Só que subir no calor não é das tarefas mais fáceis. Se você tem medo de altura, acho que vai passar esse templo, porque é realmente complexo subir aquelas escadas.

Reply
Jackie 27 de janeiro de 2014 - 11:11

Vale, Fer. Acho q ele vai curtir, então. vou por no roteiro o sky bar.
Então, ainda nao decidi pela localização do hotel. eu vi esse bayoke sky que não me pareceu tão bem localizado… vi que a Khao San é boa, mas tô na duvida se não vou achar caos de mais fica por ali. tava querendo alguma coisa mesmo no riverside, mas aí tenho q pesquisar o hotel ainda (não fechamos que dias ficaremos na cidade, por isso ainda não vi).
ah,m eu adoro jantar no barco hahahaha bem capaz de irmos, se der tempo. vou ficar de olho no proximo templo pra avaliar. mas to cada vez mais cagona com altura. mas é bem especifico, tipo, ando de teco teco tranquilo, mas elevador panoramico eu morro. vai entender rs
bjs,

Reply
Gessinho 25 de janeiro de 2014 - 13:40

Depois de ler muito esse Blog e alimentar um sonho, estou eu de passagens compradas. Uhuuuu! Tailandia, camboja, vietnam e Laos! Obrigada Fernanda, vc nem tem idéia do quanto me ajudou. Bjão.
O

Reply
Fernanda 26 de janeiro de 2014 - 21:16

Uau!!! Boa viagem!

Reply
Livia 18 de fevereiro de 2014 - 10:17

Eu subestimei Bangkok, achei que seria muita bagunça e só reservei 2 dias para conhecer tudo…no final me arrependi, deveria ter ficado pelo menos 3 dias!

Quem tiver pouco tempo para conhecer a cidade, vale a pena fazer o “Follow Me Bike Tour”, é um tour de bike, além de conhecer lugares mais turísticos, eles também te levam para conhecer o lado não tão turístico da cidade, eu achei demais!!! Quem tiver interesse em mais detalhes, escrevi sobre esse tour aqui http://bloggingmytrips.wordpress.com/2013/06/10/dia-6-dia-de-contrastes-em-bangkok-bike-tour-sky-bar-e-khao-san-road/

Beijos!

Reply
Sérgio 11 de março de 2014 - 17:18

Fernanda, pode me informar como ta a situação em Bangkok agora? Tou planejando ir pra lá em maio mas tou meio apreensivo por causa daquelas manifestações etc! Obrigado

Reply
Fernanda 11 de março de 2014 - 21:24

Não sei. Não estou lá agora. Minha amiga estava lá há 1 mês e disse que tinha manifestação, mas ainda estava tranquilo nas áreas turísticas.

Reply
Alexandra Novais 10 de agosto de 2014 - 04:59

Olá Fernanda! Adorei as tuas dicas 🙂 Sou portuguesa e a Tailândia é a minha viagem de sonho…estou a pensar ir agora na primeira quinzena de Setembro, mas estou na duvida por causa das monções..mesmo assim acho que vou arriscar! que dizes?

Reply
Fernanda 11 de agosto de 2014 - 21:46

Não tem como prever a natureza né? É época de chuvas sim.

Reply

Deixe um Comentário