Home Destinos InternacionaisEuropaFrançaParis Restaurante Camélia do Hotel Mandarin Oriental Paris

Restaurante Camélia do Hotel Mandarin Oriental Paris

por Fernanda

Estive no restaurante Camélia do Hotel Mandarin Oriental Paris para almoçar. Ficar hospedado em um hotel de luxo como o Mandarin Oriental (reserve aqui) é uma experiência que nem todo mundo pode ter devido ao alto custo envolvido, mas dar-se de presente um almoço e/ou jantar em um dos restaurantes do hotel é algo possível e uma experiência muito legal.

Fui convidada pela equipe do hotel e pela Xmart Consultoria e Marketing para conhecer o hotel e o restaurante com mais duas blogueiras: Martinha do Viajoteca e Renata do Direto de Paris.

Almoço no Restaurante Camélia do Hotel Mandarin Oriental Paris

O Mandarin fica localizado na rua mais chique de Paris:  a Rue Saint Honoré, internacionalmente conhecida por causa de suas grifes famosas. O Camélia é um dos restaurantes do hotel, super moderno e comandado pelo chef Thierry Marx.

Demos muita sorte com o tempo em Paris. O dia estava lindo e ensolarado. Sentamos na área externa e embaixo de um dos guarda-sóis. O restaurante Camélia é aberto ao público e estava bem lotadinho em plena segunda-feira.

Assim que sentamos fomos recepcionadas pela simpática garçonete que logo nos ofereceu uma taça de champanhe. Enquanto olhávamos o menu (em francês e inglês), outro garçom passou com uma cesta de pães para escolhermos e irmos petiscando.

Acabamos escolhendo a sequência de entrada + prato principal + sobremesa.

restaurante camelia do hotel mandarin

Entrada

Eu fui de tomates sortidos, um prato com tomates e morangos, burrata, óleo de baunilha com limão. Excêntrico e delicioso. As meninas foram de atum e salada com camarão.

A apresentação dos pratos (abaixo) é realmente incrível. Costumo dizer que em Paris comemos com os olhos. É tudo tão lindo e tão perfeitamente colocado no prato que dá até dó de comer para não “estragar a obra de arte”.

restaurante camélia do hotel mandarinPrato Principal

Para o prato principal minha escolha foi o bife scarmoza acompanhado de batata doce. A carne veio exatamente no ponto que pedi e a garçonete ainda veio perguntar se o ponto estava do meu agrado.

As meninas foram de peixe e farfalle artesanal. Pelo comentário geral estava tudo maravilhoso.

restaurante camélia do hotel mandarinSobremesa

Essa parte foi de extravagância mesmo. Acabei sendo “menos curiosa” e escolhendo o meu doce preferido: cheesecake de frutas vermelhas. A torta estava muito gostosa.

Já o restante do grupo pediu as sobremesas abaixo: sorvete, torta de frutas vermelhas e a sobremesa mais incrível de todas (na minha opinião): um mix de todas as delícias parisienses (em formato miniatura) acompanhado de café.

restaurante camelia do hotel mandarin

Os preços são condizentes com a qualidade e requinte do lugar. É uma experiência de luxo, porém com preços compatíveis, principalmente no horário do almoço.

Informações

Endereço: Rua Saint-Honoré, 251, Paris.

Site: Restaurante Camélia Mandarin

 

12 comentários
0

Artigos Relacionados

12 comentários

Martinha Andersen 12 de outubro de 2016 - 15:17

Oi Fernanda.
Realmente o Restaurante Camélia é muito bom. Deu saudade deste almoço delicia, do atendimento e da companhia.
Temos que retornar para o Brunch. ?
Beijos ?

Reply
Fernanda 12 de outubro de 2016 - 19:25

Sim, o brunch parece ser delicioso também. Precisamos voltar 🙂

Reply
Luciana Rodrigues 13 de outubro de 2016 - 06:09

Nossa! Essa sua viagem teve “picos” de gastronomia fantásticos. Mais uma dica a ser anotada.
Beijinhos

Reply
Fernanda 15 de outubro de 2016 - 10:56

A viagem teve algumas extravagâncias culinárias, mas em Paris é difícil não perder a linha.

Reply
Renata Rocha Inforzato 13 de outubro de 2016 - 07:02

Oi Fernanda! Foi uma experiência incrível e que recomendo muito para quem vem a Paris. E realmente precisamos provar o brunch.
beijos

Reply
Fernanda 15 de outubro de 2016 - 10:54

Com certeza! Vamos marcar na próxima 🙂

Reply
Jackie 17 de outubro de 2016 - 19:27

Eu amo esse tipo de programa e amo hotéis que tem restaurantes aberto ao público, dá pra gente ir aproveitar um pouco do conforto, luxo e dos serviços superiores quando não temos orçamento pra hospedagem e também é ótimo pra conhecermos novas redes e marcas e tal. Achei bem legal que vc falou da rua no post, pq mt gente que tá indo pela primeira vez acredita que a Champs-Elyséés é a rua mais chique de Paris e chega lá e se decepciona com a mistura que é a rua (não que não seja linda, obvio) e não sabe da Saint Honoré.
bjs,

Reply
Fernanda 17 de outubro de 2016 - 19:31

Aqui no Brasil ainda não é tão comum (ser aberto ao público, né)? Eu tenho essa impressão. E a Champs Elysees acaba levando a fama por ser a mais famosa. Você tem razão.

Reply
Vera Lucia 17 de outubro de 2016 - 19:46

Parece delicioso. Ótima dica.

Reply
Fernanda 17 de outubro de 2016 - 19:54

Estava mesmo 🙂

Reply
Ledinara 18 de outubro de 2016 - 08:25

Babei nas sobremesas!
Bateu aquela vontade de voltar a Pais. Já coloquei ele na lista.

Reply
Fernanda 18 de outubro de 2016 - 08:52

Se até eu babei nas sobremesas, imagina você. Deliciosas mesmo!

Reply

Deixe um Comentário