Home Destinos InternacionaisEuropaItália Vantagens do Passaporte Europeu

Vantagens do Passaporte Europeu

por Fernanda

Atualizado em

Muita gente tem dupla cidadania e nem sabe das vantagens do passaporte europeu. No sul do Brasil, é muito comum encontrar pessoas com dupla cidadania – brasileira e italiana. Eu possuo os dois passaportes e só fui atrás de toda a documentação quando já estava vivendo na Europa com um visto temporário.

Minha família já estava na fila há anos, mas o consulado de Curitiba é um dos piores do Brasil para conseguir a cidadania. A fila é enorme e a média para o processo de reconhecimento da cidadania é de 10-15 anos. Tanto é que em 2005 decidi fazer a minha sozinha na Itália. Foi bem tranquilo, pois ainda não havia muitos brasileiros por lá e muitos nem sabiam como fazer o processo.

Sou o tipo de pessoa que quando quer uma coisa, não sossega até conseguir. Fui até o finado orkut e fiz uma ampla pesquisa em todas as comunidades para saber o passo a passo o reconhecimento da dupla cidadania. Em posse de todas as informações e todos os documentos, cheguei no Comune (prefeitura) da cidade que meus parentes moravam e dei entrada no processo. Além disso, eu fui a primeira brasileira a ter a cidadania reconhecida naquele comune e a pessoa que era responsável pelo processo, gostou tanto da novidade e de ter algo novo para fazer que agilizou meu processo. Em 40 dias o processo foi finalizado. Escrevi sobre o passo a passo para a Cidadania Italiana na Itália.

[intense_panel title=”✓ Viaje tranquilo” title_tag=”h4″ color=”##f5d5f2″ border=”1px solid #1a8be2″ top_left_border_radius=”5px” top_right_border_radius=”5px” bottom_left_border_radius=”5px” bottom_right_border_radius=”5px”]

Encontre o seguro viagem mais barato. Use o código PRECISOVIAJAR5 para ganhar desconto.

Reserve seu hotel com condições especiais e sem taxa de reserva. [/intense_panel]

Vantagens do Passaporte Europeu

São muitas as vantagens do passaporte europeu: além da vantagem de entrar na Europa na fila de europeus e sem nenhuma interrogação, a principal vantagem é o direito de ser cidadão em todos os países integrantes da comunidade europeia. Traduzindo: você pode morar legalmente, trabalhar, pagar os devidos impostos e ter direito a uma futura aposentadoria por lá (se for o caso).

Outra vantagem é a isenção de vistos para vários países, entre eles, o tão sonhado e queridinho dos brasileiros – os Estados Unidos. Na verdade, você precisa de uma autorização prévia eletrônica para entrar no país, mas é bem tranquilo de conseguir.

Só para citar alguns países que não precisei de visto usando meu passaporte italiano – Emirados Árabes Unidos (Dubai e Abu Dhabi), Estados Unidos, Japão, Austrália.

Outra grande vantagem para quem tem um passaporte italiano e está na faixa de 18 a 30 anos é solicitar o Working Holiday Visa para a Austrália. Foi esse visto que consegui e me permitiu trabalhar lá legalmente, em tempo integral.

Imigração e Entrada na Europa

Caso você possua passaporte da União Europeia veja como é a entrada com passaporte europeu na Europa.

Muita gente já me perguntou se dá para sair e entrar no Brasil só com o passaporte europeu. Fiz esse teste em junho de 2013 quando fui para o México e apresentei só o passaporte italiano e meu RG. Tem que deixar claro para a Polícia Federal que você tem dupla cidadania. Não esqueçam disso! Pode ficar na fila dos brasileiros mesmo. Eles não gostam muito dessa tática, mas dá certo. Ah! Na volta eles carimbam seu passaporte europeu, mas dá tudo certo. Fica no sistema que você tem dupla cidadania.

Caso resolva viajar com os dois passaportes lembre de apresentar o brasileiro quando estiver no Brasil e o europeu quando estiver na Europa.

Seguro obrigatório Tratado Schengen

Quem tem passaporte europeu não precisa do seguro obrigatório, mas é recomendável que faça um seguro de viagem mesmo assim. Por que? Porque para ter acesso ao sistema de saúde gratuito na Europa, você tem que ter a sua carta de saúde. No meu caso, fiz a tessera sanitaria na Itália e tenho direito ao pronto-socorro público. Mas, caso eu precisasse apenas de um médico, teria que ter a tessera da ASL e escolher um médico de família. Como no momento não estou residindo na Itália, tenho viajado com o seguro viagem.

São muitas as vantagens do passaporte europeu. Se você tem a possibilidade de tirar um, não pense duas vezes: corra atrás da documentação!

*Imagem em destaque retirada do site Shutterstock

658 comentários
0

Artigos Relacionados

658 comentários

Larissa 23 de agosto de 2012 - 20:20

Oi Fernanda, parabéns, seu blog é muito informativo 🙂
Voce é de que cidade do Sul? Sou de Criciúma-SC e estou indo a Itália tirar minha cidadania no próximo mes, em seguida vou para Londres.
Sabes me informar se tem algum curso de ingles gratuito em Londres para cidadãos europeus? Ouvi falar algo a respeito.
Muito obrigada
Abraços 🙂

Reply
Fernanda 23 de agosto de 2012 - 21:08

Oi Larissa!
Obrigada! Que bom que gostou do blog. Eu sou de Curitiba-PR. Olha, quando eu morei lá em 2.006, até fui ver esses tais cursos gratuitos. Procurei informações nas bibliotecas públicas e eles me redirecionaram para algumas associações que tinham esses cursos. Eu não consegui achar nenhum bom, no nível que eu queria (business english). E, isso foi antes da crise. Não sei se hoje eles continuam oferecendo. O que rola é um desconto para europeus nos cursos de graduação, master, etc. Se você comprovar que mora há pelo menos 3 anos no Reino Unido, você consegue pagar o curso que os britânicos pagam, que é muito menor do que o preço que um estrangeiro pagaria. Tenho uma amiga fazendo faculdade lá nesse esquema.

Reply
Sergio 8 de outubro de 2013 - 02:36

Olá Fernanda !

Li alguns comentários e estou muito animado! Eu e minha esposa estamos vindo de uma frustrante experiência com nossa empresa e temos que recomeçar aos 40 anos de idade rsrsrs Ela é bisneta de Italianos e conseguimos localizar certidões de inteiro teor de todos. Desculpe incomoda-la mas gostaria muito de saber que caminho é mais rápido para conseguir a cidadania italiana e qual dos países conseguiríamos condições de trabalho para recomeçarmos, só falamos português por enquanto! Muito obrigado mesmo! Abraços e parabéns pelo blog é muito útil.

Reply
Fernanda 8 de outubro de 2013 - 13:27

Caminho mais rápido é na Itália mesmo.

Reply
Sergio 8 de outubro de 2013 - 20:40

Obrigado Fernanda! Pensamos em ir para Londres e aguardar a cidadania italiana lá, vi que você gosta muito de lá como anda o mercado de trabalho em Londres ?

Fernanda 9 de outubro de 2013 - 00:15

Faz muitos anos já que eu saí de Londres. Tenho alguns amigos que falam que já melhorou da crise e outros falam que não. Sinceramente, não sei te dizer.

Alexandre 9 de outubro de 2013 - 19:58

Olá Fernanda, achei muito legal seu blog.
E tenho uma dúvida, moro em curitib e vou fazer minha nacionalidade portuguesa, e como em SP este processo é mais rápido, quero saber se posso ir no consulado de sp??? Mesmo sendo morador de curitiba.

Fernanda 10 de outubro de 2013 - 18:59

Não sei nada sobre cidadania portuguesa.

Françoise 22 de outubro de 2013 - 19:20

Fernanda seu blog foi uma luz depois de tantas pesquisas na net, cada um fala uma coisa. Então só me confirma por favor, no meu caso tenho dupla cidadania tb, nasci no Brasil e tenho por filiação a francesa, tenho apenas o passaporte francês, vou pra Guiana Francesa passear uma semana e quando eu for voltar de lá pro Brasil, entro na fila dos brasileiros e aviso a polícia federal que tenho a dupla cidadania, mostro meu RG brasileiro e o meu francês? É isso?bjs e obrigada

Fernanda 23 de outubro de 2013 - 22:41

Isso foi o que eu fiz recentemente.

Vanessa 21 de abril de 2014 - 22:56

Oi Fernanda, obrigada por dividir informações conosco.

Não consigo agendar pra tirar o passaporte. Sempre q entro ainda n abriu(entro no horaio exato q é 12h em Roma. Só duas entrei fora disso pra ver o q daria) acontece q n abriu e no dia seguinte de dia ja esta ocupado. O q faço?

Fernanda 25 de abril de 2014 - 21:07

horário meia-noite em Roma?

CRISTINA BELLOTTO 24 de setembro de 2012 - 18:21

Olá minha querida viajante! Tbm. sou APAIXONADA por viagens, e estou indo p/ EUA inicio de outubro. Eu tenho passaporte Italiano e já entrei nos EUA ano passado. PORÉM qdo recebi meu passaporte no consulado de Curitiba em 2011, me informaram que eu teria que pagar uma “taxa anual” para manter o passaporte, Vc sabe me dizer se procede essa informação?!
Abração!
Cris

Reply
Fernanda 27 de setembro de 2012 - 01:44

Sim, tem que pagar essa taxa anual de 38 euros (acho). Só que o único país que verifica esse selo é na Itália.

Reply
Louise 18 de fevereiro de 2013 - 15:43

Nossa, esse foi o UNICO post entre o google inteiro q esclarece um pouco essa coisa de taxa anual.. tenho passaporte italiano e essa taxa so paguei quando fiz e ja venceu. Mas ano passado fui pra Inglaterra e nao deu problema nenhum, nem sabia que existia. Ai em Março agora vou pros EUA e o consulado italiano comentou com uma outra parte da minha familia quando foi fazer o passaporte que tinha q pagar a taxa porque se olharem podem barrar.. PROCEDE??? Pelo que você falou não né? Tomara, não quero gastar dinheiro com taxa! hahaha

Reply
Fernanda 18 de fevereiro de 2013 - 18:50

Duvido. Eu fiz a volta ao mundo e NUNCA me pediram esse selinho em nenhum país (mas não passei pela Itália).

Reply
maurico 26 de fevereiro de 2013 - 14:01

Oi,

Gostaria de saber se terei que pagar a bendita taxa governativa anual do passaporte italiano se só farei conexão na Itália.
Obrigado.

Fernanda 26 de fevereiro de 2013 - 18:12

Hum, é só conexão mesmo? Tem certeza que não fará a imigração lá? Porque se for fazer, aí tem que pagar.

Luiz Roberto 2 de abril de 2013 - 13:30

Olá Fernanda. Que legais essas suas dicas. Também tenho passaporte italiano, assim como meu filho de 7 anos, mas eu já fui aos EUA diversas vezes utilizando o visto, já que minha esposa não tem a cidadania. Agora em 2014 vamos novamente. Meu visto e do meu filho venceram, e resolvi ir pelo italiano. Confesso que fiquei muito preocupado com a história da Taxa anual, que só paguei mesmo na emissão (o meu em 2005 e o dele em 2008). Acho que vou acabar pagando a minha taxa e a do meu filho, pra garantir, depois pagar o ESTA. Será que é necessário? Outra coisa: ótima sua dica do Working Holiday Visa na Austrália. Não serve mais pra mim, mas quem sabe para o meu filho, que tem dupla cidadania e estuda em escola bilingue…
Grande abraço. Luiz Roberto

Junior 8 de abril de 2013 - 17:37

Oi, Fernanda, bom ter conhecido vc e seu blog!!! De fato, a Pizzaria Baggio é bôa, mas me parece que caiu um pouco a qualidade nos últimos tempos.

Quanto ao colega Luis, acima, no consulado americano me informaram que, uma vez entrando com um passaporte, tem que ser o mesmo para sempre. Quanto fui prá lá, eu entrei com meu passaporte italiano, e agora vou seguir a regra prá evitar aborrecimentos.
Até…

Fernanda 9 de abril de 2013 - 02:14

Eu só tenho usado o italiano e não tenho tido problemas.

raquel Pin 10 de Maio de 2013 - 12:59

Boa tarde, Fernanda. viajo para NY segunda feira dia 13 de maio 2013, e, pela primeira vez estou preocupada em sair e entrar do brasil somente com o Passaporte Italiano ja que o Brasileiro esta vencido. Morei varios anos em Paris e nunca utilizei o Brasileiro e da ultima vez que estive em Miami, o brasileiro ja estava vencido e vi que a moca da Policia federal ficou confusa. Voce acha que corro o risco de ser barrada por sair com o Italiano? Obrigada, Raquel Pin.

Fernanda 10 de Maio de 2013 - 16:29

Barrada não. A PF me disse que dá para sair com o italiano apresentando um documento brasileiro. Eu vou fazer isso no final do mês. Um amigo fez isso ano passado e disse que não teve problemas.

Adriana 13 de Maio de 2013 - 08:25

sobre o selinho, também fiquei na dúvida! mas pelo que entendi você só precisa pagar no ano que vai utilizar – ou seja: meu passaporte é de 2010, só vou utilizar esse ano, então acho que não vou precisar pagar 2011 e 2012. Será que é isso mesmo? Será que esse selo é coisa só da Itália?

Fernanda 13 de Maio de 2013 - 14:14

Em teoria é para isso. É uma taxa anual caso você vá usar o passaporte. Mas quase todo mundo nos comentários acima diz que ele é verificado mesmo só na Itália.

Ivan 5 de junho de 2013 - 12:04

Ola Fernanda,,tudo bom??obrigado pelo blog,,muito bacana.
Estarei indo para os EUA em setembro e estou com a mesma duvida,,sobre o Selo,,,ligeui no consulado da Italia e o rpaaz me informou que teoricamente nao precisa,,,mas ja houve casos de a pessoa ser multada por nao ter o selo.
Fico na duvida, pois o selo é anual e o ESTA 2 anos,,,se fizer a conta sai mais barato pegar o visto no passaporte Brasileiro que sao 10 anos.
E eu ja fui para os EUA com o visto no pass. Brasileiro e com o ESTA(italiano)nao houve problema.
grato

Ivan

Fernanda 5 de junho de 2013 - 13:28

Eu fui agora em abril e não tive problemas. Ninguém conferiu o selo, só o Esta.

marcelo 6 de junho de 2013 - 19:53

boa noite, tudo bom? vi seus posts sobre a taxa anual, o selo do passapote..eu fiz o meu passaporte e paguei a taxa de 5 anos que venceu mes passado, semana que vem vou pro canada e eua, vc acha q tenho q pagar as taxas de novo? sera q so preciso ir no consulado? ou tem dia certo..aquele rolo todo? Muito obrigado

Fernanda 6 de junho de 2013 - 21:53

Só chegar lá e pagar.

mariana 25 de julho de 2013 - 09:22

como assim, vc entra com um passaporte nos EUA e tem que entrar com o mesmo pra sempre? eu ja fui para orlando mas com meu passaporte brasileiro. agora vou pra nova york, mas com o italiano. isso e um problema??

Fernanda 25 de julho de 2013 - 13:13

eu já entrei com os 2 e não tive problemas. Mas, você precisa do Esta no passaporte italiano.

Laiz 27 de julho de 2013 - 16:51

Olá, Fernanda! Entao, resumindo, nao ha problema em ir para os EUA usando o passaporte italiano (novinho em folha) sendo que das vezes anteriores usei o brasileiro com visto? Pergunto isso porque o visto no brasileiro vai vencer…. e se realmente nao há problema PARA ENTRAR nos EUA, entao nao vou renovar o visto… Agora, fiquei na duvida se para usar o italiano precisa preencher uma autorizacao previa eletronica (na internet? qual site?) ou se precisa ir no consulado italiano e pagar esse tal ESTA . Voce poderia esclarecer? agradeco antecipadamente!

Fernanda 27 de julho de 2013 - 21:26

Sobre o ESTA tem tudo aqui nesse guia grátis dos EUA que eu fiz http://issuu.com/blogfinestrino/docs/guia_usa_hoteis

Laiz 28 de julho de 2013 - 10:50

Fernanda,

super obrigada! era o que eu precisava saber.
abraços,
Laiz

Fernanda 28 de julho de 2013 - 12:22

De nada!

Regina 18 de agosto de 2013 - 20:39

Oi Fernanda, eu tirei meu passaporte português e mês que vem estarei indo com minha mãe para conhecermos Portugal, ela tb está com o passaporte português, gostaria de saber se é necessário fazer o seguro viagem ou não?
Obrigada.

Fernanda 18 de agosto de 2013 - 22:04

Necessário não é, mas sempre é bom ter.

Bruno 19 de setembro de 2013 - 22:46

Nem os Patronatos daqui de SP souberam responder a pergunta sobre essa taxa. No máximo disseram ser algo que o governo italiano cobra e deve ser paga. Simples assim.
Usei o passaporte italiano em 2013 para ir aos EUA. Como já tinha pago a taxa quando o tirei, sem problemas.
Em 2014 vou usá-lo novamente, mas pra ir à Rep. Tcheca e Áustria. A validade da taxa já terá expirado.
Será que vale a pena arriscar ou é melhor pagar?
Aliás…muito bom esse post. Parabéns.

Fernanda 20 de setembro de 2013 - 11:01

Muita gente já opinou sobre isso e comentou sobre suas próprias experiências nos comentários acima.

Humberto Mesquita 1 de janeiro de 2014 - 14:36

Fernanda. Minha mulher e minhas duas filhas já têm cidadania italiana. Como eu mposso fazer parea ter também a dupla cidadania, ou eu, não tenho esse direito?

Fernanda 3 de janeiro de 2014 - 11:43

Não sei. Tem que se informar no consulado.

Daniela Afonso 11 de novembro de 2012 - 01:41

Ola Fernanda to planejando viajar p a ITALIA como faço p tirar meu passaprte italiano e a minha cidadania Italiana aq e a Danny de manaus me passa os locais mas proximo p eu resolver isso amo a Italia desde de pquena sonho em conhecer

Reply
Fernanda 11 de novembro de 2012 - 09:01

Daniela,
É um processo muito complexo e envolve muita papelada. A melhor coisa a fazer é entrar no site do Consulado da sua região. No caso de Manaus, talvez seja o consulado de Recife.

Reply
Ricardo 11 de março de 2013 - 09:38

No caso de Manaus talvez seja Recife???Estava lendo seus posts e depois dessa já vi que vc conhece muito…Consulado de Manaus a região é Recife???Querida, vai estudar geografia vai..vc literalmente viajou demais…mais foi na maionese.

Reply
Fernanda 11 de março de 2013 - 14:44

Não entendi a ofensa gratuita. Existem 6 consulados da Itália no Brasil – SP, BH, Rio, POA, Ctba e Recife. Existem outros vice-consulados, mas não sei se todos fazem cidadania (não trabalho com isso e também não sou advogada). Como sei que o de Ctba concentra os estados do PR e SC, pode ser que o de Recife concentre os das regiões Norte e Nordeste. Entendo bastante de geografia e sei bem as diferenças entre as regiões Norte e Nordeste.
E aproveito para reforçar o fato que comentários ofensivos não agregam nada para ninguém. No teu caso, já que você parece saber tanto, gostaria então que deixasse a resposta aqui para ajudar outros leitores. O objetivo desse fórum é exatamente esse – ajudar e não ofender as pessoas. Então nos diga, qual é o consulado que faz os processos de Manaus?

Reply
Francis Rasseli 9 de abril de 2013 - 12:18

Parabéns, Fernanda!

Além de estar bem informada sobre os assuntos de cidadania italiana, também é bem educada. O que o ignorante não soube responder, eu responderei para ajudar. Afinal, este é o propósito do fórum, ajudar os cidadãos italianos e comunitários nos assuntos de
União Europeia e Acordo Schengen.
Cara Daniela Afonso, a Jurisdição Consular para Manaus (onde você pode obter informações sobre o processo de reconhecimento de cidadania italiana) está sob a responsabilidade da Embaixada Italiana em Brasilia.

Ao seu dispor!
Francis Rasseli

Fernanda 11 de abril de 2013 - 04:59

Oi Francis! Muito obrigada pela informação. A gente tenta ajudar de forma voluntária, mas sempre tem alguém pronto para ofender. Impressionante!
Tomara que a Daniela leia esse comentário e entre em contato com Brasília.

Berenice Tavares 12 de abril de 2013 - 15:11

Estava lendo suas respostas ás dúvidas levantadas e fiquei muito surpreendida com a falta de educação do Ricardo. Cruzes, quanta grosseria contra alguém que esta, de forma muito gentil e inteligente, tentando colaborar com as pessoas.
A minha dúvida é se quando vc sai do Brasil, vc apresenta seu passaporte brasileiro ou apenas o italiano?
Obrigada

Fernanda 13 de abril de 2013 - 04:58

Normal Berenice, tem gente que parece que só é feliz ofendendo os outros. Agora mesmo recebi um outro comentário bastante ofensivo, mas não aprovei, porque ignorar é m melhor remédio. Eu sempre uso os dois. Até escrevi sobre isso https://www.precisoviajar.com/2013/02/passaporte-europeu-imigracao-na-europa.html

Jose 25 de abril de 2013 - 05:13

Ola fernananda
Estive pesquisando na net e deparei com seu blog
Sou de Cabo Verde, estudei 6 Anos em Portugal, fiz passaporte europeu-portugues.. Todos os Anos vou passar natal e fim do ano nos estados unidos. Voltei dos EUA no dia 19 de Fevereiro 2013 e pretendo ir outra vez no dia 28 de Maio com bilhete de regresso dia 7 de Junho.. Acha que terei problemas na entrada? Tenho ESTA aprovado e valido ate Novembro 2014… Obrigado desde ja

Fernanda 26 de abril de 2013 - 19:25

Acho que não. Acabei de voltar de lá e entrei com o ESTA.

JOSIANE ANDRADE 12 de novembro de 2012 - 17:26

olá Fernanda, estou precisando de umas dicas de viagem e hospedagem, viajo em 09/05/2013 até 30/05/2013 desco em Madri, e minha ideia é passar o maximo de dias na italia, obrigada desde já aguardo seu contato.

Reply
Fernanda 12 de novembro de 2012 - 18:24

Olá Josiane,
Todas minhas dicas da Europa estão na aba Europa. Quando a hospedagem, fiquei em hostels da rede HI. Mas em outro post falo como escolher um hostel ou hotel online. Vá na aba dicas – acomodação.

Reply
thiago palhares 5 de dezembro de 2012 - 01:20

Oi Fernanda…só uma dúvida querida e não encontro em nenhum lugar,mas creio ser bem simples…
Tive o visto de estudante negado pela embaixada australiana ha um tempo atras, e agora estou indo a Italia para solicitar a minha dupla cidadania,no estado da Calabria.Enfim, apos estar com meu passaporte italiano,tendo em vista que acabei de completar 31 anos e não será possivel solicitar o Working Holiday,entao, minha dúvida é se preciso solicitar algum tipo de visto para adentrar no país australiano,e se sim,qual tipo de visto seria?ou se não,seria só comprar a passagem,pegar o vermelhinho e embarcar???ou solicita algo pela internet???
Agradeço a atençao,aguardo seu feed…obrigado,bjs…
Thiago!!!

Reply
Fernanda 5 de dezembro de 2012 - 13:34

Você vai ter que tirar um visto eletrônico de turista para a Austrália. Acredito que seja de 90 dias. Com esse visto você NÃO pode trabalhar e se for fazer cursos de inglês, tem que ter duração inferior a 16 semanas (eu acho).

Reply
Patricia 19 de dezembro de 2012 - 18:04

Oi Fernanda,
Eu possuo passaporte italiano e pretendo ir passar um tempo morando em Londres, preciso solicitar algum permit ou algo do tipo aqui do Brasil?? ou é só comprar as passagens e depois dar entrada nas documentações (docs. para trabalho, saúde e tal) lá?
Obrigada!!!

Reply
Fernanda 19 de dezembro de 2012 - 18:33

Patricia, é só comprar as passagens. Chegando lá, você entra com seu passaporte italiano (na fila da União Européia). Aí, você terá que solicitar o seu National Insurance Number e abrir uma conta num banco (esse processo pode ser mais chato porque tem que comprovar endereço). É basicamente isso que vão te pedir para você começar a trabalhar e uma cópia do seu passaporte (possivelmente eles vão verificar o original para ver se não é falsificado). Você não precisa de work permit, pois é cidadã da União Européia e tem livre trânsito por lá e direito a trabalhar em qualquer um dos países membros.

Reply
Luigi Salvi 15 de novembro de 2013 - 14:28

Oi Fernanda, Excelente Blog! Parabens.

Eu recomendo para as pessoas que irao pra Europa abrir uma conta no HSBC dizendo que quer usar na Europa. Eh uma das maneiras mais facil de abrir conta ai na Europa.

Qualquer duvida va a uma agencia e se informe.

Espero ter contribuido.

Abcs e sucesso sempre!

Reply
Patricia 19 de dezembro de 2012 - 18:40

Muito obrigada Fernanda, nossa quanta atenção e gentileza, é a primeira vez que entro no blog e já virei fã, to aqui super empolgada nos posts rsrs..
Outra questão, meu esposo está tirando o family permit aqui do Brasil para poder me acompanhar, já estamos com o processo todo pronto, na verdade só falta entregar a documentação e esperar o retorno deles, você saberia me informar se ele entra nesta mesma fila de cidadão europeu ou ele passar pela imigração normal??
Obrigada novamente pela atenção!
🙂

Reply
Fernanda 19 de dezembro de 2012 - 18:54

Hum…desconfio que não pois ele não tem o passaporte vermelhinho. Mas com o visto no passaporte brasileiro, ele nem terá dificuldades na imigração. Vocês falam inglês?

Reply
Lucia 17 de junho de 2013 - 08:49

Oi Ferananda, pelo visto vc esta bem informada,sobre alguns tramites.Sera q sabe uma informacao…?fui ao consulado, mandaram ver no site,nao encontramos resposta.Minha netinha nasceu em Londres ,esta registrada no consulado brasileiro,e,claro aqui em Londres,agora demos entrada no consulado italiano, minha nora possui cidadania.Para viajar dentro da Europa o bebe precisa passaporte?
Gostariamos de tirar o mesmo, so no proximo ano.
Um abraco

Reply
Fernanda 17 de junho de 2013 - 09:46

Olha, quando eu morava na Europa podia viajar só com a identidade. Da última vez me falaram que os italianos estavam precisando do passaporte (não sei se confere, pois minha identidade estava vencida). De qualquer maneira, para sair do país precisa sim de um documento. Procure ver se só a identidade italiana serviria. Caso contrário, tem sim que fazer o passaporte.

Reply
Patricia 19 de dezembro de 2012 - 18:59

Sim, moramos 05 anos nos Estados Unidos, voltamos para o Brasil começo deste ano e agora estamos de partida novamente, tão difícil se acostumar aqui denovo né… mas sim, acredito que não haja problemas não, já li em alguns lugares que por ser acompanhante de cidadão é tranquilo igual a imigração. Torcer pra que sim!!

Reply
Fernanda 19 de dezembro de 2012 - 19:23

Falando inglês se perguntarem algo é só ele dizer que é casado com uma italiana. Como é difícil se acostumar com o Brasil. Eu que o diga. Quem sabe a gente se encontre em breve em Londres…

Reply
Patricia 19 de dezembro de 2012 - 20:56

Fernanda, com certeza… acho que só quem viveu e passou por isso sabe o que é, as vezes a gente tentando explicar algumas pessoas não entendem.
Claro, se aparecer por lá vai ser muito bacana mesmo. E pode deixar, vou fazer questão de te contar por aqui como foi esse processo da chegada.
Mais uma vez obrigada.
🙂

Reply
Patricia 20 de dezembro de 2012 - 13:08

Fernanda, você teria alguma sugestão de Bairro em Londres para quem está chegando, com fácil acesso as áreas Centrais, com supermercados, farmácias, esse tipo de conveniencias próximas, que possuam oportunidades de emprego e principalmente sejam áreas seguras.
Alguns conhecidos me indicaram Canary Wharf, Kilburn e Notting Hill, sendo este último pelo que tenho pesquisado mais caros e antigos.
😉

Reply
Fernanda 20 de dezembro de 2012 - 17:53

A verdade é que quanto mais no centro você ficar, mais caro será. Londres é tudo meio velho. Não é como nos EUA. Você vai ficar chocada quando for visitar uns apês. Negócio é meio tenso! Meu amigo mora num bairro no nordeste (não me recordo o nome). O prédio dele é relativamente novo e até parece um apê nos moldes do Brasil, mas é meio raro. Mas como sempre tem uma desvantagem – não tem metrô próximo. Essencial mesmo é estar perto do metrô. Minha amiga mora na divisa da zona 3 com a 4 em Stonebridge Park, perto de Wembley. O flat é bem bacana também. Eu particularmente adoro Kilburn. Canary Wharf é complicado por causa do metrô também, mas é minha área preferida de Londres e ali é possível encontrar flats bacanas, mas muito caros. Notting Hill super central, perto do Hyde Park (assim como Bayswater), mas overpriced for sure. Olha, mais fácil te dizer onde você NÃO deve morar – Harlesden. Willesden Junction com moderação e também não moraria em Lewisham, Elephant & Castle e Brixton. Cada um tem seus problemas, mas você irá perceber que a brasileirada ilegal e que sempre dá problema acaba se concentrando nos primeiros. E os outros, tem alguns problemas com traficanos, indianos e africanos. Alguns lugares de Londres são meio que o sub-mundo.

Reply
Pedro Jenkino 22 de dezembro de 2012 - 03:57

Oi Fernanda, fiquei com uma dúvida.

Tenho já em mãos a cidadania polonesa e a certidão de nascimento. Sabe me dizer se com isso já consigo tirar o passaporte polonês aí na europa? (foi o que vc fez com o passaporte italiano, certo?)

Obrigado pelo excelente texto.

Reply
Fernanda 22 de dezembro de 2012 - 08:33

Passaporte eh um documento de viagem. Se a sus cidadania já foi reconhecida, você pode tirar o passaporte aqui no consulado da Polônia. Você já se informou com eles? Eu na verdade reconheci minha cidadania na Itália. Lá eu so peguei a identidade italiana pois eh um documento que so da para tirar na Itália. O passaporte eu tirei no Consulado aqui no Brasil.

Reply
Vinícius Sanches 24 de dezembro de 2012 - 11:38

Olá Fernanda, parabéns pelo Blog. Poucos são os sites que mencionam alguma coisa sobre cidadania, e até mesmo os especializados são confusos. Você mencionou que deu entrada na sua papelada de lá da Itália, pela Comune lá da terra da sua família.

Pode falar um pouco mais sobre isso? Penso em fazer o mesmo e as informações que descobri até agora são que devo possuir documentos de nascimento, casamento e óbito que liguem toda a minha árvore ao meu Bisavô Italiano. (No caso dele, ainda devo possuir a Certidão de Naturalização Negativa). É correto isso? Essa documentação precisa estar autenticada em cartório?

Uma vez que eu tenha toda essa documentação, devo ir diretamente na Comune? Ou em alguma embaixada?

Brigadão pela atenção, boas viagens! 🙂

Reply
Fernanda 24 de dezembro de 2012 - 12:48

Na verdade, você tem que fixar residência na Itália por um tempo e entrar no comune de lá. No meu caso não exigiram certidão de óbito. No Brasil. você pode entrar na fila do Consulado e está demorando em média 20 anos (no de Curitiba). É meio complexo e o processo mudou desde que eu fiz. Vou preparar um post ano que vem sobre isso. No momento estou sem tempo para escrever sobre isso e o assunto é longo…

Reply
Maria José 24 de dezembro de 2012 - 19:57

Olá
Minha filha já tem cidadania italiana há um tempo e agora gostaria de tirar o passaporte italiano para um futuro intercâmio. Como devo fazer?? Quais documentos?? Onde devo ir? Ela já é maior de idade. Moro em São Paulo.
obrigada

Reply
Fernanda 25 de dezembro de 2012 - 22:39

Se ela já tem a cidadania, deve entrar em contato com o Consulado e agendar para fazer o passaporte.

Reply
Denyson 5 de janeiro de 2013 - 20:16

Ola Fernanda!! Muito bacana seu blog parabens!
Eu tenho uma dúvida e queria ver se pode me ajudar, eu sou cidadão Italiano e estou indo morar em Londres, eu queria saber o que é preciso fazer para entrar em uma faculdade, eu gostaria de cursar Arquitetura! E se os cursos de graduação de lá, valem no Brasil…Obrigado.

Reply
Fernanda 5 de janeiro de 2013 - 20:36

Possivelmente terá que fazer IELTS e ser aceito pela faculdade. Desconfio que para a sua área não role equivalência de diplomas. Entre no site da faculdade que pretende estudar e veja quais são os requisitos para entrar. Outra coisa, dificilmente você conseguirá o desconto para europeus porque não tem 3 anos comprovados de residência no UK. Ou seja, pagará a mesma coisa que um estudante brasileiro pagaria. Tem que ver se vale a pena.

Reply
ale 14 de abril de 2013 - 09:36

vc sabe se na irlanda a regra é a mesma ?? só tem desconto se provar residencia por no minimo 3 anos ?? abs.

Reply
Fernanda 15 de abril de 2013 - 03:06

Tem que ver direto com a universidade. Cada uma tem sua regra. No UK, algumas exigem 5 anos de residência, por exemplo. Uma vez vi uma em Amsterdam que exigia 2 anos e por aí vai.

Reply
Ana Cristina mendes 21 de janeiro de 2013 - 17:44

Olá Fernanda. Estou pensando em fazer um intercâmbio com minha filha para Londres. Ela tem 13 anos e têm dupla cidadania ( Brasileira e Portuguesa ) Você sabe informar-me se ela consegue algum desconto por fazer parte da comunidade européia?
Obrigada pela atenção
Abraço Ana Cristina

Reply
Fernanda 21 de janeiro de 2013 - 18:14

Eu sei que cursos superiores tem desconto para quem é europeu, porém tem que provar uns 3 anos de residência na Europa. Também já escutei falar que existem cursos gratuitos de inglês para europeus, mas nunca encontrei esses cursos. Acho que o melhor é mandar um e-mail para o Consulado Português.

Reply
laiza 22 de janeiro de 2013 - 21:32

ola fernanda amei seu blog. pergunta ja alugou alguma coisa pelo airbnb?? porque achei o preço deles bom demais..

Reply
Fernanda 22 de janeiro de 2013 - 23:32

Eu quase aluguei, mas aí não precisei mais. Minha amiga alugou e disse que é super confiável. Ela gostou bastante da experiência.

Reply
jèssica 24 de janeiro de 2013 - 19:48

Ola Fernanda,
minha familia ja esta a muitos anos a fazer a cidadania em ctb
eu moro a 2 anos na italia e como minha prima vem essa
semana pedi para ela buscar tds os doc la na embaixada
aqui na minha cidade è o primeiro caso entao nao sabem
me informar,
eu pegando por aqui minha familia vai ter td que pedir
por aqui?
Depois que eu tiver meu pai pega rapidamente a dele?

Obrigada

Reply
Fernanda 24 de janeiro de 2013 - 20:06

Não. A cidadania na Itália exige residência e vai sair só para você. É um processo individual. Se sua família quiser tirar a deles aí na Itália terá que morar aí por um tempo ou pelo menos fixar a residência.
Minha cidadania eu fiz na Itália em 2005. Dos meus familiares (incluindo minha mãe) saiu só o ano passado.
E olha, acho difícil que você consiga tirar qualquer documento do consulado, pois eles só exigem documento quando você é chamado naquela fila enorme. Você terá que correr atrás de todas as certidões e traduzir tudo em tradutor juramentado. É caro, mas vale a pena.

Reply
Ricardo 24 de janeiro de 2013 - 21:01

Oi Fernanda, tudo bem?

Tenho o passaporte Europeu e pretendo viajar a turismo para os EUA. Preciso tirar visto americano? Parece que é necessário uma autorização né?
Obrigado,
Ricardo.

Reply
Fernanda 24 de janeiro de 2013 - 21:14 Reply
thais montes 25 de janeiro de 2013 - 10:38

ola fernanda tudo bem gostaria de uma informaçao tenho cidadania espanhola vc poderia me dizer tenho obgçao de resevar hotel entra dinheiro e cartao credito para entra na italia sendo q meu passaport vermelho da uniao europeia obgda

Reply
Fernanda 25 de janeiro de 2013 - 10:45

Não, mas você deve obrigatoriamente entrar na Itália com seu passaporte espanhol e na fila dos europeus.

Reply
Priscilla 29 de janeiro de 2013 - 10:37

Ola Fernanda
Gostaria de uma informacao. Consegui minha cidadania e passaporte italianos ha dez anos pelo consulado de curitiba. Moro na Inglaterra ha dez anos tbm, e agora meu passaporte esta para vencer. Vc comentou que existe um registro na italia que vc recebeu, como se fosse um registro de nascimento. Qdo fiz meu passaporte a unica coisa que recebi foi uma cartinha do consulado dizendo que estou registrada e uma cartinha da comune dizendo que meu aire foi registrado em curitiba. Estou pensando qdo meu passaporte vencer como vou provar para as autoridades britanicas sobre minha cidadania, se nao possuo registro nenhum? Ja entrei em contato com o consulado de curitiba e com a comune italiana perguntando sobre o registro e ambos me disseram que nao existe registro nenhum, quero dizer estou registrada mas nao existe documento nenhum. E muito confuso!!! Sera que eles entregam este registro so para quem retirou a cidadania pela Italia????
Obrigada pela atencao

Reply
Fernanda 29 de janeiro de 2013 - 11:14

O que me deram foi um papel dizendo que eu estava devidamente registrada no comune que fiz minha cidadania, possivelmente um papel muito parecido com esse que você recebeu. Não é um certificado de nascimento como o que recebemos aqui. É um papel dizendo do registro no comune que prova que você é italiano.
Você mudou seu registro do Aire? Atualizou seu endereço no consulado da Itália na Inglaterra? Se você fez isso não terá problemas para fazer o novo passaporte, pois estará registrada no UK. Olha, quando eu fui renovar meu passaporte em Curitiba, precisei apenas apresentar meu passaporte italiano vencido, o brasileiro e um comprovante de endereço, mas eu já estava registrada no Aire de Curitiba.

Reply
Priscilla 29 de janeiro de 2013 - 18:44

Ola Fernanda, obrigada por responder. Deve ser esta carta da Comune mesmo. Valeu

Reply
Fernanda 29 de janeiro de 2013 - 19:10

de nada!

Reply
Lay 31 de janeiro de 2013 - 17:06

Fernanda,

Eu tbm tenho o passaporte italiano e tentei fazer na internet. Gostaria de tirar algumas dúvidas, pode passar teu email ou facebook? mto obrigada

Reply
Fernanda 1 de fevereiro de 2013 - 11:53

Programei um post só sobre Working Holiday para quinta que vem.

Reply
José 8 de fevereiro de 2013 - 15:26

Boa tarde Fernanda, tudo bem?
Adorei seu blog e as informações que você possui são fantásticas!!!!
Também tenho dupla cidadania (Brasileira e Italiana), já utilizei meu passaporte para ficar algum tempo em outros países(Canadá,USA,Londres…), porém agora estou com uma dúvida que com certeza saberá.
Li no blog a respeito do “selinho” (taxa Atual) no passaporte
Italiano que teoricamente tem que ser paga para entrar em outros países. Até onde eu sei, realmente esse selinho deve ser pago apenas se irá entrar e sair da Itália,caso vá para outros países como Canadá ou USA… não é necessário pagar esse selinho.
Você saberia me informar se realmente não é nessário pagar esse selinho? Este ano 2013 irei novamente para os USA, quando estive lá outra vez, no meu passaporte eu havia pago esse selinho até 2012 e quando entrei, na imigração eles viram o selinho,mas como estava tudo pago nem me preocupei. Porém agora ele venceu e para eu tirar outro teria que ir até São Paulo……. Será necessário mesmo pagar esse selinho ou se eu apenas fizer o ESTA, estará tudo certo?
Agradeço muito sua sugestão!
Abraço
José

Reply
Fernanda 8 de fevereiro de 2013 - 20:03

Na minha volta ao mundo nunca conferiram esse selinho. Acho que só lá na Itália mesmo.

Reply
maria elisa amaral 11 de fevereiro de 2013 - 13:39

Olá José Posso adicionar algumas informações. Fui ao Consulado de São Paulo e perguntei sobre o pagamento da anuidade do passaporte (o selinho) e eles me informaram que o único país que vai exigir, é a Itália. Para os demais países, somente o passaporte, porque eles nem sabem o que significa o selinho e o único país que PODE EXIGÍ-LO, é a Itália. Abç

Elisa

Reply
Jose Ventura 14 de fevereiro de 2013 - 11:39

oi amigos,
meu caso é um pouco diferente do vosso, eu sou europeu de nascimento, porém resido no Brasil faz 7 anos, não tive qualquer problema para entrar ou saír do brasil direçao europa.
mas tenciono fazer viagem para bogotá na colombia, será que vou precisar de visto? a viagem será brasil/colombia e eu sou europeu com permanencia no brasil

Reply
Fernanda 14 de fevereiro de 2013 - 20:46

Eu fui com meu passaporte italiano para a Colômbia pois de lá fui para os EUA e não tive problemas. Acredito que portugueses também não precisam de visto, mas é bom se informar na Embaixada.

Reply
Edvani 20 de fevereiro de 2013 - 23:26

Fernanda gostaria de saber se eu posso fazer um curso de ingles de Quattro semanas nos estados unidos sendo que tenho passaporte portugues

Reply
Fernanda 21 de fevereiro de 2013 - 19:53

Não sei te responder.

Reply
Carlos Yamashita 21 de fevereiro de 2013 - 12:20

Cara Fernanda, por favor, uma informação : eu tenho passaporte brasileiro e visto americano, e minha mulher e nossos filhos têm passaporte italiano. Para viajar para Os E.U.A. é necessário essa ” autorização prévia eletrônica” ? Como se faz para consegui-la? Agradeço .Carlos.

Reply
Fernanda 21 de fevereiro de 2013 - 19:51 Reply
Guilherme Sanchez 26 de fevereiro de 2013 - 02:32

FERNANDA VC É UM MULHER PACIENTE E MUITO EDUCADA COM TODOS OS QUESTIONADORES! EU ESTIVE EM 36 PAISES DIFERENTES, E PENSO QUE NAO EXISTE NADA NESSE MUNDO QUE POSSA AGREGAR MAIS A NOSSA EXISTENCIA DO QUE CONHECER O MUNDO!! PARABENS! DE VERDADE! E AGORA? QUAL O PROXIMO PASSO? PROXIMA AVENTURA? EU ESTOU NA PILHA PRA PRÓXIMA TIP! É VICIANTE! RS…GRANDE ABRAÇO GUILHERME.

PS:ADD FACE GUILHERME SANCHEZ P

Reply
Fernanda 26 de fevereiro de 2013 - 07:36

Obrigada Guilherme!

Ainda não sei para onde vou, mas espero em breve dar uma viajada (mesmo que breve).

Reply
Fabrizio 26 de fevereiro de 2013 - 11:10

Bom dia Fernanda, primeiramente parabéns pelo espetacular espaço.
Eu tirei meu passaporte italiano a uns 2 anos e me lembro de que o consulado me fez pagar uma taxa para colar um visto no meu passaporte. Esse visto podia variar de 1 a dez anos se não me engano. Escolhi o de 1 ano e paguei 40 euros,visto que por sinal venceu em 2012. Vc sabe para serve essa taxa . Estou indo para Dubai e Brisbane semana que vem. Será que terei algum problema? Grato

Reply
Fernanda 26 de fevereiro de 2013 - 18:16

Sei lá, é a taxa que eles cobram para você usar o passaporte.

Reply
João Paulo 13 de março de 2013 - 18:59

Oi Fernanda,

Também estou indo para Dubai e fiquei inseguro quanto à taxa. É que no site da Emirates há a orientação de que o cidadão italiano cheque antes, na página 4 ou 5 do passaporte, se este está válido para viagens fora da União Européia. Estou imaginando que eles estão se referindo à bendita taxa e fiquei com medo de ser barrado no Dubai… Será que corro o risco? Caso eu decida renovar a taxa, vc saberia qual o procedimento (é so ir ao consulado sem agendamento, mesmo)? Muito Obrigado!

Reply
Fernanda 13 de março de 2013 - 19:31

João,
Passei 2 vezes por Dubai e ninguém procurou esse selo. Mas é só ir no consulado e pagar. Aqui em Curitiba nem precisa agendar. É só chegar lá e pagar.

Reply
Fernanda 13 de março de 2013 - 19:36

Aproveitando, estou participando de um concurso para trocar de lugar com outro blogueiro por 10 dias. Acho que vai ser bem legal e preciso dar um gás na votação. Para votar, é bem fácil. É só colocar o e-mail, clicar no botão rosa e depois confirmar o voto por um link que eles mandam por e-mail. Vc poderia me ajudar? Obrigada! http://www.bigblogexchange.org/blog/94001

Reply
João Paulo 13 de março de 2013 - 22:59

Já votei, Fernanda! Obrigado pela resposta!

Fernanda 13 de março de 2013 - 23:04

Obrigada João e de nada pela resposta!

Nicole 28 de fevereiro de 2013 - 23:01

Oi Fernanda!
Tenho passaporte italiano e pretendo ir p/ Londres em abril/maio.O problema é que o meu passaporte italiano vence em junho. Eu já entrei em contato com o consulado e eles me informaram que eu só consigo renovar o passaporte faltando 1 mês para o vencimento. Isso significa que apenas qnd eu estiver em Londres poderei entrar no processo de renovação. Vc sabe como devo fazer isso? Consigo renovar no consulado italiano de lá? Tem alguma idéia de qto tempo leva esse processo?

Agradeço desde já!

Reply
Fernanda 28 de fevereiro de 2013 - 23:08

Não sei. Renovei o meu no Brasil.

Reply
Michele lelis 1 de março de 2013 - 21:43

Ola, tenho uma filha com portugues, ela tem os 2 passaporte so que o brasileiro esta vencido. Ela pode entrar com o portugues e tirar o brasileiro la? No Brasil. Obrigada

Reply
Fernanda 2 de março de 2013 - 18:24

Não sei responder. Melhor se informar com os consulados.

Reply
lucelia 3 de março de 2013 - 19:02

Boa tarde.

gostaria de saber se eu receber uma carta convite da europa eu consigo chegar no consulado de lá e conseguir um passaporte europeu com facilidade? quanto vou gastar no total para ir para europa(australia) ? pretendo me casar com uma pessoa que esta lá. voce tem alguma agencia agencia o site para me indicar todos os passos q devo fazer para essa viagem? obrigada. Eu moro em Jundiai São Paulo

Reply
Fernanda 3 de março de 2013 - 23:54

Não sei. Não sou especialista em imigração e nem em dupla cidadania. Melhor consultar o Consulado. A fonte é mais segura.

Reply
Vinicius 11 de março de 2013 - 16:02

Olá Fernanda… primeiramente parabéns pelo site!!! Informações extremamente úteis… vi alguns sites que auxiliam na retirada da dupla cidadania, porém a um custo alto envolvido. Se eu possuir a documentação você acha que compensa contratar alguma dessas empresas, em função do prazo de retirada do passaporte? Por estar no Brasil, não sei o qual o caminho mais rápido… Muito obrigado!

Reply
Fernanda 11 de março de 2013 - 16:07

Oi Vinicius!
Olha, o jeito mais rápido ainda é a Itália. Eu fiz tudo sozinha, mas na época falava um bom italiano e também tive ajuda de parentes que ainda moram lá. Minha família ficou na fila do consulado e a cidadania deles saiu só no ano passado, após longos 10 anos de espera.
Se você não sabe falar italiano, não sabe como fazer o processo, talvez valha a pena contratar uma empresa. Mas tá cheio de picareta por lá. Tenho um amigo que contratou uma advogada de confiança, mas não sei quanto custou. Ele disse que valeu a pena. No caso dele, ele foi duas vezes para a Itália – uma para fixar a residência e outra para pegar os documentos. Ele não pode esperar todo o tempo do processo por lá.
Então, depende. Tem que ver sua disponibilidade financeira e de tempo para ficar uns meses na Itália.

Reply
Ana Paula 13 de março de 2013 - 15:48

Oi Fernanda, td bem?
Estou com uma dúvida….estou começando com o processo da minha cidadania italiana, gostaria de saber se o meu filho q tem 12 anos, terá a cidadania automaticamente, preciso apresentar a certidão de nascimento dele também, para ele já receber o passaporte europeu?
Obrigada,

Reply
Fernanda 13 de março de 2013 - 19:33

Oi Ana,
esse processo será feito no Brasil? Olha, minha prima tem um filho menor de idade e ela entregou apenas os documentos dela. Depois que saiu a cidadania dela, ela voltou no consulado com a certidão do filho traduzida. Aqui no Brasil, acho que o procedimento é esse. Primeiro a mãe faz e depois o filho. Mas dá uma lida no site do Consulado. Tem uma área chamada FAQ e está em português.

Reply
Fernanda 13 de março de 2013 - 19:36

Aproveitando, estou participando de um concurso para trocar de lugar com outro blogueiro por 10 dias. Acho que vai ser bem legal e preciso dar um gás na votação. Para votar, é bem fácil. É só colocar o e-mail, clicar no botão rosa e depois confirmar o voto por um link que eles mandam por e-mail. Vc poderia me ajudar? Obrigada! http://www.bigblogexchange.org/blog/94001

Reply
Nayara 16 de março de 2013 - 00:18

Oi Fernanda,
Como está?
Gostaria de uma ajuda, estou indo para Londres em setembro para fazer intercâmbio. Vou estudar na escola London Study Centre, você conhece?
Minha maior dúvida é sobre o seguro de saúde, por eu ter a cidadania européia eu preciso pagar isto aqui no Brasil?

Outra coisa, meus pais precisam renovar o passaporte italiano deles..você sabe os documentos necessários?
Fico no aguardo.

Obrigada desde já,
Nayara

Reply
Fernanda 16 de março de 2013 - 12:55

Não conheço Nayara.
Olha, quando eu morava em Londres não tinha seguro saúde. Uma vez passei mal e fui no hospital público mesmo. Usei minha identidade italiana na época, mas eu tinha aquele cartão da Itália de saúde (tessera sanitária). Só por isso eu não tinha o seguro.

Reply
Rosana Carnevale 1 de abril de 2013 - 21:46

Fernanda, boa noite! Muito Muito obrigada pelo seu post, me deu um alívio extremo saber que com o meu passaporte italiano não preciso apresentar passagem de volta na imigração… Você poderia me ajudar um pouco mais?
Estou indo pra Inglaterra semana que vem, domingo, e estou com algumas dúvidas sobre os meus direitos… o consulado italiano do RJ não foi muito legal pra me esclarecer. Acho que a sua experiência poderá me responder…
Quando eu chegar no Heatrow, como funciona? Preciso apresentar documentações? estou indo pela EF Education First, e tenho carta da escola e da residência que vou ficar. Preciso apresentar a passagem de volta? ( não comprei pois estou aguardando uma oportunidade boa para comprar com as minhas milhas) Tem entrevista também? E o seguro saúde? Preciso fazer? Pq aqui em cima vc diz q quando foi pra Londres, não precisou, mas vc diz tb q tem identidade italiana, e isso eu não tenho…. tenho a cidadania e o passaporte italianos. Preciso apresentar atestado médico em inglês?
Ficarei muito agradecida se me responder todassss essas perguntas…rsrs

Muito obrigada,
Rosana Carnevale

Reply
Rosana Carnevale 1 de abril de 2013 - 22:18

Fernanda, vc é Utilidade Pública! rsrs
Muito obrigada por compartilhar tudo isso conosco! Vou entregar nas mãos de Deus.
Tomara que eu não precise explicar a cidadania…
Abraço,
Rosana

Reply
Fernanda 1 de abril de 2013 - 22:25

Nunca me perguntaram nada Rosana. Eles só passam o passporte numa máquina para ver se não é falso.

Reply
Rosana Carnevale 2 de abril de 2013 - 11:38

Fernanda, Posso te pentelhar só mais um pouquinho?
A minha preocupação é a seguinte: vou viajar domingo, e com toda essa confusão que foi pra eu saber o que precisava levar, não fiz o seguro saúde, não estou com o atestado médico, e não sei onde está meu cartão de vacinação da febre amarela. Esse é o tipo de coisa que podem me pedir caso perguntem sobre minha dupla cidadania?
Abraço,Rosana

Fernanda 2 de abril de 2013 - 15:03

Eu nunca fiz seguro saúde. Vacina eles só pedem na África, Ásia e alguns países da América do Sul.

Juliana 4 de abril de 2013 - 10:59

Oi Fernanda,

pelo que estou vendo aqui você eh um anjo que caiu do céu. rsrsrsrrsrsr

Seguinte, vamos ver se você consegue me ajudar, tenho passaporte Italiano e fui para o Canada a 2 meses atras e entrei com o visto de Turista e agora quero ir mais uma vez mas para ficar 6 meses.

Você acha que não tem problema, consigo entrar no Canada mais uma vez?

Estou tentando falar no consulado e não consigo

obrigada.

beijos

Juliana

Reply
Fernanda 5 de abril de 2013 - 23:26

não sei te responder.

Reply
CLAUDEMIR 15 de Maio de 2013 - 16:24

Ola Juliana, acho que nao tem problema nao, eu mesmo ja entrei 02 vezes no canadá com passaporte Italiano, uma vcez em Toronto e outra em Vancouver, e foi super trnquilo, geralmente o visto de entrada no Canadá é de 6 meses.

Reply
Isabela 6 de abril de 2013 - 21:31

Hey! Adorei o post!!

Tenho algumas duvidas, quais são os documentos necessário? Meu bisavó é filho de espanhol, mas ja faleceu. Como eu faço pra provar a nacionalidade dele? Pela minha avo pode?

Obrigado! Xxx

Reply
Fernanda 8 de abril de 2013 - 04:52

Procure o consulado. Não entendo nada de cidadania espanhola.

Reply
Rafael 8 de abril de 2013 - 20:24

olá, Fernanda! espero que a minha pergunta não faça com que eu pareça um extremo idiota quando se trata de passaporte mas enfim, veremos! Seguinte, eu tenho um passaporte europeu mas o meu brasileiro venceu. Se eu for viajar, eu preciso do brasileiro ou eu posso sair e voltar pro brasil só usando o europeu?

Reply
Fernanda 9 de abril de 2013 - 02:14

Então, perguntei isso para a PF semana passada e eles me falaram que você pode sim sair com o europeu, só que precisa mostrar algum documento de identidade brasileiro (RG, por exemplo). Ah, bom levar o passpaorte vencido também.

Reply
Junior 9 de abril de 2013 - 15:48

Verdade, tem que apresentar a documentação brasileira. Se você sair só com o passaporte italiano, depois não consegue entrar mais no Brasil (ou melhor, até consegue, mas vai ser uma novela…).

Reply
Fernanda 11 de abril de 2013 - 04:58

Então, a PF me falou que pode entrar sim com o italiano (desde que você saia com o italiano também, mas prove com outro documento que também é brasileiro). Na minha próxima viagem, vou testar essa tática e depois conto aqui.

Reply
Berenice Tavares 12 de abril de 2013 - 15:31

Menina, como você é bem informada! Parabéns pela iniciativa e generosidade. Eu também tenho a dúvida sobre se, mesmo com passaporte brasileiro vencido mas com o Italiano em ordem, é só apresentar a Identidade que dá para sair do país e voltar????

Fernanda 13 de abril de 2013 - 04:54

Foi o que a PF me falou. Meu amigo viajou dessa maneira e não teve problemas, mas eu realmente não testei ainda.

Rodrigo 9 de setembro de 2013 - 21:54

Fernanda, estou com esse problema. Vou agora para a Espanha. Meu passaporte italiano so vence em 2018, mas o brasileiro venc em novembro. Tem problema? Como foi sua experiência?

Reply
Fernanda 10 de setembro de 2013 - 13:04

Tem como sair com o italiano aqui no Brasil apresentando um documento brasileiro junto e deixando claro para a PF que você é duplo cidadão.

Reply
Carlos A. Tosin 10 de setembro de 2013 - 16:34

Oi Fernanda! parabéns pelo blog! também sou de Curitiba e trabalho como cirurgião dentista! estou em vias de ir a Itália para fazer a minha dupla cidadania! minha irmã foi e recentemente tornou-se cidadã italiana… gostaria de saber se posso trabalhar na Itália na minha profissão ou tenho que fazer uma readaptação, prova ou algo parecido? Abraço.

Reply
Fernanda 10 de setembro de 2013 - 16:53

Você ganha o direito a morar e trabalhar na UE com a cidadania, mas muito provavelmente teria que fazer uma prova para exercer sua profissão lá. Não sei te dizer ao certo como seria. Tenta procurar no google.

Carlos Tosin 12 de outubro de 2013 - 21:19

Ok Fernanda! obrigado pela dica!
Abraço.

Ana Claudia 9 de abril de 2013 - 22:11

Oi Fernanda!!

Sei que cidadão europeu pode estudar inglês de graça em Londres, tu saberia mi dizer onde posso sabe mais sobre isso?
Estou indo pra Londres em julho e tenho cidadania italiana e gostaria de saber quais outras vantagens que temos em Londres como cidadão europeu?

Fico no seu aguardo.

Obrigado.

Reply
Fernanda 11 de abril de 2013 - 04:56

Não sei sobre cursos. Tudo que sei já está escrito aqui nesse post. Eu NÃO sou especialista em cidadania italiana. Apenas fiz a minha sozinha e relatei em partes aqui no blog.

Reply
Rafaela Fantini 10 de abril de 2013 - 16:53

Fernanda, tudo joia?
parabéns pelo seu site! super informativo!
tenho uma duvida, pois tenho tanto passaporte brasileiro quanto italiano e estou indo para os EUA e Canadá em julho por 30 dias.
procurando pela internet já me informei que para os EUA preciso seguir aquele procedimento do ESTA.
mas e para o Canadá? li no site da embaixada que não preciso de visto, mas eu não tenho que seguir nenhum procedimento antes de ir??? não há nenhum formulário que tenho que preencher? nada? e só chegar lá passar pela imigração e ser feliz?
help?!

Reply
Fernanda 11 de abril de 2013 - 04:53

Eu acho que o ESTA é spo para os EUA. Entre no site da embaixada e veja se italiano precisa de visto para o Canadá. Acho que não.

Reply
Karl Macholl 11 de abril de 2013 - 02:28

1001 e um parabéns pelo seu Blog, fiquei seu fã.
Eu tenho passaporte alemão e nunca usei, talvez por não saber de certas coisas, tipo na hora de sair do Brasil eu mostro o brasileiro ou o alemão ? (Risos)
E quando chego ao meu destino apresento os dois ou só o alemão ? (mais risos)
Minha esposa é bisneta de italianos ela também tem direito a passaporte italiano ? (Ela é bisneta por parte de avô materno) O avô dela que era filho de italiana.
Grande abraço e obrigado

Reply
Fernanda 11 de abril de 2013 - 04:50

Tem um post aqui falando sobre como fazer a imigração na Europa usando o passaporte europeu. Quanto a sua esposa, não sei. Tem que olhar o passo a passo do consulado e ver se ela tem direito.

Reply
Luciana 14 de abril de 2013 - 19:24

Olá Fernanda, sou brasileira,fui à Itália em novembro de 2012, e amei o País, passei 1 mês por lá. Mesmo não tendo parentes italianos, é possível ter a cidadania italiana? obrigada Bjs

Reply
Fernanda 15 de abril de 2013 - 03:05

A cidadania italiana é jus sanguinis, ou seja, por direito de sangue. Isso significa que o simples fato de nascer na Itália não faz da pessoa um italiano, a não ser que o pai ou a mãe sejam. É uma lei um tanto quanto injusta, pois muitos imigrantes vão para lá, têm seus filhos, os filhos nascem na Itália e não são italianos. Mas se você for descendente e tiver como comprovar com os documentos e também tem todo o rolo de se tiver uma italiana na linha de sucessão, ela tem que ter nascido depois de 1948 e…bom, é um processo um tanto quanto complexo, mas respondendo sua pergunta, não tem como.
Uma possibilidade seria casar com um italiano, mas acredito que o processo seria de naturalização e também teria que entrar com o processo após alguns anos de casada. Bom, não sou advogada, muito menos trabalho com isso, mas acredito que para quem não é descendente é o único jeito.

Reply
Jackson 15 de abril de 2013 - 10:00

Fernanda,

Consegui sanar todas as minhas dúvidas no seu blog.

Parabéns pela iniciativa e obrigado por compartilhar o seu conhecimento.

Abraço,

Jackson

Reply
Fernanda 15 de abril de 2013 - 16:20

Fico feliz em poder ajudar!

Reply
SUZANI MARTINS 17 de abril de 2013 - 16:51

Ola! Meu Pai tem o visto de europeu por 5 anos para trab e morar em Londres,mas ele teve q ir ao Brasil e quero saber se teria outra saida p poder ficar la mais de 6 meses.Muito obrigado!
Suzani

Reply
Fernanda 17 de abril de 2013 - 21:22

Não sei.

Reply
Bárbara 19 de abril de 2013 - 17:23

Oi Fernanda, Boa Tarde. Tenho cidadania italiana e o passaporte italiano. Moro no Brasil e tenho passaporte Brasileiro também. Não falo italiano. Gostaria de fazer uma viagem para Miami a lazer. É a primeira vez que viajo para os Estados Unidos e estou um tanto quanto receosa de comprar a passagem e ser barrada na imigração mesmo com a autorização. Esse processo, na imigração, de verificação do passaporte italiano e da autorização é tranquilo? Ou terei mais sucesso nessa empreitada fazendo o visto brasileiro??Desde já agradeço a atenção.

Reply
Fernanda 19 de abril de 2013 - 20:16

Acabei (literalmente de voltar de lá) e não tive problemas. TEM que fazer o ESTA e uma dica – imprima o comprovante ou salve no seu e-mail, pois no aeroporto aqui no Brasil (na hora do check-in) vão perguntar se você tem o ESTA.

Reply
Junior 27 de abril de 2013 - 10:34

Fernanda, se você sai com o passaporte brasileiro, tem mesmo que apresentar o ESTA? Penso ser melhor sair com o passaporte brasileiro e entrar nos States com o passaporte italiano.

Reply
Fernanda 28 de abril de 2013 - 12:20

Mas uma coisa não tem nada a ver com a outra. O ESTA tem a ver com o passaporte europeu que é o que você deve usar para entrar nos EUA. Já o brasileiro você usa para sair e depois entrar novamente no Brasil. Tem um post aqui – como fazer a imigração a Europa utilizando o passaporte europeu. Mas, vale para qualquer viagem que você use os 2 passaportes.

Reply
Joao de Deus 20 de abril de 2013 - 13:13

A Italia e o unico pais que pede esse bendito selo, essa e uma maneira de ganhar dinheiro em cima do tal selo, que a desculpa e que se o cidadao italiano viajar so dentro do mercado europeu nao tem que pagar a taxa mas se for viajar fora ai sim tem que pagar, nenhum outro pais da Europa cobra ou tem esses selos, isso simplesmente e um jeito de fazer um dinheiro extra. Lamentavel.

Reply
Débora Rigoni 23 de abril de 2013 - 10:33

Bom dia Fernanda,

Gostaria de lhe fazer uma pergunta, tipo eu tenho a cidadania italiana morei la por 7 anos, casei la tal e agora moro no brasil meu passaporte Italiano venceu e eu estou separada , e eu estou pensando em voltar pra europa, é verdade que eu só consigo renovar meu passaporte Italiano se eu tiver uma autorizaçao do meu ex marido ? vc ja ouviu falar algo sobre isso? ele nao tem a cidadania so tinha o permerso, vc sabve de algo ? muito obrigada pela atençao;;; beijao

Reply
Fernanda 23 de abril de 2013 - 13:01

Não entendi. Você conseguiu essa cidadania como? Pelo casamento ou por descendência? Se foi por descendência, até onde sei, é só renovar, afinal você é italiana e passaporte é só um documento de viagem. Se foi pelo casamento, foi realmente a cidadania que você conseguiu ou foi o permesso?

Reply
Gyka 9 de junho de 2013 - 18:50

O seu blog é ótimo. Moro na Italia e sou cidadã italiana e brasileira. Quanto ao selo (bollo) do passaporte é realmente uma invenção italiana (ridícula por sinal). Só em caso de ingresso com vôo direto para a Itália é que a imigração vai controlar e exigir o pagamento deste selo. Se o controle de imigração for feito em outro país europeu (vôo com escala), ninguém vai cobrar nada porque nem sabem da existência dessa taxa. Para viajar a regra é: se entra/sai do Brasil com passaporte brasileiro. Se entra/sai da Europa com passaporte europeu. O fato de ter dupla cidadania precisa SEMPRE ser declarado quando questionado e em todos os formulários.

Reply
Fernanda 9 de junho de 2013 - 20:44

Obrigada pelo comentário e por esclarecer essa dúvida de todos.

Reply
Gabriel 24 de abril de 2013 - 22:12

Oi Fernanda, parabéns pelo blog, me tire uma duvida, tenho o passaporte italiano valido até 2016, porém paguei o visto do consulado somente na emissao e venceu em 2007. Para viajar para o Canada preciso pagar essa taxa anual novamente ou posso ir somente com o passaporte valido ?

Reply
Thais Perocco Marchi 26 de abril de 2013 - 10:38

Oi Fernanda, vamos ver se consegue me ajudar e tem estas informações…Tenho a cidadania italiana e contratei uma assessoria para tirar meu passaporte, então ela fez a atualização do cadastro AIRE , e agendou eletronicamente para a tirado do passaporte , mais agora me mandou uma tabela com taxas que devem ser pagos no consulado no dia de tirar o passaporte…Não vou fazer viajem alguma , estou apenas tirando o passaporte italiano para caso um dia tenha necessidade de viajar ….Me informaram que a taxa é de R$ 1000,00 a ser paga a vista no dia agendado para tirar o passaporte , para obter passaporte de 10 anos , isto procede? estou desesperada e nao encontro esta informação em lugar algum

Reply
Fernanda 26 de abril de 2013 - 19:13

Duvido! Entre no site do consulado, mas com certeza não custa tudo isso. Eu fiz o meu em 2009. Não lembro quando custou, mas mesmo com o selo que eles exigem na primeira emissão, não foi um valor tão absurdo assim.

Reply
Guilherme 27 de abril de 2013 - 23:11

Fernanda, boa noite!

Deixa eu perguntar se você já passou por essa situação. Sempre quando vou aos EUA saio do Brasil com o passaporte brasileiro e entro em Miami com o passaporte europeu.

Tenho uma viagem marcada para a próxima semana e dessa vez tenho conexão na Colômbia. Hoje verifiquei que esqueci de renovar meu passaporte que está vencido.

Acontece que a Colômbia faz parte do acordo do Mercosul, ou seja, posso sair do Brasil e ir pra lá somente com o RG. Mas, quando chegar na Alfândega de lá, estou pensando em mostrar somente o passaporte europeu para poder embarcar no vôo.

Já aconteceu isso com você?

Por favor, me dê um retorno assim que possível.
Abs

Reply
Fernanda 28 de abril de 2013 - 12:15

Eu fiz esse trecho EUA via Colômbia. Eu entrei com o italiano nos 2 países. E, aqui no Brasil, segundo a PF me disse, você pode sair com os 2 (o brasileiro vencido). Eu NUNCA tentei fazer isso. Leve a identidade brasileira just in case.

Reply
Guilherme 29 de abril de 2013 - 06:19

Obrigado Fernanda!

Vou sair daqui com o RG e quando chegar lá só vou mostrar o passaporte europeu.

Depois te falo se deu tudo certo…rs

Obrigado!

Reply
Fernanda 29 de abril de 2013 - 13:34

haha. Vai dar certo sim. Eu fiz isso de entrar só com o italiano na Colômbia e nos EUA.

Reply
Thais 19 de outubro de 2013 - 14:27

Guilherme, tudo bem? Estou indo com passaporte europeu para Miami também e me disseram que a imigração lá implica demais com isso! Foi tranquilo para entrar? Fizeram muitas perguntas?? Obrigada. Bjos

Reply
Fernanda 29 de abril de 2013 - 11:05

Fernanda, tudo bem?
Uma dúvida… possuo passaporte italiano e meu namorado não. Faremos uma viagem aos Estados Unidos e gostaria de saber se teremos que entrar separado, como na Europa onde há fila para os europeus.
Estou com passaporte brasileiro e italiano válidos e ESTA aprovado. Não preciso de mais nada, certo?
Muito obrigada!

Reply
Fernanda 29 de abril de 2013 - 13:29

Então, depende muito do agente de imigração. Em Miami entrei junto com minha amiga que só tem o brasileiro e deixaram e em Ft. Lauderdale entrei com minha irmã (que na época não tinha feito o passaporte italiano). Deixaram também.
Eu iria junto. Eles vão fazer perguntas, mas tá bem mais light do que era. E, indo para fazer só turismo mesmo, tá tranquilo.
Se o teu italiano tá com o ESTA e ele tem o visto no passaporte brasileiro, tá OK sim.

Reply
Fernanda 21 de Maio de 2013 - 20:15

Oi Fe… voltei com outra dúvida..
Decidi ficar mais 2 meses nos Estados Unidos, eles resolvem na hora quanto te dar de permanência ou é 3 meses para todos com passaporte europeu?
Obrigada!

Reply
Fernanda 21 de Maio de 2013 - 20:50

Sempre me deram 3 meses.

Reply
Helena tottoli 29 de abril de 2013 - 16:23

Oi,Fernanda,adorei as dicas.

Tenho 18 anos e faço faculdade, fui para os Estados Unidos 3 vezes quando era criança,agora quero ir no final do ano a passeio mas com o passaporte italiano. Voce falou de uma autorização prévia para entrar no país. Como consigo isto e em que lugar devo procurar? O que significa ESTA ? Desculpe a ignorancia

Obrigada
Helena

Reply
Fernanda 29 de abril de 2013 - 18:14

Digita ESTA no google ou baixa meu guia grátis dos EUA (tem o link na home). No guia eu expliquei certinho como faz.

Reply
Fernando 30 de abril de 2013 - 02:25

Oi, Fernanda! Em primeiro lugar, gostaria de te parabenizar pelo blog e pelo compartilhamento de informações. Pois tenho uma dúvida, vamos lá: tenho passaporte italiano e vou entrar na europa por londres. De lá, sigo viajando dentro da comunidade européia e volto pra guarulhos a partir de milão (malpensa). Vou me estressar acaso não tenha pago aquela taxa anual (selo)? Obrigado!

Reply
Fernanda 30 de abril de 2013 - 15:48

Fernando,
acho que vai.

Reply
Paula 1 de Maio de 2013 - 19:03

Oi Fernanda, tudo bem?
Tenho o passaporte português e será a primeira vez que vou à Europa. Fiquei super na duvida se para ele preciso também daquele selo que o italiano exige. Você sabe me informar?
Obrigaca

Reply
Fernanda 1 de Maio de 2013 - 20:16

Não! É só a Itália que exige esse selo.

Reply
janine 4 de Maio de 2013 - 01:06

Ola !

Fernanda gostaria de uma ajuda sua…sou cidada italiana por descendencia,meu passaporte europeu vence por estes dias,visto que fiz ele em 2008,estou no brasil desde 2009 e ainda nao me registrei no AIRE,sera que conseguirei renovar meu passaporte….

Reply
Fernanda 6 de Maio de 2013 - 21:48

Mas você está registrada em algum lugar. Teu AIRE tá na Itália ainda ou sei lá onde você fez teu passaporte? Tem que transferir para cá.

Reply
Marcell Souza Delgado 8 de Maio de 2013 - 13:04

Olá Fernanda, tudo bom?
Li os seus comentários e pensei em tirar uma dúvida que até agora não consegui tirar em nenhum site. Eu consegui uma bolsa de 1 ano para estudar na Espanha, sou brasileiro, porém tenho cidadania portuguesa, então gostaria de saber se mesmo com a cidadania necessito do visto ou não? Fiquei na dúvida por se tratar do período de um ano e também de ser para estudos dentro de uma Universidade.
Obrigado!

Reply
Fernanda 9 de Maio de 2013 - 18:47

Você como português pode morar em qualquer país da UE legalmente. Não precisa de visto, é europeu. Agora tem que ver se essa sua bolsa está ligada ao seu passaporte brasileiro (aí você precisaria de um visto de estudante nele) ou se tanto faz você morar lá com passaporte europeu e essa bolsa não precisa necessariamente de um visto de estudos para brasileiros. Pergunte para a universidade.

Reply
julia 8 de Maio de 2013 - 21:40

oi Fernanda! Que legal seu blog!
Tambem estou nessa onda!
Tirei um periodo sabatico que comecara agora dia 16-05-2013!!
fico na europa ate outubro e depois vou a asia!!
Tenho passaporte britanico, mas ele vence em dez-2013.
TEnho uma duvida, para viajar com ele em toda europa ele precisa estar valido por 6 meses? Vou a londres no final de julho e solicitarei um novo. Porem quero saber isso para o periodo do final de maio e junho… Em que cidade vc mora agora? queria converar mais com vc para ter algumas dicas!! 🙂
Muito obrigada!

Reply
Fernanda 9 de Maio de 2013 - 18:41

Não sei isso do passaporte britânico. Sei que muitos europeus viajam só com a identidade dentro da Europa.

Reply
Lisete 11 de Maio de 2013 - 22:51

Ola Fernanda, estou amando o seu blog! Muito, muito informativo.

Entendo que aqui não é lugar de pedir favores, mas voce conhece gente em Londres que aluga quarto?
Meu filho, 23 anos, estara indo p estagio em Londres de 1o. de Julho ate 10 de Agosto. Caso voce conheça quem tem interesse em alugar um quarto, peço a gentileza de informar.
Moramos nos Estados Unidos, mas falando em cidadania italiana, tambem temos, o que facilitou bastante p esse estagio.
Agradeço sua atenção e ficaremos torcendo esperando boas noticias.
bj
Lisete

Reply
Fernanda 12 de Maio de 2013 - 10:24

Não conheço Lisete, mas ele encontrará fácil lá mesmo. Tem o site gumtree e se ele ficar num hostel nos primeiros dias, sempre tem ofertas no mural.

Reply
Steven 12 de Maio de 2013 - 06:27

Ola tudo bem? Eu queria saber se podia me informar au sujeito da ESTA. Eu vou para USA mas ainda nao comprei bilhete nem marquei nada. É possivel pedir o ESTA sem essas informacoes? Merci.

Reply
Fernanda 12 de Maio de 2013 - 10:24

não entendi a pergunta

Reply
diego 16 de Maio de 2013 - 16:14

Olá Fernanda, tenho cidadania italiana, passaporte, carta de identitá. Agora vou me casar e ser pai, vc sabe me dizer pra minha esposa e meu filho poder estar tirando o passaporte.
obrigado

Reply
Fernanda 16 de Maio de 2013 - 17:39

Teu filho com certeza. Depois que ele nascer, você tem que ir no consulado e levar a certidão dele (não sei se tem que traduzir ou não para o italiano). Tua esposa, não sei. Tem que entrar no site do consulado e ler certinho.

Reply
Tiago 19 de Maio de 2013 - 10:58

Olá Diego. Fiz esse mesmo processo recentemente. Com relação a certidão, o que você irá precisar levar são as certidões de nascimento e casamento. Terá que traduzir e entregar no consulado. Fiz esse processo em novembro de 2012 e essa semana chegou em casa a comprovação do registro da cidadania do meu filho e da minha certidão de casamento na comune.

Reply
Denny rodrigues 16 de Maio de 2013 - 17:13

ola Fernanda gostaria de saber se quando viajo para USA com passaporte europeu preciso tirar as digitais como se faz com o visto ? obrigado.

Reply
Fernanda 16 de Maio de 2013 - 17:38

Sim, todo mundo tem que tirar as digitais lá.

Reply
marcelo 21 de Maio de 2013 - 00:16

fernanda, gostaria que voce falasse um pouco das linguas que aprendeu e como aprendeu…e que dicas voce da para aprender o italiano.
gostaria tambem de pedir uma orientacao para quem é qualificado, como conseguir trabalho. por exemplo, se a Italia reconhece algum diploma, se considera curriculo, por exemplo de quem tem boa experiencia com cinema , televisao, fotografia, marketing. Tenho experiencia administrativa tambem. obrigado. e me diga onde voce se encontra agora, Italia? abraços.

Reply
Fernanda 21 de Maio de 2013 - 10:45

Eu falava muito pouco em casa com a família, aí fiz um curso muito básico ofertado pelo Centro de Cultura Italiana no Paraná. Fiz 2 anos, mas era bem básico mesmo. Tanto é que quando cheguei a Itália, eu não entendia quase nada. Sem contar que meus parentes mais velhos só falavam o dialeto do Veneto, ou seja, era um caos para entender qualquer coisa. Só na mímica mesmo.

Lá na Itália tem curso, inclusive alguns eram grátis para estrangeiros. Isso em 2005. Melhor maneira é fazer um curso base aqui e ir para a Itália praticar.

Não sei sobre diploma, até porque tem muita profissão que não exige diploma para trabalhar (meu caso com publicidade e marketing). O que conta é a língua fluente e experiência de trabalho na Europa caso sua profissão não exija necessariamente um diploma. Eu nunca tentei emprego na minha área na Itália, mas tentei em Londres e era isso que eles queriam.

Só que assim – Itália é um dos países mais afetados com a crise. Todos meus amigos italianos querem vir para o Brasil trabalhar porque a situação tá feia lá. Diria que esse não é o melhor momento para ir para lá tentar a vida.

Eu moro no Brasil.

Reply
Victor Rafael Mancino 22 de Maio de 2013 - 19:41

Oi Fernanda, voce sabe se eu preciso de visto para entrar na China com o passaporte italiano???

Reply
Fernanda 22 de Maio de 2013 - 20:53

Precisa sim. Eu fui para a China com o italiano.

Reply
Victor Rafael Mancino 23 de Maio de 2013 - 18:11

Obrigado pela informação.

Reply
Márcio Martinez 25 de Maio de 2013 - 20:03

Olá Fernanda, td bem?
Meu passaporte italiano é de leitura ótica, sem foto digital e foi emitido entre a transição do optico para o digital.
Para os EUA ele nao é valido, e por isso tive que tirar o visto. Vc sabe se com ele consigo entrar no canada, como turismo, embora ele seja optico e sem foto digital?

Desde já agradeço

Márcio Martinez

Reply
Fernanda 27 de Maio de 2013 - 10:47

Tem que ver direto no Consulado Italiano.

Reply
Guilherme 27 de Maio de 2013 - 14:53

Boa tarde Fernanda. Primeiro parabéns pelo site. Você era de qual cidade aqui no Brasil.
Eu estou querendo ir para a Itália tirar minha cidadania, porém estou tentando tirar todas as dúvidas antes. Por acaso você sabe me informar como está a situação, com relação a empregos, ai na Europa? Tem demanda, ou está “feio” como dizem os jornais?
Obrigado.

Reply
Fernanda 27 de Maio de 2013 - 15:53

Eu moro no Brasil Guilherme. Eu morei na Itália em 2005.

Reply
Guilherme 27 de Maio de 2013 - 16:00

A sem problemas. Gostou da estada la?

Reply
Fernanda 27 de Maio de 2013 - 16:20

Bastante. Eu amo a Europa.

Reply
Gyka 9 de junho de 2013 - 19:12

Oi, moro na Itália, trabalho na área de RH e consultoria do trabalho. Infelizmente posso confirmar todas as informações sobre a crise nao país. Atualmente é praticamente impossível encontrar trabalho. Moro no norte, na Lombardia (o Estado de S.Paulo da Itália) e atualmente, ao invés de administrar novos contratos de trabalho, estou dedicando quase todo o tempo aos procedimentos para demissão coletiva, habilitação de créditos trabalhistas nas falências e concordatas para renegociação de dívidas trabalhistas.
Ninguém está contratando. Pouca gente está comprando, muita gente não vai viajar. A violência urbana está crescendo e assaltos e latrocínios não são mais uma novidade por aqui (na minha tranquila cidadezinha de 1800 habitantes os ladrões já fizeram “limpeza” em muitas casas).
Atualmente, o bom da dupla cidadania é permitir o deslocamento sem a burocracia da imigração. Para morar e tentar a vida na Itália, o momento é o pior que já vi.
De qualquer forma, mesmo quando essa crise passar, ser cidadão italiano não vai abrir as portas do mercado de trabalho. É fundamental saber falar e escrever BEM italiano. Caso contrário você vai ser tratado como analfabeto e corre o risco de ser explorado e passado para trás. Prepare-se, estude, leia os jornais e veja a TV daqui na internet.

flavia 27 de Maio de 2013 - 22:18

tive minha segunda ida aos eua barrada, disserao que como ja tive visto negado antes de ter cidadania italiana que eu tenho de tirar visto mesmo sendo no italiano, vc sabe me dizer sobre?
P.S..lembrando que foi na segunda vez

Reply
Fernanda 27 de Maio de 2013 - 23:18

Infelizmente não sei Flavia.

Reply
Tiago 31 de Maio de 2013 - 15:04

Olá Fernanda tudo bem? também possuo cidadania italiana e estou pensando em ir para Austrália (Working Holiday) esse ano, gostaria de saber saber se o processo do visto é muito complicado e se eles fazem muitas exigências, e ainda se o processo é muito demorado. E com relação a emprego, é fácil arrumar um trabalho por lá?

Obrigado!

Reply
Fernanda 1 de junho de 2013 - 23:18

É muito tranquilo. Sai em 24 horas o visto. Tudo é feito online.

Reply
Fernanda 2 de junho de 2013 - 03:18

Oi Fernanda,
Tudo bem?

Acabei de encontrar o seu blog fazendo pesquisa na net sobre cidadania europeia e estou adorando! Muitas informacoes ureis. Parabens!!!

Veja se saberia me tirar uma duvida…
Pretendo tirar a cidadania portuguesa. Sou bisneta de Portugues. Meu bisavo ja eh falecido e minha avo (filha dele) e minha mae (neta), nao tem a cidadania. Nunca tiveram interesse em tirar. Vc sabe se eu consigo tirar a minha direto ou se precisaria primeiro minha avo e depois a minha mae tirar? Sabe se em portugal eu conseguiria tirar a minha mais rapidamente? Sei que o seu processo foi para a cidadania Italiana, mas andei pesquisando e vi que eh parecido, pois sao paises da uniao europeia, por isso achei talvez vc pudesse ter alguma informacao.

Sei que para a cidadania portuquesa existe o processo de Atribuicao (passado de pai para filho, sem limite de geracoes e mais rapido) e por Aquisicao (acho que eh permitido ateh neto, nao sei se eu teria direito, tbm eh mais demorado).

Vc sabe se para qq um dos processos que eu utilize, teria que levar minha avo no consulado? Ou eu mesma consigo fazer tudo caso levante os documentos? Na verdade, essa eh minha maior preocupacao, pois ela ja eh bem idosa, e caso precise leva-la, certamente nao conseguiria.

Quanto ao prazo, vi em alguns sites na internet que o processo por atribuicao pode demorar de 20 dias a 1 ano. Achei um prazo super bom, mas me assustei com o prazo de anos que vc disse que sua familia esperou pela cidadania Italiana. Sabe se para o portugues eh parecido?

Ah, qual foi o seu nivel de parentesco para retirada da sua cidadania? Sabe se isso influencia no prazo para conseguir?

Desculpe por fazer tantas perguntas, mas o seu blog foi realmente o lugar com amis informacoes e atualizado que encontrei em toda a minha busca!

Caso nao saiba informar, sabe onde posso conseguir?
Ja fui no site do consulado, mas falam mais sobre os documentos necessarios. Nao tem esses detalhes.

Desde ja muito obrigada!
Fernanda.

Reply
Fernanda 3 de junho de 2013 - 00:00

Pior que realmente não sei nada sobre a portuguesa. Quanto à cidadania italiana, se você fizer na Itália, pode fazer antes dos seus pais, por exemplo. A cidadania sai só para quem entrou com o processo (isso na Itália). Sugiro que você vá ao Consulado mesmo. É a melhor fonte de informação.

Reply
Fernanda 3 de junho de 2013 - 11:18

Ok, acho que vou tentar ir la… pra ver se consigo mais informacoes do que no site. =/

Adorei o blog e vou continuar acompanhando!

Obrigada!

Fernanda.

Reply
Lucas 4 de junho de 2013 - 12:03

Fernanda,
Estou indo para os EUA agora no final de Junho e já tenho a autorização do ESTA, vou ficar lá por 1 mês e meio e nesse tempo gostaria de visitar o Canadá e voltar para os EUA será que tenho que pedir outra autorização ou posso sair e voltar?

Reply
Fernanda 4 de junho de 2013 - 13:08

o ESTA vale por 2 anos. Nao precisa pedir outro.

Reply
Marcelo Somenzi 5 de junho de 2013 - 15:24

Olá Fernanda, ótimo blog.
Sou cidadão brasileiro e italiano. Atualmente fiz o meu passaporte italiano para viajar, mas acabei não fazendo o brasileiro. Creio que não terei tempo para fazer o brasileiro pois pretendo viajar antes do final deste mês para a Itália. Tu achas que terei problemas em sair do país sem apresentar o passaporte brasileiro? No caso, pelo que vi no site da polícia federal eu deveria sair com o brasileiro e voltar com o mesmo. Mas desculpe pela ignorância, será a minha primeira viagem internacional, portanto fiquei com dúvida, no caso se eu sair com o passaporte brasileiro, ao chegar na Itália, não teria que apresentar o brasileiro também? Muito obrigado pela informação e parabéns pelo blog.

Reply
Fernanda 6 de junho de 2013 - 22:03

Olha, acabei de sair do Brasil só com o italiano. A PF encheu o saco de eu mostrar só a identidade brasileira, mas no fim, toparam em colocar que eu tinha dupla cidadania. Ou seja, rola sim sair só com o italiano, mas você precisa do RG para mostrar para a PF aqui. Na Itália, você é italiano e só usa o italiano.

Reply
Camila Wzorek 7 de junho de 2013 - 09:36

Oi,
Eu quero fazer um curso de inglês na Inglaterra, e como vou morar com os meus cunhados (que estão legais no país devido a dupla cidadania) quero levar meu filho que também possui dupla cidadania (italiana). A minha dúvida é: se for eu e meu filho para lá, eu com todos os documentos necessários para estudante (menos o visto por ser menos de 6 meses) existe algum empecilho dele ir comigo? Algo do tipo, a imigração achar estranho que eu esteja indo estudar e levar o filho junto ainda mais com dupla cidadania! OBS: meu marido nao iria junto pois ele nao pode deixar o Brasil devido ao seu trabalho. Aguardo a sua ajuda.

Reply
Fernanda 7 de junho de 2013 - 13:05

Não sei Camila. Seu filho não teria problema nenhum, pois é cidadão. Mas, não sei te dizer sobre a tua situação.

Reply
daniel 10 de junho de 2013 - 16:17

Oi Fernanda, gostei muito de seu blog, gostaria de uma informação…
Eu tenho o passaporte Italiano, e pretendo entrar nos Estados Unidos, mais a duvida esta na entrada de minha esposa, ela não possui o passaporte italiano, mas somos casados oficialmente, ela tera problemas na imigração??
Desde ja agradeço a atenção, abraços

Reply
Fernanda 11 de junho de 2013 - 01:00

Ela precisa de visto no passaporte brasileiro.

Reply
renato 11 de junho de 2013 - 14:30

Oi Fernanda! minha filha ja tem a cidadania italiana
ela fez na italia
agora queria tirar meu passaporte italiano aqui no brasil sera que é possivel pois ja tem todos os meus documentos la na comune
demora muito
obrigado

Reply
Fernanda 12 de junho de 2013 - 16:46

Não. Sao processos independentes na Itália e Brasil. Só se você for para a Itália e fizer no mesmo comuns que ela ou esperar os anos na fila do Consulado. Minha mãe tirou o dela no Brasil 7 anos depois que eu tirei o meu na Itália.

Reply
Loretta 11 de junho de 2013 - 18:54

Ola Fernanda,
Tenho cidadania italiana e vou agora para o Canada. Sei que nao preciso de visto, mas voce sabe se por acaso eh necessaria alguma autorizacao tipo o ESTA?
Obrigada!

Reply
Fernanda 12 de junho de 2013 - 16:43

Acho que não. To no México e não precisou. Deve ser igual no Canadá.

Reply
Bruno Galliano 12 de junho de 2013 - 01:55

Bom Dia Fernanda!
Primeiramente, parabéns pelo seu blog… Ele é Sensacional!!!

Eu gostaria de tirar algumas dúvidas de principiante contigo.

Em novembro estarei indo morar na casa de uma prima minha francesa… Ficarei uns 6 meses na França e depois irei para Londres para morar. Tem algum lugar que você poderia me recomendar? Um lugar em que os apês sejam mais baratinhos e tals…

A segunda pergunta é:
Minha bisavó era Italiana, eu tenho direito a tirar dupla nacionalidade assim como o passaporte Europeu ?
(Sei que vc não trabalha no consulado, más como você tem dupla cidadania ficaria mais fácil de eu entender com vc explicando, do quê procurar informações direto no consulado rsrs)

Desde já lhe agradeço…. E mais uma vez parabéns pelo Blog! 🙂

Reply
Fernanda 12 de junho de 2013 - 16:41

Da cidadania não sei. Fiz a minha há muito tempo e já não me recordo. Se fosse bisavô e você tivesse toda a documentação seria possível, mas pela linha materna tem uns pormenores. O site do consulado é super completo e também existem muitos sites que explicam o passo a passo.

Reply
Bruno Galliano 12 de junho de 2013 - 17:52

Ok, muito Obrigado.

E referente locais mais acessíveis ($$$) para se morar em Londres, você tem alguns lugares para Indicar ?

Me desculpe, a Insistência, é que sempre rola aquele “friozinho” na barriga rsrs

Abs

Reply
Fernanda 13 de junho de 2013 - 16:31

Olha, já faz 7 anos que morei lá. Muita coisa mudou desde então. Hoje já não sei mais o que tá valendo a pena no custo x benefício.

Reply
Carla 17 de junho de 2013 - 00:14

Oi Fernanda,

Tenho uma duvida e acho que vc poderia me ajudar. Viajei em fevereiro deste ano para NY com o passaporte espanhol. Sai com o brasileiro e entrei com o espanhol sem problemas, porém na saida de NY a atendente da Delta Airlines me disse que usaria o meu passaporte brasileiro para fazer o meu check in e nao o espanhol pois para ela era mais pratico. Estou muito preocupada pois nao sei se minha saida foi registrada ( já que entrei nos EUA com o espanhol e dai com o brasileiro). Vou retornar aos EUA (NY) na próxima semana e tenho medo de ter problemas. Guardei o meu cartão de embarque, mas ainda assim estou preocupada. Por favor me ajudemos a sua experiência. Minha viagem sera dia 25/06/2013. Muito grata!!!!

Reply
Carla 17 de junho de 2013 - 00:19

Só para esclarecer porque acho que ficou confuso:
Sai do Brasil com o brasileiro e entrei com o espanhol em NY.
Na saida de NY a atendente da Delta fez o meu check in utilizando os dados do meu passaporte brasileiro e nao com o passaporte espanhol.

Reply
Fernanda 17 de junho de 2013 - 09:50

Sinceramente, não sei. Eu sempre dou uma de louca quando me pedem o brasileiro fora do Brasil. Eu digo que não está comigo. Fato que ela tinha que ter usado seu passaporte espanhol.
Olha, realmente eles não carimbam o passaporte na saída lá nos EUA. Eu acho que o controle de saída é feito pela cia aérea mesmo, naquela hora que eles mandam você reconfirmar deus dados (sempre acontece comigo). Você tem que entrar na fila com o passaporte e bilhete de embarque e e eles cadastram alguma coisa no sistema. Não sei se o controle de saída é esse, mas como não tem imigração na saída, me parece que é.
Então, se for isso mesmo pode ser que você tenha problemas, mas realmente não sei te informar. Estou só supondo aqui.

Alguém consegue ajudar a Carla?

Reply
Vitor Vinuesa 19 de junho de 2013 - 11:21

Bom dia!

Carla, meus primos são espanhóis e tem nacionalidade brasileira, eles vieram da Espanha com o passaporte espanhol e entraram com o Brasileiro, segundo eles, não poderiam retornar com o passaporte Espanhol para a Espanha caso não dessem saida, ou seja, não se pode voltar de ontem teoricamente não se foi.

É a mesma situação que a sua, pode ser que quando retorne para os EUA, se tentar entrar com o passaporte espanhol eles não tenham dado “baixa” da sua saida anterior, ficando assim até o risco de você ser tida como ilegal no pais.

Abs.

Reply
Carla 20 de junho de 2013 - 01:42

Oí gente, muito obrigada pelas respostas!

Sera que o ticket da CIA aérea, que comprova o meu retorno nao resolveria a questão? Ou seja, tenho como comprovar que no dia 13-02-2013 sai de NY em um vôo da Delta e como sou brasileira a empresa registrou estes dados. O nome é idêntico nos dois passaportes.
Fernanda, ontem consultei o status da minha solicitação do ESTA e consta autorização aprovada!! Imprimi (para que apareça a data atualizada no rodapé da pagina)…penso que se houvesse algo errado a solicitação estaria como revogada, o que vc acha? (Li na instruções lá na pagina do ESTA que a solicitação so poderá ter 3 status: aprovada, negada ou revogada)

Reply
Carla 20 de junho de 2013 - 01:56

Oi Victor,

Obrigada por ajudar!
Veja bem, acho que isso é relativo. Em 2011 estive em Barcelona e entrei no pais com o passaporte espanhol. Na saída (no check in) apresentei o passaporte espanhol e a atendente automaticamente me pediu a passagem de volta para a Espanha. Disse a ela que nao tinha pois estava retornando ao Brasil pois era onde residia. E ela me respondeu que eu so poderia embarcar se apresentasse o passaporte brasileiro, caso contrario teria que ter um passagem de retorno a Espanha ( já q somente com o passaporte espanhol para o controle dAqui eu seria estrangeira e nao poderia entrar no pais sem ima passagem de retorno). A sorte évque estava também com o Brasileiro e então nao tive problemas. Como na solicitação do Esta há a pergunta do pais onde reside e esta informado Brasil, assim como local de nascimento, tenho esperanças que seja uma situação comum entre aqueles que possuem dupla cidadania.

Fernanda 20 de junho de 2013 - 10:59

Realmente não sei Carla.

Aline Nascimento 25 de junho de 2013 - 00:42

Oi Fernanda

Adorei o seu blog!
Estou com uma dúvida, tenho o passaporte português e vou viajar para a europa. É necessário levar o meu brasileiro tb ou apenas o português?

Bjo

Reply
Fernanda 25 de junho de 2013 - 10:10

dá uma olhada no post de ontem do facebook. http://www.facebook.com/citizenoftheworldbutmadeinbrazil

Reply
Any 28 de junho de 2013 - 17:05

Oie Fernanda, descobri seu blog fuçando na net e por pura curiosidade, acordei querendo conhecer o Peru haha, só que não tenho ninguém pra ir comigo, faria esse passeio sozinha, na sua opinião, é possível conhecer gente e fazer contatos pra não ficar sozinha? E muito perigoso a cidade? Adorei os seus relatos! 🙂

Reply
Fernanda 28 de junho de 2013 - 17:06

Eu fui sozinha e conheci um monte de gente no hostel (muitos brasileiros inclusive). Achei bem seguro.

Reply
Monize 2 de julho de 2013 - 16:25

Oi Fernanda, tudo bem?

Gostaria de saber se pode me dar um “caminho das pedras” pra uma situação! rs… eu e meu namorado queremos muito morar fora do Brasil e a Austrália é um dos lugares mais cogitados. Ele ouviu dizer que o passaporte italiano permite morar na Austrália sem visto nem nada, sabe se é verdade? Se for, ele irá atrás de tirar o tal passaporte pois têm direito. Além disso eu tenho procurado sites informativos para conseguir imigrar, mas muita coisa é paga e queremos fazer por conta, como você fez!
Se puder dar dicas de qual a melhor maneira de fazer acontecer esse nosso sonho, eu agradeço!
Obrigada e parabéns pelo blog!

Reply
Fernanda 2 de julho de 2013 - 16:27

tem um post aqui só sobre o Working Holiday Visa da Austrália. https://www.precisoviajar.com/2013/02/working-holiday-visa-australia.html

Reply
Nancy 7 de julho de 2013 - 22:13

Ola Fernanda, tudo bem? Tenho dupla cidadania espanhola, sabe me dizer se ainda nao e necessario retirar o visto para ir aos EUA com o passaporte europeu? O que e necessario? Muito obrigada! Bjs

Reply
Fernanda 8 de julho de 2013 - 10:28

Nesse guia gratuito tem todas as informações. http://issuu.com/blogfinestrino/docs/guia_usa_hoteis

Reply
Daniel 18 de julho de 2013 - 11:47

Oi Fernanda, encontrei seu blog no google. Gostaria de parabeniza-la por sua educação nas respostas, mesmo quando as pessoas são mal educadas.

Vou viajar para os EUA em agosto com meu passaporte Português. Já estive duas vezes no país, como estudante e turista mas com visto e passaporte Brasileiro. Meu visto já está vencido fazem alguns anos, então vou entrar apenas com o ESTA e claro tendo em mãos meu passaporte brasileiro sem o visto. Minha pergunta, com meu histórico de entradas com passaporte brasileiro, eles fazem algum tipo de questionamento ou apenas carimbam e pronto?

Reply
Fernanda 18 de julho de 2013 - 11:59

A imigração lá é sempre uma caixinha de surpresas. Eu fiquei uns 12 anos sem ir para os EUA (já tinha entrado 2 vezes com o passaporte brasileiro). Não me perguntaram nada quando entrei com o italiano, mas me pediram para ver o passaporte brasileiro uma vez em Miami.

Reply
Daniel 18 de julho de 2013 - 14:04

Provavelmente eles apenas conferem o passaporte brasileiro pra ver se você não teve algum visto negado. Imagino que seja isso. Tenho lido bastante sobre o assunto e nunca encontrei alguém com alguma manifestação de que tenha sido barrado por entrar com o visto europeu. Você conhece algum caso?

Reply
Fernanda 18 de julho de 2013 - 18:48

Não conheço nenhum caso e também nunca tive problemas.

Reply
LANE 28 de julho de 2013 - 11:41

Holá,fERNADA

Olha sou brasileira,mas vivo em España,e estou casada com um español,vou viajar com minha filha menor pro Brasil,ja tenho a autorizaçâo do pai dela em cartorio com firma reconhecida me autorizando a viaje,minha filha é española nâo tem documentos brasileiro,será que vou ter algum problema de sair do Brasil com minha filha por ter mâe brasileira????
Tambem me falaram que no caso eu poderia entrar com meu passaporte español como turista,sera verdade???

Obrigada.

Reply
Fernanda 28 de julho de 2013 - 12:21

Lane,
sinceramente não sei responder. Melhor entrar em contato com o consulado espanhol.

Reply
Irmgard 29 de julho de 2013 - 08:15

Fernanda,
tenho cidadania e passaporte austríaco e vou viajar em breve para os EUA e como seria o procedimento formal para conseguir no consulado americano a permissão para entrar no país. Não me refiro ao visto, mas sim ao procedimento burocrático que me disseram uma vez que havia para cidadãos europeus. Você já passou por isso?

Reply
Fernanda 29 de julho de 2013 - 12:58

Uns comentários acima eu mandei o link do ESTA. Só ver os procedimentos ali em cima.

Reply
Juan Macri 30 de julho de 2013 - 23:59

Ola Fernanda, boa noite.
Primeiramente, parabens pelo blog.
Vamos para as duvidas rsrs.
Deixa eu te falar, meu bisa é italiano ja falevido, minha mae tem todos os documentos que conprova a cidadadia nele, cidadw de nascimento na italia etx.
Quero tirar o passaporte italiano/cidadadia,acredito que nao devo ter problemas.. Mas agora vem as duvidas.
A minha mae nao tem passaporte brasiliro nem nada, tem que tirar a cidadania dela primiro paea depois dar emtrada nas minhas papeladas ?
Eu tbm nao tenho passaporte brasileiro, nunca sai do brasil. Tenho que tirar o passaporte brasileiro para depois dar entradano consulado italiano na minha cidadania/passaporte ?

Desculpa os erros pois estou dogotando pelo smartphone rsrs.
Obrigado
abracos

Reply
Fernanda 31 de julho de 2013 - 16:16

não precisa do brasileiro, mas você tem que entrar no site do consulado italiano e ver tudo que precisa para tirar a cidadania. Tem que entrar na fila e vai umas dezenas de anos até conseguir aqui no Brasil.

Reply
Thiago 2 de dezembro de 2013 - 17:38

Caros Juan E Fernanda.
Gostaria de esclarecer algumas coisas já que passei pelo processo de cidadania.
Juan mesmo comprovando a nacionalidade/cidadania italiana do seu bisavô você terá que passar por um “longo” processo. Vamos por partes.
1- O seu sobrenome está correto? Está de acordo ou igual ao do seu bisavô? Pergunto pois tive que retificar meu sobrenome. O Consulado não aceita nenhuma grafia errada.
2-Será necessário montar o processo passando a cidadania do bisavô/bisavó para o avô/avó, pai/mãe, exemplo minha cidadania partiu do meu bisavô, para o meu avô, minha mãe e no final EU.
3-Mesmo comprovando a documentação dele será necessário verificar se ele ñão se NATURALIZOU, caso tenha feito… VC NAO TERÁ DIREITO A CIDADANIA. Por que? Você deve estar se perguntando. Porque muitos se naturalizavam para não ter que voltar para a Itália. Se naturalizar é sinônimo de ABDICAR a cidadania de origem, no caso a italiana.
4 – A lista de documentos é grande: certidão de casamento e nascimento e óbito dos italianos (BISAVÔ+BISAVÓ, + CERTIDÃO NEGATIVA DE NATURALIZAÇÃO do seu bisavô/ bisavó
Nascimento e casamento dos avós (filhos dos italianos)
Certidão de nascimento do requerente (VOCÊ)
Todas as certidões têm que ser em INTEIRO TEOR (iss você pede nos respectivos cartórios)
5- Tradução juramentada de toda documentação brasileira.
Resumi ao máximo o processo.
Infelizmente o processo é longo no Consulado Italiano em SP.
Caso tenha tempo e disponibilidade, o mais “fácil” e rápido é tirar pela ITALIA
Sugiro que entre em contato com algum PATRONATO (orgão não-governamental que trata da cidadania e aposentadoria dos italianos) eles fazem resgate de documentação na Itália. Entre no site abaixo e veja qual escritório é mais próximo de você. No Circolo Italiano também existem muitos escritórios.
http://www.patronatoinas.com.br/
já adianto que o processo é longo…
BOA SORTE
Qualquer coisa me escreva
PS É NECESSÁRIO O PASSAPORTE BRASILEIRO para AQUISIÇãO DO ITALIANO.
Quando sua cidadania for reconhecida, ao agendar visita no consulado para emitir o passaporte será necessário levar o PASSAPORTE BRASILEIRO e uma cópia do mesmo.

Reply
Fernanda 2 de dezembro de 2013 - 20:51

Obs – na Itália não é necessário apresentar as certidões de óbito.

Reply
Marcos 22 de abril de 2014 - 14:40

Depende, Fernanda. Na verdade, sempre ouço as pessoas falando e também vejo nos posts que as pessoas tendem a generalizar as situações vividas por si ou conhecidos. Tanto na Itália quanto em qualquer lugar as situações são peculiares. Por exemplo, quando apresentei meus documentos na Itália, o funcionário que me atendeu foi bem detalhista, conferiu dados de minhas certidões etc. Sei de conhecidos meus que não passaram por isso. E o mesmo posso dizer sobre exigirem ou não a certidão de casamento. Tem gente que leva até as de óbito. Eu mesmo fiz isso, por prevenção. Não mencionaram nada acerca da necessidade delas, mas por via das dúvidas ficaram no processo. Parabéns pela atitude altruísta de manter o blog.

Reply
Marcos 22 de abril de 2014 - 15:42

Saudações a todos. Parabéns à Renata e à Juliana pelas informações prestadas. Gostaria de contribuir com algumas informações também. Entre as várias perguntas e respostas, gostaria de compartilhar algum conhecimento básico sobre a cidadania e o passaporte.
CIDADANIA = condição de cidadão de um país, que o reconhece como um nacional seu. Sendo nacional de um país, a pessoa tem direitos e obrigações para com aquele país. Entre os diversos direitos, o de obter documentos que o identifiquem, entre eles o PASSAPORTE.
Portanto, o passaporte de um país é um simples documento, necessário para viajar PARA FORA DO PAÍS QUE O EMITE. “PARA FORA”, no caso dos europeus, significa para fora do Espaço Schengen (vale a pena ler sobre o Tratado Schengen), que define, entre outras coisas, os países onde as pessoas podem transitar livremente. Existem países que fazem parte da UE, mas cujos habitantes não têm permissão simples para circular em outros países da mesma UE.

Cidadania italiana –
“limite de gerações” – para obter o reconhecimento da cidadania italiana, não existe “limite de gerações”. Basta que se prove que é descendente de algum italiano. Mas existem algumas restrições: 1) cidadãos trentinos – os que nasceram em determinadas regiões antes de depois de 16 de julho de 1920, data do Tratado de Paz entre a Itália e a Áustria, no pós-Primeira Guerra Mundial, pois têm tratamento diferenciado dos demais cidadãos italianos; 2) os filhos nascidos de mãe italiana antes de 01/01/1948, pois esses não herdavam tampouco transmitiam a cidadania italiana a seus filhos, exceto nesses casos: a) mãe cidadã e pai desconhecido; b) mãe cidadã e pai apátrida (apátrida é o que não tem cidadania reconhecida por nenhum país, situação que se procura evitar atualmente, sendo motivo de diversos tratados internacionais, pois o apátrida é praticamente um “nada”); c) filho de mãe cidadã e de pai estrangeiro cuja cidadania não pode ser transmitida ao filho de acordo com as leis do país ao qual pertence. Portanto, não é correto dizer que a pessoa vai ter problemas por buscar cidadania pelo lado materno de sua família, mas sim se o ascendente italiano for filho de mulher italiana nascida antes de 01/01/1948 e não se encaixe nos casos acima mencionados.

Tenho conhecimento do passaporte italiano, vou falar sobre o que vi quando morei na Itália. Para residir formalmente na Itália existe uma “via sacra” a ser feita, pois também é um país burocrático. Quem fixa residência lá, mesmo sendo estrangeira, já em 2006 (ano em que morei lá) a pessoa obtinha um cartão magnético de identidade com chip eletrônico, o que serve como a nossa carteira de identidade. Esse cartão é padrão dos países da UE. Para viajar entre os países da UE, basta utilizar esse cartão de identidade. Mas só é fornecido para quem fixa residência lá. Para quem tem cidadania italiana e mora fora da UE, é necessário obter o passaporte do país concessor da cidadania para viajar na condição de cidadão europeu.

As situações para quem tem dupla cidadania variam muito nos controles de fronteira, pois é uma situação relativamente nova. Mesmo aqui no Brasil os policiais não têm uma regra fixa para como lidar com ela. Podem notar pelos comentários postados que as situações são várias. Por via das dúvidas, sempre levo os dois passaportes. Na fila de controle de saída (PF), apresento o passaporte brasileiro. Na fila de embarque fico com o europeu e com o formulário do ESTA impresso, para que os atendentes da cia. aérea não torrem minha paciência (as autoridades americanas não exigem, mas aconselham a impressão do formulário), pois estão instruídos a exigir isso dos viajantes. No caminho de volta, saio com o passaporte europeu e entro no Brasil com o brasileiro.
No ano passado, quando cheguei em Miami, apresentei o formulário I-94 preenchido dentro do avião. A autoridade de fronteira pediu se eu estava usando meu ESTA e, quando disse que sim, ela rasgou o I-94 e disse que eu não precisava daquilo.
Como disse, tudo depende da situação. Vai “da sorte”, como dizem…

Reply
Yan 3 de agosto de 2013 - 14:41

Oi Fernanda, tudo bom?
Devo dizer que amo seu blog! Tenho 18 anos, e tenho uma necessidade pessoal de conhecer o mundo também. Mas bom, vamos a minha pergunta… Tenho ascendência italiana (sou bisneto) e gostaria de ter minha dupla cidadania (e consequentemente o passaporte), para isto eu teria que morar um tempo lá na Itália? Estava lendo e vi algumas coisas google afora dizendo que é necessário morar uns 6 meses lá. E minha segunda pergunta: após ter conseguido esta cidadania, se eu quiser voltar pro Brasil, poderia normalmente? Obrigado desde já!

Reply
Fernanda 3 de agosto de 2013 - 18:33

Você pode entrar com o processo em um consulado aqui no Brasil, mas certamente ficará alguns bons anos na fila até ter a cidadania reconhecida.

Reply
natália 7 de agosto de 2013 - 21:09

Oi Fernanda! Parabéns pela iniciativa de compartilhar com outros a sua vivencia! Estou me formando em medicina esse ano e possuo dupla cidadania (com passaporte). Você saberia me dizer se isso me da alguma facilidade em morar ou de permanecer nos EUA, pois pretendo continuar meus estudos por lá depois de formada. Aguardo uma resposta. Obrigada

Reply
Fernanda 8 de agosto de 2013 - 13:11

Não que eu saiba. Te dá direito de residência apenas nos países que compõe a União Européia.

Reply
Bruno 14 de agosto de 2013 - 19:27

Oi Fernanda td certo?

Sobre a cidadania italiana, gostaria de saber qual o seu grau de parentesco com o imigrante italiano que veio para o Brasil. Era seu avô, bisavô, tataravô ? Fiquei impressionado com a rapidez com que saiu. Eu pedi a minha pelo circulo trentino aqui no Brasil e até agora nada.

Parabéns pelo site!

Reply
Fernanda 15 de agosto de 2013 - 14:01

Eu fiz a cidadania em 2005 direto na Itália. Naquela época, poucas pessoas faziam o procedimento. Por isso saiu tão rápido. Além disso, eu já tinha todos os docs em mãos.

Reply
Bruno 15 de agosto de 2013 - 15:19

Obrigado por responder! Então no meu caso foi o meu tataravô que veio para o Brasil. Eu dei entrada no processo em 2005 e nada ainda rsrs.

Mas só por curiosidade, foi o seu tataravô que veio para o Brasil? Qual era o seu grau de parentesco com o imigrante?

Abcs!

Reply
Fernanda 15 de agosto de 2013 - 21:07

Não! Foram vários que vieram dos 2 lados da família, mas dei entrada pelo bisavô, porque meu vô foi o único filho dele que nasceu aqui no Brasil. Senão, poderia ter dado entrada com os docs do meu vô mesmo como fizeram alguns primos de segundo grau com o vô deles.

Reply
Rosana Carnevale 27 de agosto de 2013 - 10:55

Oi Fernanda, volto aqui para ver se voce pode me ajudar.
Estou aqui na Inglaterra com o meu passaporte italiano desde abril desse ano e em Dezembro estou voltando pro Brasil. Estou estudando numa escola de ingles. Voce sabe me dizer se preciso de visto pra ficar aqui por mais de 6 meses?
Muito obrigada pelo seu tempo.

Reply
Fernanda 27 de agosto de 2013 - 19:02

Se você entrou com o passaporte italiano não precisa.

Reply
Marianne 30 de agosto de 2013 - 09:19

Oi Fernanda, tudo bem?
Preciso de uma ajuda sua! Seguinte: atualmente estou morando em Londres e achei uma passagem surpreendemente barata para a Tailandia. Sempre foi o meu sonho viajar para la, mas isso talvez nao seja possivel por uma questao: o comprovante de vacinacao internacional esta no Brasil.
Mas lendo aqui o seu post, me veio algo na cabeca: eu tenho dupla cidadania e, pelo que li, eles so exigem a comprovacao da vacina de febre amarela quando e cidadao da America do Sul. Assim, sera que se eu entrasse com o meu passaporte italiano (mesmo aparecendo local de nascimento Brasil, Sao Paulo), eu deveria mostrar a carteira internacional de vacinacao? Muito obrigada!!! Beijos

Reply
Fernanda 31 de agosto de 2013 - 18:35

Na primeira vez que fui com o passaporte italiano eles não me pediram o comprovante.

Reply
Carol 31 de agosto de 2013 - 03:23

Boa noite, Fernanda!
Parabéns pelo seu blog! Minha dúvida é: tenho passaporte Português, e estou indo morar na Itália. Posso utilizar todo o serviço de saúde de lá gratuitamente, como um cidadão Italiano, mesmo sendo Portuguesa? Tem algum procedimento necessário?
Obrigada!
Carol

Reply
Fernanda 31 de agosto de 2013 - 18:32

Via de regra sim, mas não sei qual é o procedimento.

Reply
Dan - Muita Viagem 2 de setembro de 2013 - 01:20

Sem dúvida, um passaporte europeu ajuda bastante, tanto para estudar, morar, e, principalmente, trabalhar!

Reply
Thais G 2 de setembro de 2013 - 16:53

olá… queria pedir a minha nacionalização, também italiana, mas tenho uma dúvida. O meu tataravô era italiano e me disseram que eu vou ter que nacionalizar todo mundo, meu bisavô (que já morreu), minha avó, meu pai e depois pedir o meu… é verdade isso? Porque se for, já estou perdendo as esperanças! Vai demorar muito tempo e até acabar tudo eu já não preciso mais! kkkk

Obrigada

Reply
Fernanda 2 de setembro de 2013 - 20:29

De qualquer maneira você vai precisar dos docs do italiano em questão até você. Se for no Brasil, a cidadania sai para todos dessa fila. Se for na Itália, sai só para quem pedir o reconhecimento lá. Não demora tanto assim depois que você entrega os documentos. O problema é que a fila no Brasil passa de 10 anos só para te chamarem e você entregar os documentos.

Reply
Thais G 4 de setembro de 2013 - 16:48

ah entendi… obrigada pela informação!!! Vou tentar achar esses documentos pra fazer isso nessas férias!! Valeu mesmo!

Reply
Joao 4 de setembro de 2013 - 08:59

Olá Fernanda, gostei de sua postagem sobre obter a cidadania diretamente na Italia, estou em busca deste sonho também. Por favor, me ajuda numa coisa, sabe como andam os processos no Comune em que você conseguiu: Santa Maria di Sala ? Tem agum contato do Comune, com quem eu possa conversar antes de sair do Brasil e estreitar um relacionamento para faciliatar o processo por lá? (facilitar no sentido de ser bem atendido, não no sentido de “jeitinho brasileiro”) ?

Obrigado e sucesso.

Joao

Reply
Fernanda 4 de setembro de 2013 - 15:31

Não tenho a menor ideia. Eu fiz em 2005. Faz muito tempo. Não tenho contato nenhum e acho que nem adiantaria manda e-mail para eles.

Reply
Celso 12 de agosto de 2014 - 23:53

Olá João, Olá Fernanda, obrigado pelas dicas !
Também pretendo fazer o processo no Comune de Santa Maria di Sala que é onde meu bisavô nasceu.
João, tem alguma informação nova sobre como é fazer o processo nesse comune ?
Obrigado !
Celso

Reply
Fernanda 14 de agosto de 2014 - 22:09

sério que teu bisavô nasceu lá? Que coincidência! A cidade é muito, mas muito pequena mesmo.

Reply
Priscila 5 de setembro de 2013 - 14:38

Olá querida, tudo bem? Fiquei com uma dúvida. Você disse que cidadãos europeus pagam menos pelos cursos no Reino Unido. Meu marido tem cidadania italiana e nós estamos indo morar em Londres. Moramos lá em 2007/2008, você sabe me dizer que tipo de documento eles pedem para comprovar os 3 anos de residência lá? Beijos

Reply
Fernanda 5 de setembro de 2013 - 14:41

Realmente não sei.

Reply
Rafael Ribe Quiros 8 de setembro de 2013 - 13:58

Fernanda, boa tarde!

Primeiramente gostaria de parabeniza-la pelo blog, realmente é uma ferramenta muito esclarecedora.
Meu nome é Rafael Ribe Quiros, 38 anos, tenho cidadania española desde minha adolescência.,
Você comentou acima que para morar e trabalhar na Austrália é necessário estar enquadrado na faixa entre 18 e 30 anos, isso realmente procede? Eu não teria chance?

Obrigado e bom domingo

Reply
Fernanda 9 de setembro de 2013 - 20:44

Sim, no working holiday visa o limite é de 30 anos mesmo e não lembro se a Espanha tem acordo com a Austrália nesse visto.

Reply
Victor R. Mancino 19 de outubro de 2013 - 00:14

Eu ouvi de um brasileiro em Londres, que com o passaporte Italiano voce pode conseguir visto de trabalho na Australia e Canada ate os 35 anos de Idade.
Estou por fora e gostaria de saber mais sobre este assunto!

Reply
Fernanda 20 de outubro de 2013 - 19:34

Working holiday visa e não sei se Canadá oferece esse acordo também. E é até 30 anos. Tem um post aqui sobre o meu WHV da Austrália.

Reply
Marcelo 11 de setembro de 2013 - 00:01

Olá Fernanda
Eu sou bisneto de um polonês.
Consigo tirar o passaporte europeu?

Reply
Fernanda 11 de setembro de 2013 - 18:06

Não entendo nada de cidadania polonesa.

Reply
vera 16 de setembro de 2013 - 15:16

Parabéns pelo blog, ótimas dicas pricipalmente para os marinheiros de primeira viagem.
Minha dúvida é sobre a obrigatoriedade de ter passsaporte brasileiro para sair do BRASIL INDO PARA os EUA sendo cidadão europeu- dupla cidadania, no caso portuguesa. Liguei na PF e me disseram que não há necessidade que bastava um RG mas isso não está escrito em nenhum lugar.Poderia me ajudar com essa dúvida.

Reply
Fernanda 16 de setembro de 2013 - 19:06

Acabei de atualizar o post com essa dúvida.

Reply
Bruna 16 de setembro de 2013 - 08:34

Oi Fernanda, tudo bem?

Eu sei que ja passou um certo tempo desde o comeco desse post. Mas eu tenho uma duvida boba a respeito do passaporte europeu no caminho de volta pra Europa. E mais ou menos assim:
Eu tirei meu passaporte polones na irlanda a mais de um ano, estou vivendo com ele por aqui bem, pagando impostos, trabalhando e tudo mais. Mas ainda nao retornei ao Brasil depois disso. Vou retornar daqui duas semanas e sei que preciso usar meu passaporte brasileiro pra voltar. Ele vai vencer um mes depois que eu voltar de viajem. Entao eu nao sei exatamente qual dos dois passaportes eu apresento no caminho de volta pra Europa (o qual das filas eu pego no aeroporto de volta).
Vc quando volta do Brasil apresenta seu passaporte italiano quando chega na Europa?

Abracos.

Reply
Fernanda 16 de setembro de 2013 - 19:07

acabei de atualizar o post com essa dúvida.

Reply
Bruno Henrique 2 de fevereiro de 2017 - 10:51

Bom dia Fernanda!
Tenho uma dúvida! Se eu me casar com uma brasileira, filha de portugueses que possui passaporte europeu, Tenho direito á cidadania ou ao passaporte também? não sei se os dois são a mesma coisa..
E no caso de uma separação? eu perderia cidadania ou teria direito depois de um determinado tempo?
Parabéns pelo Blog! Foi o melhor que já vi na internet.
Obrigado

Reply
Fernanda 6 de fevereiro de 2017 - 21:01

Não sei detalhes da cidadania portuguesa, mas na cidadania italiana o processo não é tão simples e muito menos automático.

Reply
Jose Roberto 17 de setembro de 2013 - 17:37

Olá Fernanda!

Tenho uma dúvida, com a cidadania Portuguesa (dupla cidadania), eu posso trabalhar em qualquer país da Europa, sem restrição ? Ou seja, posso trabalhar na Inglaterra, França, Irlanda…
Basta comprar a passagem e chegando lá tirar o “National Insurance Number”, conforme você citou ?

Seu post é excelente!

Reply
Fernanda 17 de setembro de 2013 - 21:22

Tem que ser um país que faça parte da União Européia e no caso da cidadania italaiana, tem que fixar a residência no país que você pretende morar. Acredito que seja a mesma coisa com a portuguesa, mas é bom confirmar com um órgão oficial.

Reply
Juliana 25 de setembro de 2013 - 21:06

Oi Fernanda, parabéns pelo blog, muito bom.
Eu tenho minha cidadania desde 2010, quando eu era solteira, em 2011 eu me casei e por falta de informação e por ser coisa de brasileiros, acabei adquirindo o sobrenome do meu marido. Porém fui agora este mês fazer meu passaporte italiano, e eis a surpresa, não posso usar meu sobrenome de casada por causa das leis da Itália, então meu passaporte brasileiro tem um sobrenome a mais do que o passaporte italiano, vou ter problemas na hora de viajar? Pois o cara do consulado disse que eu tenho que comprar a passagem com o meu nome de solteira, porém pra sair do brasil tenho que sair com o passaporte brasileiro, porém pra entrar na europa eu posso entrar com passaporte europeu, mas eu acho que isso pode dar confusão. O que faço?

Reply
Fernanda 26 de setembro de 2013 - 22:23

Minha mãe tem o mesmo problema, só que no caso dela, ela tirou todos os sobrenomes de solteira e ficou só com os do meu pai. Ou seja, ela tem literalmente 2 passaportes com nomes bem diferentes. O que eu fiz no caso dela – emiti a passagem só com o nome italiano. No teu caso, é mais simples porque você não tirou nem um nome. Emite com teus últimos 2 sobrenomes, porque aí pega o do teu marido e um seu. Eu faço isso direto porque no meu italiano eu fiquei com os 2 sobrenomes do meu pai e ficou como se fosse um só.

Reply
Leonardo 1 de outubro de 2013 - 01:12

Oi Fernanda!
Parabéns pelo trabalho! Ótimo blog!

Eu tenho uma dúvida que talvez você, com sua experiência, possa responder. Eu tenho dupla nacionalidade portuguesa e estou indo com uma amiga agora para Londres. Ela está indo de férias, então só ficará um mês. Mas eu, por ter a dupla nacionalidade, pretendo ficar um pouco mais – sem tempo determinado de volta. Será minha primeira vez em Londres, então vou ver se vou gostar, me adaptar, procurar emprego…enfim.

A questão é que vou comprar a passagem para um mês, ida e volta, com ela. Eu poderia adiar essa viagem de volta, caso quisesse estender minha estada no UK? Eu ouvi dizer que algumas cias permitem que você use a passagem com validade de até um ano. Tem que pagar alguma taxa? Teria uma antecedência mínima para entrar com o pedido? Voarei de British Airways.

Bjs
Obrigado

Reply
Fernanda 1 de outubro de 2013 - 21:45

Sim, na maioria das vezes a troca de data é possível. Tem que ver com a BA se sua passagem tem validade de 1 ano mesmo (algumas valem menos – as promocionais, por exemplo).

Reply
Nathália Bauerfeldt 4 de outubro de 2013 - 10:07

Olá gostaria de saber se pode me ajudar. Já entrei diversas vezes nos EUA com o passaporte brasileiro. Porém, tenho viagem marcada para o fim de outubro e não tive tempo de renovar o visto. Não há nenhum conflito por entrar nos EUA com o passaporte italiano após já ter utilizado o brasileiro? Estou muito apreensiva…
Apenas como complementação: durante minha pesquisa (pois achei que meu passaporte brasileiro poderia ficar retido no consulado americano caso eu aplicasse para o visto antes da viagem) liguei na Policia Federal relatando o caso e a funcionaria me disse que eu poderia sair e entrar no Brasil apenas com meu passaporte europeu. Contudo, na volta, deveria apresentar junto um documento (RG) brasileiro para receber tratamento de cidadã.

Agradeço se me ajudar com minha dúvida.
Obrigada!

Reply
Fernanda 6 de outubro de 2013 - 13:13

Isso do documento, eu comentei no fim do post. E, outras pessoas já comentaram ali em cima sobre essa questão de já ter entrado com o passaporte brasileiro. Acho que não tem problema.

Reply
Leonardo 6 de outubro de 2013 - 10:26

Ola Fernanda! Legal suas informações, vi que voce trabalhou na Australia com o WHV, gostaria de saber como foi tua experiencia lá por ter este visto, que oportunidades na prática te apareceram que foram vantajosas por ter o WHV, e se voce ainda esta na Austrália.
Obrigado, Abraços!

Reply
Carla 8 de outubro de 2013 - 09:16

Boa tarde Fernanda e para todos !
Bem, sou mais uma rendida ao seu Blog, Parabéns!
E mais uma também com dúvida.
Sou brasileira mas resido em Portugal. Raramente vou lá, e agora estou de passagem marcada, e com o passaporte europeu atualizado, MAS lembrei de ir ver meu passaporte brasileiro que o mesmo está fora da validade.
Em 2003, quando cheguei de visita no Brasil, fui chamada a atençao pela Policia Federal que não poderia regressar a Portugal, sem tirar todos os documentos, CPF, carteira de trabalho, titulo de voto, identificaçao toda, sabe, nossa fiquei com medo de nao conseguir, e acabei por ter que ficar mais dias porque tem certos documentos que naquela epoca demoravam para entregar. 1 mes depois volvei a Portugal e me falar que eu tinha de ter sempre os 2 passaportes em dia.

Em 2011, eu fui no Brasil e não ouve problema nenhum, mas a Polícia Federal me carimbaram no Passaporte europeu. eu não tinha o passaporte brasileiro em dia, e dessa vez nada aconteceu.

Agora em 2013, não me informei porque pesquiso na net e nada, aí achei teu blog.
Estou com medo que acha problema.

posso ir descanssada?
nao vou ficar retida lá por não ter o passaporte brasileiro em dia?

Reply
Fernanda 8 de outubro de 2013 - 13:23

no último parágrafo desse mesmo texto eu contei minha experiência em junho desse ano. De qualquer maneira, sugiro entrar em contato com a PF e esclarecer todas essas dúvidas com uma fonte oficial.

Reply
Thiago 15 de outubro de 2013 - 16:58

Olá Fernanda… Parabéns pelo blog! Referente ao seu relato de aquisição da dupla cidadania. Assim como vc, tive um grande trabalho também. Tudo começou em 2001. Eu trabalhava em uma empresa aérea (LUFTHANSA) no aeroporto de Guarulhos. E minha primeira viagem para Europa aconteceu em 2002. Chegando no Brasil começei a correr atrás da documentação. Na época o contato com as comunes eram feitas via carta, imagine o trabalho! Resgatei alguns documentos via PATRONATO (orgão não-governamental que auxilia, descendentes) Nisso alguns documentos foram enviados etc etc. Fora isso tive que retificar meu sobrenome que estava errado. Quando meu bisavô chegou ao Brasil em 1891… logicamente não falava português e nem o agente da imigração falava italiano. O que o cara ouviu escreveu…de CROCCO virou CLOCO…Meio que perdi as esperanças na época. Já tinha enviado tudo ao Consulado aqui em SP. Quando foi em 2009 chegou uma carta do consulado pedindo toda documentação etc etc…fiquei branco pois não havia feito a retificação do sobrenome, processo que demora no mínimo 01 ano….pensei “FERROU”…minha pasta vai para o final da fila…pois existem centenas de processos no consulado.Enfim…voltei ao patronato e a pessoa que me atendia foi super bacana e conseguiu contornar a situação estendendo o prazo para que eu levasse a documentação.
O tempo passou e depois de muito trabalho, retificação de sobrenome, tradutor juramentado, correria pelos cartórios de SP….o “danado” saiu…recebi uma carta do Consulado dizendo sobre deveres e direitos do cidadão italiano…agendei para pegar o passaporte… alguns dias depois recebo uma correspondência da Comune onde meus bisavós eram registrados mencionando que minha cidadania foi reconhecida etc etc… FELICIDADE…
Quando fui ao Consulado Italiano buscar o passaporte…emoção total…
Agora estou fazendo planos para fazer exatamente o contrário dos meus bisavós…imigrar para algum país…acho que em 02 anos isso acontece…
Parabéns mais uma vez!
Thiago Crocco

Reply
Fernanda 15 de outubro de 2013 - 18:54

Que legal! Eu felizmente não tive problemas com nomes ou sobrenomes. Ninguém mudou nenhuma letra.
Boa sorte e sucesso em seus novos planos!

Reply
Vanessa 16 de outubro de 2013 - 15:22

Pessoal olhem so que interssante sobre a taxa anual do passaporte italiano. Somente se sairmos da Italia precisaremos pagar a taxa caso contrario nao!

http://www.assistenciaconsular.com.br/page_10.html

Reply
Fernanda 18 de outubro de 2013 - 14:52

Essa fonte é oficial? Porque procurei o link em italiano para essa tal lei e não encontrei nada a respeito.

Reply
Douglas 18 de dezembro de 2013 - 13:01

Thiago eu queria conversar com você se possível, pra ver se você pode me ajudar a esclarecer algumas coisas.

Thiago 19 de dezembro de 2013 - 09:54

Douglas fique a vontade para me escrever
thcrocco@gmail.com

Marcio 16 de outubro de 2013 - 23:10

Ola Fernanda,parabens pelo blog.Vou com minha noiva à Itália.Eu tenho o passaporte europeu e ela o brasileiro.Faremos conexão em Amsterdam e durante o período lá iremos de trem ate a frança.Nesse caso precisaremos de seguro Shangen ou oconvenio com o inss basta? Muito obrigado.

Reply
Fernanda 18 de outubro de 2013 - 14:49

Você não (se entrar com o europeu), mas ela acredito que sim. É bom dar uma olhada na internet na fonte oficial e ver quais países exigem o seguro (tenho quase certeza que Holanda e França estão nessa lista), mas é sempre bom conferir nas fontes oficiais.

Reply
Thais 18 de outubro de 2013 - 21:31

Olá, Fernanda. Primeiramente, obrigada pelos esclarecimentos! Estou indo para Miami em janeiro e tenho passaporte espanhol com ESTA ja aprovado. Conversei com um amigo meu que sempre vai aos EUA. Ele me disse para nao ir com o espanhol, pq a imigração de Miami é a que mais dá problema e que ele já viu não deixarem uma mulher com o passaporte italiano entrar, pois acharam muito estranho ela usar passaporte europeu sendo brasileira. O que eu faço?? è realmente mais arriscado usar o europeu? Devo tirar o visto no brasileiro? Estou super preocupada em ser barrada. Muito obrigadaa! beijos

Reply
Fernanda 20 de outubro de 2013 - 19:37

Eu já entrei por Miami e o cara pediu pra ver meus 2 passaportes, mas me deixou entrar. Não achei tão absurdo assim.

Reply
Thais 21 de outubro de 2013 - 08:54

Obrigada, Fernanda. E você não tinha o visto no brasileiro, né? Ele fez muitas perguntas além disso? Você já viu algum caso de alguém não conseguir entrar com o passaporte europeu, mesmo que estivesse tudo certo? rs..valeu mesmo! Beijos

Reply
Fernanda 22 de outubro de 2013 - 09:20

Não tinha e também não foi um interrogatório absurdo.

Reply
Fabrizio 28 de outubro de 2013 - 12:10

Ola Fernanda.
Gostei muito do seu Blog, ele esta me ajudando muito ultimamente, pois estou indo viajar na proxima semana!

Apenas uma coisa esta me preocupando..
Tenho passaporte italiano, e estou indo para Dublin fazer intercambio. Porém, não fechei curso com nenhuma agencia aqui no Brasil, vou fechar pessoalmente em alguma escola la, pois acredito que sairá mais em conta.

A minha duvida é, devo fazer um seguro de saúde aqui no Brasil? Ou por ter o passaporte europeu, ja tenho direito de utilizar hospitais púbicos?

Muito obrigado!

Reply
Fernanda 28 de outubro de 2013 - 17:06

Tem que ter tessera sanitária (tive que fazer esse cartão quando morei na Itália).

Reply
Bárbara 5 de novembro de 2013 - 13:24

Olá Fernanda,
Meu pai tem passaporte Inglês, e eu já morei em Londres por quase 3 anos quando era mais nova. porém ele voltou para o Brasil a alguns anos, sera que eu consigo o visto de permanencia para voltar agora? as vezes se eu pedir ele pra ir comigo como se estivesse voltando… se você não souber sabe onde eu descubro isso? obrigada!

Reply
Fernanda 6 de novembro de 2013 - 14:57

Pelas vias oficiais – consulado ou embaixada.

Reply
Thiago 6 de novembro de 2013 - 16:40

Bárbara aproveitando a resposta da Fernanda.
Segue link que irá ajudar a responder suas dúvidas
http://www.ukba.homeoffice.gov.uk/britishcitizenship/othernationality/Britishcitizenship/bornoverseas/

Reply
Fernanda 6 de novembro de 2013 - 16:42

Obrigada pela contribuição. Thiago.

Reply
Thiago 6 de novembro de 2013 - 17:29

Por nada Fernanda! Sempre a disposição!
abs

Reply
Roberto 8 de novembro de 2013 - 13:59

Fernanda, tbm tenho dupla cidadania, e vou aos EUA, mas vou fazer compras de eletronicos pessoal, gostaria de saber se vc sabe como eu posso fazer para trazer os produtos como meu? pensei assim compro com NF e chego aqui e mostro meu passaporte portugues e entro sem pagar o imposto, pois seria um turista no Brasil, vc sabe algo sobre isto??

Reply
Fernanda 8 de novembro de 2013 - 14:05

Você nunca será um turista se reside aqui. Até porque, mesmo se resolver entrar com o passaporte estrangeiro, tem que avisar da dupla cidadania. Quanto ao resto, me parece extremamente ilegal. Não recomendo, não faria.

Reply
Renato 12 de novembro de 2013 - 19:22

Meu passaporte italiano venceu. Nos 10 anos de validade dele soh paguei a primeira taxa anual mas fui varias vezes aos Estados Unidos. Ao pedir a emissao de um novo deve ser apresentado o antigo ao Consulado. Serei questionado ?

Reply
Fernanda 13 de novembro de 2013 - 18:43

Não sei responder.

Reply
GIOVABoNA 19 de novembro de 2013 - 22:57

Boa noite
Tive um visto para os Estados Unidos negado,e agora estou tirando cidadania alemã,isso irá me prejudicar?

Reply
Fernanda 21 de novembro de 2013 - 10:15

Para tirar a cidadania eu acho que não. Talvez para entrar nos EUA, mas é bom verificar com uma fonte oficial (embaixada ou consulado).

Reply
Natalia Cardoso 24 de novembro de 2013 - 22:57

Olá Fernanda, tenho passaporte espanhol e estou interessada em estudar em uma universidade europeia, você sabe como funciona e quais providências precisaria tomar? Agradeço desde já.

Reply
Fernanda 25 de novembro de 2013 - 00:21

Tem que procurar a universidade e ver quais são os requisitos que ela exige (teste de línguas, por exemplo) e depois ver qual o desconto para europeus.

Reply
Junior 27 de novembro de 2013 - 09:29

Bom dia, Tenho passaporte Alemão e gostaria de morar nos Estados Unidos, para entrar lá basta o ESTA, mas você tem um limite de tempo para ficar no país, e para morar qual seria o procedimento? você sabe me informar? ou aonde devo ter esta resposta, pois no consulado alemão não souberam me responder
Obrigado!

Reply
Fernanda 27 de novembro de 2013 - 18:37

O ESTA vai te dar direito a ficar lá como turista. Na última vez que estive nos EUA (abril) me deram 3 meses. Para morar no país, tem que aplicar para um visto de trabalho, estudos ou até mesmo casamento (eu acho).

Reply
Rubia 1 de dezembro de 2013 - 19:48

Tenho passaporte italiano e o meu RSTA esta vencido. Estou nos EUA ,entrei com passaporte brasileiro, e gostaria de conhecer o Canada. Queria saber se preciso do Esta ou so o passaporte italiano. Obrigada

Reply
Fernanda 2 de dezembro de 2013 - 13:36

Eu acredito que o ESTA é só para os EUA mesmo.

Reply
Sergio Scaramuzza 1 de dezembro de 2013 - 17:52

Oi Fernanda!! parabéns achei demais seu site!

Estou com uma dúvida que não encontrei aqui… eu tenho passaporte ITA desde 2008 estou querendo ir para Miami com minha esposa para ficar por la um ano para alguns cursos etc.. nos casamos esse ano 2013 e ela não tem cidadania… como ela obtem o visto nesse caso.. corre o risco de não deixarem ela me acompanhar etc..
obrigado!

Reply
Fernanda 2 de dezembro de 2013 - 13:37

Não sei te responder.

Reply
Sergio Scaramuzza 2 de dezembro de 2013 - 16:20

de qualquer forma obrigado!

Reply
Fernanda 2 de dezembro de 2013 - 20:52

Imagina! Desculpa não poder ajudar mais.

Reply
Marcella 1 de dezembro de 2013 - 21:32

Olá Fernanda!
Parabens pelo blog, bastante interessante. Também tenho nacionalidade e passaporte italiano. Fui uma vez aos EUA com a isencao de visto, com o ESTA devidamente autorizado. Nao sabia sobre essa taxa anual do passaporte, descobri lendo aqui no seu blog. Gostaria de saber como faço para pagar e ficar em dia. Tenho viagem marcada para os EUA novamente para o proximo ano. Obrigada!

Reply
Fernanda 2 de dezembro de 2013 - 13:36

É só ir até o consulado.

Reply
Douglas 17 de dezembro de 2013 - 23:27

Oi Fernanda, o meu bisavô paterno era polonês e o meu bisavô materno era Alemão a minha bisavô materna era Italiana, tem alguma chance deu conseguir a cidadania Italiana? Lembrando que eu nasci em 1998.

E caso eu tentar a nacionalidade polonêsa, comprovando com todos os documentos, indo para a Europa para encaminhar lá, quais são as chances deu conseguir a nacionalidade?

Por favor me responde( Eu já estou decidido de que o Brasil não é o pais que eu quero viver)

Reply
Fernanda 19 de dezembro de 2013 - 00:56

Olha, não sei mesmo sobre esses assuntos.

Reply
Brena 19 de dezembro de 2013 - 11:45

Ola Fernanda, legal o blog!!!

Tenho uma duvida, posso ir para Argentina saindo do Brasil com passaporte italiano? (saio do brasil com passaporte brasileiro e entro na argentina com o italiano) sei que nao precisa nem de passaporte (somente RG) para paises do mercosul, mas gostaria de iniciar o “uso” do passaporte italiano …

Reply
Fernanda 20 de dezembro de 2013 - 11:43

Você pode ir para qualquer lugar do mundo com ele, só tem que verificar se italianos precisam de visto para entrar na Argentina. Particularmente acho desnecessário ir com o italiano, visto que dá para entrar na Argentina com o RG. Muito mais tranquilo.

Reply
Vanessa 20 de dezembro de 2013 - 22:17

Olá! Gostaria que você me esclarece-se uma dúvida.
Estou atualmente morando me Londres como estudante (6 meses de visto), mas possuo direito de tirar a cidadania italiana, já tenho toda a papelada e gostaria de saber se eu aplicar aqui no consulado italiano em Londres, quanto tempo demoraria para conseguir o passaporte? Porque no Brasil leva 7 anos ou mais, e na Itália é dentre 3 meses, e em Londres?

Obrigada!

Reply
Fernanda 27 de dezembro de 2013 - 13:18

Olha, não sei nem se dá para fazer o processo em Londres.

Reply
vitor 23 de dezembro de 2013 - 00:03

Olá Fernanda,

Estava lendo em seu blog que fez todo seu processo de cidadania sozinha. Estou querendo dar inicio em meu processo sozinho mas tenho um pouco de medo já que nunca viajei para fora do país. O que acha o processo muito confuso ou da para prosseguir sozinho ?

Ciao

Parabéns pelo Blog !!

Reply
Fernanda 27 de dezembro de 2013 - 13:14

No seu caso, acho que seria melhor contratar alguém mesmo, principalmente se você não fala italiano.

Reply
Elvira 30 de dezembro de 2013 - 14:00

Oi, gostei muito dessas informações. Parabéns!!!

Reply
Juliana 3 de janeiro de 2014 - 12:35

Olá Fernanda, achei ótimo tudo que você escreveu. Viajo esse ano para a Espanha, e tenho passaporte italiano. Uma amiga que mora lá (Espanha) disse que não precisa ter o selinho, o dela está vencido a anos. Mas fiquei com uma dúvida, é necessário explicar que tem dupla cidadania, ou apresentar apenas o passaporte italiano??? Tenho um caso (claro que foi para os EUA) em que mostraram os dois passaportes e foram deportados. Se puder me ajudar, agradeço.

Reply
Fernanda 3 de janeiro de 2014 - 17:57

Nunca expliquei e também nunca mostrei os dois passaportes na Europa e tudo sempre deu certo. Ah! E em Miami me pediram o passpaorte brasileiro também, mas não me deportaram. Estranha essa história.

Reply
Paulo Sartorelli 8 de janeiro de 2014 - 17:19

Fernanda, parabenizo pela sua iniciativa de trazer informações importantíssimas neste blog.
Tenho uma dúvida, eu e minha filha de 5 anos temos cidadania e passaporte italiano, porém minha esposa e meu enteado de 7 anos não; pretendemos viajar para os EUA e inicialmente tínhamos pensado em tirar somente dois vistos e dois ESTA. Acha que pode dar algum problema quando da entrada nos EUA, sendo que entraremos em família, porém com dois passaportes europeus e dois brasileiros (sendo um deles de uma menor)? Sabe me informar?

Reply
Fernanda 9 de janeiro de 2014 - 20:23

Fui uma vez com minha irmã e cada uma entrou com um passaporte de nacionalidade diferente e não tivemos problemas. Fizeram umas perguntas, mas correu tudo bem.

Reply
cesar 28 de janeiro de 2014 - 16:44

Olá Fernanda , lendo o Post vc já tirou muitas dúvidas. Dando continuidade a esta, eu e meu filho temos o passaporte italiano ,mas minha esposa não. No guichê de entrada nos USA para Europeus, americanos e outros. Posso ir com a minha eposa (apesar do Brasileiro) no de Europeus ou é melhor todos ir no outros?

Abraço

Reply
Fernanda 29 de janeiro de 2014 - 19:57

Não existe guichê para europeus nos EUA. Só na Europa mesmo.

Reply
cesar 3 de fevereiro de 2014 - 09:28

Fernanda,
você saberia responder se eu entrando com o passaporte Italiano, poderei alugar e dirigir nos USA com a habilitação brasileira? Teria algum problema?

Att

Fernanda 3 de fevereiro de 2014 - 13:20

Não! Já fiz isso.

Giuliana 10 de janeiro de 2014 - 15:10

Olá Fernanda. Já entrei nos USA com o visto brasileiro, e agora quero entrar como portuguesa, já que tenho também esta cidadania. Já tenho também a autorização ESTA. Você acha que terei problemas nesse sentido? Terei que deixar claro que possuo dupla cidadania? Eles registram nossas digitais no sistema deles, e tenho medo que eles achem que estou querendo me passar por outra pessoa. Muito obrigada!

Reply
Fernanda 10 de janeiro de 2014 - 20:02

om, eu já tinha 3 entradas com o brasileiro antes de entrar a primeira vez com o italiano e não tive problemas. Só não lembro se na época que fui com o brasileiro tinha isso de registro de digitais.

Reply
Wanessa 17 de março de 2014 - 16:22

Olá Fernanda, tudo bem?
Fernanda estou reunindo documentos para tentar minha cidadania italiana, e depois quero ir para a Itália para dar entrada no processo, você conhece alguma empresa especializada em fazer o processo para indicar, é muito difícil escolher aleatoriamente pela internet, gostaria de uma indicação. Aguardo alguma resposta, desde já obrigada!

Reply
Fernanda 17 de março de 2014 - 23:59

Minha amiga fez com a Sant’ana cidadania e gostou.

Reply
RENATA 30 de março de 2014 - 07:21

Me ajude,

Preciso ir para o Brasil urgente porque minha mãe vai ser operada ao coração, como não sei quanto tempo ela vai precisar para se recuperar vou comprar somente o bilhete de ida e vou entrar com passaporte português porque o brasileiro esta vencido e no consulado demora 10 dias(fora o agendamento) para ficar pronto.
Será que consigo entrar no Brasil com o bilhete so de ida e com o passaporte português?
Tenho todos os meus documentos brasileiros e os comprovativos do voto eleitoral.

Reply
Fernanda 30 de março de 2014 - 20:10

Sim, já entrei com o italiano e apresentei a identidade brasileira. Só que tem que avisar que você tem dupla cidadania.

Reply
regina 4 de abril de 2014 - 12:02

Fernanda,
parabéns pelo blog!
Para entrar no Reino Unido com passaporte italiano é preciso pagar alguma taxa?
Ou apenas com o passaporte em dia está ok?
Beijos e até,
Regina

Reply
Fernanda 7 de abril de 2014 - 21:09

Acredito que não, mas é bom confirmar com o consulado.

Reply
Thiago 8 de abril de 2014 - 11:08

Ajudando na resposta da Fernanda.

O Reino Unido faz parte da União Europeia o acesso é livre para cidadãos da UE.Não há necessidade de pagamento de taxa. Contudo o passaporte tem que estar válido.
Um site bem interessante é o da União Europea
http://europa.eu/index_pt.htm
Muita coisa interessante, moradia, estudo, trabalho…
Qualquer coisa…estamos aí…

Reply
talita 21 de abril de 2014 - 02:21

Renata, como vi em alguns sites especializados em cidadania Italiana. Você levou quais documentos? Eles eram originais e traduzidos para o Italiano com o carimbo da embaixada daqui do Brasil?
Obrigada

Reply
Laís 20 de Maio de 2014 - 13:15

Estou com uma viagem marcada para os EUA e tenho o passaporte italiano. O brasileiro vai vencer daqui 5 meses. Isso atrapalha a viagem? Pq dizem que o passaporte brasileiro deve estar com no mínimo 6 meses de validade. Pode me ajudar nessa duvida?

Reply
Fernanda 22 de Maio de 2014 - 21:53

Mas nos EUA você nem mostra o brasileiro (ele só serve para você sair e entrar no Brasil).

Reply
Andrea 4 de junho de 2014 - 15:41

Boa tarde Fernanda, li as informações que você colocou, já me ajudaram, porém, gostaria de ter a certeza de que eu posso sair do Brasil com destino aos EUA somente com o passaporte europeu (no meu caso da Espanha)e o meu documento de identidade, e os meus filhos são menores e também só tem o passaporte espanhol? Eles podem sair com os mesmos documentos que eu?

Obrigada pela ajuda.
Andréa

Reply
Fernanda 5 de junho de 2014 - 22:24

Não sei. Verifique com um órgão oficial.

Reply
bruna 9 de junho de 2014 - 12:02

Olá Fernanda! Li seu post e todas as respostas que deu acima, muito obrigada! Vou tirar um período sabático (aliás vou sozinha, seus posts sobre o sudeste asiático e sobre viajar sozinha estão me ajudando muito, adoro!), e inicialmente a minha intenção era comprar uma passagem só de ida para Kuala Lumpur pela Etihad.

Acontece que vi relatos de pessoas que não puderam sair do Brasil apenas com a passagem de ida, a CIA aérea alegou que tinha q ter passagem de volta para o Brasil ou para um país de residência permanente. Imagina só, fiquei desesperada com essa história!!! Não quero correr riscos, ainda mais no comecinho de uma viagem que tem previsão para durar pelo menos 12 meses…

Como tenho passaporte italiano, pensei numa outra alternativa: comprar uma passagem só de ida para algum lugar da UE, e de lá comprar uma passagem só de ida tbm para Kuala Lumpur (todo o meu roteiro começa no sudeste asiático, então não quero estender a minha estadia na Europa)Você acha que isso pode dar certo? Pelo o que eu entendi, eu não teria problemas em sair do Brasil apenas com uma passagem só de ida para a Europa (mesmo sem nenhum outro documento, como reserva de hotéis, comprovante de $, etc), correto?

Além disso, acredito também que não devo ter problemas para sair da Europa apenas com uma passagem de ida para a Malásia, mas tbm não tenho certeza… O que acha?

Desculpa pelo texto gigaaanteee… é que ando muito ansiosa (e um pouco perdida) para esta viagem, vou em outubro!

Obrigada!!!!!!!!

Reply
Fernanda 9 de junho de 2014 - 17:53

Eu tenho passaporte italiano e olha, não me pediram nada. Nem na Oceania, nem na Ásia, nem na Europa e nem nos EUA. Eu acho que não tem problema. Mas na Europa você vai entrar na fila dos europeus. Eles só irão conferir se seu passaporte é original. Estive lá em março e nem me perguntaram nada.
É bom andar com a taxa daquele selo paga também (o do passaporte italiano).

Reply
bruna 10 de junho de 2014 - 13:44

Obrigada pela resposta! Era o que eu imaginava mesmo, mas ouvi cada coisa….

Reply
Osvaldo 14 de junho de 2014 - 12:07

Será minha primeira viagem com passaporte italiano. Indo do Brasil para Espanha depois Italia. Há uma pequena diferença no meu nome no passaporte brasileiro e no italiano. Minha dúvida é: aos comprar as passagens de madri para roma e pensando em usar o passaporte italiano, devo inserir o nome que está neste passaporte?. E de SP para Madri as passagens devem ser de acordo com o passaporte brasileiro?

Reply
Fernanda 15 de junho de 2014 - 12:33

Eu compraria tudo com o nome do italiano, até porque você só vai mostrar o brasileiro para sair do Brasil e na entrada novamente.

Reply
Osvaldo 15 de junho de 2014 - 20:47

Obrigado Fernanda

Reply
Marcelo Lopes 23 de julho de 2014 - 01:04

Olá Fernanda,

No final de Agosto/14 irei para a Africa. Comprei uma passagem de Johannesburg para Delhi na India com stopover de 96 horas em Abu Dhabi pela Etihad. Da India vou seguir viagem. Como tenho passaporte português, é só desembarcar e coletar o visto, certo? A minha dúvida é que embarcarei na África do Sul com o passaporte brasileiro. Há algum problema chegar na imigração de Abu Dhabi e apresentar o português? A companhia aérea não informa os dados para a imigração?

A minha esposa tem também passaporte português, mas o documento saiu com nome de solteira. Há algum problema nesse sentido? No brasileiro está com nome de casada e no português nome de solteira.

Obrigado!

Reply
Fernanda 25 de julho de 2014 - 18:24

Não sei te responder, mas eu sempre apresento o mesmo passaporte quando faço conexões.

Reply
Jackson 28 de julho de 2014 - 11:27

Olá Fernanda,

Com a substituição da taxa anual pela taxa única, será que ao entrar pela Itália será verificado os selos retroativos? Teria alguma informação sobre o tema?

Grato,

Jackson

Reply
Fernanda 31 de julho de 2014 - 21:25

Não sei de nada. Não sabia nem da taxa única.

Reply
Luciana 4 de agosto de 2014 - 12:21

Olá Fernanda.
Estou com uma dúvida, tenho o passaporte italiano emitido em 2004, vence em outubro de 2014, fiquei sabendo a pouco que ele precisa ter 6 meses de validade para entrar no USA, vou para Puerto Rico, sabe me dizer se isso está certo?

Reply
Fernanda 4 de agosto de 2014 - 17:28

Não sei. Tem que consultar o órgão oficial: embaixada ou consulado.

Reply
Mariane Tambelini 9 de agosto de 2014 - 15:04

Fernanda, tudo bem? Estou indo estudar na Itália nesse mês e tenho a cidadania. Com o passaporte italiano, é necessário fazer seguro? Obrigada, !

Reply
Fernanda 9 de agosto de 2014 - 18:25

É sempre recomendável.

Reply
Letícia 14 de agosto de 2014 - 06:52

oi Fernanda , não sei se você pode me ajuda mas vamos la… Estou indo para os Estados Unidos, tenho a cidadania portuguesa e entrei no Esta e deu como autorizado, e cheguei a escutar que mesmo estando autorizado você pode ser barrado, pode realmente acontecer isso?
Obrigada

Reply
Fernanda 14 de agosto de 2014 - 22:08

Sim, eles podem barrar pessoas mesmo que elas tenham visto.

Reply
Elianete 25 de setembro de 2014 - 16:30

Acabo de voltar de viagem aos EUA com passaporte italiano+ESTA. Nunca é demais lembrar que mesmo com o ESTA é necessário preencher o formulário de imigração (aquele cartão distribuído durante o vôo). Se a companhia aérea não tiver o da sua nacionalidade, procure nos balcões da área de controle de passaportes do aeroporto em que você desembarcar. Não vá na conversa das comissárias da TAM de que só o ESTA é suficiente. Fiquei mais de uma hora na fila do controle de passaportes do JFK e quando chegou minha vez precisei sair para ir preencher o form, que tem basicamente as mesmas perguntas do ESTA. Ah, e uma boa notícia para os portadores de passaporte italiano: a famigerada taxa anual foi extinta em julho de 2014.

Reply
Fernanda 25 de setembro de 2014 - 17:29

Olha, eu já fui 5 vezes para os EUA com o passaporte italiano + ESTA (inclusive fui ano passado) e NUNCA preenchi um formulário. Pode ser que esse procedimento seja novo então.

Reply
Elianete 25 de setembro de 2014 - 18:01

Fernanda, alguma vez você desembarcou no Terminal 8 do JFK? Fiquei com a nítida impressão de que lá eles não têm acesso ao sistema que mantém as informações fornecidas no preenchimento do ESTA. Aliás, também fiquei com a impressão de que joguei fora os U$14 (mais os 6,38% do IOF) que paguei pelo ESTA.

Fernanda 26 de setembro de 2014 - 07:30

Não, Elianete. No JFK eu não desembarquei. Mas ficarei atenta caso eu vá para lá. Mas pelo menos você conseguiu entrar sem problemas.

Vagner 3 de setembro de 2014 - 20:50

Ola Fernanda tudo bem? Eu tenho a cidadania Italiana fiz o registro protocolado no consulado de Curitiba, Minha pergunta e ( posso tirar o passaporte Italiano aqui no consulado Italiano em Canada) Obrigado!!

Reply
Fernanda 5 de setembro de 2014 - 09:14

Você já tem a cidadania reconhecida? Só falta o passaporte ou você vai renovar o passaporte? Onde está seu AIRE?

Reply
Vagner 16 de setembro de 2014 - 23:29

Sim ja tenho a cidadania reconhecida e meu aire esta no consulado Italiano em Curitiba e ainda nao tirei o passaporte. Estou em Canada posso fazer aqui?

Obrigado!

Reply
Fernanda 17 de setembro de 2014 - 17:49

Tem que mudar teu AIRE aí para o Canadá então para conseguir fazer o passaporte.

Reply
Gustavo 24 de setembro de 2014 - 15:35

Oi, gostaria de uma informacao se puder me ajudar, minha mulher quer fazer passaporte portugues para nossa filha de um ano, ela consegue viajar sem minha autorizacao com o passaporte portugues da nossa filha?

Reply
Fernanda 25 de setembro de 2014 - 09:27

Não sei responder.

Reply
Elianete 2 de outubro de 2014 - 17:44

Fernanda, gostaria de deixar aqui um alerta para quem pretende ir aos EUA com passaporte estrangeiro+ESTA viajando pela TAM. Na página do US Customs and Border Protection onde estão listadas todas as companhias aéreas signatárias do Visa Waiver Program a partir de 1º de outubro de 2014 não encontrei o nome da TAM (até então listada como TAM Airlines). Viajar com uma carrier signatária É CONDIÇÃO OBRIGATÓRIA para se obter ou revalidar o ESTA. Aos interessados, sugiro entrar em contato com a TAM antes de adquirir a passagem para evitar surpresas desagradáveis. A lista das carriers signatárias pode ser vista no endereço abaixo:
http://www.cbp.gov/sites/default/files/documents/Signatory%20VWP%20Carriers_5.pdf

Reply
Elianete 5 de outubro de 2014 - 13:22

Olá Fernanda. Semana passada escrevi aqui um comentário que não foi publicado. Suponho que, de alguma forma, o conteúdo possa ter sido contrário às regras do blog, já que citava nominalmente uma companhia aérea. Decidi, portanto, reformular a estrutura do texto, pois considero o assunto extremamente importante para quem pretende viajar aos EUA com passaporte europeu sob as regras do programa de isenção de vistos (Visa Waiver Program, ou VWP).
Há uma questão no processo de solicitação do ESTA que vem passando despercebida e que pode comprometer a aprovação ou renovação do ESTA e, consequentemente, a viagem. Trata-se da obrigatoriedade de o passageiro viajar com uma companhia aérea que seja signatária do Programa. Se a empresa aérea não fizer parte do grupo de signatárias a autorização de viagem não será concedida e o passageiro não poderá entrar nos EUA sob as regras do VWP. Essa obrigatoriedade está explícita nas páginas do US Customs & Border Protection, órgão responsável pela gestão do VWP.
Ocorre que a imensa maioria dos passageiros compra o bilhete aéreo antes de solicitar o ESTA. E se acontecer de a companhia aérea não ser signatária do VWP?
A quase totalidade das grandes empresas aéreas mundiais, incluindo as norte-americanas, estão na lista. Mas o que me chamou a atenção é que a mais recente relação de signatárias, datada de 1º de outubro de 2014, não traz o nome das duas principais companhias aéreas brasileiras (não vou aqui citar nomes para, talvez, não infringir as regras do blog). Uma delas até recentemente encontrava-se na lista, pois tirei meu ESTA em agosto último e viajei com ela. Mas não está mais. Pelo menos com sua denominação anterior, pela qual é amplamente conhecida.
Portanto, minha recomendação para quem pretende viajar sob as regras do VWP é checar as empresas aéreas signatárias antes de comprar a passagem para não ter surpresas desagradáveis. Isso pode ser feito no site do US Customs&Border Protection, no endereço:
http://www.cbp.gov/travel/international-visitors/visa-waiver-program
Nesta página, clicar em VWP Signatory Carriers List. Espero ter sido útil.

Reply
Fernanda 5 de outubro de 2014 - 19:27

Não, não foi bloqueado. É que eu não entrei no blog esses dias. Olhe só: minha amiga atualizou o ESTA dela exatamente no dia 1o de outubro e irá viajar com a Tam. Ainda não tive tempo de ver essa lista, mas irei verificar. Não há censura aqui.

Reply
Elianete 6 de outubro de 2014 - 18:40

Fernanda, fui levada a pensar que o comentário não havia sido publicado porque ele desapareceu logo após ter sido postado e só voltou ontem, após sua manifestação. Que bom que não há censura em seu blog. Melhor ainda é sua amiga ter feito o ESTA e encontrado a TAM entre as empresas. Será que quem solicitar depois de 1º de outubro também encontrará? E a Gol, que igualmente não está na lista? Vou continuar acompanhando seu blog para ver se há desdobramentos. Abraços.

Reply
Fernanda 7 de outubro de 2014 - 17:24

Eu tenho um ESTA. Tentarei atualizar para ver se essas cias aparecem por lá.

Reply
Elianete 8 de outubro de 2014 - 14:26

A TAM respondeu a um usuário do Facebook que havia alertado sobre o nome da empresa não estar na lista das empresas signatárias do VWP. Segue: “Na lista VWP Signatory Carriers List consta como LATAM, contudo você conseguirá, ao realizar o ESTA, identificar no campo Travel information o nome da TAM Airlines em Carrier information, dando sequência com as informações pessoais. Você não terá problemas para emitir o documento, devido não ser um campo obrigatório para autorização do ESTA (somente obrigatório nos itens onde consta o asterisco em vermelho)”. Pelo menos agora há uma manifestação oficial da empresa. Mas permanece a dúvida em relação à Gol.

Fernanda 9 de outubro de 2014 - 21:49

Acho que você pode fazer isso que eles falaram e adicionar o nome da cia.

Eduardo 12 de outubro de 2014 - 11:09

Fernanda….
Uma perguntinha… sei que para o mercosul não precisa de visto ou mesmo passaporte para brasileiros… MAS, caso eu entre na argentina por exemplo (que nao pede visto para italianos) com o passaporte europeu ele provavelmente será carimbado… mas antes disso eu preciso dar algum tipo de “saida” na P.Federal do Brasil no meu passaporte italiano?
Tipo… como o agente da imigração argentina libera a entrada de um Italiano sem que ele não tenha um “histórico de sua origem” no passaporte…?

Obrigado

Reply
Fernanda 20 de outubro de 2014 - 23:25

Sim, tem que dar saída e entrada. Eu fiz isso quando fui para o México com o italiano. Na verdade, eles carimbaram mesmo só quando voltei para o Brasil.

Reply
Eduardo 21 de outubro de 2014 - 21:48

Mas para quem tem dupla-cidadania não se usaria o passaporte brasileiro para entrar e sair do Brasil (sem fazer imigração/carimbo) e entrar e sair no exterior com o passaporte italiano…?
Quando voce foi para o Mexico com o passaporte italiano as autoridades brasileiras carimbaram seu passaporte italiano na entrada do Brasil? se foi isso, nesse caso, voce estaria na condição de estrangeira no Brasil (via de regra, com prazo de 90 dias para ficar no Brasil)? …. qual o entendimento se pode ter?

Reply
Fernanda 21 de outubro de 2014 - 22:06

Sim, esse é o procedimento. Só que eu estava com o passaporte brasileiro vencido. Na saída mostrei um italiano e minha identidade brasileira. Eles não carimbaram meu passaporte italiano (aliás, nunca carimbam na saída de nenhum país). Na volta, carimbaram, mas já tinha um aviso no sistema que eu também era brasileira, então não tive esse problema de entrar como estrangeira. Você TEM que avisar que também é brasileiro.

Reply
Aloísio Begrow 29 de outubro de 2014 - 17:57

Olá, tudo bem?
Adorei seu site
Sabe me dizer se há alguma diferença entre ter passaporte alemão e cidadania alemã? Há alguma?
Muito obrigado

Reply
Fernanda 30 de outubro de 2014 - 17:12

Passaporte é apenas um documento de viagem e só cidadãos podem ter passaporte de determinado país. Na verdade, é errado falar “tenho passaporte tal”, pois você é um cidadão de determinado país. Passaporte serve só para viajar mesmo.

Reply
Daniel 3 de novembro de 2014 - 22:13

Olá ! Sou de Curitiba e após vários anos foi deferido meu processo de Cidadania Italiana. Minha pergunta é sobre a identidade na Itália , somente a consigo na Itália ? precisa algum documento do consulado Italiano no Brasil para conseguir ? Precisa ter endereço na fixo itália ? att. Daniel

Reply
Fernanda 4 de novembro de 2014 - 20:34

Identidade na Itália só na Itália mesmo. Tem que comprovar a residência lá e fazer no comune (prefeitura). Vale por 5 anos.

Reply
Paulo 5 de novembro de 2014 - 13:01

Fernanda, primeiro parabéns pelo seu blog, é uma excelente ferramenta de comunicação.

Gostaria de saber de você e dos demais, a quem possa ajudar: tenho cidadania italiana e penso em trabalhar na Itália ou outro País da comunidade europeia; como devo dar o start nesse processo, existe algum órgão aqui no Brasil (nos moldes do Sebrae, por exemplo) que me auxilie nesse intento, ao menos com informações?
Isso auxiliaria muito na minha decisão e em escolher o que fazer lá, procurar um emprego, ou de repente até investir num negócio próprio.
Desde já agradeço pela atenção.

Reply
Fernanda 6 de novembro de 2014 - 21:19

Acredito que não, visto que brasileiros não têm direito a residência permanente na Europa. Talvez Portugal tenha algo nesse sentido em português.

Reply
Fábio 22 de dezembro de 2014 - 16:41

Olá Fernanda, parabéns pelo seu site. Completo com dicas e comentários para somar.
Tenho duas ou três dúvidas ara tirar com você e demais leitores assíduos de seu site.

Irei viajar para NYC em Março/14 eu possuo visto mas minha namorada tem dupla cidadania (Brasileira e Britânica)

Estou com dúvidas para viajar:
Devemos emitir o ESTA para o passaporte dela certo, pergunto:

Esta será a primeira segunda viagem utilizando o passaporte britanico dela, a primeira foi para o Chile, que nem precisava mas é importante registrar como teste.

1) Então para NYC ela deve apresentar na saída do Brasil ? e na entrada do US? não terá problema?

2) Ela precisa levar o passaporte Brasileiro com ela? esta vencido? Precisa renovar ou não pois ela utilizara o Britânico? mas se ajudar podemos levar junto o Brasileiro Vencido até pq ela já teve na Disney quando era adolescente com o passaporte brasileiro.

3) Vamos de TAM e pelo que li acima não terá problema certo, LATAM e depois Add TAM.

4) Alguma dica para que tem dupla nacionalidade na imigração dos EUA? do que apresentar?

Reply
Fernanda 22 de dezembro de 2014 - 20:28

Para sair do Brasil, você deve SEMPRE apresentar o passaporte brasileiro. No retorno ao Brasil, idem. Nos EUA, apresenta o passaporte europeu. Sinceramente? Até já fiz o teste de sair do Brasil só com o europeu, mas a PF enche o saco, então não recomendo. O ideal é ter os 2 passaportes válidos.

O procedimento de imigração para europeus nos EUA só se diferencia porque você não tem que preencher o formulário (o ESTA faz essa parte de formulário). Eles podem pedir exatamente as mesmas coisas que pedem para as outras nacionalidades: bilhete de volta, comprovante de estadia, cartão de crédito, etc.

Reply
Fábio 24 de dezembro de 2014 - 10:37

Fer, obrigado então é melhor fazer um novo passaporte válido para não ter dor de cabeça.

Faço outra pergunta, não iremos ficar em hotel e sim em uma casa de amigos, devo levar algum documento para comprovar a estadia? já que a passagem de ida e volta já estão compradas.

obriagdo

Reply
Fernanda 28 de dezembro de 2014 - 21:32

é melhor.

Reply
Bruno Carlos Mendonça 30 de janeiro de 2015 - 11:16

Bom dia, Fernanda.
Estou passando só para elogiar seu blog e sua atenção ele foi muito importante, vou ir para os EUA com passaporte vencido e tenho dupla cidadania também.

Reply
Fernanda 30 de janeiro de 2015 - 17:10

Obrigada e boa viagem!

Reply
Fernanda 30 de janeiro de 2015 - 17:10

Obrigada e boa viagem!

Reply
Thais 5 de fevereiro de 2015 - 12:21

Fernanda, boa tarde! Ótimo o seu site, já me ajudou muito!

Uma dúvida: já viajei uma vez aos EUA (há um ano) com o ESTA! Fui para Califórnia com a TAM.

Dessa vez vou viajar em abril, pela Delta, para NY.

Meu ESTA é válido até outubro desse ano.

Preciso atualizar minhas informações de viagem?? (Cia aérea, nº do voo, aonde vou ficar)? Como faço isso?

Muito obrigada.

Reply
Fernanda 5 de fevereiro de 2015 - 17:26

Sim, atualiza esses dados lá no site oficial do ESTA. Primeiro procura seu ESTA atual e depois edita essa parte. É bem tranquilo.

Reply
Thaís 5 de fevereiro de 2015 - 19:40

Muito obrigada!!! Um problema: consigo facilmente alterar o endereço em que vou ficar nos EUA, porém não eh possível alterar o número do voo e a cia aérea!! Eles dizem no site que se for precisar alterar qualquer informação além do email ou do endereço deverá ser feito novo ESTA!

Reply
Fernanda 6 de fevereiro de 2015 - 00:03

Estranho. Eu alterei recentemente e não tive problemas.

Reply
Geovanni 26 de fevereiro de 2015 - 15:08

Ola Fernanda!!! também tenho sobrenome SOUZA da minha família da parte de Lages SC e acredito que seja de origem portuguesa, mas tenho outro sobrenome RABELLO que acredito que seja italiano , foi muito difícil conseguir os documentos para conseguir a cidadania italiana?

Reply
Fernanda 26 de fevereiro de 2015 - 16:48

Não, porque era bem próximo e eu não fiz pela parte do meu pai e sim da minha mãe que é italiana.

Reply
Guilherme 26 de fevereiro de 2015 - 22:55

Sou de Orleans-SC tenho 19 anos, estou na fase final da preparação dos documentos para reconhecer minha cidadania italiana na Itália.Posteriormente quero ir para Inglaterra estudar e trabalhar. Já estou cursando inglês à 2 anos e 3 meses. Do seu ponto de vista, eu tenho boas esperanças com relação aos estudos e também com o trabalho lá ? Espero ter sido compreendido. Atenciosamente Guilherme.

Reply
Fernanda 27 de fevereiro de 2015 - 08:29

Com documentação e inglês, acredito que sim.

Reply
Flavia 27 de fevereiro de 2015 - 20:14

Olá Fernanda. Parabéns pelo blog. Concluirei meu processo de reconhecimento da cidadania italiana em julho 2015. Tenho uma filha com 15 anos e gostaria que ela fizesse intercâmbio de 1 mês em algum país da Europa. Para essa idade vc teria alguma recomendação de país para fazer o intercâmbio? Há algum procedimento que eu possa fazer ou pesquisar para ter um custo menor na aquisição do intercâmbio, já que possuiremos passaporte europeu? Agradeço imensamente. Abraço.

Reply
Fernanda 28 de fevereiro de 2015 - 16:27

Olha, o desconto é maior nas universidades se você comprova que já mora em algum país da Europa. Com 15 anos, o ideal seria fazer o intercâmbio tradicional (ficar em casa de família). Sugiro Inglaterra, Escócia ou Irlanda.

Reply
Flavia 27 de fevereiro de 2015 - 23:54

Olá, Fernanda! Vc achou tranquilo entrar com o passaporte italiano nos USA? Eu acabei de conseguir o meu e meu visto americano vai vencer agora no proximo mes e estou em dúvida se renovo ou não… Como foi sua experiência? Fico com medo de encrencarem por eu ter tido visto como brasileira anteriormente e agora estar entrando lá como italiana e ficarem me questionando… O que vc acha? Obrigada e parabéns pelo site.

Reply
Fernanda 28 de fevereiro de 2015 - 16:24

Nunca tive problemas e já tinha entrado outras três vezes com passaporte brasileiro. Recomendo, pois o ESTA (autorização eletrônica que você tem que fazer para entrar com o passaporte italiano) é muito mais barato do que o visto.

Reply
Victor Hugo 26 de março de 2015 - 00:41

Olá Fernanda, como vai? Fiquei super animado ao ver que você ainda responde aos comentário deste artigo. Estou planejando ir para Dublin no fim do ano e pretendo viver lá. Tenho passaporte espanhol. Pois bem, gostaria de saber como devo me comportar se questionado sobre o motivo da minha ida. Quero fazer um tempo de aulas de inglês mas estarei a todo momento em busca de emprego. Terei acesso ao sistema público de saúde ou terei que adquirir seguros de viagem? Sou profissional de TI, trabalho com desenvolvimento de softwares e tenho nível intermediário no inglês. O cenário é positivo para emigração? Obrigado!!!

Reply
Fernanda 26 de março de 2015 - 07:52

Você não será questionado sobre nada. Como tem passaporte europeu, tem livre acesso nos países do acordo. Não sei como funciona na Espanha, mas na Itália eu fiz a “tessera sanitaria” que é meu cartão de saúde. Só que quando vou a passeio, eu faço seguro de viagem, só para garantir.

Reply
Ulisses 26 de março de 2015 - 20:36

Prezada Fernanda,
Minha filha viajou duas vezes para os EUA com passaporte brasileiro contendo o visto exigido.
Considerando-se que o visto americano está vencido, não há problema se agora ela utilizar o passaporte italiano, correto?
Agradeço se puder me ajudar.

Reply
Fernanda 26 de março de 2015 - 21:09

Ulisses,
eu entrei nos EUA 2 vezes com o brasileiro. Depois, o visto venceu, fiz o passaporte italiano, utilizei nas demais vezes e nunca tive problemas.

Reply
ElisAngela gimenez 31 de março de 2015 - 05:34

Olá Fernanda …. tenho uma dúvida … Vou viajar para Madri pra estudar e procurar um emprego …. tenho dupla cidadania Brasileira e Espanhola, ccomprei minha passagem com meu nome espanhol. … vi que meu passaporte brasileiro esta vencido … consigo entrar e sair do Brasil somente com meu passaporte espanhol?

Reply
Fernanda 31 de março de 2015 - 07:20

Até consegue, mas tem que carregar um documento brasileiro (identidade) e deixar claro na entrada e saída do Brasil que tem dupla cidadania.

Reply
Léo Sanchez 3 de abril de 2015 - 09:30

Oi Fernanda, tudo bom?
Queria tirar uma duvida se possivel, eu moro em barcelona, e estou no tramite de tirar meu passaporte Espanhol, ele tem o mesmo benefico de entrar na Australia, Eua, Japão….sem ter dor de cabeça na extrangeria ou até mesmo pra tirar o visto?

Reply
Fernanda 3 de abril de 2015 - 09:35 Reply
João 27 de abril de 2015 - 10:01

Olá Fernanda, tenho cidadania portuguesa, saberia me dizer se necessito do seguro saúde para viajar pra portugal? Em outras oportunidades fiz o seguro antes de viajar mais como tirei a cidadania a pouco tempo não tenho certeza dessa necessidade.
Abçs

Reply
Fernanda 27 de abril de 2015 - 15:17

Não é obrigatório.

Reply
Camilla 9 de abril de 2015 - 16:25

Oi Fernanda !!! Adorei o seu site !!
Estou pensando em iniciar com o processo de dupla cidadania, mas pelas pesquisas superficiais, já vi que o trâmite é bem árduo.
Bem gostaria de alguns esclarecimentos, eu posso iniciar as pesquisas a partir do meu avô que era italiano, ou necessariamente inicia-se pelo bisavô ?
Também gostaria de saber se é possível fazer todas essas buscas sozinhas, ou se é necessário consultoria ou escritório.
Sou do RJ, qualquer dica para iniciante que puder me fornecer será bem-vinda !!! rs

Muito obrigada desde já !!!!

Reply
Fernanda 9 de abril de 2015 - 17:11

Começa pelo italiano da sua família. Se for seu vô e você tiver toda a documentação, dá para fazer sozinha.

Reply
bianca 16 de abril de 2015 - 20:16

oi fernanda,
tudo bom?
li aqui e queria te pedir um help. sou franco brasileira, tenho so dois passaportes mas meu brasileiro venceu. tenho uma viagem agora dia 22. vi q vc saiu do brasil p/ o exterior com seu passaporte europeu. meu vôo é para Buenos Aires. Só que estou sem meu RG tbm pq fui roubada. Só tenho carteira de trabalho 9 antiga) e certidão. Não ta bom pro meu lado rsrs. Vc acha q consigo viajar com meu passaporte frances? Ou é melhor tentar um de emergencia ??
Obrigada

Reply
Fernanda 16 de abril de 2015 - 22:00

Você não tem nenhum outro documento brasileiro com foto? Você precisa de um para sair do Brasil. Lá em BA pode usar o francês.

Reply
Felipe Toledo 23 de abril de 2015 - 09:43

Ola Fernanda, tenho 20 anos e possuo meu passaporte italiano e cidadania. Gostaria de saber se eu posso fazer faculdade e trabalhar tranqüilamente nos EUA?

Reply
Fernanda 23 de abril de 2015 - 16:54

Nos EUA? Não. O livre acesso é para os países da união européia.

Reply
Carla 13 de Maio de 2015 - 11:15

Olá Fernanda! Bem legal seu blog! Se vc puder,me esclareça uma coisa: tenho cidadania italiana e posso tirar a identidade européia em qualquer consulado italiano da europa?
obrigada
bjinhos

Reply
Fernanda 13 de Maio de 2015 - 22:09

Não. Identidade só para residentes na Itália. O passaporte você consegue no consulado onde seu endereço está registrado.

Reply
Bruna 25 de Maio de 2015 - 19:14

Oi Fernanda!

Vi que você ainda responde dúvidas nesse post antigo e assim, preciso de uma luz urgente!

Eu e meus pais viajamos pra Portugal amanhã e hoje conferindo os documentos, minha mãe percebeu que o passaporte brasileiro dela está vencido, venceu dia 28/04, há 1 mês atrás. Porém, como meu pai é português, ela também possui o passaporte português, que está dentro da data de validade. Vi ali no post que você foi pro México em 2013, só com seu passaporte italiano e RG e deu tudo certo. Você sabe se minha mãe consegue embarcar amanhã pra Portugal, só com o passaporte português e RG, já q o brasileiro está vencido?

Obrigada,
Bruna.

Reply
Fernanda 25 de Maio de 2015 - 19:23

Eu fiz isso e consegui. Tem que deixar claro na saída que tem dupla cidadania.

Reply
Gabriel 1 de junho de 2015 - 10:58

Olá, tenho dúvidas sobre a renovação do meu passaporte,
ele foi emitido em Londres e estou morando em Curitiba, e não sei se estou registrado no aire pq era pequeno quando ele foi emitido, o AIRE é registrado junto com a emissão do passaporte?

Reply
Fernanda 1 de junho de 2015 - 12:18

Não! Você tem que atualizar seu endereço no consulado de Curitiba.

Reply
Julyanne speltri 20 de junho de 2015 - 11:32

Olá Fernanda,gostaria da sua ajuda.
Meu marido é brasileiro e possui a cidadania italiana(eu ainda nao)Temos uma Filha de um ano e meio,estamos planejando ir para a Irlanda(morar),vc saberia me informar como funcionaria a minha entrada nesse caso?Teria que entrar com visto de turista?
Obrigada desde ja.

Reply
Fernanda 20 de junho de 2015 - 11:34

Não! Você tem que tirar aquele visto de cônjuge. Lá no site do consulado tem as informações necessárias. E sua filha, vocês podem fazer a cidadania dela (se é que já não tem).

Reply
Julyanne speltri 20 de junho de 2015 - 17:53

Muito obrigada pela ajuda!;)

Reply
Daniel rodrigues 21 de junho de 2015 - 18:24

Olá Fernanda,tenhoa cidadania italiana e estou indo para a Irlanda definitivamente,para solicitar o visto de cônjuge da minha esposa eu solicito no consulado da Itália ou da Irlanda?
Obrigado

Reply
Fernanda 21 de junho de 2015 - 18:25

Eu tentaria aqui mesmo, Daniel.

Reply
Kátia 25 de junho de 2015 - 19:20

Olá Fernanda! Adorei sua disposição em ajudar os demais com suas informações! Vc deve ser alguém muito especial para se dispor dessa forma! Estou com uma dúvida…meu pai é português e vai para a Itália em setembro. O problema é que o passaporte dele vence em março, ou seja, ,menos de 6 meses de validade da data de retorno. Me disseram que não haveria problema pois os cidadãos da UE só precisam de documento válido para entrar na Itália. Você sabe algo sobre isso? Obrigada!

Reply
Fernanda 25 de junho de 2015 - 19:27

Olha, sempre bom se informar com um órgão oficial. Eu acho que não tem problema, mas não posso afirmar.

Reply
Mariana 28 de junho de 2015 - 18:39

Ola Fernanda! Sera que vc pode me ajudar??
Vou para os EUA com a minha afilhada que eh menor de idade…os pais dela ja estao providenciando a documentacao que autoriza ela viajar comigo…
Ela vai entrar nos EUA com passaporte italiano…eu soh tenho o brasileiro mesmo…
Vc saberia me responder se ela vai passar sozinha na fila por ter esse passaporte italiano? ou eu posso passar com ela??? Ela nao entende muito ingles e nao faz muito sentido a menina passar sozinha na fila para passaportes que nao precisam de visto ne….
Aguardo retorno

Reply
Fernanda 28 de junho de 2015 - 20:26

Vocês irão passar na mesma fila. A fila de quem não é americano ou não tem Green card. Só na Europa que existe uma fila especial para quem é da UÉ.

Reply
Jackson 1 de julho de 2015 - 18:05

Olá Fernanda

Primeiramente parabéns pelo blog e também pelo arrojo e coragem em correr atrás daquilo q se deseja. Vi o seu perfil e de como conquistou seu passaporte, admiro pessoas assim.
Fernanda não sei se vc poderá responder ou se tem alguma informação sobre o meu caso.
Moro na Nova Zelandia e tenho o passaporte Neozelandês, vou ao Brasil no fim do ano e estou com o meu passaporte brasileiro vencido e não quero renovar, já q não preciso mais dele.
Vc sabe se por eu ser brasileiro de origem, terei algum problema para entrar no Brasil só com o passaporte Neozelandês? Há algum Impecilho, Multa ou algo desse tipo?
Liguei no consulado brasileiro aqui e eles disseram q não sabem e pediram pra eu ligar na polícia federal no Brasil, daí liguei na polícia federal e eles pediram pra eu me informar no consulado daqui.
Estou numa dúvida cruel pois não queria renovar o passaporte para não precisar gastar, mais tb não quero tomar nenhuma multa lá no Brasil.
Desculpe pelo testamento Fernanda.
Vc tem alguma informação sobre este meu caso.
Desde já mtssimo obrigado.

Jackson

Reply
Fernanda 1 de julho de 2015 - 19:08

Eu já entrei e saí do Brasil com o passaporte italiano. Apresentei outro documento brasileiro para a PF (minha identidade). Deu certo.

Reply
Selena 24 de setembro de 2015 - 22:39

Olá, Fernanda! Meus parabéns pelo seu blog. Me ajudou muito!
Estou tentando resolver uma questão, mas ainda não cheguei a uma resposta definitiva. Também tenho cidadania italiana além da brasileira. Viajo para os EUA no próximo mês. Já estou com o ESTA em mãos, mas ainda incomodada com a questão da TAM.
Na lista atualizada (01/09/15) das companhias signatárias, não consta o nome da TAM. A LATAM que está na lista não parece ter qualquer coisa a ver com a fusão da LAN com a TAM, pois consta como Latam LLC, uma empresa americana.
No telefone da TAM, não conseguiram tirar minha dúvida.
Durante o preenchimento do ESTA, me solicitaram o endereço de onde ficaria, mas não houve qualquer menção em relação à companhia aérea.
Li os comentários anteriores sobre essa questão, mas ninguém chegou a comentar se teve algum problema depois.
Será possível que uma empresa grande como a TAM tivesse uma falha dessas e q isso nunca tenha dado problemas para eles?! Difícil imaginar q não haja várias pessoas nessa situação indo para os EUA pela TAM…
Alguma luz?
Desde já, agradeço!
Selena.

Reply
Fernanda 25 de setembro de 2015 - 06:38

O que vc acabou colocando no ESTA, qual cia? Sinceramente, isso não tem muita importância. Eles se preocupam mesmo com as outras informações, como o endereço que você citou. Eu fui de AA da última vez, mas já fui de TAM para lá e nunca tive problemas.

Reply
Selena 25 de setembro de 2015 - 11:10

Obrigada, Fernanda, pela pronta resposta! Em verdade, não houve nenhum local pra preencher a companhia aérea, o que, talvez, fale ainda mais a favor de que isso não vá ter importância. Espero!!!
A atendente da TAM me disse que há um decreto presidencial (ela não soube dizer de quando) isentando as empresas aéreas de visto de entrada. Ficamos sem saber se isso teria qualquer relação.
De qualquer forma, vou precisar arriscar, pois não tenho tempo hábil para solicitar o visto.
Agradeço mais uma vez a ajuda! Um grande abraço,
Selena.

Reply
Fernanda 25 de setembro de 2015 - 11:12

Pode ficar tranquila quanto a isso.

Reply
Bianca Filgueira 19 de outubro de 2015 - 13:59

Olá Fernanda,
Estou com uma dúvida, vou viajar em dezembro para Espanha e tenho dupla nacionalidade espanhola comprei as passagens com meu nome brasileiro, que esta diferente do meu nome espanhol. Vou apresentar meu passaporte brasileiro para sair do pais e o espanhol para entrar e sair da Espanha.
Você acha que no eu vou ter algum problema quanto a isso? Posso apresentar os dois passaportes na hora do check in para comprovar que meu nome esta correto?
Desde já agradeço a atenção, abraços

Reply
Fernanda 19 de outubro de 2015 - 14:01

Acho que não terá problemas. O nome está muito diferente? Eu só mostro o brasileiro aqui e o italiano na Europa.

Reply
Bianca Filgueira 19 de outubro de 2015 - 14:43

Fernanda, obrigada pelo retorno.
A unica diferença é que no passaporte brasileiro eu tenho um sobrenome a mais, que é o de casada e no espanhol estou com o nome como se fosse de solteira.

Reply
Fernanda 19 de outubro de 2015 - 14:47

Ah, pode ficar trabquila então.

Reply
Flavio 25 de outubro de 2015 - 15:25

Boa tarde Fernanda,
Parabéns pelo blog. Achei sensacional!!!
Só pra lembrar, com relação à cidadania italiana: após ser chamado ao Consulado onde está requerendo
sua cidadania e entregar os documentos necessários em ordem, o prazo para que saia sua cidadania
é de até 2 anos. Isso além do tempo que você ficou na fila que é hoje de mais ou menos 10 anos.
Dei entrada em minha cidadania em maio deste ano em São Paulo.
Também adoro viajar, aprender línguas e conhecer outras culturas.
Flavio

Reply
Fernanda 25 de outubro de 2015 - 15:27

É verdade. Na Itália é bem mais rápido. Fora não ter a fila, o reconhecimento sai em poucos meses.

Reply
Lean 25 de outubro de 2015 - 16:03

Olá, sou de minas, nao possuo nenhum familiar na italia. Ja estou estou com passaporte em maos. Soube que ate 90 dias nao precisa de visto. Porem meu objetivo é conseguir a cidadania italiana.quanto tempo em media demora para se conseguir a cidadania?? E para esse tempo qual seria o visto indicado, para que eu pudesse ficar legalmente e trabalhar tbm ?? Obrigado

Reply
Fernanda 25 de outubro de 2015 - 23:35

Depende, Lean. Você já tem toda a documentação traduzida e legalizada? Irá fazer o processo sozinho ou com alguma assessoria? Em qual cidade da Itália pretende reconhecer sua cidadania? Já tem um lugar para ficar e que possa servir como sua residência lá? Cidadãos da UE não precisam de visto para ficar na Itália, logo com a cidadania reconhecida você não precisará de visto para trabalhar. Agora o tempo que vai demorar vai depender das respostas de todas as perguntas.

Reply
Diego 30 de outubro de 2015 - 13:34

Olá, Fernanda !
Li muito aqui sobre seu blog e me identifiquei com várias coisas !
Também morei na Australia um tempo e hoje estou nos 40 dias finais da minha volta ao mundo 🙁
6 meses, 5 continentes, 31 países !
Comecei pela Australia e vim sentido Europa! Se interessar, posso contar mais depois !
É bom saber que tem mais gente meio louca igual eu hahahaha
Enfim, eu gostaria de pedir sua ajuda para tirar a cidadania italiana !
A maioria dos sites oferece apenas serviço pago,e eu gostaria de fazer por conta pra economizar (e muito). Encontrei informaçoes para o procedimento mas nao sei se estao corretas
Eu ja tenho todas as certidoes de nascimento,casamento e alguns casos (obito) do meu parente até eu e vou aplicar tudo na Italia (tenho parentes em Treviso)
Quanto a viagem, é o de menos, depois de tanta experiencia na volta ao mundo, ir para a Italia aplicar o visto ficou ”facil” rsrs ainda mais com parentes lá ! Estou apenas com receio quanto a documentação e o processo necessario no Brasil.
Por favor, se puder responder aqui mesmo ou enviar um email, ficarei grato !
Qual o procedimento necessario agora ? mandar traduzir e reconhecer as certidoes ?
Nao vejo a hora de pegar a dupla cidadania para voltar para a Australia !!! rsrsrs
Obrigado !!!!
Abraço !

Reply
Fernanda 30 de outubro de 2015 - 20:29

Eu fiz a minha sozinha em 2005. A parte mais difícil é encontrar alguém disposto a te dar a residência na Itália. Não basta alugar um quarto, por exemplo. A pessoa tem que declarar que você mora lá e isso tem influência direta nas taxas que o proprietário do lugar paga. Em relação aos documentos: tem que traduzir com tradutor juramentado (reconhecidos pelo consulado) e ter certeza que não é necessário retificar o nome do italiano ou algum sobrenome errado na linha sucessória. Feito isso, tem que legalizar. Na Itália, tem que registrar a residência, dar entrada no processo e aguardar a carta de não-renúncia do italiano (essa resposta vem do Brasil). O processo em si é simples, mas a parte da residência realmente é complicada.

Reply
Cláudio Ferro 1 de novembro de 2015 - 17:29

Olá Fernanda como vai…meus parabéns por sua trajetória e por suas dicas muito importantes! Gostaria de uma idéia um incentivo seu, moro no Brasil na cidade de Poços de Caldas -MG por sinal uma bela cidade. Ando meio desanimado com este nosso País e gostaria de talvez de tentar algo na Europa. Trabalho com informática e também com fotografia aqui, porém amo fotografar e te pergunto, seria uma boa profissão ou talvez trabalhar com fotografia arte por estes lados ai?
Como esta a econômia no geral por ai, e também em relação ao Brasil qual o seu ponto de vista comparativo? Fico grato e um grande abraço!

Reply
Fernanda 1 de novembro de 2015 - 17:34

Cláudio,
no momento estou morando no Brasil. Acho que só valeria a pena ir para Europa agora se fosse com toda a documentação (ou seja, com visto de trabalho ou sendo cidadão europeu) e para um país que esteja com a economia forte.

Reply
Cláudio Ferro 1 de novembro de 2015 - 23:19

O sim entendi Fernanda, eu me esquecí de mencionar para vc que eu possuo a cidadania italiana, dai que estou mais animado etendeu…

Reply
Fernanda 1 de novembro de 2015 - 23:24

Se você possui a documentação vale a pena dar uma investigada no mercado de trabalho na Europa, já que você pode trabalhar legalmente por lá.

Reply
Entrando nos EUA com passaporte europeu 1 de novembro de 2015 - 17:32

[…] Veja mais vantagens de ter um passaporte europeu […]

Reply
Osmar P. Beckert 1 de novembro de 2015 - 21:24

Boa noite Fernanda,
parabéns palas informações/dicas. Minha esposa tem cidadania alemã e vamos para os EUA no final do ano, com uma escala em Toronto. Ele necessitará do eTA?
Grato
Osmar

Reply
Fernanda 1 de novembro de 2015 - 21:26

Sim, se vai entrar com o passaporte europeu precisa do Esta para entrar nos EUA.

Reply
Osmar P. Beckert 2 de novembro de 2015 - 19:37

Para os EUA ok, ja fizemos. Mas para o Canadá, será preciso? Meu passaporte é brasileiro e ja providenciei o visto.
Att

Reply
Fernanda 2 de novembro de 2015 - 19:48

Então, nunca fui para o Canadá. Sei o que ESTA funciona da mesma maneira lá para europeus. Se é só escala e não for sair do aeroporto talvez não precise, mas dá uma confirmada com a cia aérea.

Reply
Rodolfo Silva 9 de novembro de 2015 - 14:02

Olá fernanda, estou indo a passeio para australia mas faço conexão em NY, você sabe me dizer se usando o passaporte português na imigração de ny vou precisar do visto de transito americano ou de qualquer outro visto??
Se sim, você saberia me indicar o site responsavel por emitir esse doc?

Reply
Fernanda 9 de novembro de 2015 - 16:46

Usando o português não, mas é bom fazer o ESTA. Tem um post aqui no blog sobre como entrar nos EUA com passaporte europeu.

Reply
marcio 18 de novembro de 2015 - 19:59

bom minha pergunta é simples voltei dos estados unidos recentemente ha um ano e meio so que passei da minha permanencia em um mes gostaria de saber se terei ploblemas em entrar novamente la quando fui entrei com meo passapote vemelho o italiano desde ja agradeço abraços marcio bizzotto

Reply
Fernanda 18 de novembro de 2015 - 20:01

Acredito que sim. Eles têm tudo documentado no sistema, dia da entrada e saída. Mas o ideal é verificar diretamente no órgão oficial (embaixada ou consulado).

Reply
Annelize 20 de novembro de 2015 - 00:52

Oi Fernanda
Acabei de receber a notícia sobre minha cidadania italiana ?????.
Gostaria de saber se você saberia me responder, como posso tirar meu passaporte italiano morando nos EUA, desde já agradeço.

Reply
Fernanda 22 de novembro de 2015 - 21:47

O AIRE precisa estar atualizado com seu endereço dos EUA. Tem que ir lá no consulado, atualizar seus dados e depois pedir o passaporte.

Reply
Mariana 5 de dezembro de 2015 - 06:56

Bom dia!!!!
Tenho uma pergunta.
Minha mãe vai viajar para os EUA agora em janeiro, a mesma possui passaporte brasileiro válido, o esta é apenas passaporte alemão, ela não tem cidadania ainda. Tem problema em entrar nos EUA por ter apenas o passaporte alemão e não cidadania?
Ela vai na fila dos que têm esta?
Vale ela levar um passaporte antigo com um visto já vencido?
Muito obrigada pela ajuda.

Reply
Fernanda 5 de dezembro de 2015 - 09:30

Como assim ela tem passaporte e não tem cidadania? Passaporte é um documento de viagem e só é dado para cidadãos de determinados países. Se ela tem o passaporte tem que ter a cidadania.

Reply
Henrique 8 de dezembro de 2015 - 04:03

Olá Fernanda,
Li várias respostas e fiquei feliz em ver que ainda responde as perguntas desde a criação do post.
Meu caso é que tenho visto de estudante na Alemanha. Adquiri minha cidadania e meu passaporte italiano este mês, durante minha estadia aqui com o visto temporário.
Meu visto, porém, expira nos próximos meses, e teria que estender meu visto para continuar aqui na Europa, já que ainda tenho que obter meu carimbo de saída no passaporte brasileiro, mesmo já possuindo passaporte italiano. Porém não voltarei para o Brasil por enquanto.
Você como é possível proceder neste caso? Se há alguma forma de eu já obter o carimbo de volta no passporte brasileiro mesmo sem sair da Europa e com isso já utilizar somente o italiano e economizar muito sem precisar de renovar o visto?

Um abraço

Reply
Fernanda 21 de dezembro de 2015 - 19:11

Não tem como sair do espaço Schengen e voltar? Não precisa vir ao Brasil. O marido da minha amiga foi para o Marrocos e voltou (enquanto aguardava a cidadania italiana ficar pronta).

Reply
johnny 10 de dezembro de 2015 - 14:20

Fernanda, boa tarde!

Me interessei muito pela sua página. Estou tirando a cidadania portuguesa e pretendo trabalhar em Londres.

Com a cidadania portuguesa, em quais países posso trabalhar? Apenas na U.E.? E o visto WHV para Australia ou NZ? não posso adquiri-lo?

Reply
Fernanda 21 de dezembro de 2015 - 16:54

Portugal não está na lista do WHV para a Austrália. NZ eu não sei. E você pode trabalhar nos países da UE.

Reply
debora 11 de dezembro de 2015 - 16:58

Oi Fernanda

Boa tarde

Muito bom seu site! Parabéns!
Me tira uma duvida: eu e meu filho somos cidadãos europeus, meu marido não! Numa viagem a Europa ele precisará apresentar a passagem de volta mesmo sendo acompanhante de cidadão europeu ? E quanto a imigração?

Obrigada e abraços

Debora

Reply
Fernanda 21 de dezembro de 2015 - 16:53

Na imigração vocês podem passar juntos. Aí depende do oficial pedir a documentação. Como ele está com cônjuge e filho europeu, acredito que não terá problemas.

Reply
Renan 21 de dezembro de 2015 - 20:14

pq vc não respondeu ? n entendi estou na Irlanda

Reply
Fernanda 21 de dezembro de 2015 - 20:51

Não respondeu o que, Renan?

Reply
renan 21 de dezembro de 2015 - 22:19

Então queria saber porque token helena quanto tempo eu posso ficar estados unidos com visto está Qual é o limite de tempo valeu e parabéns pelo seu blog

Reply
Fernanda 21 de dezembro de 2015 - 22:33

Desculpa, mas não entendi a pergunta.

Reply
renan 21 de dezembro de 2015 - 22:50

Então gostaria de saber quem tem o insta Danilo espanhola com coco por quanto tempo eu posso ficar na América do Norte com o visto são três meses ou seis meses

Reply
Fernanda 21 de dezembro de 2015 - 23:02

Não sei. O ano passado, em NY, o oficial carimbou 30 dias no meu passaporte.

evelin 22 de dezembro de 2015 - 12:38

Olá! Estou pesquisando a possibilidade de conseguir meu passaporte espanhol, pois tenho interesse em residir na Alemanha, onde meu namorado (brasileiro) esta morando atualmente. Ele esta na Alemanha a 2 anos e terá que retornar ao Brasil em fevereiro. Ocorre que sou neta de espanhol, sobrenome Casteliano (Castelhano em espanhol), e estou vendo que terei grandes dificuldades em solicitar meu passaporte no Brasil, visto que, como mencionado no seu post, as filas são enormes e o processo beeeeeem demorado. Você saberia informar como ocorre o processo na Espanha? Terei que me hospedar na Espanha durante o processo? Poderia acompanhar o processo na Alemanha e comparecer a Espanha quando necessário? Pesquisei e soube que terei que residir 6 meses na Espanha para poder dar entrada no meu passaporte, devido a audiências que possivelmente serei chamada, sendo que o processo deve demorar mais ou menos esse período. Aguardo retorno e desde já, agradeço!

Reply
Fernanda 22 de dezembro de 2015 - 16:24

Não sei nada sobre cidadania espanhola.

Reply
Luciana 29 de dezembro de 2015 - 11:14

Oi Fe

Eu tenho passaporte alemao e estou indo com o work holiday visa para australia agora.
Voce chegou a fazer seguro saude quando fez seu work holiday visa por la? Fizesse em empresa brasileira ou da australia?

Pelo que tenho consultado, no Brasil e mais barato… Mas n’ao sei se o pais exige um seguro saude feito por la… Sabes de algo?

Reply
Fernanda 29 de dezembro de 2015 - 16:33

Fiz com a assist card aqui no Brasil. A Real (nosso parceiro) vende o seguro deles. No Brasil é mais barato. O seguro não é exigido, mas eu achei melhor fazer um e viajar tranquila.

Reply
Letícia 6 de janeiro de 2016 - 02:36

Olá, sou nova aqui no site, e eu estou com uma duvida, eu tenho a cidadania italiana, eu poderia fazer faculdade no Reino Unido pelo valor de um cidadão? Ou tem que ter alguma prova que eu moro a tantos anos, Pq eu não moro na Europa, ainda moro no Brasil pois estou terminando o colégio, será que eu teria que morar antes na Europa para ter algum direito?

Reply
Fernanda 6 de janeiro de 2016 - 08:57

Sim, no UK eles exigem um tempo mínimo de residência. Minha amiga teve que comprovar que morava lá há 3 anos.

Reply
Luis 13 de janeiro de 2016 - 11:56

Oi Fernanda, tudo bem?

Um dia perguntei pra você se eu teria vantagens para entra na Austrália com passaporte europeu, lembrando que eu tenho 35 anos e não poderia entrar mais no working holiday visa. Eu escrevi pra você que o despachante e agencia de intercambio que me ajudaram com o visto me disseram que eu não precisaria apresentar nenhuma documentação comprovando renda e você discordou dizendo que sim, precisaria apresentar documentação. Pois bem, apliquei o visto e foi aprovado, em 12 dias e sem sequer apresentar nenhum documento, apenas o COE e matricula da escola, além de um formulário com doze perguntas. Muito fácil. Minha intenção, humildemente, é agregar informações ao seu blog que tanto ajuda algumas pessoas com informações pertinentes.

Um abraço.

Reply
Fernanda 13 de janeiro de 2016 - 16:44

Oi, Luis!
Que bom que deu certo. Em 2011 não tinha diferença nos requisitos exigidos para cada nacionalidade. Mas fico feliz que você veio aqui e atualizou essa informação. Bom que outros brasileiros com dupla cidadania podem se beneficiar também. Boa sorte na Austrália. O país é maravilhoso.

Reply
Renan Rueda 21 de janeiro de 2016 - 03:10

Luiz por favor como vc conseguiu seu visto para Austrália com o passaporte europeu? Poderia passar a sua experiência como vc fez , queria ir apenas para trabalhar , tenho passaporte espanhol e estou em Dublin, tenho 19 anos poderia me dar uma dica, terei que ficar ilegal como posso fazer para ficar legal no país ? ou por quanto tempo com o passo ajuda? obrigado pela atenção e desculpa qualquer coisa, obrigado muito obrigado, boa noite.

Reply
Luis 22 de janeiro de 2016 - 02:12

Renan,

Ir apenas para trabalhar não sei se é permitido. Você precisa se matricular em algum curso na Austrália e terá o direito de trabalhar por 20 horas/semana. Consulte uma agência de intercâmbio.

Reply
marcio 15 de janeiro de 2016 - 19:31

tenho passaporte italiano que vence em 2 meses e pretendo ir antes para os estados unidos, gostaria de saber se precisa ter 6 meses de validade além da viagem como o brasileiro. obs : tenho visto no passaporte italiano e ja estive lá ha 2 meses com a validade de 4 meses adiante e não houve problema nenhum, mas alguns sites indicam que precisa ter os tais 6 meses igual ao brasileiro

Reply
Fernanda 15 de janeiro de 2016 - 23:34

Sim, eu já li isso mesmo e também já li 3 meses. Você já entrou em contato com o consulado?

Reply
Monica 23 de fevereiro de 2016 - 15:07

Oi Fernanda.
meu esposo tem dupla cidadania, nasceu no Brasil, moramos no Brasil, na hora de preencher o ESTA, tenho que preencher como cidadão Italiano? com os dados do passaporte Italiano?
E na pergunta Cidadão de outro país, colocar a opção SIM( que é o Brasil) ?
Não tem problemas se o endereço é brasileiro, assim como telefones, etc.?
Agradeço se puder ajudar.

Reply
Marina Martin 12 de abril de 2016 - 21:22

Ola Fernanda. Gostaria de saber se somente quem tem o passaporte italiano tem a vantagem de solicitar o Working Holiday Visa para a Austrália ou o passaporte europeu em si tem essa vantagem? Obrigada

Reply
Fernanda 26 de abril de 2016 - 07:11

Não são todos os países da Europa que possuem esse acordo. A Itália é um dos que possui.

Reply
Mônica 12 de Maio de 2016 - 17:03

Oi Fernanda. Gente, esse post de 2012 rende até hoje, né? kkkkkkkkkk Isso demonstra a qualidade do teu blog! Adoro todos teus posts.
Sobre esse post, eu tenho uma situação peculiar, e talvez tu possas me ajudar: meu namorado (brasileiro) tem dupla cidadania (italiana) e vamos nos casar no final do ano. Prevemos nos mudar para a Alemanha. Tu sabes se eu tenho direito de entrar na Alemanha como cônjuge, possuindo os mesmos direitos de cidadã Italiana, ou provavelmente entrarei como brasileira? Qualquer informação que tiveres, será bem vinda. No mais, em breve irei fazer um ano sabático também. Obrigada pelas dicas deste outro post! 😉

Reply
Fernanda 12 de Maio de 2016 - 22:32

Mônica, você vai ter que se informar no consulado qual é o tramite para conseguir o visto de cônjuge, se é que eles ainda estão fazendo o processo no Brasil. Uma amiga fez procedimento similar no ano passado e teve que fazer na Itália (ela foi morar lá).

Reply
Clayton 19 de Maio de 2016 - 11:34

Ola Fernanda. Parabéns pelo texto e informações oferecidas.
Tenho uma duvida e gostaria de seu auxilio.
Meu irmão penou e conseguiu tirar a dupla cidadania italiana pra ele. Foi pra Itália, ficou um tempo pra conseguir os documentos e tal, voltou e fez o processo todo no consulado de Curitiba. Isso ja fazem uns 8 anos.
Agora, eu, estou indo morar e trabalhar em Portugal com visto residencia.
Queria saber se, estando em Portugal, consigo dar entrada na dupla nacionalidade, utilizando os documentos que meu irmão conseguiu ou e’ melhor dar um pulo na Itália e tentar fazer tudo por la?
Aguardo e te agradeço desde ja.

Reply
Fernanda 19 de Maio de 2016 - 19:21

Teria que ver se esse tipo de visto permitiria tirar pelo consulado de Portugal. Eu realmente não sei nada sobre isso. Tenho uma amiga que mora na França e não conseguiu fazer via consulado da França e teve que ir para a Itália.

Reply
Anderson 19 de Maio de 2016 - 14:53

Olá Fernanda, parabéns pelo excelente blog.
Tenho uma dúvida. Eu tenho passaporte italiano e sei que para entrar na Europa basta ir na fila dos EU citizens e passar tranquilamente na imigração. Porém desta vez estou viajando com a minha esposa, mas ela não tem passaporte europeu, só o brasileiro. Posso levá-la comigo para a fila de cidadãos europeus ou eu devo ir com ela na fila de não europeus?
Obrigado

Reply
Fernanda 19 de Maio de 2016 - 19:20

Vários leitores comentaram aqui que passaram com a pessoa que tinha passaporte brasileiro na fila dos europeus. Só que dependendo do aeroporto, a imigração é feita nas máquinas. Em Londres foi assim. Fique atento em relação a isso. Meu entendimento é que tem que ir para a fila dos não-europeus. Eu faria isso, mas como muita gente comentou que fez o contrário, acho que tá valendo também.

Reply
Anderson 20 de Maio de 2016 - 08:47

Obrigado Fernanda, no caso vou entrar no aeroporto de Madrid, já ouviu algum caso de lá que deu certo?

Obrigado

Reply
Fernanda 23 de Maio de 2016 - 20:43

O pessoal não comentou em quais aeroportos fizeram isso, mas estive ano passado em Madrid e lá a imigração é presencial mesmo (sem máquinas).

Reply
Camila 21 de Maio de 2016 - 22:20

Oi Fernanda,
nunca fui para o exterior e vou para os EUA esse ano. Tenho dupla nacionalidade, vou com passaporte espanhol porque não precisa de visto. Tenho uma dúvida: qual nome devo colocar nas passagens e na reserva do hotel? o que está no passaporte brasileiro ou o do espanhol?

Reply
Fernanda 23 de Maio de 2016 - 20:38

Coloco sempre o do italiano, porque é com ele que eu entro nos EUA. Não esqueça de tirar o ESTA (espécie de visto eletrônico) com o passaporte europeu. Faça isso antes da viagem.

Reply
Luana 23 de Maio de 2016 - 17:10

Oi Fernanda, tudo bem?
Assim como você também tenho dupla cidadania, passaporte italiano e pretendo viajar para Austrália. Gostaria de saber sobre a questão do certificado internacional de vacinação, o que você fez em relação a isto para entrar na Austrália?
Obrigada

Reply
Fernanda 23 de Maio de 2016 - 20:31

Eu já tinha o certificado internacional da vacina de febre amarela. Foi só esse que levei.

Reply
Anni Luise 25 de Maio de 2016 - 16:08

Oi Fernanda, tudo bem? Tenho o passaporte alemão há muitos anos ( sou alemã nascida lá) mas moro no Brasil desde criança. Você falou que para sair do Brasil é necessário somente o passaporte europeu, mas em uma viagem minha para os EUA em 2011 eu estava só com o alemão e o pessoal encrencou demais, tanto na ida quanto na volta. No check in em SP até ameaçaram que eu não ia embarcar, colocaram um stand by na minha mala , mesmo eu falando várias vezes que eu tinha dupla cidadania e apresentando o RG. No fim eu fui sem problemas, mas na volta tb tomei uma “bronca” da polícia federal, que mandou eu renovar meu passaporte ( ele estava vencido) e falou que da próxima vez que eu tentasse viajar sem ele eu não embarcaria. LOGICO que nunca mais tentei viajar sem o brasileiro rs, mas isso sempre ficou na minha cabeça, pois não faz sentido me exigirem dois passaportes pra embarcar…Esse ano vou de novo pra Europa mas estou de saco cheio de viajar com dois passaportes e queria ter certeza de que isso realmente não é necessário ( e que o drama que fizeram comigo em guarulhos daquela vez foi falta de informação deles mesmo rs). Tem algum lugar que fala sobre isso? Obrigada!!

Reply
Fernanda 26 de Maio de 2016 - 17:54

Meu passaporte brasileiro venceu há pouco tempo e pensei seriamente em não renová-lo porque também acho um saco viajar com 2 passaportes. Embora eu tenha viajado uma vez só com o italiano e tenha dado certo, achei que não valia o stress. Em tempo: não levei bronca, o cara só me pediu para avisar na volta que eu era brasileira. Mas ficou claro para mim que eles não gostam quando você viaja com o passaporte estrangeiro. Resumindo: continuo viajando com os dois passaportes e também não encontrei nenhum lugar que fale sobre isso.

Reply
Luana 8 de junho de 2016 - 10:40

Oi Fernanda.. muito obrigada pela sua resposta!
Outra pergunta que tenho é, você sabe algo a respeito do evisitor para a AUS, com o passaporte italiano? Quanto tempo antes da viagem é bom fazer?
obrigada

Reply
Fernanda 8 de junho de 2016 - 19:35

Oi, Luana! Não sei sobre o visto, mas faria com uma certa antecedência da viagem. Acredito que eles irão pedir as datas de entrada e saída.

Reply
Cidadania italiana na Itália: passo a passo | Preciso Viajar 14 de junho de 2016 - 21:16

[…] dos posts mais acessados aqui do blog é o vantagens do passaporte europeu e muita gente acaba me questionando sobre a cidadania italiana. Reconheci a minha, sozinha, na […]

Reply
Gabriel Moura Ramos 16 de junho de 2016 - 12:59

Oi Fernanda, tudo bem?
Tenho nacionalidade portuguesa e estou pensando em fazer um intercambio a partir de agosto/2017. Andei pesquisando cursos de ingles na Australia e pela Europa e vi que os cursos na Australia são mais caros para estrangeiros do que são na Europa. Eu sendo Portugues consigo preços melhores para cursos de Ingles na Europa? Onde consigo esse tipo de informação? Estou com dificuldade de encontrar essas informações?
Obrigado

Reply
Fernanda 19 de junho de 2016 - 13:56