Home Destinos InternacionaisEuropaItália Entrar na Europa com Passaporte Europeu

Entrar na Europa com Passaporte Europeu

por Fernanda

Atualizado em

Muita gente já me perguntou como deve fazer a imigração na Europa quando tem um passaporte europeu. E acho que é uma dúvida recorrente e causa confusão, porque até minha mãe já me perguntou isso.

Passaporte Europeu: imigração

1) Ter dado entrada num processo de reconhecimento de cidadania em algum consulado do Brasil não faz de você um italiano/português, etc. O processo precisa ter sido aprovado, registrado para aí você ter direito a fazer o passaporte.

Atenção – passaporte não é cidadania. Passaporte é um documento de viagem. Você pode ser italiano e não ter passaporte, por exemplo. Porém, ter passaporte europeu oferece alguns vantagens.

2) Se você já teve sua cidadania aprovada e pretende viajar, é bom agendar para fazer seu passaporte. Vou falar do procedimento que eu conheço que é o italiano, ok?

Eu fiz minha cidadania na Itália, em 2005, com a ajuda de parentes que ainda moram lá. Meu processo foi super rápido e em menos de 2 meses eu já estava registrada no Comune (prefeitura) e já tinha todos os documentos necessários para fazer meu passaporte. Fiz o meu passaporte na Questura (seria o equivalente à nossa PF).

Minha família continuou na fila do Consulado Italiano de Curitiba e a cidadania deles saiu só no ano passado. O consulado mandou um e-mail com dupla interpretação. Dava a entender que ainda faltava alguma coisa, mas no fundo já tava tudo certo e todo mundo já podia agendar para fazer os passaportes. Descobri isso com o famoso “jeitinho”. Nada como conhecer alguém que conhece alguém que trabalha no Consulado.

Já adianto que ter a cidadania reconhecida no Consulado de Curitiba é um processo demorado e tirar o passaporte também é. Eles liberam poucos horários por dia e você tem que literalmente ficar grudado na tela do computador para conseguir um desses horários.

Então, se você ainda não tem seu passaporte e a viagem já está marcada, agilize. Eles não dão prioridade para quem tem viagem marcada.

3) Com o passaporte em mãos, você tem que pensar o seguinte. No Brasil, você é brasileiro e fora do Brasil você é europeu. Na prática, significa que você só vai usar o passaporte brasileiro no Brasil. Mostre para a PF aqui, guarde e só lembre dele de volta quando estiver voltando para o Brasil para mostrar para a PF de volta.

Chegando na Europa, você vai direto para a fila dos europeus (normalmente é a mais vazia) e vai mostrar o seu passaporte europeu. 

Se você fizer tudo isso, não vai precisar apresentar seguro de saúde, comprovante de hospedagem, etc. porque você tem os mesmos direitos de quem mora lá. Evitará uma lista de documentos necessários para viajar para a Europa.

Mas é importante lembrar que se você tem o passaporte europeu e seu namorado (a), esposo (a), companheiro (a) de viagem não tiver, vocês terão que fazer imigração em filas separadas. Um vai para a fila dos europeus e o outro para a fila dos não europeus.

Olha, eu nunca tive problemas na imigração na Europa e basicamente eles só conferiam se meu passaporte italiano era verdadeiro. Mas já escutei relatos de pessoas que tiveram que explicar a dupla cidadania para os agentes de imigração.

Bom, não é proibido por lei e é uma prática até comum, então case perguntem algo, é só falar que nasceu no Brasil, mas também tem direito a outra cidadania.

O importante é não confundir os procedimentos. No Brasil você usa o passaporte brasileiro e na Europa o passaporte europeu. Simples assim!

 


Lembrou do seguro viagem? Ele é obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado Schengen. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem. Você pode cotar na Seguros Promo sem compromisso e, caso opte pela contratação, ainda tem um desconto extra de 5% utilizando o cupom PRECISOVIAJAR5.


Cada vez que você reserva algo com um dos nossos parceiros recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter atualizado e com novas dicas de viagem.

244 comentários
1

Artigos Relacionados

244 comentários

Jessica 5 de fevereiro de 2013 - 16:46

Fernanda, boa tarde!

Adoro seu blog e suas histórias! Quero muito um ano sabático, mas, infelizmente, maridão não pode.

Fiquei com uma dúvida sobre seu post: se saímos do Brasil com o brasileiro não temos que dar entrada com ele também?

Bjs.,

Reply
Fernanda 5 de fevereiro de 2013 - 18:08

Com certeza. Acho que falei ali que na volta tem que entrar como brasileiro aqui. A lógica é simples – lá fora só apresenta o europeu e aqui só o brasileiro.

Reply
maria helena 10 de fevereiro de 2019 - 21:46

BOA NOITE FERNANDA, MINHAS FILHAS TEM O PASSAPORTE ITALIANO E ESTÃO MORANDO NA IRLANDA, ELAS PRECISAM TRANSFERIR O ENDEREÇO DO BRASIL PARA O DA IRLANDA?”

Reply
Fernanda 12 de março de 2019 - 20:44

O consulado recomenda que o Aire sempre esteja atualizado. Se eles vão ficar um bom tempo na Irlanda sugiro atualizar o endereço sim.

Reply
Bruno 21 de fevereiro de 2013 - 21:44

Fernanda, a respeito da entra e saída com o passaporte italiano você sabe o que acontece se der entrada no Brasil como Italiano? Você terá prazo para sair? Precisaria de visto? Pensei em usar isso para reduzir as chances de ser taxado na Receita, pois pretendo trazer eletrônicos para uso pessoal que excedem a cota. Você sabe alguma coisa a respeito? obrigado.

Reply
Fernanda 21 de fevereiro de 2013 - 21:49

Uma vez me falaram que tem prazo para sair, afinal você entra como estrangeiro. Sem contar que vão ver no seu passaporte que você é brasileiro também. Bom, não recomendo fazer isso.

Reply
Sergio 10 de março de 2013 - 01:31

Ola Fernanda!!

Sou brasileiro e tambem tenho cidadania e passaporte italiano.
Ja possuo visto americano de 10 anos mas queria tirar uma duvida: para entrar nos EUA qual passaporte voce recomendaria?
O brasileiro ou o italiano?

Obrigado

Reply
Fernanda 10 de março de 2013 - 17:56

Oi Sergio,
Se vc tem o visto no brasileiro, vá com o brasileiro. Eles estão bem flexíveis na imigração. Minha irmã acabou de voltar de lá, entrou com o brasileiro e não teve problemas. Se vc for com o italiano, vai ter que pagar os U$14 do Esta que é aquela autorização eletrônica para entrar nos EUA com o passporte europeu. Já dá para vc tomar uns 3 cafés na Starbucks com esse dinheiro. rs

Posso aproveitar para te pedir um favor? Estou participando de um concurso de intercâmbio de blogs. São 16 pessoas que vão trocar de lugar com as outras. Estou em 19 lugar e preciso dar um gás nessa reta final. É só colocar o e-mail, clicar em votar e depois confirmar o voto no link que eles mandam por e-mail. Obrigada! http://www.bigblogexchange.org/blog/94001

Reply
Camila 25 de março de 2013 - 12:44

Ola !

Estou com uma duvida e um tanto quanto desesperada !
Comprei uma passagem de ultima hora para a pascoa e tenho passaporte espanhol, por isso achei que não precisaria de nada ! Agora estou vendo esse tal de ESTA e com medo de nao dar tempo de sair minha autorizaçao !
Como faço para conseguir essa autorização ? Sera que tem como ir sem ela ? Ou garantir que ela chegara em tres dias ?
Help ! =//

Reply
Fernanda 25 de março de 2013 - 13:34

ESTA é obrigatória para os EUA apenas. Se vc for para lá, pode baixar gratuitamente o guia que fiz dos EUA (tem um banner na home). Lá em explico certinho como fazer.

Reply
Felipe Almeida 26 de abril de 2013 - 17:27

Olá Fernanda, querida eu realmente necessito tira uma grande duvida com você, Eu tenho 18 anos e pretendo ir para londres ano que vem estudar moda lá, Porem como nunca sair do brasil não tinha conhecimento que com o visto você provando que a viagem e apenas para turismo não tem problema pois ira retorna para o Brasil. Mais no meu caso que quero estudar moda lá e fica alguns anos ou ate mesmo tentar minha vida lá , não quero viver como imigrante ilegal pois não podemos trabalhar com cardeira assinada etc etc Corendo o risco de ser preso e deportado, enfim mais sé a pessoa tiver dupla nacionalidade com os paises europeus não tem problema como no seu caso você tem o passaporte italiano, então eu gostaria de saber realmente como conseguir um passaporte italiano ou de portugual, para que eu possa ter a minha cidadania em londres, Eu teria que trabalhar na Italia ou portugual por quanto tempo? Também fiquei sabendo que pode se você tiver parentes de origem Europeia no meu caso o pai da minha vó e português de lisboa mais ela não tem o registro dele, apenas o nome dele no registro dela. E outro caso e se casando com uma pessoa europei, enfim querida pelo amor de Deus estou louco para saber (risos) qual e o metodo mas facil de conseguir um passaporte europeu, seja de portugual italia etc. Obrigado querida des de já beijão! Sim seu blog e ótimo :*

Reply
Fernanda 26 de abril de 2013 - 19:10

O melhor é conseguir um visto de estudo e ir legalmente. Conseguir cidadania sem descendência é muito difícil (mesmo casando). Varia de país para país o número de anos que você tem que estar casado e muitos países nem dão a cidadania, só um visto.

Reply
Rodrigo 26 de Maio de 2013 - 12:08

Ola Fernanda,queria saber se tenho alguma vantagem de entrar no Brasil,vindo dos Estados Unidos com o passaporte Europeu , a vantagem que eu me refiro e de trazer mercadorias de la sem ter que declarar, sera que tenho algum previlégio na alfandega Brasileira

Reply
Fernanda 27 de Maio de 2013 - 10:39

Não tem.

Reply
Felipe Baptista 28 de Maio de 2013 - 22:24

Olá Fernanda, tudo bem?
Antes de mais nada, deixe-me dizer que é muito aneiro o blog, parabéns.
Gostaria de lhe perguntar sobre quais as vantagens que vê numa pessoa que detém dupla nacionalidade (luso-brasileira) residente no Brasil abrir uma conta em Portugal?
Pois, no meu caso, tenho dupla nacionalidade e vou muito a Europa, em especial a Portugal e Itália, por motivos de família e também turismo, por isso pensei em ter uma conta portuguesa para poder sacar euros em mais de um pais em viagens, pagar coisas a débito com visa electron e etc… Achas factível isso ou se eu abrir só terei facilidades em Portugal?
Se souberes dizer algo sobre o tema, eu te agradeço!

Grazie mille!

Felipe

Reply
Fernanda 29 de Maio de 2013 - 10:10

Oi Felipe,
Quando eu morava em Portugal, eu tinha uma conta lá e facilitava bastante mesmo em todos os países para pagar coisas no débito como você disse e também sacar dinheiro nos ATMs. Tem que ver os custos envolvidos, mas acho que vale a pena sim.

Reply
Felipe Baptista 2 de junho de 2013 - 23:00

Valeu, Fernanda! Obrigado pela dica!

Reply
Fernanda 2 de junho de 2013 - 23:55

De nada!

Reply
angélica 6 de junho de 2013 - 00:00

Oi Fernanda

A fila dos que têm passaporte europeu/ESTA é muito distante da dos que não têm (brasileiros)? Nem todos na família possuem a cidadania italiana, e não queremos correr o risco de nos perder logo na entrada.

Obrigada

Reply
Fernanda 6 de junho de 2013 - 22:00

O Esta é só para os EUA. Não tem como se perder, porque a imigração é antes de pegar as bagagens. Vocês podem se encontrar na esteira. No caso dos EUA, estrangeiros vão todos para a mesma fila, independente se tem esta ou visto. Na Europa, as filas são separadas para europeus e não europeus.

Reply
Jennifer 28 de março de 2015 - 18:36

Boa tarde Fernanda. Eu gostaria de passar uma correção com relação as filas para brasileiros (ou não europeus) e europeus. Na verdade, apesar de existir uma fila diferente para cada, se no grupo de pessoas viajando juntas tiverem passaportes para as duas filas, elas podem ir todas juntas para qualquer uma delas. Eu quando só tinha meu passaporte brasileiro entrava junto com meu marido (britânico) na fila que tivesse mais vazia. Geralmente eles preferem lidar com o caso das pessoas que viajam juntas. E eu tive essa confirmação também quando viajei com um colega à trabalho e voltei para o UK. Ele perguntou para o agente de imigração se era correto e quando confirmamos que viajavamos juntos, ele nos recomendou entrar juntos.

Reply
Fernanda 29 de março de 2015 - 23:16

Grupos da mesma família, né? Só que assim: na minha última vez em Londres, nem tinha imigração propriamente dita. Coloquei meu passaporte na máquina e a catraca abriu. É a imigração eletrônica e todos os europeus estavam passando desse jeito. Ficava totalmente inviável passar com outra pessoa não europeia junto.

Reply
Jennifer 31 de março de 2015 - 07:25

Ah sim. Essa minha explicação não vale se você puder e quiser usar os guichês eletrônicos. Mas você pode escolher ir junto com o (s) brasileiro(s) na fila dos ‘everyone else’ se quiser e estiver junto com alguém.

Fernanda 31 de março de 2015 - 07:26

Essa é uma boa ideia, Jennifer. O europeu ir na outra fila. Obrigada pela contribuição.

Angelo 3 de dezembro de 2015 - 16:16

Ja fiz imigração em Madri, Londres, Paris, Roma e Amesterda e em todos os lugares passei na fila para nao europeus porque eu sou italiano e minha esposa é brasileira.

Em madri o nojento da imigração perguntou porque nós dois não fomos pra outra fila e eu disse que queria passar por ali pra acompanhar minha esposa e ele disse, OK

Na Italia zero de estresse ela entrou na fila de europeus comigo.

Em Londres passamos juntos e a unica coisa que ele perguntou: voces moram onde, eu disse no Brasil, e ele falou nao achei visto no seu passaporte e eu disse, nao tem porque eu tenho passaporte brasileiro, voce quer ver? e ele liberou sem perguntar nada a miinha esposa.

De londres para paris de trem, minha esposa passou na frente e ele começou a perguntar um monte de coisas, quando ela me chamou e ele viu meu passaporte nao perguntou mais nada, apenas disse pra na proxima vez passarmos juntos.

Entao a dica é: PASSEM JUNTOS NA FILA DA IMIGRACAO.

Reply
Caio 4 de dezembro de 2015 - 18:37

Estava com a mesma dúvida, pois agora em janeiro, eu e minha família iremos pra europa a passeio. Eu e meu pai temos a cidadania italiana, mas minha irmã e minha mãe não. Inclusive, vamos para lá para resolver a cidadania da minha irmã.

Eu vou fazer isso, entrar na fila dos europeus com todos eles juntos, pois imagine a situação por outra perspectiva: você, cidadão brasileiro, pegando a fila, aqui no Brasil, dos estrangeiros, sendo que você é um nacional? Não vejo sentido nisso.

Valeu ai Angelo por compartilhar as experiências!!!

Fernanda 4 de dezembro de 2015 - 19:05

Eu já peguei a fila dos estrangeiros aqui no Brasil. Risos. Estava com um estrangeiro e achei melhor. Mas a dica do Ângelo realmente é muito boa. Passar junto realmente é a melhor opção. Eu não sabia que era possível. Minha mãe foi para a Europa e passou na fila dos não- europeus porque estava com duas amigas brasileiras. Não quiseram se separar.

Fabiane 2 de agosto de 2016 - 15:31

Olá

Então meu marido tem passaporte italiano e eu não, estamos indo para Amsterda..posso entrar na fila de europeus com ele então?

Obrigada

Reply
Fernanda 2 de agosto de 2016 - 21:32

É o que o pessoal tem dito nos comentários.

Erika 20 de junho de 2017 - 06:01

Em Lisboa ocorre da mesma forma: se um membro do núcleo famíiiar é europeu, os demais podem acompanha-lo na fila de residentes. Fila do balcão.

Alguém saberia dizer se o mesmo ocorre na imigração em Paris?

Reply
Fernanda 20 de junho de 2017 - 23:40

Erika, de acordo com vários relatos dos leitores parece que é um procedimento padrão em todos os países da UE.

Patricia 4 de julho de 2013 - 23:11

Boa noite, Fernanda!

Meus parabens pelo Blog, muito interessante.

Gostaria de tirar uma dúvida procedimental, na verdade.
Sou brasileira, tenho cidadania e passaporte espanhóis, e agora vou morar por 6 meses em Portugal.
Pelo que me informei, não precisarei de visto para residir pelos seis meses, em razão da cidadania europeia. No entanto, gostaria de saber se há algum procedimento diferenciado que eu deva fazer quando chegar em Portugal, ou até mesmo se precisarei ir até a Espanha para resolver questões burocráticas.

Muitíssimo obrigada, estou meio desesperada hahaha (Caso haja qualquer problema, preciso de tempo hábil para solicitar o visto português – se eu decidir entrar no país como brasileira).

Reply
Fernanda 5 de julho de 2013 - 13:42

Entrando com o espanhol, não precisa de visto mesmo. Não sei quais os procedimentos. Melhor verificar no consulado espanhol. Mas, você pode residir legalmente em qualquer país da UE.

Reply
Fabíola 17 de julho de 2013 - 20:35

Boa noite.
Em setembro estarei indo para europa. Meu passaporte europeu está vencido. Quais sao os documentos necessarios para tirar outro?
Moro no rj e minnha nacionalidade é espanhola. desde ja agradeço.

Reply
Fernanda 17 de julho de 2013 - 21:32

Tem que ver com o consulado.

Reply
ché costa 4 de novembro de 2013 - 13:49

esse website foi só pq precisou, mas nada a ver com o que quero falar…. postei ontem e nao acho meu texto aqui !! 🙁 queria saber se é possivel fazer minha cidadania sem gastar os 15 mil que as agencias combram daqui do brasil…… valeu demais pela a tenção e adorei seu texto simples !! parabens !!

Reply
Fernanda 6 de novembro de 2013 - 14:59

Se você souber como faz dá para fazer sozinho.

Reply
ché costa 5 de novembro de 2013 - 01:37

fiz correndo e nao vi que nao precisava o site, eita ! foi maus !

Reply
Edmar Freitas 11 de dezembro de 2013 - 16:45

Olá Fernanda

Parabéns pelo blog. Eu tenho uma dúvida: vou fazer um pós-doutorado na França, durante um ano. Irei com minha família, sendo que eu e minhas filhas temos dupla cidadania (brasileira e italiana), enquanto minha esposa só tem o passaporte brasileiro. Pelo que apurei, inslusive junto a Consulado da França, nenhum de nós precisaria de visto. Você sabe se é isso mesmo? E na entrada, qual o procedimento na imigração nesse caso?

Atenciosamente

Edmar

Reply
Fernanda 11 de dezembro de 2013 - 21:02

E como que sua esposa vai comprovar que tem visto para residir na Europa? Tá estranho isso. Melhor verificar novamente para ter certeza.

Reply
Giuliana Guglielmi 10 de janeiro de 2014 - 16:13

Oi, Fernanda!

Quem é italiano na sua família? Digo, quem nasceu na Itália mesmo? Meu pai é italiano (nascido na Itália) e já tem pasta no Consulado de São Paulo, porém, ele não registrou meu nascimento, você acha que é demorado para eu me resgistrar e tirar meu passaporte italiano?

Reply
Fernanda 10 de janeiro de 2014 - 20:01

Olha, minha prima registrou o filho dela menor de idade e foi relativamente tranquilo e rápido. Só não sei como funciona para filhos maiores de idade (não deveria demorar tanto quanto um processo inteiro de reconhecimento).

Reply
Victor Scotton 9 de fevereiro de 2018 - 13:00

Na verdade o processo de cidadania automático usando a cidadania do pai ou mãe só funciona se o filho for registrado enquanto menor de idade. Após o filho ficar maior de idade ele deve entrar no processo normal no consulado como qualquer outro e não terá diferenciação no tratamento. Por isto é importante registratar os filhos sempre logo após o nascimento para evitar quaisquer problemas

Reply
bruno carneiro 15 de junho de 2014 - 15:41

oi fernanda to indo para Londres co a minha esposa, tenho passaporte português quando chegar na fila vou com ela na fila de europeu ou resto do mundo? obrigado!

Reply
Fernanda 16 de junho de 2014 - 20:05

A fila de europeus só serve para quem é europeu. Acompanhantes não europeus não entram nessa fila.

Reply
Kristine 7 de agosto de 2014 - 19:32

Olá Fernanda, estou com uma dúvida…eu e meu marido estmaos na Itália aguardando meu processo de cidadania ficar pronto, assim que eu estiver com a identidade vamos p Londres, no caso eu com a identidade e ele com o passaporte Brasileiro…como proceder na imigração? Vamos ficar na casa de uma amiga! Desde já te agradeço Kris

Reply
Fernanda 7 de agosto de 2014 - 19:42

Olha, faz muito tempo que não entro com minha identidade em Londres (até porque a minha venceu). Não tem como você já ir com o passaporte? De qualquer maneira, um em cada fila. A fila de europeus é só para europeus.

Reply
Paolo 8 de setembro de 2014 - 01:13

Ola Fernanda,

Eu estou indo para Londres no próximo mês, mas estou cheio de duvidas. Tenho cidadania italiana desde criança, meu pai é italiano, já tirei o passaporte esse ano com validade por 10 anos, pretendo ir para tentar a vida lá. Eu preciso de mais alguma coisa? Algum tipo de visto mesmo sendo cidadão Europeu? Uma prima minha foi uns anos atrás e conseguiu ficar lá tranquilamente e arrumar emprego.

Reply
Fernanda 8 de setembro de 2014 - 10:48

Cidadão europeu não precisa de visto na Europa.

Reply
bruna maretto 6 de outubro de 2014 - 23:02

Fernanda, achei bem interessante o blog. Não sei se você conseguirá responder isso a tempo, mas viajo daqui a 3 três dias para a Europa e tenho os dois passaportes, europeu (cidadania italiana) e brasileiro. Quando comprei a passagem coloquei o numero do meu passaporte brasileiro como identificação. Mesmo assim eu conseguiria utilizar meu passaporte europeu pra fazer a viagem?
obrigada,
Bruna

Reply
Fernanda 7 de outubro de 2014 - 17:23

Acredito que sim.

Reply
Patricia 24 de outubro de 2014 - 12:23

Olá Fernanda,

Estou finalizando meu processo de cidadania italiana. Creio que em uns meses já estará tudo Ok. Tenho passaporte brasileiro, porém está vencido. E pensei que quando tivesse ok a cidadania, que eu precisaria somente ter o passaporte italiano.(pensei, pra que tirar os dois?) E pelo que escreveu não, certo? Caso eu queira viajar, precisarei fazer o italiano (para ter alguns benefícios, tipo não ter que tirar visto para alguns locais e poder circular pela europa)mas terei que renovar de qualquer jeito o brasileiro, para utilizá-lo no Brasil, certo?
Muito bom saber disso, pois eu já estava pensando em tirar somente o italiano e estaria tudo bem…
abraço!

Reply
Fernanda 24 de outubro de 2014 - 17:06

Olha, até dá para você ficar só com um passaporte, mas é meio stress. Eu fiquei um tempo e refiz o brasileiro só para não me estressar mais.

Reply
Patricia 24 de outubro de 2014 - 17:32

É..eu acabei de falar com uma prima que tem e ela disse que o melhor é ter os dois mesmo, pra não ter stress 🙂
Obrigada Fernanda, abraço

Reply
Mercia 30 de novembro de 2014 - 14:15

Tirei meu passaporte italiano recentemente e foi precisoapresentar o passaporte brasileiro no consulado. Então acho que é necessário ter os dois sim.
Pelo menos no consulado do recife é assim.

Reply
Bruna 2 de março de 2015 - 06:10

Ola fernanda!

Parabéns pelo texto (já meio velhinho haha) e pelo blog em geral. Sempre acompanho as suas postagens, e como sei que fez um volta ao mundo, talvez tenha enfrentado a mesma situação que eu e possa me ajudar… No momento estou na Ásia (Tbm numa volta ao mundo) e usando o meu passaporte brasileiro, pq por aqui acho mais prático assim… Mas depois de visitar o Irã vou para a Grecia e pretendo permanecer na Europa por bastante tempo… Minha dúvida: será q eu vou enfrentar algum problema para entrar na grecia com o meu passaporte italiano, já q irei utilizar o meu brasileiro no Irã? Ja entrei na Europa com o meu passaporte italiano muitas vezes vinda diretamente do Brasil, sempre sem problemas… Minha preocupação é estar chegando na Europa vinda de outro país, já que em tese o meu passaporte italiano teria q ter o
carimbo do Irã… Sei lá! Vc já entrou na Europa vinda de outro país q não o Brasil? Beijos e obrigada!

Reply
Fernanda 2 de março de 2015 - 08:51

Não terá. Eu fiz isso também. Saí da Ásia (com o brasileiro), Oriente Médio (em alguns lugares com o brasileiro e em outros com o italiano) e fui para a Europa. Pode ir tranquila. Caso peçam (no Japão me perguntaram porque eu não tinha um carimbo da China e eu expliquei que tinha dois passaportes).

Reply
Letícia 12 de março de 2015 - 19:54

Parabéns Fernanda pelo blog e pela paciência com que responde à todos os comentários.
Tenho passaporte europeu (espanhol) e pretendo ir para Londres em julho desse ano.
A princípio não tenho certeza quanto tempo irei ficar, mas pelo menos 4 meses.
Minha dúvida é a seguinte no caso de eu ficar mais, meu passaporte espanhol vence em janeiro de 2016.
Será que se resolver permanecer eu poderei renovar o meu passaporte em um consulado espanhol por lá?
Você renova o seu na Itália?
Obrigada.

Reply
Fernanda 12 de março de 2015 - 20:22

Não sei como funciona na Espanha, mas na Itália você deve sempre deixar seu endereço atualizado no consulado. Como hoje meu endereço é brasileiro, eu renovo no Brasil. Mas se eu estivesse morando em Londres, renovaria lá. Entendeu? Acredito que não deverá ter problemas para renovar na Espanha.

Reply
Carla Oliveira 5 de abril de 2015 - 09:57

Oi Fernanda sou brasileira e na minha primeira ida pra Londres como turista foi frustrada. A imigração me parou eu tinha tudo carta convite, dinheiro , documentos q comprovavam vínculos no Brasil. Fiquei na temida salinha e passei foram dias de pânico.
Agora estou na Itália pois tenho a dupla nacionalidade, fiz a minha Identidade italiana, vou dar entrada no passaporte essa semana. Mas viajo pra Inglaterra na quinta vou só c a minha ID, e nao pretendo mostrar o meu passaporte brasileiro. Entro numa boa?

Reply
Fernanda 5 de abril de 2015 - 18:58

Só dá uma conferida se ainda está ok entrar só com a identidade. Se sim, não deverá ter problemas na fila dos europeus.

Reply
Júlio César 5 de abril de 2015 - 23:49

Boa noite Fernanda,

Boa noite Fernanda. Ficaria muito agradecido se pudesse me ajudar.
Tenho dupla cidadania portuguesa e brasileira. Tanto meu passaporte como meu bilhete de identidade português estão vencidos e vou a Portugal e Espanha em Maio com meu passaporte Brasileiro que acabei de renovar por motivos de trabalhar em uma empresa aérea aqui no Brasil.
Minha mãe viajará comigo e tmb tem dupla cidadania só que é Espanhola e Brasileira. Ela tem apenas o passaporte Espanhol, será que teremos algum problema em sair do Brasil e entrar novamente com o passaporte Espanhol dela?
Isto é, para irmos a PF poderá barra-la? E/ou na volta ela ficará como turista aqui?
Muito obrigado.

Reply
Fernanda 7 de abril de 2015 - 18:06

Não, a PF não vai barrar um brasileiro. Só deixar claro que também é brasileiro e levar um RG válido.

Reply
Renan Pavani 17 de abril de 2015 - 17:34

Olá Fernanda! Parabéns pelo blog, foi muito útil em várias dúvidas. Penso em morar em Londres com dupla cidadania, porém, caso me parem na fila dos europeus e eu afirmar que resolvi estabelecer moradia definitiva por lá, não existe qualquer possibilidade deles questionarem ou não permitirem minha entrada?

Reply
Fernanda 17 de abril de 2015 - 18:08

Renan, nunca me perguntaram nada. Só conferiram se o passaporte era verdadeiro.

Reply
Ricardo Friedrich 15 de Maio de 2015 - 09:00

Bom dia Fernanda,
Tenho passaporte alemão, e vou tirar 15 dias de férias em Berlin, ano passado entrei como europeu, mas mostrei os dois passaportes pro agente de imigração.

O problema é que eu não posso pegar o refund, porque o passaporte não tem os carimbos.
Esse ano pretendo entrar como brasileiro mas mostrando os dois também, meu tio disse que fez isso e deu certo. Assim consigo ficar apto para pegar o refund.

Você sabe se tem algum problema isso? Até porque eu não moro na Europa, então até aonde sei, isso não é ilegal, seria se eu morasse lá.

Obs: Eu mostro os dois, porque em Koln na Alemanha ano passado, meu passaporte alemão era recente, não tinha nem um mês, e estava com algum problema na leitura, como se ele n tivesse cadastrado no sistema ainda.
E tive uns problemas na imigração, acharam que o passaporte era falso..

Reply
Fernanda 15 de Maio de 2015 - 13:24

Então, minha prima conseguiu o refund provando que era residente no Brasil. Apresentou a identidade de médica brasileira. Ela entrou com o italiano. Eu não gosto de mostrar os 2 passaportes. Mostro só o italiano mesmo, mas nunca tentei o refund.

Reply
Sergio 27 de Maio de 2015 - 22:11

Oi Fernanda,
Irei para Dublin(Irlanda) em dezembro e tenho cidadania e passaporte português.
Minha dúvida é a seguinte: Na passagem para embarcar do Brasil para a Irlanda, eu preciso colocar o número do passaporte Brasileiro ou o Português ? O meu receio é colocar o numero do passaporte português e ter problemas no embarque aqui no Brasil. Ou colocar o numero do passaporte brasileiro e não conseguir pegar a fila de europeu quando desembarcar em Dublin.
obrigado.
abs,

Reply
Fernanda 27 de Maio de 2015 - 22:13

O número do passaporte não aparece emitido na passagem. Pode ficar tranquilo quanto a isso. Eu costumo colocar o italiano, mas apresento o brasileiro no check-in no Brasil e o italiano no check-in lá na Europa.

Reply
Luiza Rocha 1 de junho de 2015 - 12:18

Oi Fernanda, tudo bem?
Achei muito bacana seu blog, todas as dicas e tudo mais. Foi o único que achei que fale sobre o passaporte italiano.
Então, eu li todos os posts que falavam sobre a imigração em Londres e este na Europa em geral. Mas tenho algumas dúvidas e gostaria que se você pudesse, me ajudasse.
Eu estou indo agora, dia 12/06, estudar inglês 6 meses em Londres e quem sabe ficar mais 6 para trabalhar e praticar mais o inglês. Possuo o passaporte italiano.
Bom, lá vão as minhas dúvidas:
– Minha passagem é Floripa – SP – Brasília – Lisboa – Londres. No Brasil apresento o brasileiro e Lisboa e Londres o italiano?

– Paro na imagraçao em Lisboa e também em Londres?

– Não tenho nenhum carimbo em ambos os passaportes, eles irão me pedir ou perguntar alguma coisa na Europa?

– Na imigração em Londres, mesmo com o passaporte italiano, eles podem pedir carta convite da escola e tudo mais? Você acha válido eu levar isso?

Acho que é isso 🙂
E obrigada pela sua atenção!
Beijos

Reply
Fernanda 1 de junho de 2015 - 12:20

Oi, Luiza!
1) sim. 2) acredito que sim. 3) não tem problema. 4) acho improvável. Eu da última vez passei o passaporte numa máquina. Era só para ver se era verdadeiro. Mas, se você tem a documentação, leve. Mal não vai fazer.

Reply
Luiza Rocha 1 de junho de 2015 - 12:25

Muito obrigada Fernanda!
Fiquei mais tranquila 🙂
Beijos

Reply
isabella 10 de junho de 2015 - 14:29

Olá Fernanda, tudo bem?
Bom o que eu gostaria de saber è o seguinte: eu tenho dupla cidadania (espanhola) e já tenho o meu passaporte brasileiro e espanhol, eu sou menor de idade, mas irei fazer 18 anos e então viajarei com a minha mãe para alguns países da Europa , eu gostaria de saber se eu mesmo tendo 18 anos irei precisar de alguma autorização do meu pai para viajar e para me hospedar nos hotéis, pq o atendente da agência de viagens disse que mesmo eu tendo 18, eu precisaria de autorização para me hospedar nos hotéis, então kkkkk você saberia me responder se eu preciso ou não?
Obrigada, beijos…

Reply
Fernanda 10 de junho de 2015 - 18:08

Se você viajar depois dos 18 anos não precisa pois já será maior de idade. Ela deve ter entendido que você viajaria com 17.

Reply
isabella 11 de junho de 2015 - 13:47

Muito obrigada Fernanda! Amei o seu blog

Reply
Fernanda 11 de junho de 2015 - 17:08

De nada!

Reply
João Antonio 30 de junho de 2015 - 07:40

Olá Fernanda. Tudo bem?

Bom tenho uma dúvida, tirei o passaporte europeu, por Portugal, e pretendo ir com minha família para Portugal, sendo que somente eu tenho o passaporte europeu.Estou indo via Madri. Tem algum problema eu sair do Brasil com o passaporte Europeu e entrar com o mesmo no Brasil. Obs. Moro aqui no Brasil.
Obrigado

Reply
Fernanda 30 de junho de 2015 - 08:26

Você tem que entrar e sair do Brasil com o mesmo passaporte. Se apresentar o europeu aqui, tem que apresentar um documento brasileiro também é deixar claro para a PF que é brasileiro também.

Reply
João Antonio 30 de junho de 2015 - 09:17

Muito Obrigado Fernanda. Esta ótimo o seu Blog

Reply
Maisa 14 de agosto de 2015 - 09:53

Ola João desculpe me
Inteomwter, mas como foi na imigração? Vcs entraram na mesma fila?
Vou passar pela mesma experiência agora em
Setembro e só minha mãe tem passaporte Portugues.

Obrigada

Reply
luiza 11 de agosto de 2015 - 17:44

Boa tarde,
Meu filho vai estudar música em Londres,tem passaporte europeu, dupla cidadania(brasileira/portuguesa),nãoprecisa de visto? mesmo sendo o curso de uma ano? a inscrição no curso somente presencial, então não tem como levar carta convite. Ele precisa de seguro viagem? Demonstrar o sustento enquanto estuda? Fico no aguardo. GRATA

Reply
Fernanda 11 de agosto de 2015 - 19:15

Essas perguntas estão respondidas no próprio post. Não irão exigir seguro viagem, mas é recomendável que se faça um.

Reply
Carlos E Zanin 9 de setembro de 2015 - 07:21

Fernanda,
Bom dia, tenho passaporte italiano e irei viajar com minha esposa para a italia nesse mês. A informaçāo que eu tenho é que mesmo minha esposa nāo tendo o passaporte italiano ela deve fazer a entrada na europa junto comigp, ou seja, na fila dos cidadāos comunitários, pois ela irá entrar na europa junto com o marido e nāo fará a viagem separada.
Parabéns pelo blog.

Reply
Fernanda 9 de setembro de 2015 - 22:13

Pois é. Mais gente comentou isso. Eu só tive experiência de viajar com amigos, aí cada um foi para uma fila. Obrigada pela informação.

Reply
Katherina 24 de outubro de 2015 - 03:54

Ola fernanda saou brasileira e tenho certidao e passaporte espanhol eu vou pra la agora com a passagem com duracao de 6 meses eu ja vi que tenho que sair com o passaporte brasileiro mais na hora de passar no aeroporto eles vao ver que eu nao tenho carimbo da passagem entao? Porque no caso so vao carimbar mei passaporte brasileiro

Reply
Fernanda 24 de outubro de 2015 - 18:08

No Brasil seu passaporte brasileiro não será carimbado na saída (e nem no retorno) e na Europa o espanhol também não será carimbado na entrada e nem saída. Não tem problema.

Reply
fagnnersillva 22 de dezembro de 2015 - 12:45

ai gostaria de saber se posso acompanhar minha amiga que tem dupla nacionalidade…brasileira e portuguesa,ou preciso mesmo assim de uma carta convite mesmo eu indo com ela,tenho passaporte legal,passagem ida e volta e quantia de dinheiro suficenete para 15 dias de estadia

Reply
fagnnersillva 22 de dezembro de 2015 - 12:50

ela disse que eu entraria sem problemas pois como ela tem cidadania europeia,tem direito a levar uma acompanhante,volto a repetir tenho todos os documentos em dias passaporte,passagem ida e volta e vou blevar 500euros de garantia,estando mais ela corro o risco de ser barrado…no caso eu nao posso ser seu acompanhante,por favor exclareça minhas duvidas obrigada e parabens pelo site

Reply
Fernanda 22 de dezembro de 2015 - 16:23

Nunca escutei isso de direito a acompanhante. Você tem que verificar com o consulado ou outro órgão oficial. Não sei responder.

Reply
Angelo 23 de dezembro de 2015 - 08:57

Primeiro, a decisão se vai entrar ou não em um país é do oficial da imigração e nao do seu acompanhante europeu, e um cidadão europeu NÃO TEM DIREITO de “botar ninguém pra dentro”, se fosse assim muito europeus estaria ricos vivendo de importar estrangeiros. Voce teria sim direito caso fosse casado ou tivesse uniao estavel comprovada com esse acompanhante ai a imigração nao costuma barrar, mas se eles quiserem eles podem, so nao podem barrar se o casamento ou uniao estavel ja estiver registrado junto aos orgaos oficiais do país da cidada europeia.

A imigração na europa, tem usado o seguro saúde como a maior arma para deportar brasileiros, depois eles vem na questao financeira estao exigindo em media 50 euros por dia, depois eles olham a reserva de hotel.

Madri e Portugal voltaram a deportações em massa como antigamente, porque tem aumentado muito o numero de brasileiros que em meados de 2008 e 2009 voltaram ao Brasil e agora com essa crise querem voltar pra europa.
Paris um amigo foi a duas semanas em me disse que tao apertando todo mundo
Londres, estive recentemente e ta um inferno, deportacao a rodo.

MInha sugestao é nao confie no passaporte de sua amiga, leve sua passagem de ida e volta impressa, seu seguro saude impresso em ingles e ou na lingua do pais que voce for, leve tudo impresso e com facil acesso, assim se o agente dea imigração encrencar com vc,e ele comecar a te pedir documentos vc ja os tera em maos.

Mas o principal, se ele desconfiar que vc vai fazer imigração ilegal ele vai te perguntar no seu servico no Brasil, portanto tenha tudo na ponta da lingua, evite ao maximo mentir, eles sao treinados em neurolinguistica.

Reply
Fernanda 23 de dezembro de 2015 - 09:17

Obrigada, Angelo. Excelente comentário! A Europa passa por um momento difícil por causa dos refugiados, então obviamente a imigração tende a ficar mais “rígida”. O que eu digo para todo mundo é: se você vai realmente fazer turismo, tem todos os comprovantes, tem o seguro, fique tranquilo. Como o Angelo disse, os agentes são treinados. Conseguem detectar quando a pessoa está mentindo. Não confiem na ajuda de “amigos”. Tenham a documentação separada (para o caso do agente pedir). Esse aqui é um dos posts mais acessados do blog e tem as informações sobre o que é preciso para entrar na Europa. https://www.precisoviajar.com/2015/08/imigracao-na-europa-o-que-voce-precisa-saber.html

Reply
Isadora 7 de janeiro de 2016 - 01:27

Fernanda o meu e uma duvida…
Mes q vem vou fazer um intercambio na Irlanda, porem estou dando entrada na dupla cidadania, ate a data do embarque ja estatei com o documento informando minha dupla cidadania Italiana. Na hora de passar pela imigracao apresento este documento junto com meu passaporte brasileiro e entro como cidada italiana ou nao.
Faco conexao em Amsterdam, a imigracao é la ou qdo chegar em Dublin?
Com esse documento eu tenho q comprovar os 3mil euros q a Irland exige?

Desde ja agradeco.

Reply
Fernanda 7 de janeiro de 2016 - 09:08

Que documento é esse? O passaporte italiano? A imigração é no 1o país de entrada na Europa.

Reply
Angelo 7 de janeiro de 2016 - 09:32

Isadora,

Voce provavelmente esta falando do C10 que é um numero da sua pasta no consulado.

Esse documento não serve para fins de imigração, minha sugestao é que voce procure a comune na italia onde suas certidoes foram averbadas e faça um pedido da sua certidao de nascimento italiana, isso sim pode te ajudar.

Você fara imigração em Amsterdam, lembre-se voce precisa ter o basico em maos: passagem de volta, seguro saude, comprovante de reserrva de hotel ou hospedagem, se for fazer um curso e a duracao for maior de 3 meses é necessario visto.

Reply
Fernanda 7 de janeiro de 2016 - 09:35

O Ângelo está correto. O ideal seria esperar pelo menos a certidão italiana. Há quanto tempo você deu entrada no processo, Isadora?

Reply
Bianca Martini 14 de abril de 2017 - 05:38

Angelo , Bom dia.
Dei entrada no meu processo de reconhecimento da cidadania Italiana. Tive q retornar ao Brasil , por motivos pessoais, sem tirar a minha identidade e o passaporte Italiano. Estou no Brasil somente c as certidões de nascimento Italianas minha e dos meus filhos e de casamento ( dada pela comune Italiana). Pretendo retornar à Itália c a família pra tirar a identidade e o passaporte , depois não retornaremos ao Brasil, temos planos de morar na Europa.
Minha dúvida é:
* com a certidão de nascimento e casamento Italiana o risco de sermos deportados é grande?
*temos q comprar passagem de ida e volta da Itália por ainda não termos o passaporte Italiano apesar de ja sermos cidadãos Italianos?
* meus esposo q não é cidadão terá q pegar a permissão de morar. A Itália conosco na Itália ou no consulado do Brasil aqui na Itália ?
* na emigração diremos q estamos a passeio ou q pretendemos morar na Europa( já q sou Europeia), ou q vamos passear e tirar nossa identidade Italiana?
Obs: não quero esperar pra tirar o passaporte Italiano no Brasil pq como moro perto de Brasília tenho q tirar na embaixada Italiana e esse processo tá demorando em média 6 meses ?.
Desde já agradeço

Reply
Isadora 7 de janeiro de 2016 - 09:42

Entao nao é o passaporte q tenho. É um escritorio q esta cuidando disso na italia p mim, dei entrada ontem.
Na Irlanda vou ficar 8meses ja tenhos tds os documentos certo escola e acomodacao. O visto dps q abre a conta no banco q é tirado.

Reply
Fernanda 7 de janeiro de 2016 - 17:14

Se você já tem a documentação para ficar com visto de estudante vá tranquila.

Reply
Isadora 7 de janeiro de 2016 - 09:42

Dei entrada na Italia ontem

Reply
Michely 16 de abril de 2016 - 20:26

Oi Fernanda.

Trabalho embarcada em navio de cruzeiro e fui obrigada a entrar com o passarporte brasileiro. Estamos chegando da america do sul na Europa essa semana e eu desembarco daqui a 30 dias e gostaria de ficar na Europa, porem meu passaporte brasileiro esta sendo carimbado pela imigracao. Qual o procedimento para eu poder trocar minha entrada assim que eu desembarcar com o passaporte europeu? Senao, acho que terei que procurar o pais mais proximo sem ser parte da UE para voltar com o italiano, correto?

Reply
Fernanda 26 de abril de 2016 - 07:07

você não consegue entrar na Europa com o europeu?

Reply
Michely 26 de abril de 2016 - 10:11

Entao… entrei na Turkia em outubro com o Europeu, mas por leis, sou obrigada a estar cadastrada com o pax brasileiro dentro do navio. Quando desembarcar vou tentar passar na imigracao com o europeu e ver o que acontece. No maximo, vai ser ganhar uma bronca e ter que sair da europa pra voltar usando o europeu depois de 3 meses. :/

Reply
Fernanda 26 de abril de 2016 - 20:03

Tá, mas você chegou a dar saída com o brasileiro em algum país da Europa? Entrar na Europa com o passaporte europeu não será um problema. Eles não perguntam nada. Só conferem se o passaporte é original. Acabei de voltar de lá e em Londres fiz “imigração” na máquina, inclusive.

Reply
Angelo 26 de abril de 2016 - 09:34

A regra è simples de você é cidadã de algum país da união europeia e tem o passaporte do país membro, é esse passaporte que você deve usar, e ponto final, esquece o passaporte brasileiro

Reply
Erico Bertoldi 24 de Maio de 2016 - 19:57

Olá Fernanda, parabéns pelo blog. Já foi publicado há tanto tempo e ainda continua sendo comentado.

Gostaria de relatar uma estranha experiência que tive esse mês na Alemanha, e perguntar se alguém tem alguma informação sobre isso…

Já tinha ido para a Europa umas 8 vezes, sempre usando meu passaporte italiano, sem problemas nenhum (só conferiam a foto mesmo, menos de 10 segundos liberado). Esse mês, ao entrar na Alemanha, fizeram diversos questionamentos, como para onde estava indo, o que ia fazer, e até tive que apresentar a reserva de minha hospedagem. Claro que respondi tudo direitinho e não fiz nenhum questionamento sobre o procedimento, mas fiquei com a pulga atrás da orelha… Será que, se eu dissesse que não tinha passagem de volta, nem hotel, e que pretendia ficar pela Europa mesmo, eles poderiam me barrar e fazer a deportação? Imagino que devem ter feito questionamentos pelo fato da minha nacionalidade ser brasileira, mas fiquei um pouco confuso, visto que também sou cidadão europeu e, a princípio, não importaria para onde eu vou, onde vou ficar e quanto tempo permanecerei. Não foi verificação de falsificação de passaporte, isso fizeram na minha saída e compreendo perfeitamente. Qual será o motivo desse procedimento?

Aproveitando, gostaria de colaborar com uma informação sobre um assunto já comentado aqui, o refund. Pelo menos na Alemanha, não tem problema usar o passaporte europeu na imigração e depois pedir o refund, desde que, no passaporte europeu, conste como sua residência uma cidade brasileira. Isto é, para o refund não importa a nacionalidade, mas sim onde você mora. Eu, a princípio, mostrei o brasileiro. Como a oficial viu que não tinha carimbo de entrada e saída, questionou, então eu expliquei que tinha entrado e saído com o italiano (já convicto que não ia conseguir o refund). Então ela apontou para minha residência e disse que estava tudo certo, e carimbou o documento.

Reply
Fernanda 24 de Maio de 2016 - 20:43

Oi, Erico!
Muito estranho. Mês passado estive na Suíça e a agente da imigração me perguntou de onde eu estava vindo e onde iria ficar na Suíça. Também estava com o passaporte italiano. Também achei estranho, porque normalmente só conferem se o passaporte é verdadeiro. Detalhe: ela me perguntou tudo em italiano. Minha mãe passou na minha frente (também com o passaporte italiano) e não perguntaram absolutamente nada para ela. Não sei se é por causa dos atentados ou se simplesmente não foram com a minha cara. haha. De qualquer maneira, foi bem tranquilo e não tive que mostrar nada. Achei bem estranho o que aconteceu com você.
Ah! E em Londres fiz a imigração na máquina. Nem falei com agente nenhum.

Reply
Erico Bertoldi 24 de Maio de 2016 - 21:06

Bom, mas se te perguntaram alguma coisa também (nunca haviam perguntado nada para mim), então talvez isso já mostre uma nova tendência agora. Deve ser pela questão dos atentados mesmo… Mas a dúvida é se corremos algum risco de deportação se de fato quisermos ir morar na Europa sem maiores explicações, o que até então penso ser um direito nosso.

Reply
Fernanda 24 de Maio de 2016 - 22:03

Eu não penso ser um direito nosso. Eu tenho certeza disso.

Reply
Angelo Neto 2 de junho de 2016 - 09:30

o direito do cidadão europeu de circular livremente não é irrestrito e ilimitado, existem algumas regras sim, se a autoridade de imigração acreditar que um cidadão europeu é risco a segurança do país, ele pode sim barrar a entrada em decisão fundamentada por escrito, que deve ser entregue ao cidadão.

existe sim o risco de um europeu ser um risco a segurança de outro país membro, um italiano por exemplo só não pode ser impedido de entrar na Itália, mas nos outros países se existir motivo justo ele pode ser impedido sim, mesmo com o acordo de livre circulação.

O grande problema com os brasileiros, é que somos um povo sem uma caracteristica fisica bem definida por causa da nossa mistura de povos, assim sempre existe a duvida quanto a nacionalidade, como isso se resolve, apenas diga que vc é cidadao italiano e cidadao brasileiro, eles ja estao acostumados com isso, e falando isso vc nao tera maiores problemas.

Reply
Erico Bertoldi 2 de junho de 2016 - 22:15

Legal Angelo, obrigado pelas informações. Se é por uma questão de segurança, temos mais que apoiar e colaborar. Só fiquei preocupado mesmo de haver uma restrição de entrada por eles acharem que a gente quer ficar de vez na Europa, como acontece para quem só tem o passaporte brasileiro.

Reply
Wilson Bento 1 de junho de 2016 - 12:53

Oi Fernanda.

Eu estou indo de viajem para Amsterdam com meu passaporte brasileiro e minha Identidade italiana.

Tem problema eu só apresentar minha identidade? Eu posso entrar na europa só com ela? Vou na fila dos europeus?

Reply
Fernanda 2 de junho de 2016 - 08:29

Conversei com uma amiga que fez isso recentemente e ela me disse que entrou na fila dos estrangeiros, apresentou o passaporte brasileiro e a identidade italiana, pois o agente de imigração pediu (no primeiro momento) apenas o passaporte.

Reply
Angelo Neto 2 de junho de 2016 - 09:50 Reply
Ana Paula 6 de junho de 2016 - 18:52

Olá queria saber uma informação.
Estou indo viajar para Espanha com meu filho de 9anos,já estou com a autorização do pai tudo serto. Só que eu tenho nacionalidade espanhola e passaporte espanhol, ele não ele tem o brasileiro,passo com ele na mesma fila junto comigo, a de cidadãos europeu?

Reply
Fernanda 7 de junho de 2016 - 09:13

Acredito que sim já que ele é menor de idade. Tem que passar com a mãe.

Reply
Ana Paula 9 de junho de 2016 - 06:45

Obrigada. Mas uma pergunta, eu posso comprar só passagem de ida e sem aquele seguro?

Reply
Angelo Neto 10 de junho de 2016 - 09:21

o cidadão europeu não é obrigado a apresentar passagem de “volta” e tmbm não é obrigado a apresentar seguro saúde (seu filho embora ainda nao tenha passaporte eurporeu goza de direitos especiais por ser filho de uma cidada e por ser menor e tmbm nao precisa).
Entretanto geralmente a passagem so de ida costuma ficar mais caro que a passagem de ida e volta, ja em relaçao a todas as outras questoes, o raciocinio é o seguinte: voce brasileira, pode ser barrada de entrar no Brasil? precisa de algum comprovante para entrar no Brasil? A resposta é nao, voce nao precisa de nada para entrar no Brasil

Reply
Lucas Martins de Oliveira 12 de Maio de 2017 - 11:14

Angelo, tambem tenho a mesma duvida… voce ja entrou em algum pais da europa só com a passagem de ida? não ha riscos com o passaporte porugues indo pra inglaterra? Pretendo comprar a passagem com milhas, entao vale muito a pena, sai metade do valor!

Reply
Angelo Neto 12 de Maio de 2017 - 11:43

Angelo, tambem tenho a mesma duvida… voce ja entrou em algum pais da europa só com a passagem de ida? não ha riscos com o passaporte porugues indo pra inglaterra? Pretendo comprar a passagem com milhas, entao vale muito a pena, sai metade do valor!

Respondendo: eu ja entrei na europa, por madri, milao, roma, paris, amsterda, grecia e ainda em londres, em nenhum lugar com meu passaporte italiano em maos nunca me foi feita uma pergunta sequer, apenas em londres porque passei na fila de nao europeus vez que minha esposa estava comigo e ela nao tinha cidadania, mas tudo sem stress, ele perguntou apenas quantos dias iamos ficar, e se ela era mesmo minha esposa.

essa questão da passagem de volta é para NAO EUROPEUS, todo e qualquer europeu não precisa de passagem de volta.

Reply
Fernanda 12 de Maio de 2017 - 11:46

Exatamente. Entro todo ano na Europa com o passaporte italiano e só conferem se o passaporte é original. Nunca me perguntaram nada.

Ana Paula 10 de junho de 2016 - 10:18

Ok. Muito obrigada por todos os esclarecimentos. Excelente site esse. ..

Reply
Douglas 26 de junho de 2016 - 20:15

Vamos Votar – https://petition.parliament.uk/petitions/131215

Parabéns pelo blog Fernanda!

Reply
Ramiro 3 de julho de 2016 - 23:06

Fernanda, parabens pelo Blog.

Vou resumir minha duvida, porque aparentemente ja falaram bastante sobre isto aqui.

Bom, vou viajar para a Suecia em agosto com permissao de trabalho emitido em funcao de uma missao de 1 ano.
Tenho residencia assegurada pela empresa, tudo definido.
Minha esposa vai comigo, porem ela tem passaporte espanhol.

1- Ela entra na fila dos europeus direto? Ou ela pode ir na fila dos nao europeus e entrar comigo?

2- Sobre a saude, ela tem direito a saude publica, mas precisa do que para comprovar isto? Algum cartao? Ao chegar la sei que vamos nos cadastrar no sistema sueco e obter um cartao semelhante ao CPF, talvez isto basta, mas acho que voce tem uma experiencia boa para nos ajudar.

Obrigado pela ajuda desde ja

Reply
Fernanda 5 de julho de 2016 - 20:58

O pessoal aqui na caixa de comentários tem relatado que o cônjuge não europeu tem passado na fila dos europeus junto com quem tem o passaporte. Eu nunca fiz isso e meu pensamento lógico seria os dois irem para a fila de não europeus. É o que eu farei, inclusive, na minha próxima viagem já que irei com amigos não europeus. Eu fiz a tessera italiana, um cartão específico da saúde. Não sei como funciona na Espanha.

Reply
Andrey 28 de julho de 2016 - 10:29

Bom dia!
Gostaria de saber se há restrições em viajar para a Europa, saindo do Brasil com o passaporte brasileiro e apresentando ao entrar em território europeu o cartão de cidadão português, uma vez que nao tenho tempo hábil para renovar o meu passaporte português.

Desde já o meu muito obrigado!

Reply
Roberto 9 de setembro de 2016 - 22:20

Olá Fernanda. Estou embarcando pra Frankfurt dia 20 set. com passaporte Italiano. E minha primeira viagem pra Europa. Li atentamente todas as perguntas e respostas do blog e assim ver o que se encaixa e minhas duvidas. 1 – Então chegando em Frankfurt devo me direcionar a fila da comunidade europeia pra fazer a imigração? 2 – Enconterarei minha filha que já estará no aeroporto e dali embarcaremos pra Londres através de outro aeroporto,acho. Ela também tem passaporte italiano. Chegando em Londres, a imigração também será pela lado da comunidade europeia? Sem necessidade de vistos? 3 – Eu fiz um seguro viagem pra mim, e minha filha tem um plano de saúde na Alemanha, pois mora e estuda em Colonia. É necessário fazer um seguro viagem pra ela também já que vamos pra Londres por uns dias? Eles exigem um seguro viagem pra entrar no país? Obrigado

Reply
Fernanda 18 de setembro de 2016 - 19:11

Sim, podem entrar na fila dos europeus. Bem tranquilo. Eles só conferem se o passaporte é original. Nenhuma outra exigência.

Reply
FRANCIELLE 26 de setembro de 2016 - 16:23

OLÁ FERNANDA

Meu esposo vai para Madrid em Janeiro, ele tendo a cidadania Italiana e o passaporte posso comprar somente a passagem de ida?

obrigada .

Reply
Fernanda 27 de setembro de 2016 - 14:46

Para ele? Sim.

Reply
simone 24 de março de 2017 - 16:54

Oi Fernanda, minha dúvida é a respeito das passagens, eu e meus 2 filhos temos passaporte italiano, mas meu marido não, estamos indo de mudança à Portugal, já me informei sobre o procedimento para ficar legal lá e para meu marido tb, pelo que me informaram é tudo muito simples e tranquilo de conseguir, minha dúvida é se posso comprar passagens só de ida para todos, ou para meu marido deveria comprar ida e volta, não ficaria confuso isso de 3 de nós termos passagens só de ida e ele ida e volta? seria melhor chegar na Itália para não ter nenhum problema de questionamento quanto a isso? no consulado italiano de Porto Alegre não souberam me informar, mas a moça me deu a opinião pessoal dela que achava que era mais seguro comprar ida e volta, pelo menos para ele.

Reply
Fernanda 26 de março de 2017 - 16:50

Se o visto de cônjuge será solicitado para ele apenas em Portugal, eu concordo com a opinião da funcionária do consulado italiano, afinal ele entrará como brasileiro e há certas exigências para a entrada na Europa.

Reply
simone 28 de março de 2017 - 16:49

O que acontece é que o procedimento para legalizar ele lá é feito após chegar lá, não tem como fazer isso aqui, antes de ir. Como vamos passar todos juntos imagino que seremos questionados quanto a isso, minha dúvida é, serei eu, como italiana, questionada pelo fato de não ter passagem de retorno? posso simplesmente dizer que estou indo de mudança? irão pedir alguma documentação para comprovar mudança? queria ir com toda a documentação necessária para não ter nenhum problema, mas no consulado italiano me informaram que devo registrar minha residência após chegar lá junto a câmara municipal, mas não vou com nenhum documento que comprove que eu vá mudar.

Fernanda 29 de março de 2017 - 08:16

Veja o outro comentário que respondi.

simone 28 de março de 2017 - 17:28

Na verdade ele entrará como cônjuge de cidadão europeu, que tem uma legislação diferenciada. Só que fala da documentação que deve ser apresentada, como documento válido por mais de 3 meses, mas nada diz sobre ter ou não bilhete de retorno ao país de origem. Acho que vou tentar entrar em contato com a embaixada portuguesa aqui na minha cidade para ver se alguém sabe me responder isso.

Fernanda 29 de março de 2017 - 08:14

Perguntei para uma amiga brasileira que entrou com o marido brasileiro-português na Europa. Entraram por Paris e ela foi só com a passagem de ida. Eles estão morando em Portugal. Mas ela disse que só fez isso porque estava com a certidão de casamento versão portuguesa em mãos. Ela disse que sabia dos riscos, mas achava que estava bem amparada.

Fernanda 29 de março de 2017 - 08:27

Simone, só para esclarecer: minha amiga disse que sabia dos riscos e o marido passou junto com ela na imigração, mas que ela também não encontrou uma informação oficial a respeito. O visto foi tirado em Portugal e o processo foi relativamente simples.

Simone 29 de março de 2017 - 08:38

Pois é, as informações são meio desencontradas. Mas ela tinha certidão de casamento portuguesa pq o marido é português? No caso nós temos a nossa certidão de casamento italiana e tb pretendo levar a brasileira atualizada com apostilla caso pedirem.
Muito obrigada pela atenção e o retorno imediato.

Fernanda 29 de março de 2017 - 08:41

Isso, marido português e brasileiro. Entraram por Paris e depois foram para Lisboa.

Mercia 3 de outubro de 2016 - 11:48

Bom dia.
Estou com viagem marcada para Alemanha/Holanda/Bélgica esse mês. Sei da importância do seguro viagem e vou fazer um de qualquer forma. Mas gostaria de saber se alguém sabe se eu com cidadania italiana, residente no Brasil, se ainda seria obrigada a ter um seguro do tratado de Schengen.
Se eu por acaso precisar de atendimento em um desses países (espero que não tenha) e tiver problemas com o seguro, posso ser atendida na rede pública por ser uma cidadã da união européia?

Reply
Fernanda 3 de outubro de 2016 - 12:06

Você tem a tessera italiana?

Reply
Mercia 3 de outubro de 2016 - 14:26

Não. Precisa dela né?
Muito obrigada pela atenção e resposta rápida!

Reply
Dani 11 de outubro de 2016 - 18:10

Muito bom seu Blog, gostei. Tenho uma dúvida. Tou viajando pela primeira vez com a dupla cidadania. Como é que fica na hora de preencher o formulário que você recebe dentro do avião sobre “algo a declarar” pra dá no Brasil ou vice e versa? Qual número do passaporte devo escrever: o brasileiro pois vou entrar e mostrar no Brasil ou o europeu com o qual eu fiz o check-in na Europa. Pois essa é a minha dúvida, se dá algum problema, já que vai ficar registrado na Europa que tou viajando com o europeu.
Agradeço desde já pela resposta

Reply
Fernanda 12 de outubro de 2016 - 11:27

Esse formulário não existe mais no Brasil. Na Europa também não é preciso preencher nenhum formulário de valor a declarar.

Reply
Dani 13 de outubro de 2016 - 14:09

Obrigado. Agora ja sei.

Reply
Maíra 25 de outubro de 2016 - 21:00

Boa noite, Fernanda.
Você sabe me dizer se existe período mínimo entre a viagem e a validade do passaporte europeu?
Embarco dia 17 de dezembro para Amsterdam, e meu passaporte português está para vencer em fevereiro.
Obrigada.

Reply
Fernanda 25 de outubro de 2016 - 21:21

Acredito que não exista, porque em teoria se você quiser ficar para sempre lá não precisa ter passaporte válido, já que passaporte é um documento de viagem e você é cidadã da UE (pode comprovar sua cidadania com um documento de identidade, por exemplo). Mas é bom perguntar no consulado português.

Reply
claudia 13 de novembro de 2016 - 20:16

oi Fernanda, pode me ajudar nessa dúvida? Na data que irei viajar com passaporte italiano para Miami, meu passaporte terá validade de apenas 4 meses? isso pode ser um problema?

Reply
Fernanda 13 de novembro de 2016 - 20:50

É bom verificar no consulado. Alguns países exigem validade de pelo menos 6 meses do passaporte.

Reply
RogerV 30 de novembro de 2016 - 18:14

Fernanda, eu e minha esposa temos cidadania e passaporte Europeu, eu Italiano e ela Portugues.
Caso decidamos mudar para a Inglaterra, posso ser barrado?
Por exemplo, se me perguntarem o que estou indo fazer lá, tenho que dizer que vou a turismo, ter passagem de volta, estadia em hotel, ou posso chegar com a cara e coragem e dizer que estou mudando para lá?
Claro, tudo isso indo na fila de Europeus.
Muito obrigado!

Reply
Fernanda 1 de dezembro de 2016 - 09:25

Eles não irão perguntar nada na fila de europeus, inclusive em muitos aeroportos de Londres a imigração é feita em máquinas. É só uma conferência para ver se o passaporte é original.

Reply
Lucas 12 de fevereiro de 2017 - 23:20

Ola, Fernanda. Tenho cidadania italiana e no momento estou estudando na Dinamarca. Minha esposa, que nao tem cidadania italiana, esta vindo me visitar por 14 dias, chegando por Frankfurt. Minha duvida eh: ha algum procedimento que eu deva fazer para assegurar que ela nao tera problemas na imigracao? O que ela deve mostrar/falar considerando esta situacao? Muito obrigado!

Reply
Fernanda 13 de fevereiro de 2017 - 00:02

Ela vai ficar no lugar onde você está morando? Se sim, uma carta convite.

Reply
Marcos Alonso 13 de fevereiro de 2017 - 00:34

Fernanda, boa noite

Tenho cidadania portuguesa, e vamos mudar para a Espanha. Minha filhas e eu temos a cidadania, minha esposa ainda não. Vamos solicitar posteriormente, porque exigem comprovação de vínculos. Sabe dizer como faço para minha esposa entrar na imigração e, além disso, legalizar a situação dela, para que não fique apenas com visto de turista? Li muita coisa a respeito, mas as informações são contraditórias, algumas vezes.
Grato

Reply
Fernanda 13 de fevereiro de 2017 - 20:26

Não sei nada sobre cidadania portuguesa, mas entraria em contato com o consulado para ver qual o procedimento para visto de cônjuge.

Reply
Lucas 13 de fevereiro de 2017 - 09:20

Obrigado, Fernanda. Na verdade, vamos aproveitar para conhecer a Alemanha e a Polonia – depois sim, ela viria para ca na Dinamarca, onde estou morando. Essa carta teria de ser feita onde, na Dinamarca? Obrigado

Reply
Fernanda 13 de fevereiro de 2017 - 20:18

É que se pediram o comprovante de hospedagem (pelo menos dos primeiros dias), o que ela irá apresentar?

Reply
Lucas 13 de fevereiro de 2017 - 20:54

Verdade, Fernanda. Vamos ficar em hotel na Alemanha, depois seguindo pra DK. Sugere carta + comprovante de hotel? A minha duvida eh como fazer a tal carta. Obrigado novamente. Parabens pelo trabalho!

Reply
Fernanda 13 de fevereiro de 2017 - 21:38

Veja no google – modelo carta convite. Tem vários em inglês.

Reply
Gabriel 15 de fevereiro de 2017 - 10:36

Bom dia, Fernanda! Tudo bom?
Espero que sim.

Eu e minha namorada (quase casados já), queremos morar, trabalhar e estudar na Espanha. Eu darei entrada em minha segunda graduação lá (em Barcelona), e ela vai transferir o curso dela para alguma faculdade de Barcelona.
Eu tenho a nacionalidade Portuguesa e ela a Espanhola (e os passaportes). Mas, o consulado disse que precisamos tirar vistos-mil, pagar taxas e etc. Pelo o que você disse, não precisaríamos dos vistos e etc. Mas, como isso funcionaria para nós?

Sei que, como completei meus estudos aqui no Brasil, eu preciso fazer algum trâmite com as documentações dos meus estudos, certo? O que eu precisaria fazer? (É tudo muito confuso, eles não respondem nada sobre isso, fingem que não veem e quando falam algo à respeito, parecem apontar sempre para o mais caro, ou algo do gênero. Parece que eles querem dificultar, sabe?)

Muitíssimo obrigado por nós dois!

Reply
Fernanda 15 de fevereiro de 2017 - 18:33

Que consulado disse isso para vocês? brasileiro, português ou espanhol? E vocês mencionaram no questionamento que possuem a dupla cidadania?

Reply
Tatiana 15 de fevereiro de 2017 - 17:12

Olá Fernanda! Parabéns pelo Blog! Minha dúvida é sobre entrar na Alemanha com passaporte italiano vencido. Recebi uma proposta de trabalho e pretendo voltar a morar lá. O passaporte brasileiro está em dia, mas o italiano venceu há quase 2 anos, tentei renovar pelo consulado italiano daqui mas demora em média 1 ano em Curitiba (AIRE, agendamento…). Pensei em ir assim mesmo e renovar lá. Será que terei problemas na imigração? Ou melhor, em qual das filas eu fico? Obrigada pela atenção!

Reply
Fernanda 15 de fevereiro de 2017 - 18:15

Passaporte vencido não é documento de viagem válido, então você terá que apresentar o brasileiro que está válido. Só que entrando como brasileira você tem um prazo determinado para permanecer na Itália. P.S: sério que está demorando 1 ano para fazer um passaporte aqui?

Reply
Mercia 15 de fevereiro de 2017 - 20:31

1 ano? Sério?? Aqui em Recife tem demorado 1 mês…..

Reply
Rosana Sousa 15 de fevereiro de 2017 - 20:40

Olá Fernanda, tudo bem?
Então sou portuguesa mas moro no brasil há 4 anos, casei com um brasileiro aqui no Brasil e vamos morar para Portugal mês que vem. Gostaria de saber se ele entra como turista na imigração ou fala que é casaco com uma portuguesa e pretende dar entrada no visto de residencia? E tem algum problema de eles verem que eu tenho passagem só de ida e ele de ida e volta? Na hora da imigração poderemos ficar juntos na mesma fila, se sim qual a fila seria melhor?

obrigada pela atenção e desculpa tantas perguntas.

Reply
Fernanda 22 de fevereiro de 2017 - 20:50

Se vocês já estão casados, o ideal seria perguntar ao consulado qual o procedimento, se há possibilidade de emissão de um visto de cônjuge aqui mesmo ou se isso é feito após a chegada em Portugal. Não sei como funciona em Portugal.

Reply
Angelo Neto 12 de Maio de 2017 - 11:51

Se seu casamento ja estiver registrado em portugal, a legislçao que se aplica seu marido nao é a 23/2007 e sim a 37/2006.

Artigo 4. lei 23/2007

2 — Sem prejuízo da sua aplicação subsidiária e de
referência expressa em contrário, a presente lei não é
aplicável a:
a) Nacionais de um Estado membro da União Europeia,
de um Estado Parte no Espaço Económico Europeu
ou de um Estado terceiro com o qual a Comunidade
Europeia tenha concluído um acordo de livre circulação
de pessoas;
b) Nacionais de Estados terceiros que residam em
território nacional na qualidade de refugiados, beneficiários
de protecção subsidiária ao abrigo das disposições
reguladoras do asilo ou beneficiários de protecção
temporária;
c) Nacionais de Estados terceiros membros da família
de cidadão português ou de cidadão estrangeiro abrangido
pelas alíneas anteriores.

Reply
claudio 19 de fevereiro de 2017 - 15:30

Olá Fernanda!! Mim tire uma duvida tenho dupla cidadania meu passaporte é europeu e minha esposa passaporte brasileiro estarei levando a certidão de casamento estarei indo pra o Reino Unido qual imigração devo passar com ela ,de europeus ou de estrangeiros

Reply
Fernanda 22 de fevereiro de 2017 - 20:30

Meu entendimento sempre foi que deveria passar na fila dos estrangeiros junto com o não europeu, mas muitos leitores já escreveram que passaram na fila dos europeus. Só que em Londres, por exemplo, dependendo do aeroporto a imigração é feita diretamente nas máquinas o que inviabilizaria passar com o não europeu na fila do europeu. Nunca passei com familiar de outra nacionalidade, mas em setembro estive na Europa com uns amigos brasileiros e passei com eles na fila dos não europeus. Foi tranquilo, só levou um pouco mais de tempo.

Reply
Caroline Costa Rebechi 20 de fevereiro de 2017 - 15:10

Olá Fernanda, vamos ver se você consegue me ajudar. Vou fazer a cidadania Italiana, sou casada no civil no Brasil desde o ano passado, quero saber se eu for morar em Portugal meu marido tem direito de trabalhar legalmente?

Reply
Fernanda 22 de fevereiro de 2017 - 20:21

Caroline, tem que se informar no consulado e ver quais são os trâmites.

Reply
Paulo 11 de março de 2017 - 22:22

Fernanda se puder tirar minha dúvida agradeço .Sou brasileiro casado com espanhola vamos morar na Espanha mais precisamente em Pontevedra que é bem perto do Porto Portugal .Podemos entrar em Portugal com passagem so de ida sem ter problemas ?

Reply
Rafael 14 de março de 2017 - 23:09

Olá Fernanda tudo bom? Eu e minha esposa estamos indo morar na Irlanda. Estamos Saindo de Salvador Para Madrid (iremos ficar 3 dias lá) e depois seguimos para Dublin. Nós dois temos passaporte europeu ( eu Português e ela o espanhol) e já inclusive ligamos para a embaixada da Irlanda sobre como é o processo de imigração que só bastava apresentar o Passaporte ai tudo blz… Só que vamos ficar na casa de um pessoal lá em Dublin temporário e eles estão dizendo que mesmo com o passaporte eles tem que enviar para a gente a carta de convite ou carta recomendação. Achamos muito estranho essa informação de que nós europeus precisaríamos de carta convite para residir na Irlanda sendo que lá a unica exigência era tirar o PPS no período de 90 dias.

Muito Obrigado

Reply
Fernanda 15 de março de 2017 - 20:49

Nunca me pediram e olha que vou para lá todos os anos e inclusive já morei na Europa (entrei só com o passaporte italiano). Entre acreditar na informação que foi passada pela embaixada e a informação que foi passada pelo “pessoal”, eu fico com a da embaixada. Não vejo sentido exigir carta convite se vocês são europeus.

Reply
gessica 8 de abril de 2017 - 12:27

oi fernanda..
fiz meu passaporte italiano.em londres quando era de menor… esta vencido a dois anos, hoje moro no brasil…posso entrar em londres com ele vencido para renovar

Reply
Fernanda 8 de abril de 2017 - 12:35

O seu AIRE está onde? Pergunto porque você tem obrigação de manter seu endereço atualizado no consulado. Se você está registrada aqui no Brasil (em algum consulado daqui) você tem que fazer a renovação do passaporte nesse consulado.

Reply
Artur 2 de Maio de 2017 - 20:38

Ola Fernanda, tenho uma duvida.
já obtenho o passaporte italiano mas nunca viajei com ele. Da outra vez que viajei a Europa usei o brasileiro e com passagens de ida e volta. Agora quero ir com o passaporte Europeu, como tenho emprego la gostaria de comprar passagem só de IDA. Por acaso se eu usar o passaporte Italiano terei algum problema com a passagem só de ida para entrar na Europa?
Obrigado des de ja

Reply
Fernanda 3 de Maio de 2017 - 07:52

Entrando com o italiano não terá nenhum problema. Qual o país que você vai?

Reply
Gyorgy Henyei Neto 27 de Maio de 2017 - 08:21

Olá Fernand, muito obrigado pela informação. Foi muito importante. Excelente blog.

abraços

Gyorgy

Reply
Fernanda 9 de junho de 2017 - 20:23

De nada 🙂

Reply
Luca de Santis 10 de julho de 2017 - 15:12

Olá Fernanda. Tudo bem? Sei que você já respondeu várias vezes isso nesse post, mas é que tenho esperança q você tenha novas informações. Meu caso é como o de vários aqui: Sou cidadão italiano. Meu casamento com minha esposa já foi transcrito na itália e tenho a certidão de casamento italiana. Também tenho a certidão de casamento brasileira apostilada. Estou indo para a espanha com minha esposa. A imigração será em Lisboa (vamos fazer escala lá). Lá a imigração para os italianos é eletronica. Passo com minha esposa na fila de All Passports? Eu indo com ela na fila facilita a entrada dela ou não muda nada? Estou com comprovante de reserva de hotel, porém, para economizar, talvez eu fique na casa de meu irmão que já mora lá. Também comprei passagens de volta para ela e também levo 2 mil euros em espécie.

Reply
Fernando 28 de agosto de 2017 - 11:16

Minha dúvida é exatamente essa. Tenho dupla cidadania portuguesa, e passaporte europeu, minha esposa não . Em Lisboa assim como alguns aeroportos da europa adota o sistema eletrônico para europeus. Eu posso acompanhar minha esposa nesse caso na fila “all Passports” ? Pois ela não poderá me acompanhar na fila de europeus por não haver controle de imigração por pessoas. Não gostaria d eme separar dela na entrada.

Reply
Fernanda 28 de agosto de 2017 - 20:22

Pode sim. Ano passado viajei com amigos (eles só tinham o passaporte brasileiro) e passei com eles na fila “all passports”. Foi bem tranquilo.

Reply
Simone 30 de agosto de 2017 - 10:09

Oi Fernando, vim pra Lisboa em maio, eu e meu filho com passaportes italianos e meu marido com passaporte brasileiro, a fila para all passaports era gigantesca, e havia uma fila passa passaportes europeus que não era guichê eletrônico, havia só umas 10 pessoas, fomos nessa e a pessoa só perguntou se éramos família, respondi que sim, ele carimbou o passaporte do meu marido e pronto. Não demorou nem 5 min.

Reply
Fernanda 30 de agosto de 2017 - 21:08

Ah, sim! Quando tem fila “normal” (sem ser guichê eletrônico) dá para fazer isso que você fez.

Reply
Fernando 30 de agosto de 2017 - 21:25

Oi Simone, obrigado pela informação. Uma última dúvida, ainda não averbei o meu casamento no consulado português, sendo então, solteiro no passaporte e cartão cidadão. Acha que isso faz algum problema para entrar?

Reply
Simone 8 de setembro de 2017 - 18:47

Então Fernando, eu no caso tinha as certidões pra provar que somos casados, mas nada consta no passaporte, pois no italiano não incluem o sobrenome de casada, mas a pessoa que me atendeu não pediu nenhuma certidão, só perguntou se éramos família mesmo. Acho q não teria problema.

murilo 19 de julho de 2017 - 09:16

ola fernanda! ve se podes me ajudar a esclarecer uma duvida!moro em portugal sou casado no civil com uma cidada europeia!(espanhola) e preciso ir no brasil em breve! mais meu cartao de residencia vai demorar a sair! com o certidao de casamento ea marcaçao do SEF serviço de emigraçáo e fronteiras! eu vou ter algum problema pra voltar `ra portugal! obrigado

Reply
Maíra 30 de agosto de 2017 - 19:01

Oi Fernanda!

Estou com uma dúvida aqui e queria ver se você consegue me responder. Minha situação é a seguinte: tenho passaporte italiano, que vence agora em Setembro. Não consegui renovar até agora porque estava atualizando minha situação no Aire (180 dias). Tive uma proposta de emprego em Budapeste e acredito que não irei conseguir renovar até a data da viagem porque o consulado aqui é super enrolado e não ajuda em nada. Acha que eu teria problemas em entrar na Hungria com o passaporte vencido por um mês? Acho complicado entrar com o brasileiro pois irei sem passagem de volta.
Obrigada desde já!

Maíra

Reply
Fernanda 30 de agosto de 2017 - 21:04

Você tem carteira de identidade italiana? Porque passaporte vencido não é um documento de viagem válido.

Reply
Maíra 31 de agosto de 2017 - 09:30

Não tenho não, apenas o passaporte mesmo. A minha ideia seria tentar renovar meu passaporte lá do consulado de Budapeste, mas tenho receio de me barrarem na entrada. Você teria alguma sugestão?
Muito obrigada!

Reply
Fernanda 31 de agosto de 2017 - 21:45

Você teria que mudar seu AIRE para Budapeste para conseguir renovar o passaporte lá.

Reply
Camilla Brefere 29 de setembro de 2017 - 11:16

Ola Fernanda

Tenho uma dúvida, tenho cidadania e passaporte italiano e vou para a Itália em Dezembro, porém o vencimento deste é em Março. A regra do passaporte válido por 6 meses é aplicada? Devo entrar com o brasileiro?

Desde já, muito obrigada pela ajuda.

Parabéns pelo blog!

Reply
Fernanda 30 de setembro de 2017 - 16:50

Pode entrar com o italiano se quiser. Você não é obrigada a ter 6 meses de validade no passaporte para entrar em seu próprio país. Lembre que você é italiana também.

Reply
Fernando 30 de setembro de 2017 - 17:00

E com o bilhete de identidade português? Meu passaporte português está vencido mas o bilhete de identidade não. Será que passo na imigração só com ele? Aproveitando para renovar diretamente lá que é mais barato e rápido.

Reply
Fernanda 1 de outubro de 2017 - 22:07

Uma amiga minha não tem o passaporte italiano (só a identidade) e já entrou na Europa mostrando o passaporte brasileiro e a identidade italiana. Nesses casos, eu acho mais simples entrar só com o passaporte brasileiro mesmo.

Reply
Lilian 1 de outubro de 2017 - 16:51

Oi Fernanda.
Tenho passaporte portugues, mas tanto ele como o meu cartão cidadão estão com o nome do meu primeiro casamento. Ano que vem eu e meu marido vamos Portugal e tenho receio de que haja problema pelo fato de que meu nome mudou e no passaporte portugues ainda consta o antigo. Será que terei problemas??

Reply
Fernanda 1 de outubro de 2017 - 22:05

Mas você mudou seu nome em Portugal também? O sobrenome da minha mãe é o de solteira no passaporte italiano e de casada no brasileiro e são totalmente divergentes. No caso dela, eu sempre emito a passagem com o nome italiano e uso só o passaporte italiano durante a viagem. Nunca tivemos problemas. Não sei se isso se aplica ao seu caso também.

Reply
Lilian 2 de outubro de 2017 - 08:39

Então, em Portugal consta o nome do meu primeiro casamento…. o que está me deixando preocupada é que só agora eu me dei conta que tanto o passaporte como o cartão cidadão estão com o nome antigo mas a minha assinatura neles está com meu nome atual, ou seja, com o nome do meu segundo casamento… e como vou viajar em maio acho que não dará tempo de fazer a atualização. Por isso minha preocupação, de dar algum problema…

Reply
Fernanda 2 de outubro de 2017 - 22:57

Complicado opinar. Olha, nas últimas vezes que estive na Europa fiz a imigração nas máquinas. Basicamente o sistema só reconhece se o passaporte é verdadeiro.

Reply
Lilian 3 de outubro de 2017 - 07:58

Ahhh….. já ouvi falar que agora tem essas máquinas. Bom, por precaução vou levar uma cópia autenticada da certidão de casamento e outra da averbação do primeiro…rss…. melhor prevenir né!!!
Fernanda, muito muito obrigada… seu blog é ótimo e estou “viajando” nele 🙂 !!!

carminda gossler 15 de outubro de 2017 - 13:14

OLá , sou brasileira com cidadania e passaporte portugues , tenho tambem o brasileiro , mas vou viajar para Portugal e conexao em Madri , vou apresentar meu passaporte estrangeiro , a minha dúvida é a localização da apresentação do passaporte naquele aeroporto imenso , vc teria algum vídeo que mostrasse o mapa dessa localização ? vou sózinha e já tenho 65 anos , estou realmente apreensiva . Me ajude !!!!

Reply
Fernanda 16 de outubro de 2017 - 09:29

Não tenho. É só seguir as placas de apresentação do passaporte e entrar na fila dos europeus (se entrar com o passaporte português). O aeroporto é muito bem sinalizado.

Reply
Guiga 7 de novembro de 2017 - 23:44

Olá, achei ótimo esse post, além dos comentários. Gostei muito de conhecer esse blog, assumo que já coloquei na lista do Feedly ahahaha parabéns pelo trabalho, Fernanda.

Gostaria somente de complementar algo que já vi mais acima, mas gostaria de comentar novamente.
Em 2010, quando estava passando pela imigração em Zurique, estava na fila dos nacionais europeus com meu passaporte húngaro. Na minha frente, um casal com uma criança, e dupla nacionalidade espanhola, estavam dizendo em portugues com a oficial de imigração que iam para a Espanha. A oficial forçava eles falarem em espanhol, mas eles não falavam nada, e só diziam as coisas por cima. Ela liberou a entrada, mas, quando eu me aproximei, ela pediu um momento e avisou no rádio alguém sobre o casal. Ela liberou minha entrada sem problemas, e, um pouco mais na frente, vi o casal sendo escoltado por uns policias.

Outra vez, de novo na suíça, estava na fila (neste caso em 2015) e novamente um cidadão brasileiro com passaporte espanhol estava sendo forçado a falar em espanhol, respondendo a diversas perguntas. Onde iria ficar, se tinha passagem de volta, e taus. Quando falou que iria para a Espanha, a oficial pediu a passagem, mas ele não tinha pois iria adquirir naquela semana. No final, depois da oficial reclamar muito do espanhol do cara, deixou ele passar, e, novamente, falaram no radinho. Eu passei sem problemas, mas a pessoa estava sendo escoltada.

Em 2016, adivinhem aonde? Zurique! Vi um casal onde o cara tinha nacionalidade italiana, e a acompanhante não. O oficial começou a falar em italiano, o cara deu uma enrolada (tipo não estou escutando, o que? what?) e o oficial começou a falar em alemão, (acho que foi para ver se ele notava diferença, mas sei lá), e o cara não falou mais nada. Uns 15 minutos disso e a fila foi começado a desviar para as filas dos não-nacionais, que já estava ficando vazia. O oficial chamou outro para escoltar os dois para fora (não sei se alguém se lembra, mas em Zurique tem um espaço depois da imigração, se voce for para o cantinho a direita). Eles foram levados para lá. O oficial passou o resto de uma vez quase, mas ficava parando olhando para o casal no canto.

Não sei se é a cara, não sei se é o país (a Suiça faz parte em termos do Schengen, mas não em muitos termos), mas sei que a Suíça esta sendo meio enrolada para quem dupla nacionalidade. Não sei porquê raios o de implicarem com quem dupla nacionalidade, mas, como vi 3 vezes, e vi os comentários acima, decidi comentar também. Em geral, nunca ouvi falar sobre brasileiros sendo barrados na Suíça com passaporte brasileiro (a não ser em termos graves), mas com nacionalidade europeia, já vi 3.

Reply
Fernanda 11 de novembro de 2017 - 16:02

Passei em Zurique no ano passado (voo era Londres – Zurique) e estava em uma fila separada da minha mãe (que não fala italiano e nem inglês) e ela passou tranquila. Nem perguntaram nada. Para mim só perguntaram o que eu iria fazer em Zurique e passei tranquila também. Nós duas estávamos com o passaporte italiano.

Reply
Rodrigo 22 de novembro de 2017 - 20:00

Olá Fernanda,
Estou muito feliz pois o reconhecimento da minha cidadania italiana finalmente saiu!
Porém, eu estou com uma pequena dúvida. Dei entrada do reconhecimento no consulado italiano no Brasil mas estou morando atualmente na Estônia. Minha pergunta é: Eu consigo solicitar a emissão do passaporte italiano por aqui? A única informação que eu tenho é o número da pasta da família (C10).

Muito obrigado pela sua atenção e parabéns pelo excelente post!

Reply
Fernanda 6 de dezembro de 2017 - 08:53

Você pode se registrar aí no consulado da Estônia e fazer a documentação por aí. Você ainda não atualizou seu AIRE, certo?

Reply
Layse Siller 3 de janeiro de 2018 - 14:21

Olá, Fernanda!
Me tira uma dúvida?
O meu namorado tem cidadania luxemburguesa, mas no momento, ele só tem o passaporte de um ano (não biométrico). Ele consegue viajar somente com passagem de ida, portando esse passaporte? Acha que poderiam barrar ele na imigração. Grata e parabéns pelo blog!

Reply
Fernanda 4 de janeiro de 2018 - 10:13

Se é um passaporte europeu válido, não vejo problemas. Na verdade não entendi direito o que tem a ver não ser biométrico (só não dá para passar nas máquinas). Seria isso? Desculpa, não entendi.

Reply
Layse Siller 10 de janeiro de 2018 - 22:04

Ei! Me desculpa Fernanda, ficou bem confuso. A questão da passagem já resolvemos ele vai viajar com a volta da mesma forma. Já a questão do seguro viagem, eu tenho uma dúvida: mesmo o passaporte só valendo por um ano, ele não precisa apresentar o seguro viagem? Não corre o risco de barrarem ele? Grata!

Reply
Fernanda 10 de janeiro de 2018 - 23:15

Até agora não entendi essa parte do “passaporte de 1 ano” e qual seria o problema relacionado a isso. Ele é europeu, certo? Não vejo problemas.

Reply
Layse Siller 11 de janeiro de 2018 - 07:26

É um passaporte feito na Europa a partir de um Consulado aqui no Brasil. Foi tudo feito pelo correio, só tivemos que ir no próprio Consulado buscar.

Fernando Mendes 4 de janeiro de 2018 - 10:36

Oi, o fato de ser cidadão europeu já impede que seja barrado em qualquer país europeu (signatários do acordo Schengen) . Não conheço esse tipo de passaporte de 1 ano mas desde que seja europeu é o suficiente para entrar. Até com o bilhete de identidade do país ele entra.

Reply
Moreira 13 de janeiro de 2018 - 07:41

Olá Fernanda,
Você saberia me informar se para um curso de 8 meses na Irlanda, tendo cidadania e passaporte europeu, há a necessidade de declarar os 3 mil euros?
Obrigada!

Reply
Fernanda 14 de janeiro de 2018 - 22:41

Como assim declarar 3 mil euros?

Reply
Marcos Roberto 22 de fevereiro de 2018 - 13:35

Boa tarde, meu passaporte italiano está vencido. Minha identidade não. Posso entrar na Itália com somente com a identidade?

Reply
Cristiano 24 de março de 2018 - 13:18

Boa tarde Fernanda, primeiramente parabéns pelo blog e pela paciência nas respostas. Vi algumas respostas no histórioco sobre o tema mas nenhuma que atenda à minha dúvida e gostaria de questionar aqui : Tenho cidadania espanhola , além da brasileira, assim como as minhas duas filhas pequenas. Estamos nos mudando para Portugal em Junho ( eu vou na frete) e em Julho a minha esposa e crianças mas a minha esposa só tem nacionalidade brasileira. Fizemos a livro da família que é a certidão de casamento do consulado espanhol e gostaria de saber se elas correm algum risco de pararem na imigração portuguesa chegando lá porque eu não estarei com elas…OUtra questão , o meu passaporte brasileiro está vencido, eu preciso refazê-lo ou posso usar somente o espanhol? Mais uma vez , obrigado pela atenção…

Abraços

Cristiano

Reply
Daisi 4 de abril de 2018 - 12:59

Olá, Fernanda. Primeiro quero te parabenizar pela iniciativa de escrever sobre esses assuntos. Tenho passaporte português e viajo em junho para Dubli, com conexão em Frankfurt (latam / lufthansa) com uma hora de conexão. Você já fez conexão em Frankfurt? Sabe me informar se o tempo de conexão é pouco? Quanto a imigração, preciso apresentar algo além do passaporte e passagem? Muito obrigada. Abs.

Reply
Fernanda 6 de abril de 2018 - 16:14

Nunca fiz conexão lá, mas com o passaporte europeu a imigração é muito rápida. Passei pela imigração de Lisboa na semana passada em menos de 2 minutos. Em muitos aeroportos da Europa você coloca apenas o passaporte europeu na máquina. Tudo automatizado.

Reply
Adriana 22 de abril de 2018 - 18:22

Oi Fernanda. Vê se consegue me ajudar. Estou na Itália estou com o processo de cidadania terminado e tenho apenas a identidade italiana em mãos. Posso viajar para Londres somente com este documento? Tenho filhos pequenos e estão no Brasil e aí não consegui fazer o passaporte aqui porque preciso de autorização do esposo q tbém está no Brasil. Como devo proceder na imigração?

Reply
Fernanda 22 de abril de 2018 - 20:19

Pode viajar para Londres, só que terá que fazer a imigração em um guichê porque as máquinas só aceitam passaportes eletrônicos do UK e UE.

Reply
Paty 1 de Maio de 2018 - 12:52

Olá Fernanda.
Adorei seu post, parabéns pelo blog. Gostaria de aproveitar e tirar uma dúvida com você. Também possuo cidadania e passaporte italiano e estou querendo me mudar para ai. Queria saber se na imigração para cidadão europeu eles exigem a passagem de volta como na imigração pra estrangeiro fora da UE, pois não tenho nenhuma proposta de trabalho nem de estudo pra comprovar e pretendo entrar e não voltar, mas fico receosa quanto a imigração se irão fazer perguntas desses tipo e se dizer que estou indo a passeio se vão me perguntar da passagem de volta. O que você me aconselha?

Reply
Fernanda 1 de Maio de 2018 - 16:04

Não pedem e na maioria das vezes você faz a imigração em um máquina. Acabei de voltar. Entrei por Lisboa e passei por essas máquinas (que só conferem se o passaporte é original e tiram uma foto).

Reply
Camilla 18 de Maio de 2018 - 15:44

Oi Fernanda,
Que legal que vc tira dúvidas. Muito obrigada.
Eu estou com o passaporte brasileiro em dia, mas o italiano esta vencido.
Vou precisar apresentar passagem de volta mesmo assim?

Reply
Fernanda 19 de Maio de 2018 - 20:28

Como o italiano está vencido, entendo que você vai entrar com o passaporte brasileiro. Então pode ser que peçam passagem de volta, comprovante de hospedagem, etc.

Reply
Fernanda 19 de Maio de 2018 - 20:31

Fui pra Itália agora em abril e fiz o check-in com o passaporte brasileiro. Como eu tinha comprado a volta separada, a funcionária me fez apresentar a passagem de volta para poder embarcar. Acabei mostrando a passagem e o passaporte italiano.

Reply
Adriano 12 de julho de 2018 - 16:50

Olá Fernanda,
Gostaria muito que você pudesse me esclarecer uma dúvida. Tenho a cidadania espanhola e agora em setembro vou para um intercâmbio de 1 ano na Itália. Gostaria de saber se preciso de algum documento na hora de entrar na Itália, ou simplesmente consigo entrar normal? E uma outra questão seria na hora de sair aqui do Brasil – caso a resposta para a primeira pergunta for que não preciso de nenhum documento: como passar pela PF com o passaporte brasileiro mas sem nenhum “documento autorizando” (ou eles nem pedem nada)?

Muito obrigado!

Reply
Fernanda 15 de julho de 2018 - 20:16

Entrando na Europa com o passaporte europeu não irão pedir nada (pelo menos nunca pediram para mim). E passar na PF com o passaporte brasileiro é bem tranquilo também (normalmente você passa nas máquinas).

Reply
Geisiene 17 de janeiro de 2019 - 09:57

Oi Fernanda!
Obrigada pelas dicas. Foram muito úteis.
Tenho uma dúvida: sou brasileira mas tenho a nacionalidade espanhola também, e pretendo viajar este ano para a Espanha.
É a primeira vez que vou com o passaporte espanhol.
Você disse que aqui no Brasil devemos usar o passaporte brasileiro, mas, minha dúvida´é que na passagem de avião temos que colocar o número de passaporte, e no meu caso eu coloquei o espanhol, até porque, até onde eu sei, só tem o opção de um número de passaporte.
Como você faz,quando viaja, para usar os dois passaportes?

Reply
Fernanda 17 de janeiro de 2019 - 21:10

Oi! Eu coloco o número do passaporte italiano, apresento o italiano no check-in e o brasileiro na Polícia Federal (ultimamente na PF tenho feito tudo nas máquinas, então é só colocar o passaporte na máquina e fica o registro que você está saindo do Brasil).

Reply
Lucas 30 de janeiro de 2019 - 13:18

Oi Fernanda, muito bom seu poste, parabens!!!
Eu tenho uma dúvida, sou brasileiro e acabei de receber o visto de residencia para portugal, e minha esposa brasileira possui cidadania italiana. Minha dúvida é se ela tem que comprar a passagem de volta ou somente a de ida basta? há algum risco caso exista a possibilidade de comprar apenas a de ida?
Agradeço muito

Reply
Fernanda 10 de fevereiro de 2019 - 21:05

Com o passaporte europeu eles só conferem se o passaporte é verdadeiro (e quase todos os aeroportos possuem máquinas para fazer a imigração de quem é da UE).

Reply
Renato Rocha Ribeiro 1 de fevereiro de 2019 - 11:05

Fernanda, eu tenho dupla cidadania luso-brasileira.
Meu casamento esta averbado em portugal, paguei por isso. Vamos viajar agora em Abril de 2019.
A informação que eu tinha é que ela poderia ir para a fila de cidadãos europeus comigo e não precisaria pegar a fila de estrangeiros. Isso é mesmo verdade?

Reply
Fernanda 3 de fevereiro de 2019 - 12:37

Olha, muita gente faz isso. Mas em Lisboa, por exemplo, a imigração de quem tem o passaporte da UE é feita nas máquinas. Então, não teria como ela ir junto porque o passaporte brasileiro não passa nas máquinas de quem tem passaporte da UE.

Reply
Sueli martins 26 de março de 2019 - 00:40

Boa noite.
Meu filho é brasileiro e tem cidadania portuguesa, vai viajar para a Inglaterra dia 05 de Abril 2019.
Ele Comprou a passagem somente de ida, pois ele vai fazer um turismo por outros países da União Européia.
Gostaria de saber se esta conduta está certo.
Grata.
Obrigada.

Reply
Rosi 26 de março de 2019 - 20:28

Olá Fernanda, tudo bom?
Tenho uma dúvida e talvez você possa me ajudar!?
Tenho cidadania italiana, meu processo foi feito na Itália, possuo passaporte e ID, depois de estar em posse dos meus docs fui morar em Londres e transferi minha residência para lá, então meu AIRE também está registrado lá, só que meu passaporte venceu no último mês de fevereiro e estou querendo voltar para a “Terra da Rainha” de novo.
Será que consigo entrar somente com minha ID italiana ou seria melhor eu usar meus docs brasileiros e entrasse como turista, aí depois de ter entrado, vou no consulado italiano e renovo meu passaporte?

Reply
Fernanda 27 de março de 2019 - 21:43

Olá! Desculpa a demora. Fui perguntar para uma amiga que só tem a identidade italiana. Ela disse que já entrou na Europa 4 vezes só com a identidade e não teve problemas. Se quiser falar com ela a respeito, o nome é Renata do blog Direto de Paris http://diretodeparis.com

Reply
Clóvis 31 de março de 2019 - 10:04

Olá Fernanda!
Minha esposa é cidadã espanhola, (adquiriu cidadania e passaporte) e eu brasileiro, então na Europa ela entra em fila diferente da minha, ela não poderia entrar comigo na mesma fila? Ela sendo espanhola, não me ajudaria na entrada ao país?
Obrigado!!
Clóvis

Reply
Fernanda 31 de março de 2019 - 16:59

Olá! Os dois podem entrar na mesma fila. Sem problemas. Já entrei na fila dos estrangeiros com amigos brasileiros (eu com passaporte italiano e eles com passaporte brasileiro) e deu tudo certo. Também há relatos aqui no blog de quem entra com na fila dos europeus mesmo (só tem que verificar se a imigração não é feita nas máquinas).

Reply
Sibélius 1 de Maio de 2019 - 18:50

Olá Fernanda,
Tenho cidadania italiana e, por favor, gostaria de confirmar com vc se não é mesmo necessário ter “seguro saúde” para entrar na Itália.
Grato!

Reply
Andra lavezzo 23 de julho de 2019 - 21:49

Eu tenho passaporte italiano, mas meu marido e minhas 2 filhas (menores de idade) ainda ñ tem, minhas filhas podem passar na fila “europeia” comigo??

Reply
Rubem Bader 17 de setembro de 2019 - 12:22

Olá Fernanda,
estou com uma dúvida, eu e meu filho temos passaporte brasileiro e alemão, minha esposa só o brasileiro, vou para a europa com entrada por Londres, como fazer, eu e meu filho entramos com o passaporte alemão e minha esposa com o brasileiro, ou seria melhor os três entrarem com o brasileiro?
Também fiz reserva de carro na Itália, terei problema se estiver com o passaporte alemão e a CNH brasileira?

Reply
Fernanda 17 de setembro de 2019 - 21:08

Olá! Podem entrar os 3 com o brasileiro ou você e seu filho com o alemão e sua esposa com o brasileiro. Só fiquem atentos na questão da fila, porque em Londres há imigração nas máquinas para europeus. Nesse caso, todos teriam que ficar na fila dos não-europeus (mesmo usando o passaporte europeu. Já fiz isso viajando com amigos que não tinham o passaporte europeu). Sobre a CNH: eu já apresentei CNH brasileira com passaporte italiano (inclusive na Itália) e nunca tive problemas. Só que me pediram a PID (permissão internacional para dirigir) na Itália também.

Reply
Rubem 17 de setembro de 2019 - 21:24

Obrigado Fernanda, já encaminhei a PID também. Muito obrigado pela ajuda.

Reply
Lauriano 11 de outubro de 2019 - 19:01

Oi Fernanda!
Muito bom o post!!
Minha esposa comprou passagem aérea antes de sair o passaporte europeu (espanhol) de Porto para Londres, ou seja na Ryanair está o nome de casada do passaporte brasileiro, mas ela entrou na Europa com o espanhol… E agora? Ela faz o check in com o Brasileiro e sai de Portugal com o passaporte espanhol? Como lidar com essa situação??
Desde já agradeço!

Reply

Deixe um Comentário