As atrações de Melbourne ficam concentradas na região central, então é bom escolher um hotel no centro de Melbourne para a sua hospedagem. Minha escolha foi o Doubletree by Hilton na Flinders Street e foi o melhor hotel que fiquei na minha última viagem para a Austrália.

É extremamente recomendável fazer um seguro viagem para viajar para a Austrália

Hotel no Centro de Melbourne

Na primeira vez que estive em Melbourne me hospedei em St. Kilda e admito que me arrependi. Nessa segunda vez (maio de 2017), optei por um hotel no centro de Melbourne. Na minha opinião, a região central de Melbourne é a melhor região para hospedagem porque você consegue fazer muita coisa a pé e ainda tem a vantagem de poder utilizar o bonde grátis (tram) que circula pelo centro. O tram 35 (City Circle Tram) circula pela pela Flinders St, Docklands, La Trobe e Spring St.

DoubleTree by Hilton

Reservei com bastante antecedência e consegui um preço bem atrativo, considerando o padrão do hotel, mas principalmente a localização. O DoubleTree by Hilton fica bem em frente à estação de trem da Flinders Street. Eu realmente não gastei com o transporte público, porque praticamente todos os pontos turísticos que visitei estavam a uma curta distância a pé ou então acessíveis pelo bonde gratuito. Tudo bem que não deu tempo de ir para St. Kilda nessa última vez, mas teria sido o único gasto com transporte público.

No entorno do hotel há um mercado, muitos cafés, lojas e restaurantes. Como minha diária não incluía o café da manhã, acabei comprando algumas coisas no mercado e deixando no frigobar para o café da manhã.

Check-in

O check-in foi bem rápido e simplificado. Cheguei antes do horário estipulado para o check-in, mas como o quarto já estava livre o recepcionista me deixou entrar (sem stress e sem cobrança adicional). Aliás, toda vez que viajo para o exterior percebo como o check-in nos hotéis brasileiros é demorado e como muitos hotéis acham que só podem liberar um quarto já vago mediante cobrança adicional. Enfim…

Ainda ganhamos (minha mãe e eu) um cookie de chocolate quentinho de boas-vindas. Pelo visto, a entrega desse cookie é de praxe, já que depois do check-out recebi uma pesquisa por email para avaliar o hotel e uma das perguntas era exatamente sobre o cookie: se recebi e se estava quentinho.

O recepcionista ainda perguntou se eu preferia um quarto com duas camas de solteiro ou uma de casal king e se preferia um andar mais alto. Pedi um quarto com duas camas de solteiro.

Quarto

O quarto que fiquei tinha um tamanho razoável e era bastante funcional e com uma decoração clean. Duas camas de solteiro, uma poltrona, apoio para a mala, armário, espelho de corpo inteiro, TV, chaleira elétrica (com sachês de café, chá e chocolate quente gratuitos), frigobar. Roupões e chinelos, além de um espaço para apoiar as malas.

hotel no centro de melbourne

 

Um ponto que gosto sempre de ressaltar (ainda mais em tempos de “viciados em tecnologia”) é a quantidade de tomadas no quarto. E nesse aspecto o hotel é impecável. Tomadas ao lado das camas e tantas outras espalhadas pelo quarto. Consegui carregar toda a minha parafernália tecnológica (câmeras, celular, tablet, baterias extras, etc.).

hotel no centro de melbourne

 

O banheiro também era amplo. A ducha era uma delícia, com bastante pressão. As amenities eram da marca Aroma.

 

hotel no centro de melbourne

hotel no centro de melbourneWi-fi

O wi-fi funciona muito bem no hotel inteiro e é gratuito para todos os associados do programa de relacionamento Hilton Awards. Como o programa é gratuito, vale a pena se inscrever lá na hora (no momento do check-in) para ter acesso ao wi-fi gratuito.

Resumo

A localização do hotel é realmente imbatível e ele tem um excelente custo x benefício, principalmente se você efetuar a reserva com bastante antecedência.

Informações

Endereço: 270, Flinders St. Melbourne, Victoria, Austrália.

Site oficial: DoubleTree by Hilton Flinders St.

Veja outras sugestões de onde ficar em Melbourne

Leia mais sobre a Austrália

Tax free: veja como funciona o reembolso

Roteiro 14 dias na Austrália

Importante

Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card há anos (faça sua cotação). Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, ainda tem 5% de desconto utilizando o cupom PRECISOVIAJAR5.