Home Destinos NacionaisParanáCuritiba Barreado em Morretes

Barreado em Morretes

por Fernanda

No feriado da Páscoa, eu fui com o pessoal do Curitiblogando para Morretes. Fizemos o passeio de trem (leia aqui) e fomos almoçar no próprio restaurante da Serra Verde Express.

Para quem não sabe, Morretes é mundialmente conhecida (ok, regionalmente conhecida) pelo seu prato típico chamado barreado. Barreado é um cozido de carne em panela de barro. Diz a lenda que um barreado original demora 18 horas para ficar pronto.

Barreado em Morretes

 

Onde comer Barreado em Morretes?

Eu diria que esse é um dos pratos mais típicos do Paraná e realmente, o melhor lugar para apreciar essa delícia é Morretes (mas, justiça seja feita, eu já comi ótimos barreados em Curitiba).

Tudo bem que barreado não é a minha comida favorita no mundo. Eu gosto da carne, gosto do sabor, mas acho que falta um “tchan” nos acompanhamentos. Os acompanhamentos originais são arroz, farinha de mandioca e banana. É meio que típico lá em Morretes o garçom preparar um pirão com a carne e a farinha e fazer um teste em cima da cabeça do cliente. Tipo, pra provar que a mistura não cai. Sinceramente, haja coragem para esse teste. Já vi gente sair com o cabelo lambuzado e branco de farinha. Mas, fica a dica caso você goste de adrenalina.

Barreado em Morretes

barreado em morretes

 

Barreado em Morretes

 

Eu já fui para Morretes várias vezes, fazer almoço de bate-volta, dar uma volta na estrada da Graciosa, descer o rio de bóia (essa parte é mentira, faz no mínimo 20 anos que eu não entro naquele rio) e comprar bala de banana (também é mentira, mas minha mãe de fato compra a bala. Eu não suporto bala de banana, mas o povo gosta).

Enfim, eu não conhecia o restaurante da Serra Verde Express. Acontece que minha família e meus amigos têm uma criatividade enorme e 99% das vezes que fomos para Morretes almoçamos no Madalozo que vem a ser o restaurante mais famoso de lá e o restaurante que fica na beira do rio Nhundiaquara.

Em termos de barreado, sinceramente não vi diferença entre o barreado do Madalozo e do Serra Verde Express. Ambos são bons. Agora, o que realmente fez meus olhos brilharem (não só os meus, mas os da Leidinara do Férias Now) foi o bolinho de siri. Mas vocês não foram até Morretes para comer barreado? Sim, fomos, mas é que eu não tava esperando aquela maravilha de bolinho de siri.

Barreado em Morretes

Nós pouco esfomeadas meio que acabamos com a porção da mesa (foi mal, curitiblogueiros), mas aí chega o garçom e fala que tudo que estava na mesa podia ser reposto. Aí foi só alegria! Confesso que até abandonei o barreado para poder me dedicar exclusivamente ao bolinho de siri.

Bom, tinha salada também, depois serviram peixe e camarão (eu nem comi, porque achei que a mistura bolinho de siri + barreado já era um tanto quanto exótica). E, eles também tinham opções vegatarianas, no caso, canelone.

Barreado em Morretes

Para resumir, não conhecia o restaurante da Serra Verde Express. Ele fica um pouco antes do rio e não tem a visão panorâmica, mas gostei do atendimento, do espaço (não é tão grande como o Madalozo e eu que sou claustrofóbica e detesto multidões, amei esse detalhe) e achei que o bolinho de siri faz toda a diferença.

Custa R$39 por pessoa (é um pouco mais barato que o Madalozo) e você come à vontade.

Endereço: Rua General Carneiro, s/n, esquina com Largo Antonio R. dos Santos. Morretes, Paraná.
Telefone: (41) 3462-4333

Vale a pena dar uma olhada nos pacotes que a Serra Verde oferece com passagem de trem + restaurante. Costuma sair mais barato.

Agradecemos o convite dos nossos parceiros, colaboradores e da Serra Verde Express para a realização dos passeios de litorina e trem. O passeio e o almoço foram cortesia, mas a opinião é extremamente pessoal.

barrinha curitiblogando

 

Participaram da 1º edição do Curitiblogando, que ocorreu entre 28 e 31 de março de 2013:

Anna Martinelli e Mariana Fachin (Preciso Viajar), Jr Caimi (TipTrip Viagens).

Blogueiras convidadas: Erika Marques (Outros Ares) e Renata Campos (Revivendo Viagens).

A organização das atividades do primeiro encontro dos blogueiros contou com os seguintes parceiros: CCVB – Curitiba Convention Visitors BureauPG1 Comunicação e AssessoriaIEME ComunicaçãoHome City Home,  Vacanze Viaggio. Também tivemos como colaboradores: Forneria CopacabanaRestaurante MadalossoCold StoneSerra Verde ExpressDuc ClubBazar Doce Pâtisserie Cervejaria Devassa.

12 comentários
0

Artigos Relacionados

12 comentários

Jr Caimi 10 de maio de 2013 - 16:15

Eu gosto da balinha de banana hehe 😉

Reply
Fernanda 10 de maio de 2013 - 16:21

hahaha. Viu? Tem quem goste. A Leidinara comprou um saquinho lá em Morretes.

Reply
Leidinara 19 de maio de 2013 - 00:17

AMO bala de Banana! Devorei o pacote em minutos quando cheguei em casa hahaha

Reply
Maria 13 de maio de 2013 - 10:57

Eu adoro Morretes.
Pra uma Carioca em Curitiba nao tem passeio melhor, quer dizer, a Ilha do Mel e imperdivel, mas o “bate-volta” em Morretes eh sensacional!!!

Reply
Fernanda 13 de maio de 2013 - 14:11

O ruim da Ilha é que precisa estar sol e você como carioca em Curitiba sabe que isso é raro. rs

Reply
Atsu 15 de maio de 2013 - 09:00

Eu peguei trem de Curitiba pra ir comer o barreado. Gostei, mas a viagem de trem foi melhor 😛

Reply
Tatiane Dias 16 de maio de 2013 - 17:57

Não comi barreado, nem fui a Morretes.

Tá lista pra voltar junto com a Ilha do Mel.

Reply
Fernanda 16 de maio de 2013 - 18:40

Pior que não é tarefa tão fácil achar barreado em Curitiba. Melhor provar lá em Morretes mesmo, Tati.

Reply
Leidinara 19 de maio de 2013 - 00:18

Vamos voltar lá qualquer hora só pra comer os bolinhos de siri? Diz que siiiiim!!!!

Reply
Fernanda 19 de maio de 2013 - 00:22

Vamos!

Reply
Lucila R. 3 de janeiro de 2014 - 11:15

Oi, Fernanda
Tô pensando em descer o rio de bóia este fim de semana. Eu já desci várias vezes na minha época de escoteira e adooooro esse passeio. Hummmm esse bolinho de siri deu água na boca. E coisa de quem mora fora do Brasil, como eu, amoooo bala de banana 😉

Reply
Fernanda 3 de janeiro de 2014 - 11:37

Eu adorava descer o rio de boia. rs

Reply

Deixe um Comentário