Home Destinos InternacionaisEuropaItália Dicas de Viagem para Itália

Dicas de Viagem para Itália

por Fernanda

Atualizado em

Deixo aqui algumas dicas de viagem para Itália especialmente se é a sua primeira vez no país. A Itália dispensa apresentações: é um país que impressiona de norte a sul com suas belas paisagens, tem uma culinária que encanta praticamente todo mundo, tem ótimos vinhos e tem sorvetes para deixar qualquer um maluco.

Dicas de Viagem para Itália (para quem ainda não conhece o país)

1) Uma viagem não é suficiente para conhecer todo o país.

A Itália é cheia de encantos e uma viagem não será suficiente para conhecer todo o país (mesmo que você fique 1 mês). Portanto, foque seu roteiro nas cidades que deseja conhecer na sua primeira viagem.

2) Nem todo mundo fala inglês

Apesar de ter melhorado muito nos últimos anos, nem todo mundo fala inglês na Itália (especialmente nas cidades menores).  Então é de bom tom decorar algumas palavras básicas.

Bom dia – Buongiorno

Olá – Ciao

Até logo – Arrivederci

Por favor – per piacere ou per favore

Com licença – permesso

Obrigado– grazie

Desculpe – Scusi 

Sinto muito – Mi dispiace

3) Bairrismo

O italiano é extremamente bairrista, regionalista (ou o termo que preferir). É muito comum conversar com italianos que orgulham-se de nunca terem saído de suas regiões, afinal consideram a melhor região da Itália.

4) Agosto

Viajar para a Itália em agosto pode ser uma grande furada. Devido ao feriadão Ferragosto muitos italianos aproveitam para viajar e muitos estabelecimentos comerciais fecham. Além disso, as praias ficam lotadas.

5) Verão

O verão na Itália é seco e muito, muito quente. Vá preparado para altas temperaturas.

6) Filas, filas, filas.

Vá preparado para encarar filas em praticamente todos os pontos turísticos. A Itália fascina pessoas do mundo inteiro.

7) Preços diferenciados para comer sentado

Não se assuste quando perguntarem se vai comer no balcão ou se vai sentar. Na Itália os preços são diferentes e comer/beber no balcão é mais barato.

8) Happy hour com petiscos grátis

A happy hour na Itália é realmente feliz. Na maioria dos lugares, você paga pelo drink e ganha uns petiscos. Em alguns lugares há um buffet de petiscos à disposição dos clientes.

9) Não toque em frutas e verduras expostas

Sabe aquela mania de “ver com as mãos?”. Esqueça! os italianos ficam muito bravos se você tocar em frutas e verduras expostas.

10) Café da manhã doce

O café da manhã tipicamente italiano é doce. Um cappuccino e um cornetto (uma espécie de croissant recheado com chocolate, geleia, creme, marmelada).

dicas de viagem para itáliaMas há sempre opções para turistas, como por exemplo o “croissant salgado” recheado com queijo e presunto.

Nos hotéis, o café da manhã é bem variado. Não se preocupe.

11) Cappuccino é bebida de café da manhã

Para os italianos, o cappuccino é uma bebida para o café da manhã. Eles estranham quando você pede um cappuccino no meio da tarde. Mas cada um com suas preferências, não é mesmo?

12) Cartão

Não é todo lugar que aceita cartão, principalmente nas pequenas vilas do interior. É bom sempre ter dinheiro em espécie.

13) Gelato

Esqueça os sorvetes “de bola” dos outros cantos do mundo. Um bom gelato artesanal deixa qualquer sorvete no chinelo.

14) Trens

Viajar de trem na Itália é uma boa opção, porque a malha ferroviária é bem abrangente. Compre um bilhete para a primeira classe se for viajar com muita bagagem. A área destinada para bagagens médias/grandes nos vagões da segunda classe é bem limitada.

Ah! Não esqueça de validar o bilhete dos trens regionais em uma das muitas máquinas espalhadas pelas estações de trem.

trem na itália

Máquina para validação dos bilhetes

15) Batedores de Carteira

Nem tudo é perfeito e há muitos batedores de carteira na Itália, principalmente nas regiões mais turísticas. Vale uma atenção extra com seus pertences quando o lugar tiver bastante aglomeração de pessoas. Veja os golpes mais comuns na Europa.

16) Italianos dirigem loucamente

Os italianos dirigem que nem loucos, correm muito nas estradas, não respeitam as faixas. Vá preparado!

17) Pedágios

Para pagar o pedágio com dinheiro, entre nas passagens com placas brancas e descrição “biglietto“. Retire o bilhete e pague quando sair da estrada. O valor é calculado de acordo com a quilometragem percorrida.

18) PID

Para dirigir na Itália você vai precisar da PID (permissão internacional para dirigir). Vale lembrar que a PID deve ser apresentada juntamente com a carteira de motorista.

19) Zonas de tráfego limitado (ZTL)

Se alugar um carro na Itália, fique bem atento às zonas de tráfego limitado (ZTL). Não entre nas ruas se tiver uma dessas placas de tráfego limitado, pois você será multado. Por isso, recomendo não circular de carro nos centros históricos das cidades, pois normalmente eles são ZTL e carros são proibidos de circular, com exceção dos veículos autorizados, de moradores e os táxis.

20) Comida italiana

Pode esquecer aquela ideia de comida italiana nos moldes que temos no Brasil: rodízio com frango, polenta frita e trocentos tipos de massas. Na Itália a comida é muito mais simples e com poucos ingredientes. Eu sinceramente prefiro, mas notei que muitos brasileiros não gostam.

Importante: sabe aquela coisa de pedir para alterar um ingrediente (super comum no Brasil?) Pois é! Os italianos detestam isso.

21) Bebida para acompanhar as refeições

Na Itália o normal é pedir água ou vinho (inclusive o vinho é mais barato do que sucos e refrigerantes).

Importante: caso você peça suco ou refrigerante, prepare-se para bebidas em temperatura ambiente. O garçom nem pergunta se você quer coca-cola com gelo e limão. Vem só a coca mesmo.

22) Pratos são individuais (inclusive a pizza)

A pizza italiana tem a massa fina e é  mais leve que a brasileira. O tamanho engana. Apesar de ser grande ela é individual.

dicas de viagem para itáliaOs pratos não são misturados como no Brasil – massa com carne. Primeiro você pede um prato de massa e depois um prato de carne. Mas não se preocupe! Você pode pedir somente um dos dois.

23) Coperto

Sempre verifique se o restaurante cobra o coperto – taxa fixa cobrada por pessoa. Em muitos restaurantes eles colocam uma cestinha de pães na mesa, mas infelizmente não adianta recusar o pão porque eles cobram do mesmo jeito. O preço fica na faixa de €1,5 a €3 por pessoa.

24) Água

Tenha sempre uma garrafinha vazia na bolsa/mochila. Na Itália, a água das fontes é grátis e a maioria é de água potável.

25) Papel higiênico no vaso

Não se assuste se o hotel só tiver um mini-lixo no banheiro. Na Itália é comum jogar o papel higiênico no vaso.

26) Celular

Italianos amam falar ao celular. Não importa o lugar, não importa se tem mais gente escutando. Eles não são nada discretos. Falam (às vezes gritam) e você é obrigado a escutar a conversa alheia.

27) Fumantes

Esse é definitivamente o ponto que mais me irrita na Itália. Os italianos fumam muito. E apesar de ser proibido fumar em espaços públicos, a lei antifumo italiana não é tão severa como no Brasil. Por exemplo, se um restaurante tem algumas mesas na calçada, as pessoas podem fumar nas mesas. Se você não quer ninguém baforando na sua cara enquanto come, prefira as mesas internas.

28) Documentos para viajar para Itália

Confira os documentos que podem ser exigidos no momento da imigração.

29) Vacinas

Muita gente acaba espalhando informações erradas, mas nenhuma vacina é exigida para entrar na Itália. Há apenas a recomendação no site da Anvisa de vacina contra sarampo (mas não será exigido comprovante na Europa).

30) Vestimenta para entrar nas igrejas

É bom levar a sério o dress code para entrar nas igrejas italianas.  Nada de saias/shorts curtos, transparências e ombros de fora. É bom ter sempre uma echarpe na bolsa/mochila para evitar ser barrada.

Essas são apenas algumas dicas de viagem para Itália. O que posso dizer é que é um país incrível e quanto mais eu conheço, mais eu quero voltar.

Leia mais sobre a Itália

Viagem para Cinque Terre: o que você precisa saber

Sugestões de passeios de bate-volta desde Florença 

Passeios por vinícolas na Toscana

Passeios ao redor de Veneza

Artigos Relacionados

0 comentário

JOSUE FERREIRA SILVA 14 de dezembro de 2018 - 13:32

Meu voo chega e sai de Turim. Com escala em Roma. Pergunto se na ida posso descer em Roma e ficar aí, chegando depois em Turim para o voo de volta. Grazie mille.

Reply

Deixe um Comentário