Home Destinos NacionaisParanáCuritiba Praça do Japão (Segredos de Curitiba)

Praça do Japão (Segredos de Curitiba)

por Fernanda

Atualizado em

A Praça do Japão é um dos meus lugares preferidos em Curitiba e é um lugar relativamente pouco conhecido pelos turistas. A praça não faz parte da linha de Turismo da cidade, mas se você tiver um tempinho sobrando recomendo a visita.

Para chegar até lá é super simples. Muitas linhas de ônibus passam perto da praça, incluindo o famoso bi-articulado, aquele ônibus enorme que para nas estações-tubo. E, quem estiver hospedado na região do Batel, pode ir andando. É uma caminhada bem tranquila e o percurso em si também é bem bonito. Para quem gosta de pedalar, tem uma ciclovia que passa na frente da praça. Eu inclusive costumo fazer esse circuito (o meu favorito na cidade).

Praça do Japão

A ciclovia

Muitos devem saber que o Brasil abriga a maior população japonesa fora do Japão. São Paulo concentra a maioria desses japoneses, mas no Paraná está concentrada a segunda maior colônia japonesa do Brasil.

Então, nada mais justo do que uma homenagem a um dos povos que ajudaram a povoar o Estado e consequentemente a cidade de Curitiba. Foi aí que surgiu a Praça do Japão.

 

Praça do Japão Curitiba

Praça do Japão

Praça do Japão

É uma área linda e que segue a linha dos jardins japoneses. Estive no Japão no final de 2011 e pude comprovar que a Praça do Japão foi criada com todo o ‘capricho’ possível e que realmente temos um pedacinho do Japão na capital paranaense.

Praça do Japão

A entrada

 

 

Praça do Japão

Minha parte preferida é o Buda. Eu já mencionei várias vezes aqui no blog que a Ásia me fez refletir muito sobre religião e que eu cheguei à conclusão que uma das religiões mais lindas é o Budismo. Desde então, o Buda é meu novo melhor amigo (inclusive estou em busca de um Buda para a minha casa, mas ainda não encontrei ‘o’ Buda ideal).

O Buda

O Buda

Praça do Japão

O Buda da Praça do Japão

 

A Praça do Japão não é só uma praça. É também um espaço cultural. Tem biblioteca, aulas de origami, cerimônia do chá, prática de meditação, etc. E de vez em quando também rolam festivais como o Hana Matsuri que é o festival das flores e comemoração do nascimento de Buda. Sempre rolam apresentações típicas e, o melhor, uma feira gastronômica. Como vocês devem imaginar, esses eventos sempre lotam.

Na época das cerejeiras

Na época das cerejeiras

Fica a sugestão de um lugar lindo e que merece a visita em Curitiba.

Endereço – entre as Avenidas Sete de Setembro e República Argentina. Bairro Água Verde.

Artigos Relacionados

6 comentários

Ana Oliveira 4 de julho de 2013 - 10:35

Ano passado fomos a Curitiba, não conhecia e amei!!!! Fiquei doida pra morar lá. Sou do Rio e confesso q não sou muito fã 🙁 calor infernal, entre outras coisas. Essa praça realmente é uma graça, adorei. Um dia volto 🙂

Reply
Fernanda 4 de julho de 2013 - 10:38

Aqui já é o oposto. Chuva infernal. rs

Mas, essa praça é linda e super pouco conhecida. Uma pena!

Reply
Tatiane Dias 4 de julho de 2013 - 12:31

Mais um item pra quando eu for de novo! Mas um taxista nos falou da praça enquanto estávamos ainda em Curitiba, foi esquecimento mesmo!

Reply
Fernanda 4 de julho de 2013 - 12:41

Fica para a próxima então. Vale a pena!

Reply
Laís 22 de outubro de 2013 - 14:46

Fernanda,vc mora em Ctba???
Estou adorando o Blog!
Acabei de voltar dos EUA, já fui à Londres, Paris e País de Gales. Amo viajar. Mas to só começando. Abro mão de muita coisa tbm e fico meses pagando uma viagem.
Tbm acho q viagem nos torna mais rica. Quero conhecer vários lugares e teu blog tem ótimas dicas.

Reply
Fernanda 23 de outubro de 2013 - 22:01

Moro sim.

Reply

Deixe um Comentário