Curitiba é conhecida como capital ecológica e faz jus ao nome. São várias opções de parques espalhados por Curitiba, mas não é só isso. Listamos 50 atrações gratuitas em Curitiba. Para imprimir e trazer na mala. Aproveite o melhor de Curitiba e economize nos passeios para aproveitar um dos pontos fortes da capital paranaense: a gastronomia. Come-se muito bem em Curitiba e com preços bem mais amigáveis do que em outras capitais brasileiras.

Em Curitiba, recomendo a hospedagem no bairro Batel. Já fiquei no Tulip Inn Curitiba Batel; Ibis Curitiba Batel e no Quality Curitiba.

50 atrações gratuitas em Curitiba

1) Ciclovias. Pedalar ou até mesmo caminhar por um dos 127 km de ciclovia da capital paranaense é grátis.

2) Fonte Jerusalém. Fica no final da ciclovia da avenida Sete de Setembro. Fonte que tem como objetivo celebrar a paz entre os povos e foi construída para celebrar os 3.000 anos de Jerusalém.

3) Praça do Japão. Esse é um dos meus lugares favoritos em Curitiba. A praça erguida em homenagem à imigração japonesa no Paraná é um oásis de tranquilidade no meio dos prédios. Saiba mais sobre a Praça do Japão.

4) Parque Barigui. Eu adoro o Barigui (longe dos horários de pico). Fica muito lotado nas tardes de sábado e domingo, mas é uma delícia caminhar no Parque Barigui bem cedinho.

atrações gratuitas curitiba

Foto: Shutterstock

5) Praça da Espanha. Uma linda praça que fica em um dos bairros mais nobres de Curitiba, o bairro Batel. É super concorrida aos sábados por causa de sua feira de antiguidades e exposição de carros antigos.

6) Batel Soho. Ok, não é bem o Soho de Nova York ou Londres, mas é uma região bem descolada de Curitiba.

7) Praça da Ucrânia. Fica concorrida todas as sextas feiras à noite por causa da feirinha de comidas. As comidas não são de graça, mas são baratas e deliciosas.

8) Praça do Gaúcho. O nome verdadeiro é Praça do Redentor, mas por causa da famosa sorveteria do Gaúcho, a praça hoje é conhecida por esse nome. Ótimo lugar para quem gosta de skate (e sorvete).

9) Cemitério Municipal. Se o cemitério da Recoleta em Buenos Aires é famoso por causa do túmulo da Evita, o cemitério municipal de Curitiba é famoso por causa do túmulo da Maria Bueno, considerada uma “santa” do Paraná.

10) Praça do Expedicionário. Erguida em homenagem aos soldados brasileiros que morreram na 2a Guerra Mundial. Bom lugar para quem curte História.

11) Parque Tanguá. Se você só puder visitar um parque em Curitiba, vá ao Tanguá sem medo de ser feliz. É  o parque mais bonito da cidade (na minha opinião e de muitos outros).

atrações gratuitas curitiba

Foto: Shutterstock

12) Parque Tingui. Fica às margens do Rio Barigui e é um dos principais parques da cidade.

13) Memorial Ucraniano. Fica dentro do Parque Tingui e tem uma réplica de uma igreja ucraniana. É um dos lugares mais bonitos de Curitiba (na minha opinião).

 

14) Parque São Lourenço. Fica no bairro de mesmo nome e é mais um dos lindos parques de Curitiba.

15) Parque Passaúna. Não entra tanto na rota turística (é bem afastado do centro da cidade), mas é lindíssimo. No verão, chega a ser a “praia” dos curitibanos.

16) Jardim Botânico. É o cartão postal mais famoso de Curitiba e apesar de ser realmente lindo, não o considero o cartão postal mais bonito da cidade. O parque é enorme e fica florido em todas as estações. Vale a visita! Saiba mais sobre o Jardim Botânico.

atrações gratuitas curitiba

 

17) Ópera de Arame. Acho que esse foi o teatro mais diferente que já vi. Minha formatura foi lá. Um dos cartões postais mais famosos da cidade e tem entrada gratuita.

 

atrações gratuitas em curitiba

Detalhe da Ópera de Arame, Curitiba

18) Pedreira Paulo Leminski. Fica ao lado da Ópera de Arame e tem um lago artificial que dá um charme especial ao local. É palco de muitos shows na cidade (infelizmente os shows não são gratuitos).

19) Bosque do Papa. Foi inaugurado após a visita do Papa João Paulo II à Curitiba. Possui um memorial da imigração polonesa.

20) Museu do Olho*. Tem entrada gratuita no 1o domingo de cada mês. Caso não esteja em Curitiba em uma dessas datas, a entrada custa R$6. Vale lembrar que apreciar a área externa do museu é grátis. Na minha opinião, essa é a atração turística mais bonita de Curitiba.

21) Parcão. É o parque que fica atrás do Museu do Olho. Não é o mais bonito da cidade, mas é o melhor para quem tem cachorro. A cachorrada pode brincar à vontade nesse parque.

22) Praça Rio Iguaçu. Fica ao lado do Palácio Iguaçu (sede do governo do estado) e chama a atenção por causa de seu painel colorido.

23) Bosque do Alemão. O preferido da criançada por causa da trilha de “João e Maria”, a famosa fábula dos irmãos Grimm.

24) Mercado Municipal. Foi reformado recentemente e ficou muito bonito. Uma visita rápida pelo mercado é gratuita, mas ele também é uma boa opção para a “feira” propriamente dita ou para comer comida orgânica. Para os fãs do “pé na jaca” há boas opções de massas na praça de alimentação.

atrações gratuitas curitiba

Foto: Shutterstock

25) Passeio Público. Verdade seja dita, mas comparado ao que já foi, pode-se dizer que hoje o Passeio Público está meio caído. Mesmo assim, o lugar faz parte da história de Curitiba e é gratuito mesmo. Por que não visitá-lo?

26) Memorial Árabe. Fica em frente ao Passeio Público e é interessante para quem quer conhecer um pouco mais da história do Oriente Médio.

27) Praça 19 de Dezembro. Mais conhecida como a Praça do homem nu, tem painéis do Poty Lazzarotto e Erbo Stenzel.

28) Biblioteca Pública. Uma das maiores do Brasil. Fica no centro da cidade.

29) Prédio histórico da Universidade Federal do Paraná. É um dos principais símbolos de Curitiba. A UFPR é a universidade mais antiga do Brasil.

30) Relógio das Flores. Fica no centro histórico e o interessante é que as flores mudam a cada estação do ano.

31) Mesquita. É pequena, mas é muito bonita. A entrada é gratuita e se você não estiver vestido da forma adequada, eles fornecem os trajes apropriados (de graça também).

32) Palácio Garibaldi. Um lindíssimo palácio localizado no centro da cidade.

33) Feira do Largo da Ordem*. Ou feirinha hippie. Acontece todos os domingos de manhã. Andar na feira não custa nada, o difícil é resistir às comprinhas e não sair com nenhum artesanato.

34) Solar do Rosário. Complexo cultural que reúne casa de chá, café, restaurante e galeria de arte.

35) Solar do Barão. Salas de exposições, ateliês de gravuras, cursos e muito mais.

36) Teatro Guaíra. Outro prédio imponente da capital paranaense. Se não tiver a chance de assistir um dos espetáculos pagos, passe pelo menos em frente para apreciar a arquitetura.

37) Catedral Nossa Senhora da Luz. Fica no centro histórico e é um dos patrimônios culturais de Curitiba.

38) Paço da Liberdade. Prédio histórico de Curitiba e abriga exposições de artes.

39) Boca Maldita/Rua das Flores. É o local das manifestações de Curitiba e faz parte da história da cidade. Foi o primeiro calçadão construído no Brasil.

40) Bondinho da Rua XV de Novembro. Um dos pontos turísticos mais famosos de Curitiba. O interessante é que ele nunca chegou a circular. Hoje virou o “bondinho da leitura”, uma espécie de biblioteca.

41) Palácio Avenida. É um dos prédios históricos mais importantes da cidade. Hoje é a sede do Banco Bradesco e durante a época do Natal serve de cenário para a apresentação de natal mais bonita do país (que também é gratuita).

42) Rua 24 Horas. Outra obra “aramada” de Curitiba.

43) Santa Felicidade. O bairro italiano de Curitiba. Passear pelo bairro é grátis, mas comer em um dos inúmeros restaurantes vale o investimento. Sugestões: Velho Madalosso e Veneza.

44) Universidade Livre do Meio Ambiente. É certamente um dos lugares mais diferentes de Curitiba. Muita gente deixa de fora do roteiro, mas vale a visita, viu?

45) Teatro do Paiol. Se não tiver a chance de ver um espetáculo por lá, vale a pena conhecer e apreciar a fachada.

46) Santuário Shoenstatt. Para quem curte, é um santuário lindo que fica num bairro mais afastado de Curitiba.

47) Paróquia Santa Teresinha. Localizada na famosa Avenida Visconde de Guarapuava. É o cenário escolhido por 9 entre 10 noivas da society curitibana. É uma igreja muito bonita.

48) Grafites do São Francisco. A rua São Francisco é uma das mais antigas da cidade e foi revitalizada nos últimos anos. Hoje é uma das ruas mais descoladas de Curitiba com seus grafites. Dica: tome bastante cuidado com seus pertences. Infelizmente a região não é das mais seguras.

49) Mercado das flores.  Fica em frente ao Paço da Liberdade.

50) Farol do Saber. Outro símbolo de Curitiba. Na verdade são vários espalhados pela cidade. São bibliotecas comunitárias.

Gostou dessa sugestão de atrações gratuitas em Curitiba?

Veja mais dicas de Curitiba e planeje sua viagem. Veja também qual é a melhor região para se hospedar em Curitiba.

*Foto em destaque retirada do site Shutterstock.

Importante

Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card há anos (faça sua cotação). Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, ainda tem 5% de desconto utilizando o cupom PRECISOVIAJAR5.