Home Seguro de Viagem Seguro de viagem internacional, você sabe como funciona?

Seguro de viagem internacional, você sabe como funciona?

por Fernanda

Atualizado em

Uma coisa que muita gente não leva em consideração na hora de planejar uma viagem é o seguro de viagem. Você sabe o que é e como funciona o Para entrada em muitos países, esse seguro é obrigatório.

Seguro de viagem internacional do cartão de crédito

Muita gente acaba usando apenas o seguro do cartão de crédito. Funciona assim: você paga a passagem com o cartão e se o cartão for Platinum ou categoria superior, você tem direito ao seguro gratuito para viagens de até 31 dias. No caso do meu cartão, não precisa nem pagar a passagem (pode ser as taxas de embarque, no caso de passagem emitida com milhas).

Eu ligava para a central do cartão, avisava que iria viajar e automaticamente estava protegida com o seguro. Felizmente nunca precisei acioná-lo, mas só durante a minha volta ao mundo que cheguei nessa palavra “felizmente”.

Em teoria, o seguro do cartão tem as seguintes coberturas.  Basta ligar para a central de qualquer país do mundo.

  • Adiantamento de despesas hospitalares
  • Assistência farmacêutica/odontológica
  • Assistência médica
  • Envio de documentos
  • Hospedagem em hotel após alta hospitalar
  • Indicação jurídica

Tentei entrar em contato com a central do cartão, após ele ter sido bloqueado durante minha volta ao mundo. E sabe o que descobri? Que o Skype não faz ligações para números que começam com 4. E já percebeu que as centrais dos bancos e dos cartões começa com 4? O Skype também não faz ligações para números 0800 do Brasil e muito menos ligações a cobrar. Pois é! Sofri horrores para conseguir entrar em contato com a central. Tive que ligar para uma central nos Estados Unidos (sorte que falo inglês).

No mais, ele é válido para quem vai viajar para a Europa (nos países que fazem parte do Tratado de Schengen) e precisa do seguro viagem obrigatório.

A principal vantagem é ser gratuito. A desvantagem é que não serve para viagens mais longas (uma volta ao mundo ou intercâmbio, por exemplo). Aliás, só serve para viagens de até 31 dias.

Seguro de viagem internacional particular

Bom, existem várias empresas no mercado que oferecem esse tipo de seguro. Durante a minha volta ao mundo fiz um com validade de um ano com a Assist Card (a Seguros Promo faz cotação do seguro da Assist Card com preços imbatíveis e você ainda ganha 5% de desconto com o código PRECISOVIAJAR5). Meu seguro cobria assistência médica, odontologia de urgência, proteção de bagagem e mais um monte de coisas.

Passei um ano viajando e utilizei o seguro quatro vezes. Com certeza, o valor das minhas consultas foi inferior ao valor contratado pelo seguro, mas se tivesse fraturado meu tornozelo em Dubai (e tive essa suspeita), só o gesso e raio-x teriam sido mais caros do que o seguro inteiro.

Por sorte, descobri o esquema para ser atendido rapidamente logo no início da viagem. Na minha terceira parada (Dubai), tive uma dor muito forte no tornozelo. Como não conseguia apoiar o pé no chão, achei que poderia ter quebrado. Liguei para a assistência. Ah, a ligação é grátis e (quase) sempre de um número local do país que você está.

Bom, expliquei minha situação e eles falaram que iriam mandar um médico para o local que eu estava. É sempre assim: se eles acham que o caso não é grave, eles vão querer mandar um médico para o seu hotel. Se você não tem pressa, ok. Mas se tem urgência sugiro falar que não pode esperar, que está sentindo muita dor e que prefere ir para o hospital. Foi o que fiz na segunda ligação. Fui para o hospital, tirei raio-x. Não era fratura, mas tive que ser enfaixada. Precisei tomar uns remédios. Paguei com meu dinheiro, depois pedi reembolso e deu tudo certo.

A segunda vez que precisei utilizar o seguro foi na Nova Zelândia. Estava com amigdalite e não conseguia comer, nem falar. Minha garganta estava doendo muito. Como o problema é recorrente, já sabia que precisaria de antibióticos. Liguei no seguro, disse que estava passando muito mal e eles me deram o endereço de uma clínica. Fui muito bem atendida e já saí com os antibióticos.

A terceira vez que precisei utilizar o seguro foi na China. Fui atropelada por uma motinho. Foi mais o susto, esfolei meus joelhos e cotovelos, mas a dor também era insuportável. E a quarta (e última vez) foi quando tive uma intoxicação alimentar no Vietnã.

Dica: se for algo realmente sério e você estiver acidentado, tem que ligar para eles e falar que já está a caminho do hospital e perguntar qual hospital eles têm convênio. Não vá para qualquer hospital, pois eles podem não reembolsar. Ligue antes e pergunte quais são os hospitais conveniados.

Sei que tem muita gente que não dá a devida importância ao seguro, mas já escutei muitas histórias terríveis envolvendo acidentes em viagens e se as pessoas não tivessem o seguro elas estariam ferradas. E é ainda mais importante fazer um seguro em países que não possuem um esquema como o do SUS, como os Estados Unidos. Ficar doente nos Estados Unidos sem um seguro viagem pode te levar à falência. Para os Estados Unidos especificamente costumo fazer um seguro com cobertura mais alta (1 milhão de dólares), porque os serviços médicos são caríssimos.

77 comentários
0

Artigos Relacionados

77 comentários

Marcio 20 de setembro de 2012 - 09:29

Estou pesquisando sobre os seguros viagem (vou para os EUA com a familia) e estou na duvida se só o seguro do cartão de credito é suficiente ou seria melhor fazer um particular.

Pelo seu relato, vi acabou fazendo um seguro particular. Qual o motivo para não usar somente o seguro do cartão de credito?

Obrigado.

Reply
Fernanda 20 de setembro de 2012 - 13:46

Oi Marcio! Eu comprei um particular porque fiquei 1 ano viajando e o do cartão só cobre viagens mais curtas. Para uma viagem pequena, dá para usar o do cartão de crédito mesmo.

Reply
Leandro Gasparotto Valladares 21 de janeiro de 2014 - 10:18

Oi Fê, só pra fazer uma observação e enriquecer o post: eu acabei de ligar na central da Mastercard pois estou indo fazer uma viagem de 3 meses pelo sudeste asiático e oceania, iniciando em fev/2014, e a viagem foi custeada inteiramente com o cartão Itaú Personnalité Platinum. A atendente me informou que o seguro da mastercard só cobre 31 dias a contar da data de embarque. Então, viagens superiores a 1 mês aconselha-se fazer o seguro particular. Além disso, o seguro da mastercard não cobre problemas relacionados à bagagem, eles apenas auxiliam na tentativa de localização, mas não fazem nenhum reembolso ou algo do tipo.

É isso, um grande abraço e boas viagens!

Reply
Fernanda 21 de janeiro de 2014 - 19:34

Obrigada pela contribuição, Leandro.

Reply
suelina 31 de maio de 2014 - 20:30

EI gente,

Estou para viajar e fiquei muito feliz com as dicas.

Obrigada!

Fernanda 30 de janeiro de 2013 - 16:58

Oi Fernanda!

Tenho só uma dúvida, se eu acionar o seguro do cartão de crédito Mastercad é cobrada alguma taxa extra?

Parabéns pelo site! 😉

Reply
Fernanda 30 de janeiro de 2013 - 23:36

No meu se eu comprar a passagem com o cartão, o seguro é automático. Sem taxas. Mas eu ligaria para o seu banco para perguntar.

Reply
Maybe 20 de março de 2013 - 16:19

Ola Fernanda,
por favor, poderia me dizer qual o seu cartão de crédito? Tenho Visa e Master Platinum do Santander, mas eles não cobrem viagens cujas passagens aéreas não tenham sido pagas com o cartão… como vou viajar com passagens emitidas por milhas, acho que vou precisar de um seguro!
obrigada

Reply
Fernanda 20 de março de 2013 - 18:48

O meu é Itaú. Não cobrem nem quando a taxa de embarque é paga com o cartão de crédito?

Reply
Kesia 10 de maio de 2013 - 11:41

Vc não tem os números desses locais que vc ligou para pedir a assistência médica? Vou a Europa e onde consigo visualizar esses números para ligar numa situação de emergência?

Reply
Fernanda 10 de maio de 2013 - 16:30

Eles dão um cartão com todos os números.

Reply
Rose 18 de setembro de 2013 - 14:45

Fernanda eu estou em portugal desde maior fiz. sou do Rio de Janeiro.
Fiz o seguro no aeroporto mas paguei por 85 dias quase 600 reais.
Já pesquisei aqui pe pretendo voltar no proximo ano, voce encontra o segur mais barato. espero ter ajudado!
bjs!

Reply
Jeferson 30 de maio de 2014 - 18:39

O site da mastercard internacional( ou com a extensão br) tem os nrs. de contato para uma grande gama de países e os que não constam da lista é só ligar para o dos EUA que vc será atendido( é o que informam) lá tem todos os nrs de telefones necessários…e são internacionais e começam com 1 OU 0

Reply
Fernanda 13 de maio de 2013 - 21:17

Fernanda, adorei seus posts. Tenho a mesma idade que vc, a pouco + de 1 ano perdi um primo de 26 anos com cancer. Muita coisa comecei a rever. Adoraria fazer uma longa viajem e conhecer muitos lugares, o meu maior problema e com a lingua nao falo ingles entendo muuuuito pouco, pela Sua experiencia vc acha que serial possivel viajar assim? Se positivo que pais vc indicaria para comecar. Muito obrigada

Reply
Fernanda 13 de maio de 2013 - 21:25

Oi Fernanda! Até dá para fazer, mas limita. Sugiro um mochilão aqui pela América do Sul, pois é mais fácil se virar com o espanhol.

Reply
Marcelo 21 de maio de 2013 - 08:21

Oi, fernanda, você poderia me dizer qual o cartão que fornece seguro mesmo que as passagens e/ou taxas não tenham sido compradas com ele?
Grato!

Reply
Fernanda 21 de maio de 2013 - 10:39

Que eu saiba nenhum.

Reply
adeildo 27 de junho de 2013 - 08:26

veja a promocao de seguro viagem

Reply
Fernanda 27 de junho de 2013 - 10:10

Já é a segunda vez qe você tenta usar esse espaço de comentário para fazer propaganda. O próximo não será aprovado e seu link foi removido.

Reply
Guilherme 15 de julho de 2013 - 20:20

Oi Fernanda,
Meu nome é Guilherme e pretendo viajar para a Nova Zelândia e pretendo ficar por lá por pelo menos uns 6 meses (vou tentar o visto “working holidays”). A passagem que comprei sai do Rio de Janeiro e vai para Dubai e de Dubai para Auckland, sendo que está ultima faz uma escala em Tullamarine (Austrália).
Por acaso você sabe me dizer se preciso de um visto de trânsito para essa escala na Austrália?

Desde já grato.

Reply
Fernanda 15 de julho de 2013 - 21:28

Acredito que sim.

Reply
Guilherme 15 de julho de 2013 - 22:03

Ok, vou providenciar.
Obrigado.

Reply
Fernanda 15 de julho de 2013 - 22:22

Dá uma olhada no site do Consulado ou Embaixada.

Reply
Aline 18 de julho de 2013 - 14:00

Oi Fernanda

Eu de novo por aqui e o seu blog tem me ajudado muito.
A minha duvida agora eh qto ao seguro viagem para a Europa. Eu tenho cidadania portuguesa, msm assim eh necessario o seguro viagem?

Bj

Reply
Fernanda 18 de julho de 2013 - 18:49

Se você entrar com o passaporte português não precisa.

Reply
Aline 18 de julho de 2013 - 19:24

Muito obrigada!!!!
Eh um alivio saber disso hahaha
Suas dicas tem me ajudado muito
Bj

Reply
Fernanda 18 de julho de 2013 - 21:12

De nada!

Reply
Kaio Jonathas 24 de julho de 2013 - 05:20

Fernanda,

Tu sabe me informar algum seguro viagem internacional que cubra o seguro do carro contra roubo e acidente que eu vá alugar nos Estados Unidos? Moro no Brasil. Estou muito interessado no seguro e queria apenas ter essa informação.

Muito Obrigado.

Reply
Fernanda 24 de julho de 2013 - 12:59

Esse seguro é o do próprio carro que você vai alugar, não?

Reply
Kaio Jonathas 24 de julho de 2013 - 17:57

Pois é Fernanda, quando a gente aluga sempre vem o seguro neh, mas a Allianz aqui dos EUA te da seguro viagem com essa facilidade ai voce nao precisa contratar o seguro da locadora que é abusivo, em torno de 25 dolares por dia. Sabendo disso eu fui atras de achar um seguro no Brasil com essa facilidade e estou sem sucesso ate o momento. 🙁

Reply
Fernanda 24 de julho de 2013 - 19:38

Olha, eu também não sei de nada nesse sentido aqui.

Reply
Kaio Jonathas 24 de julho de 2013 - 20:53

Obrigado de qualquer forma.

Fernanda 24 de julho de 2013 - 22:52

De nada!

marcelo barbosa 31 de julho de 2013 - 03:43

a mondial travel é boa? ja usei qdo fui pro chile e peru, mas nem precisei utilizar…

Reply
Kaio Jonathas 31 de julho de 2013 - 18:34

Marcelo,

É uma empresa boa sim e confiável, pode ir com confiança…

Reply
marcelo barbosa 31 de julho de 2013 - 23:30

certo, K.J!
valew!!! rs

Reply
renata 7 de agosto de 2013 - 17:08

Oi Fernanda, estou na dúvida qto a cobertura, farei uma viagem para italia de 15 dias. O itau tem coberturas de $50mil e $8mil, por R$ 290 e 156 respectivamente. Gostaria de fazer o mais barato, mas parece que tem que ser de £30 mil?? A do cartão de crédito eu não usarei porque nao comprei passagem com o cartão que irei levar. Desde já agradeço!

Reply
Fernanda 7 de agosto de 2013 - 17:49

Renata,
não sei te responder qual é a cobertura mínima, mas desconfio que seja 30.000 euros e não libras.

Reply
VANESSA 28 de agosto de 2013 - 14:07

Ola Fernanda!
Ótimo seu site!
Temos muitas coisas em comum!
Estou indo agora para os EUA com a família e não fizemos o seguro saúde porque estou contando com o seguro Platinum.
Realmente posso ir com fé?
Já liguei pra lá, to cpm tel deles nos EUA, cartinha do tratado de “shemjkbk” e tudo o mais!
Muito obrigada!
Bjs,
Vanessa

Reply
Fernanda 28 de agosto de 2013 - 14:17

Vanessa,
Eu (felizmente) nunca usei o seguro do cartão de crédito para ser bem sincera.

Reply
sarah 12 de novembro de 2013 - 18:23

Olá! td bem? Querida, estou indo p holanda, eu e minha mãe, compramos as passagens com o cartão do itaú master internacional? vou ligar p a central e perguntar se temos o seguro. Se tivermos, tem como esse seguro ser p mim e para ela(titular do cartão) ou seria melhor fazer um particular p nós?!

Reply
Fernanda 13 de novembro de 2013 - 18:44

Sugiro ligar para a bandeira do cartão e esclarecer essas dúvidas. Caso não dê cobertura para as duas, acho que é melhor fazer um particular sim.

Reply
JACQUELINE 19 de novembro de 2013 - 17:40

OI FERNANDA. TENHO CIDADANIA PORTUGUESA. VOU A REPUBLICA TCHEKA, SUICA E PORTUGAL. E NECESSARIO FAZER SEGURO VIAGEM ? POR TER O PASSAPORTE PORTUGUES E CARTAO CIDADAO ACHO Q ESOU COBERTA EM PORTUGAL, MAS NOS OUTROS DOIS PAISES COMO FUNCIONA ? VC SABE ? OBRIGADA

Reply
Fernanda 19 de novembro de 2013 - 20:22

Em Portugal com certeza, nos demais eu não sei.

Reply
Madson 29 de novembro de 2013 - 15:50

Olá Fernanda, td bem?
Vou viajar agora dia 07 de dez para Portugal. Comprei a passagem a vista no cartão de crédito Master card.
Você sabe me dizer se existe a necessidade de ligar para a empresa do cartão ou já estou coberto automaticamente?
Supondo que esteja coberto, existe algum documento desse seguro que tenho que ter/imprimir para apresentar na saída do Brasil ou entrada em Portugal?

Obrigado pela atenção.

Reply
Fernanda 2 de dezembro de 2013 - 13:39

Sim, eles têm que te dar aquele seguro obrigatório do Tratado Schengen. E é sempre bom ligar e se informar a respeito de como funciona o seguro.

Reply
Jackie 3 de dezembro de 2013 - 10:31

Caraca, ótimo eu ler esse post, pois já vou levar daqui os númros do seguro do cartão de crédito qd for pra asia então. ótimo post, Fer.
bjs,

Reply
Fernanda 3 de dezembro de 2013 - 11:05

Recomendo um número que não comece com 4, porque só me estressei tentando ligar pela central a cobrar ou pelo skype.

Reply
lis 8 de janeiro de 2014 - 10:25

Oie!!

Vou ficar 1 mes no sudeste asiatico, voce acha q da pra ir so com o seguro do cartao??

Aproveitando…
Nesse 1 mes, ficarei 3 semanas com uma amiga na tailandia, depois ainda estou na duvida do que fazer. A principio queria ir pra bali, porem vou estar sozinha e o transporte la é bem caotico…voce tem alguma proposta de outro pais, q tenha gostado mt, q eu possa ir por 1 semana?

obrigada!

Reply
Fernanda 9 de janeiro de 2014 - 20:27

Laos ou Camboja. Amei os dois.

Até dá para ir com o cartão, mas é aquela coisa – se acontecer algo você tem que saber bem certinho como o seguro funciona.

Reply
Giovana 9 de março de 2014 - 13:15

Mega Obrigada pela dica, acabei de receber a cobertura do meu cartão sem gastar nadica!

Reply
Fernanda 9 de março de 2014 - 13:57

De nada!

Reply
silvana 17 de março de 2014 - 21:48

oi Fernanda,pretendo viajar para Portugal para passar 2 meses, o que acontece eu to pedindo agora o meu cartão mastercard,pq eles querem que vc tenha uma renda de no mínimo 850 reais,no meu caso só tenho de um salário minimo fixo mas informalmente recebo mais que isso ai não sei como vai ser,esse seguro do cartão vc tem quando compra as passagens por ele? se eu pagar as passagens to coberta? preciso ter certo tempo de uso do cartão para poder ter direito ao seguro?por favor aguardo resposta.obrigada

Reply
Fernanda 17 de março de 2014 - 23:44

Tem que ver direto com o cartão. Não sei.

Reply
Fabi 18 de março de 2014 - 08:14

Excelente contribuição Fer!!! Obrigada!

Reply
Fernanda 18 de março de 2014 - 10:07

De nada!

Reply
Mariana 20 de maio de 2014 - 14:35

Olá Fernanda. Muito obrigada por compartilhar a sua experiência. Estou partindo para um ano sabático a partir de julho (europa oriental, sudeste asiático e oceania) e o seu site tem me ajudado um monte no meu planejamento. Uma pergunta: você cancelou o seu plano de saúde no Brasil no ano em que passou viajando ou continuou pagando o plano daqui e um outro particular para cobertura no exterior? Fico receosa em ter uma emergência de saúde mais grave e ter que voltar ao Brasil para tratamento e estar desprotegida, mas ao mesmo tempo este gasto mensal pesa no orçamento…
Seria ótimo ouvir uma opinião mais experiente 😉
Um grande abraço e boas voltas para nós!!!

Reply
Fernanda 22 de maio de 2014 - 21:52

Então, não cancelei porque pensei exatamente a mesma coisa que você.

Reply
Sarah Lopes 2 de julho de 2014 - 21:49

Boa noite Fernanda!!
Preciso fazer um seguro viagem que cubra o tratado de Schengen. Achei em uma seguradora chamada Travel Ace Assistance. Sabes me dizer se ela é segura?

Reply
Fernanda 3 de julho de 2014 - 19:47

Olha, eu não conheço.

Reply
sofia 22 de agosto de 2014 - 00:22

Olá,estou pesquisando sobre como viajar para o exterior,seguros,documentos etc.Achei seu site,queria saber sua opiniao se eu teria problemas com imigração europeia.Tenho 23 anos vou viajar sozinha,nao tenho comprovante de vinculo com o brasil,nao tenho trabalho fixo ,nada em carteira,nada de holerite, tenho apenas conta bancaria em meu nome ,cartao pre pago internacional e uns 40.000,00 mas nao quero torrar tudo.Apenas para compras e turismo e melhorar a lingua.Seria melhor eu fingir que tenho um emprego informal aqui ou Dizer que terminei a faculdade agora estou de ferias ou dizer que estou de ferias e sem emprego?Será que entro ou serei barrada sozinha?

Reply
sofia 22 de agosto de 2014 - 00:25

obs: eles SEMPRE EXIGEM ver comprovante de trabalho ou nunca olham?paises que gostaria italia,inglaterra,noruega,dinamarca,australia.Extrato bancario e suficiente?

Reply
Fernanda 22 de agosto de 2014 - 17:02

Olha, eu não sei. Faz muito tempo que eu entro na Europa com meu passaporte italiano.

Reply
joao 12 de janeiro de 2015 - 20:48

Olá! No caso de ter o visa platinum, ao entrar em algum pais Europa q exige seguro basta apresentar o cartão? Obrigado!

Reply
Fernanda 14 de janeiro de 2015 - 20:51

Não. Tem que ligar para o cartão antes da viagem e solicitar o seguro específico para a Europa.

Reply
Kamila 22 de julho de 2016 - 13:31

Ola vou viajar e gostaria de saber se pra uma viagem de um mes é obrigatório o seguro….? Vou pra Europa luxemburgo

Reply
Fernanda 24 de julho de 2016 - 10:41

Sim, na Europa há a obrigatoriedade.

Reply
Raquel 23 de novembro de 2016 - 10:40

Oi Fernanda, estava lendo o texto e uma dica quando for ligar do Skype pra números que começam com 4 é colocar 11 na frente. Esses números são considerados fixo e tem sede em São Paulo normalmente. Não sei te dizer se cobram ligação normal mas pelo menos funciona!

Reply
Fernanda 28 de novembro de 2016 - 08:34

Não sabia disso, mas agora eles disponibilizam um número de São Paulo mesmo.

Reply
Paulo 1 de março de 2017 - 04:58

Oi Fernanda,
Moro nos EUA, tenho cartoes daqui, e sempre viajo ao Brasil…. Como usar o seguro saude se necessario?
tem de fazer um aviso previo da viagem???

Reply
Fernanda 1 de março de 2017 - 08:23

Tem que comprar a passagem com o cartão ou pelo menos pagar as taxas de embarque com ele (caso tenha comprado com milhas). O teu cartão no caso é dos EUA, sim? E dá para emitir a apólice direto no site da Visa ou Master.

Reply
Patricia 17 de junho de 2017 - 09:15

Oi Fernanda, Vale reenforçar que em caso de pagamentos da taxa de embarque apenas, as milhas tem que ser do próprio cartão. Daí pra comprovar precisa mandar um monte de documentos, o que inviabiliza o pagamento por eles ao hospital, e te sobra à opção reembolso.

Reply
Fernanda 17 de junho de 2017 - 10:38

Obrigada pela contribuição. ?

Reply
Leonardo Andrade Alves 2 de outubro de 2017 - 22:17

Vou para Europa dia 11/10 (Madri) e voltarei 14/11 (Roma). As passagens de ide e volta foram compradas com um cartão que não me dá direito a Seguro Viagem. Porém no dia 17, sairei da Espanha com destino a França e farei outros aéreos até a data de volta, já essas passagens foram compradas com cartão que me dá direito ao seguro viagem, ou seja, do dia 17/10 ao dia 14/11.

O que devo fazer, contratar um outro seguro viagem para os dias 11 a 16/10? ou fico só com esse período que tenho cobertura garantida?

Outras coisa, eles pedem a comprovação que a passagem foi comprada com o tal cartão que foi dado o benefício?

Reply
Fernanda 2 de outubro de 2017 - 22:52

Sim, a regra diz que o seguro só é dado caso a passagem tenha sido paga com o cartão de crédito. Nos sites da Visa e Master Platinum explica bem direitinho quais são as condições.

Reply
Abilene 24 de outubro de 2017 - 23:53

Olá Fernanda. Parabéns pelo blog. Estou com planos de visitar a Espanha (15 dias). Mas estou perdida com a exigência de ter que ter um seguro viagem com valor de €30.000. Como isso funciona?

Reply
Fernanda 2 de novembro de 2017 - 22:20

Os países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen exigem que o turista tenha um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros para cobrir eventuais despesas médicas durante o período da viagem. Eu gosto bastante do AC 35 da Assist Card.

Reply

Deixe um Comentário