Se você estiver visitando Sydney entre maio e junho, programe-se para o Vivid Sydney, um festival de luzes, músicas e ideias. As datas variam anualmente, então é bom dar uma conferida no calendário oficial do Vivid Sydney para ver se as datas encaixam-se no cronograma da sua viagem (mas é sempre nos meses de maio e junho, o que muda são as datas de início e fim). Veja como é o Vivid Sydney, como funciona e como ficar por dentro dos eventos do festival.

Como é o Vivid Sydney

Em junho de 2017 dei a sorte de estar em Sydney bem na época do festival chamado Vivid Sydney. Em 2017 o tema foi “reino animal”. O grande chamariz do evento é a Opera House, que fica toda iluminada. Em maio eu tinha estado uns dias em Sydney, mas o festival ainda não tinha começado. Me hospedei no Holiday Inn Old Sydney e quando vi que a localização do hotel era realmente privilegiada e tinha até uma “cobertura” com vista para a Opera House, resolvi cancelar a reserva do hotel que ficaria em junho e reservei novamente o Holiday Inn só pela vista. Apesar do hotel ser antigo, pensa em um investimento que valeu a pena.

Fiquei a poucos metros das principais atrações do Vivid Sydney e ainda ganhei essa vista grátis da cobertura (piscina do hotel).

como é o vivid sydney

Vista da cobertura do hotel

Circular Quay

Esse festival realmente movimenta a cidade. E não é para menos. É tudo lindo demais. Como eu disse, o chamariz é a Opera House, mas o Vivid Sydney não se resume a isso. De fato é a região de Circular Quay que reúne as principais atrações, mas confira toda a programação porque também tem coisa interessante em outros lugares.

como é o vivid sydney

Opera House

como é o vivid sydney

Vivid Sydney 2017

A Harbour Bridge também fica colorida e recomendo demais o passeio pela baía. Eu peguei o ferry de Darling Harbour para Circular Quay (região da Opera House e Harbour Bridge) e a vista….que vista!

como é o vivid sydney

Harbour Bridge

E ainda na região de Circular Quay, o Royal Botanical Gardens também estava iluminado.

como é o vivid sydney

como é o vivid sydney

Museu de Arte Contemporânea

Darling Harbour

Eu sou fã de carteirinha da Opera House. Está no meu top 3 de “cartões postais” mais bonitos que conheci pessoalmente, mas admito que o Vivid Sydney de Darling Harbour também me deixou encantada.

como é o vivid sydney

Um show de luzes perfeito, emocionante!

Apesar do vento geladinho de junho, valeu a pena ficar no sereno apreciando tudo que consegui ver do Vivid Sydney. E sabe o que é melhor? Não gastei um centavo. É tudo grátis. Incrível, não?

Informações:

Site oficial: https://www.vividsydney.com/

Datas Vivid Sydney 2018: 25/05 a 16/06.

Evite filas. Compre com antecedência.

 

Leia mais sobre Sydney

Importante

Lembrou do seguro viagem? Ele é muito importante e obrigatório nos países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen e também em Cuba e Venezuela. Nos demais países também é recomendável a contratação, pois não podemos prever incidentes. Leia sobre minha internação na Tailândia. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, o custo médico diário de uma internação fica na faixa dos U$2.000 (caríssimo). Para os EUA a contratação de um seguro com cobertura de U$1 milhão não é exagero. Além disso, o seguro é super útil nos casos de cancelamento de viagem e extravio de bagagem (para citar alguns exemplos). Uso o seguro da Assist Card há anos (faça sua cotação). Precisei utilizar 4 vezes durante minha volta ao mundo e sempre fui muito bem atendida. Você pode cotar com eles sem compromisso e, caso opte pela contratação, ainda tem 5% de desconto utilizando o cupom PRECISOVIAJAR5.